Palmeiras x Cerro Porteño: datas e horários são definidos pela Conmebol

Palmeiras x Cerro Porteño: datas e horários são definidos pela Conmebol.
Reprodução

Primeiro jogo entre Palmeiras x Cerro Porteño, no Paraguai, acontece dia 29 de junho; volta será na semana seguinte

A Conmebol divulgou, na noite de ontem, a tabela detalhada das oitavas-de-final da Libertadores. Líder da classificação geral, o Palmeiras terá pela frente o Cerro Porteño, time que se classificou ao mata-mata com a pior campanha.

O jogo de ida acontece no Paraguai, no estádio General Pablo Rojas, no dia 29 de junho (quarta-feira), às 19h15. Já a partida de volta, com mando do Verdão, está prevista para ocorrer no dia 6 de julho, no mesmo horário.

Até o primeiro jogo contra os paraguaios, o Palmeiras fará seis partidas pelo Campeonato Brasileiro (Atlético-MG, Botafogo, Coritiba, Atlético-GO, SPFC e Avaí), além da partida de ida da Copa do Brasil, que está prevista para acontecer na semana do dia 20 de junho.

Palmeiras x Cerro Porteño terá transmissão da Conmebol TV

Os dois confrontos entre Palmeiras e Cerro Porteño serão transmitidos apenas pela Conmebol TV. Em toda a fase de grupos, o Verdão não chegou a ter uma partida exclusiva no canal da entidade.

No ano passado, o duelo das oitavas-de-final entre Palmeiras e Universidad Católica também foi transmitido pela Conmebol TV.

Gustavo Scarpa celebra noite de 3 gols e comenta renovação de contrato: “vai dar tudo certo”

Gustavo Scarpa comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Deportivo Táchira, durante partida válida pela fase de grupos da Libertadores 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Eleito pela Conmebol o melhor jogador da partida, Gustavo Scarpa anotou um hat-trick contra o Deportivo Táchira

O meia Gustavo Scarpa foi o principal nome do Palmeiras na vitória por 4 a 1 sobre o Deportivo Táchira, pela Libertadores. Titular, o camisa 14 marcou três gols e foi eleito pela Conmebol o melhor jogador da partida.

“Estou muito feliz, foi a primeira vez na carreira que anotei um hat-trick. Foi muito importante pra mim e pro Palmeiras também. Conseguimos a melhor campanha e fazer parte desse momento da História do clube é muito gratificante”, disse o jogador, que também comentou a conversa com os colegas no lance do quarto gol, que foi o segundo pênalti da partida.

“A gente sabe que o futebol é coletivo, mas todos têm suas pretensões individuais. O importante é a gente não deixar isso passar do ponto e tomar à frente da prioridade que é o bem do grupo como um todo. Eu já tinha brincado com o pessoal que mais um pênalti iria acontecer no segundo tempo e que queria bater. Todos querem marcar um gol, mas na hora todos compreenderam e está tranquilo”, complementou.

O Palmeiras alcançou o 100% de aproveitamento em toda a fase de grupos da Libertadores e ampliou a série de invencibilidade na temporada. A equipe não perde há 13 partidas, número recorde desde a chegada de Abel Ferreira ao clube.

“Estamos muito bem. Apesar de todos os títulos, a equipe não se acomodou em nenhum momento e vamos em busca de mais conquistas. Nada é por acaso”, acrescentou o jogador.

Gustavo Scarpa se coloca à disposição da comissão técnica

Com a ausência de Raphael Veiga, que testou positivo para Covid-19, Gustavo Scarpa foi o escolhido para fazer a função de meio-campista central. Apesar de ser sua posição de origem, o camisa 14 vem sendo importante para o esquema de Abel Ferreira também como um ponta esquerda. O jogador já comentou sobre sua preferência em atuar mais por dentro, mas se coloca à disposição da comissão técnica para atuar em outras funções.

Gustavo Scarpa em jogo do Palmeiras contra o Deportivo Táchira, durante partida válida pela fase de grupos da Libertadores 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

“Todo mundo sabe da minha preferência, já conversei com o Abel sobre isso, mas ele também sabe que pode contar comigo em outras posições. Cada jogador tem sua facilidade em atuar em sua função de origem, mas eu já demonstrei em outros momentos que consigo render como um ponta ou até lateral. Estou para ajudar e o mais importante que falar, foi eu mostrar isso em campo”, disse Scarpa.

