Sem reposição à altura, Viña jogou 15 das últimas 16 partidas do Palmeiras

Uruguaio é peça fundamental da equipe alviverde

Viña
Cesar Greco/Ag.Palmeiras

O lateral-esquerdo Matías Viña vem em uma sequência forte de jogos no Palmeiras. Desde que se recuperou da Covid-19, em novembro do ano passado, o atleta atuou em 15 das últimas 16 partidas do Verdão, totalizando mais de 1200 minutos em campo. Mesmo enfrentando uma verdadeira maratona de partidas, Abel Ferreira deixou o uruguaio de fora apenas no jogo contra o Sport, em Recife.

Contratado no final de janeiro de 2020, o camisa 17 demonstrou todas as suas qualidades logo no início e rapidamente ocupou a vaga de titular da equipe. No entanto, foi com as saídas de Victor Luis e Diogo Barbosa, mais o lento desenvolvimento de Lucas Esteves, que Viña tornou-se imprescindível no elenco palmeirense.

Sem reposição à altura, o atual comandante alviverde e até Vanderlei Luxemburgo chegaram a improvisar Gustavo Scarpa na posição.

A oito dias de disputar a finalíssima da Libertadores, o Palmeiras terá ainda mais dois compromissos pelo Brasileirão: Ceará, no próximo domingo, e o Vasco, na terça-feira. Se Abel resolver poupar o lateral-esquerdo em um destes jogos, além de Scarpa, ele pode optar por Esteves ou mesmo Alan Empereur.

    • Vi em algum lugar que só pode usar time misto até a 3 rodada, depois tem que ser a equipe considerada principal

      • baseado em que a FPF define quem é titular ou reserva? que maluquice dessa merda de federação… olha mano, eu não sabia dessa mas acredito perfeitamente.