TRT-RJ nega Mandado de Segurança e Scarpa segue vinculado ao Fluminense

Gustavo ScarpaO TRT-RJ julgou o mérito de um mandado de segurança impetrado pelos advogados de Gustavo Scarpa, que pedia para que o atleta fosse liberado para atuar por outro clube enquanto o processo de rompimento de seu vínculo com o Fluminense corre na lenta Justiça brasileira.

Por 8 votos a 3, o Tribunal carioca negou o ‘recurso’, e Gustavo Scarpa segue vinculado ao clube carioca – e pela falta de clima, impedido de trabalhar.

Caso a decisão fosse a oposta, o jogador se apresentaria imediatamente ao Palmeiras, mas permaneceria sujeito à decisão em primeira instância da juíza Dalva Macedo – que pode sair a qualquer momento. A maioria dos desembargadores, no entanto, preferiu não se antecipar ao veredito da juíza.

O movimento pode ser considerado apenas como uma estratégia dos advogados de Gustavo Scarpa para dar notoriedade ao caso e eventualmente pressionar a juíza a acelerar o caso. Resta saber se o tiro não saiu pela culatra.

Senhores advogados, a área de comentários está à disposição.

23592