Por fim, Scarpa falou sobre a sua situação contratual. O jogador tem contrato com o Palmeiras até o final do ano e está em negociações com o clube para a renovação do vínculo. “Tem-se resolvido esse assunto e acredito que vai dar tudo certo no final, todas as partes vão se entender”, finalizou.

Árbitro que já foi suspenso pela Conmebol comandará jogo entre Palmeiras x Independiente Petrolero

Derlis Lopez, árbitro que já foi suspenso pela Conmebol comandará jogo entre Palmeiras x Independiente Petrolero.
Reprodução

Árbitro de 33 anos, Derlis Lopez ficou afastado por 8 meses das competições da Conmebol após errar em duelo da Libertadores no ano passado

Após golear o Deportivo Táchira na semana passada, o Palmeiras fará seu segundo jogo na Fase de Grupos da Libertadores nesta terça-feira, contra o Independiente Petrolero (BOL), às 21h30, no Allianz Parque.

O jogo terá a arbitragem do paraguaio Derlis Lopez – será a estreia do juiz em jogos do Verdão. Seus conterrâneos Eduardo Cardozo (assistente 1) e Julio Aranda (assistente 2) foram designados para auxiliá-lo, além de Eber Aquino, como quarto árbitro.

Vale lembrar que não há a presença do VAR nesta fase da competição.

Árbitro de 33 anos, Derlis Lopez foi suspenso pela Conmebol no ano passado

Derlis Lopez irá fazer seu primeiro jogo na Libertadores em 2022. No ano passado, o árbitro foi suspenso pela Conmebol após cometer um “erro grave”, de acordo com a entidade – seu retorno aos gramados em partidas internacionais foi na semana passada, na derrota do Santos para o Banfield (ARG).

Lopez foi o VAR do empate sem gols entre Boca Juniors e Atlético-MG, na Bombonera, no jogo de ida das oitavas-de-final da Libertadores do ano passado. Na ocasião, um gol legal dos argentinos foi anulado por ele e por Andres Rojas, que era o árbitro principal.

O Palmeiras é o líder do Grupo A, com três pontos. Na sequência, vêm Emelec e Independiente Petrolero, ambos com um ponto, e Deportivo Táchira, que está zerado.

Palmeiras conhece adversários da fase de grupos da Libertadores 2022; confira

Palmeiras conhece adversários da fase de grupos da Libertadores 2022; confira.
Divulgação

Atual bicampeão da competição, o Palmeiras terá confronto inédito e viagens longas

Em sorteio realizado no começo da tarde de sexta-feira, em Luque, no Paraguai, a Conmebol definiu os grupos da Libertadores 2022. Cabeça de chave do grupo A, o Palmeiras enfrentará o Emelec (EQU), Deportivo Táchira (VEN) e Independiente Petrolero (BOL).

A tabela de jogos ainda não foi divulgada, porém as faixas de datas já estão definidas:

  • Fase de grupo entre os dias 5 de abril a 25 de maio;
  • oitavas-de-final nos dias 29 de junho e 6 de julho;
  • quartas-de-final em 3 e 10 de agosto;
  • semifinais acontecendo nos dias 31 de agosto e 7 de setembro;
  • a grande decisão, em final única, acontecerá no estádio Monumental Isidro Romero Carbo, conhecido como Monumental de Guayaquil, no Equador, no dia 29 de outubro.

Atual bicampeão, o Verdão chega a sua 22ª participação de Libertadores – a sétima seguida, um recorde entre os times brasileiros. O Palmeiras vai atrás do quarto título da competição para se tornar a equipe do Brasil com mais conquistas.

Confira o retrospecto do Palmeiras contra os adversários na Libertadores

Emelec

Fundado em 1929, o Emelec enfrentou o Palmeiras em duas oportunidades, sendo ambas pela Libertadores de 1995; e o retrospecto é totalmente favorável ao Verdão: duas vitórias (2 a 1, no Palestra Itália; 3 a 1, no George Capwell).

