O Campeonato Paulista de 2010 foi disputado por 20 equipes, de janeiro a maio, com uma fase de classificação em turno único que classificou, depois de dezenove rodadas, os quatro melhores clubes que disputaram o título após semifinais e finais em mata-mata.

Sob o comando de Muricy Ramalho, o Palmeiras ainda tentava se recuperar do baque emocional da perda desastrosa do Brasileirão de 2009. E o time largou bem, com uma boa goleada por 5 a 1 sobre o Mogi Mirim. Ao final da quarta rodada, sustentava a liderança.

Mas veio uma derrota num Derby e as coisas entraram em parafuso. Uma vexatória derrota por 4 a 1 para o São Caetano no Palestra foi o ponto final da trajetória de Muricy no Verdão, que contratou o ex-zagueiro Antônio Carlos Zago, que estava no próprio São Caetano, para a função.

Uma vitória por 2 a 0 sobre o SPFC, com dois gols de Robert, e uma virada sobre o Santos na Vila Belmiro, no célebre "jogo do Armeration", não mascararam o péssimo futebol da equipe, que abusou do direito de empatar partidas que poderia ter ganho. O custo disso foi uma melancólica 11ª colocação e a eliminação precoce.

Lista de jogos

Lista e estatística dos jogadores