Piquerez se recupera e pode reforçar o Palmeiras na Libertadores

Piquerez durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Desfalques nos últimos dois jogos, Piquerez havia sofrido um trauma no ombro direito na final contra o SPFC

O Palmeiras entra em campo nesta terça-feira, no Allianz Parque, para enfrentar o Independiente Petrolero (BOL), em duelo válido pela segunda rodada da Fase de Grupos da Libertadores. Na semana passada, o Verdão estreou na competição com goleada sobre o Deportivo Táchira, na Venezuela, por 4 a 0.

Para o duelo, a comissão técnica pode ter o retorno do lateral-esquerdo Piquerez, desfalque da equipe nos últimos dois jogos. O uruguaio se recuperou de um trauma no ombro direito sofrido no segundo jogo da final do Paulistão, diante do SPFC.

No treino de ontem, Piquerez foi a campo e participou normalmente de todas as movimentações comandadas por Abel Ferreira e seus auxiliares. O grupo realizou uma atividade técnica em campo reduzido e o lateral serviu de ‘coringa’, auxiliando na troca de passes das equipes.

Jorge foi o titular nas duas partidas em que Piquerez ficou de fora. Contra o Táchira, o camisa 6 ficou em campo por todos os 90 minutos; já diante do Ceará, saiu no intervalo. A sequência de jogos a cada três dias tem sido uma dor de cabeça para Abel Ferreira. Na última entrevista coletiva, ao ser perguntado se o Palmeiras terá que priorizar algum campeonato na temporada, o comandante afirmou: “vamos ter que pensar muito bem quais são os tiros que temos que dar”.

“Terça-feira estaremos aqui outra vez. Este é o nosso destino: jogar de dois em dois dias, três em três dias. O problema é que é consecutivo. Já demos três tiros, acertamos em dois [Recopa e Paulistão] e falhamos um [Mundial de Clubes], e agora temos mais três para dar [Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores]. Não sei se vamos ter balas para atirar para todo lado”, completou.

Piquerez volta; Luan segue lesionado

Com Piquerez novamente à disposição, Luan é o único jogador ainda sem condições de ir a campo pelo Palmeiras. O zagueiro lesionou a coxa logo após o Mundial de Clubes e há dois meses não joga. O camisa 13 segue fazendo trabalhos em campo e na fisioterapia do Centro de Excelência.

Atualmente, o Palmeiras conta com 24 jogadores no elenco principal. Para ajudar o time na maratona de jogos, atletas do Sub-20 estão integrando os treinamentos e sendo convocados para as partidas. No último sábado, Giovani e Vanderlan foram relacionados, enquanto na quarta-feira passada Fabinho, Garcia e Jhonatan também estiveram com a delegação na Venezuela.

Palmeiras emplaca 5 jogadores na Seleção do Paulista e Dudu é eleito o craque da competição

Palmeiras emplaca 5 jogadores na Seleção do Paulista e Dudu é eleito o craque da competição.
Reprodução

Cinco vezes campeão pelo Palmeiras, Abel Ferreira não foi escolhido o melhor treinador do torneio

Na noite de segunda-feira, a Federação Paulista de Futebol realizou a premiação dos melhores jogadores do Paulistão de 2022. Campeão do torneio pela 24ª vez, o Palmeiras dominou a seleção do campeonato, com cinco jogadores.

“A gente vem disputando muitas finais e conquistando muitos títulos. Sempre que a gente ganha e vai jogar um novo campeonato, lembramos o quão bom é vencer, fazer festa. Espero continuar ganhando títulos pelo Palmeiras, dar alegria para minha família e à torcida”, disse Raphael Veiga.

Além disso, o atacante Dudu ganhou o prêmio de ‘Craque do Campeonato’. O camisa 7 terminou a competição com dois gols e uma assistência, em 12 partidas disputadas.

Raphael Claus, Evandro Lima e Neuza Back foram eleitos como o melhor trio de arbitragem, enquanto José Cláudio Rocha Filho, árbitro de vídeo do primeiro jogo da final, ganhou o prêmio de melhor VAR. Matheus Candançan foi o árbitro revelação.

Novamente campeão pelo Palmeiras, Abel não é premiado

A grande surpresa da noite ficou pela ausência de Abel Ferreira na seleção do campeonato. Cinco vezes campeão pelo Palmeiras, o comandante não foi eleito o melhor técnico da competição – o escolhido foi Rogério Ceni.

Passada a festa pelo título Paulista, o Palmeiras volta a campo nesta quarta-feira para a primeira rodada da Libertadores 2022. A equipe enfrentará o Deportivo Táchira, fora de casa, às 21h (horário de Brasília).

Palmeiras se reapresenta na Academia de Futebol; Rony e Piquerez iniciam tratamento

Gabriel Menino conduz jogada observado por Fabinho, Jailson, Breno Lopes e Gabriel Silva, durante treinamento do Palmeiras, na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Dupla foi substituída na final do Campeonato Paulista, vencida pelo Palmeiras sobre o SPFC

Após vencer o Campeonato Paulista pela 24ª vez em sua História, o Palmeiras se reapresentou na tarde de segunda-feira, na Academia de Futebol, e deu início à preparação para o confronto diante do Deportivo Táchira, que acontecerá amanhã às 21h, fora de casa, em partida válida pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores 2022.

Como de costume, os jogadores que atuaram por mais de 45 minutos no jogo anterior não foram a campo e permaneceram na parte interna do Centro de Excelência para trabalhos regenerativos.

Os demais atletas participaram de um treinamento de nove contra nove comandado pela comissão técnica de Abel Ferreira. Assim como ocorreu nas semanas anteriores, diversos jogadores do Sub-20 foram chamados para completarem a atividade.