Com sede em Guayaquil, segunda maior cidade do Equador, o Emelec manda suas partidas no Estádio George Capwell, que tem capacidade para 40.000 torcedores.

– Guayaquil fica a cerca de 9h40 minutos de voo, ao nível do mar.

Deportivo Táchira

A equipe venezuelana do Deportivo Táchira, fundada em 1974, volta a encontrar o Palmeiras depois de 16 anos. Em 2005 e 2006, os times se enfrentaram quatro vezes e o Verdão venceu todos os confrontos. Clique aqui e confira.

O Deportivo Táchira, clube de maior torcida da Venezuela, tem sede na cidade de San Cristóbal, capital do estado de Táchira. Seus jogos acontecem no estádio Pueblo Nuevo, que tem capacidade para cerca de 40.000 espectadores.

– San Cristóbal fica a cerca de 10h de voo, a uma altitude de 860m.

Independiente Petrolero

Será a primeira vez que o Palmeiras enfrentará o Independiente Petrolero (BOL). Na História, o Verdão já duelou 21 vezes contra equipes bolivianas, com 14 vitórias, dois empates e cinco derrotas.

O time boliviano que mais vezes enfrentou o Palmeiras foi o Bolívar, que esteve no mesmo grupo da Libertadores que o Verdão em 2020.

Com sede em Sucre, o Independiente Petrolero manda seus jogos no estádio Olímpico Patria, que suporta cerca de 31.000 torcedores.

– Sucre fica a 2850m de altitude e a viagem leva cerca de 9h.

Libertadores 2022: Palmeiras conhecerá seu grupo no próximo dia 25

Libertadores 2022: Palmeiras conhecerá seus oponentes da fase de grupo no próximo dia 25.
Divulgação

Tricampeão da Libertadores, Palmeiras será cabeça de chave do Grupo A

A Conmebol divulgou na noite de terça-feira, em seu perfil oficial no Twitter, a data e o horário do sorteio da fase de grupos da Libertadores de 2022. A definição das chaves acontecerá no próximo dia 25 (sexta-feira), às 12h (horário de Brasília).

Em busca do tetracampeonato do torneio, o Palmeiras está no pote 1 e será o cabeça de chave do Grupo A, assim como ocorreu na edição de 2021, por ser o atual campeão da América. Flamengo, Atlético-MG, Athletico-PR, River Plate, Boca Juniors, Nacional e Peñarol completam o pote 1.

A fase de grupos da Libertadores está prevista para ocorrer entre os dias 5 de abril até 26 de maio. A finalíssima acontecerá em Guayaquil, no Equador, no dia 29 de outubro.

Confira os potes da Libertadores

A divisão dos potes da Libertadores é de acordo com a posição dos times classificados no ranking da Conmebol – os clubes que avançarem nas fases iniciais, estarão presentes no pote 4.

POTE 1 – Cabeças de chave

  • Palmeiras
  • Flamengo
  • Atlético-MG
  • Athletico-PR
  • River Plate-ARG
  • Boca Juniors-ARG
  • Nacional-URU
  • Peñarol-URU

POTE 2

  • Cerro Porteño-PAR
  • SCCP
  • Libertad-PAR
  • Independiente del Valle-EQU
  • Universidad Católica-CHI
  • Emelec-EQU
  • Colo Colo-CHI
  • Vélez Sarsfield-ARG

POTE 3

  • Red Bull Bragantino
  • Sporting Cristal-PER
  • Deportivo Táchira-VEN
  • Alianza Lima-PER
  • Colón-ARG
  • Tolima-COL
  • Caracas-VEN
  • Deportivo Cali-COL

POTE 4

  • Fortaleza
  • Always Ready-BOL
  • Talleres-ARG
  • Independiente Petrolero-BOL
  • Fluminense ou Olímpia-PAR
  • América-MG ou Barcelona-EQU
  • Everton-CHI ou Estudiantes-ARG
  • Universidad Católica-EQU ou The Strongest-BOL

Pelo regulamento da competição, equipes do mesmo país não podem cair no mesmo grupo, com exceção daqueles que vêm das disputas preliminares. Assim, o SCCP, o Fortaleza e o Bragantino não podem nos enfrentar na fase de grupos, mas o Fluminense pode.