Palmeiras terá novo coordenador científico para ocupar a vaga deixada por Omar Feitosa

Daniel GonçalvesVanderlei Luxemburgo já começou a modelar o departamento de futebol à sua feição. O Palmeiras deverá ter um novo profissional para o cargo de coordenador científico, cuja principal função é manter em compasso todas as atividades a fim de minimizar a ocorrência de lesões nos atletas.

Depois de ter trabalhado com Luxa no Vasco, o profissional Daniel Gonçalves assume a função de coordenador científico no Verdão. O cargo estava sendo ocupado por Omar Feitosa desde a chegada de Mano Menezes. Com a saída de Feitosa do clube, o cargo estava vago.

Gonçalves já havia tido uma longa passagem pelo Vasco, entre 2003 e 2014, exercendo as funções de preparador físico e fisiologista. Também passou pelo Flamengo, onde ficou até 2018 como coordenador científico, e havia voltado ao Vasco no início do ano passado, já na nova função.

  • Corrige aí: Vanderlei Luxemburgo, no entanto, graças a Deus abriu mão de contar com o avante em 2020.rsrs

  • Tivemos a chance de despachar esse cara pra China por uma quantia exorbitante e não mandamos (à pedidos do Felipão)…

    Agora empresta de graça e temos que torcer pra atingir as metas, senão ele volta. Tudo isso pra pegar somente o mesmo valor gasto. Essa diretoria sabe mesmo negociar!