Piquerez e Rony iniciam tratamento no Palmeiras

Substituídos no duelo de domingo contra o SPFC, o lateral-esquerdo Piquerez e o atacante Rony deram início a seus tratamentos e são dúvidas para o jogo de quarta-feira. O uruguaio sofreu um trauma no ombro direito, enquanto o camisa 10 sofreu um trauma no joelho esquerdo.

Desfalque certo para o jogo é o zagueiro Luan, que segue se recuperando de uma lesão muscular na coxa esquerda – a última partida do defensor foi a final do Mundial de Clubes, há quase dois meses.

O Palmeiras volta a treinar amanhã na Academia de Futebol, às 7h. Após a atividade, ainda no período da manhã, a delegação embarca para San Cristóbal, na Venezuela.

Palmeiras atinge recorde de vitórias consecutivas no Allianz Parque

Palmeiras posa para a foto oficial em jogo contra o SPFC, durante segunda partida válida pela final do Paulistão 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Com vitória por 4 a 0 sobre o SPFC, o Palmeiras chegou a dez vitórias seguidas em seu estádio

O Palmeiras sagrou-se campeão Paulista pela 24ª vez em sua História na tarde de domingo, ao bater o SPFC por 4 a 0 no Allianz Parque (5 a 3 no placar agregado). Além do título sobre o rival, a goleada fez com que o clube atingisse um novo recorde em seu estádio: dez vitórias consecutivas.

Sem saber o que é perder jogando em casa no ano, o Palmeiras começou a atual sequência de vitórias contra a Ponte Preta, no dia 26 de janeiro (3 a 0). A equipe acumulou boas atuações no Paulista, conseguiu triunfos sobre os principais rivais, e também conquistou a taça da Recopa Sul-Americana no estádio. Em 10 partidas, o Verdão marcou 20 tentos e foi vazado apenas duas vezes, números que representam, até o momento, a menor média de gols sofridos da História do estádio no mesmo ano (0,2 por jogo).

A série de vitórias em 2022 ultrapassa a antiga marca de nove triunfos consecutivos conquistados entre outubro a dezembro de 2020. Naquela ocasião, o Palmeiras foi comandado por Andrey Lopes em dois jogos e por Abel Ferreira em sete.

Desde 2014, o Palmeiras disputou 228 partidas no Allianz Parque e o aproveitamento é de 71,2% dos pontos. São 148 vitórias, 43 empates, 37 derrotas e seis taças levantadas: Copa do Brasil (2015 e 2020), Campeonato Brasileiro (2016), Recopa Sul-Americana (2022) e Campeonato Paulista (2020 e 2022).

Allianz Parque foi fundamental na conquista do título Paulista do Palmeiras

Governo de São Paulo antecipa retorno do público aos estádios! A arena Allianz Parque voltará a ficar lotada pela torcida do Palmeiras.
Reprodução

Símbolo de uma reconstrução do Palmeiras, o Allianz Parque foi fundamental na conquista do título sobre o SPFC, na visão dos palmeirenses. Jogadores e o técnico Abel Ferreira ressaltaram a importância do clube fazer o jogo decisivo no estádio.

“Importante dizer também que jogar no Allianz Parque foi primordial. Se não fosse aqui, não sei se seríamos campeões”, chegou a dizer o comandante.

Por conta do show da banda Maroon 5, que acontecerá nesta terça-feira, o Palmeiras correu o risco de levar o segundo jogo da final do Paulista para outro estádio. Entretanto, a diretoria do clube conseguiu um acordo com a WTorre para que a partida fosse realizada na arena. Para isso, a capacidade total do estádio foi reduzida em cerca de 25%.

O Palmeiras volta ao gramado do Allianz Parque no próximo sábado, às 21h, para enfrentar o Ceará, na estreia do Brasileirão 2022. Antes disso, contudo, a equipe terá um jogo fora de casa contra o Deportivo Táchira, na quarta-feira, pela Libertadores 2022.

Noite do Palmeiras começa com vídeo motivacional no vestiário e termina com festa no gramado

Gustavo Gómez comemora à conquista do título pelo Palmeiras contra o SPFC, após segunda partida válida pela final do Paulistão 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Comissão técnica do Palmeiras preparou um vídeo para motivar os jogadores em que os próprios atletas participaram

O Palmeiras goleou o SPFC na tarde deste domingo, no Allianz Parque, por 4 a 0, e conquistou seu 24º título Paulista, o 26º no âmbito estadual.

Depois de perder o jogo de ida por 3 a 1, no Morumbi, o Verdão precisou de apenas 30 minutos para igualar o placar agregado: Danilo, aos 21’, e Zé Rafael, aos 28’, marcaram os dois primeiros gols do Palmeiras. Avassalador na partida, a equipe de Abel Ferreira chegou ao terceiro gol logo aos 2 minutos da etapa final, com Veiga. Com o placar que já bastava para conquistar o troféu, o Palmeiras administrou o duelo e o último tento, de novo do camisa 23, foi marcado aos 35’.

Para o confronto, os jogadores assistiram a um vídeo produzido pela comissão técnica minutos antes de subirem ao gramado do Allianz Parque, que teve a participação dos próprios atletas. Com o tema principal no “acreditar”, o filme apresentou o depoimento de cada jogador respondendo à pergunta: qual conselho você daria a si próprio quando tinha 8 anos de idade?

Confira:

A festa do Palmeiras após o título

Após o apito final de Raphael Claus, toda a delegação celebrou ao lado da torcida o quinto título da ‘Era Abel Ferreira’; veja algumas imagens da festa dos jogadores e comissão técnica no gramado do Allianz Parque.