Weverton lamenta revés para o Tigres e pede equilíbrio ao analisar o jogo

Arqueiro comentou também a dificuldade que o fuso horário causou

Weverton
Cesar Greco/Ag.Palmeiras

Principal jogador do Verdão no revés para os Tigres, Weverton concedeu entrevista no fim da partida, ainda no gramado do Education City Stadium, e ressaltou que a equipe palmeirense precisa ter serenidade para analisar a partida de hoje.

“Acho que a gente tem que aprender a ter equilíbrio. Quando ganha, não é o melhor do mundo. Quando perde, não é o pior. Sabemos a pressão por esse título. Nada vai apagar o que a gente fez até aqui, temos decisões pela frente, nada vai nos abater. Sabemos que não chegamos aqui por acaso”, disse.

O goleiro campeão da Libertadores pelo Palmeiras, relatou também como o fuso horário atrapalhou a adaptação de alguns jogadores.

“Para ser sincero, ontem fui dormir 9h da manhã. Alguns companheiros também. Isso não é desculpa, mas sabemos como é importante dormir para um atleta. Não é fácil viajar tanto tempo, 6h de diferença, demora para se adaptar. O importante é que lutamos”, afirmou.

O Verdão faz mais um jogo no Catar. Na quinta-feira, o time palmeirense enfrenta o derrotado do jogo entre Bayern de Munique e Al-Ahly na disputa pelo terceiro lugar do torneio.

  • Retrospecto do árbitro em nossos jogos é ótimo, levando em conta que vencemos o primeiro jogo por 1×0. Estive naquele 4×0 contra o Atl-PR que abriu a caminhada para o enea!