Copa do Brasil 2010

Copa do Brasil 2010

A Copa do Brasil de 2010 foi disputada no formato de mata-mata por 64 clubes. Os clubes que jogavam a Libertadores, por questões de calendário, não disputavam a competição. Na rodada inicial, os times que vencessem seus adversários por dois gols na partida de ida dispensariam o segundo jogo.

O Palmeiras precisou do segundo jogo para passar pelo Flamengo-PI (1 a 0 e 4 a 0), para depois passar pelo Paysandu com duas vitórias (2 a 1 e 1 a 0) e assim chegar às oitavas-de-final. O Verdão venceu o Atlético-PR por 1 a 0 e levou uma vantagem interessante para Curitiba. Na volta, o Atlético vinha devolvendo o placar com um gol de pênalti de Alan Bahia, mas Lincoln deu a vaga ao Palmeiras com um gol aos 43 do segundo tempo.

Nas quartas-de-final, outro Atlético, o de Goiás. Na partida de ida, já em ritmo de despedida do velho Palestra Italia, o Palmeiras venceu com um gol de pênalti de Cleiton Xavier aos 49 do segundo tempo. No Serra Dourada, uma semana depois, o Palmeiras segurou o empate até os 25 do segundo tempo, quando Marcão acertou um chute de fora, Marcos perdeu o tempo da bola e ela morreu no cantinho.

O resultado de 1 a 0 persistiu até o fim e a vaga nas semifinais foi para os tiros livres. Marcos brilhou, defendendo três pênaltis, mas não contava com o vexame de nossos batedores, que erraram quatro cobranças. O Atlético-GO avançou, mas perdeu na semifinal para o Vitória, que por sua vez foi derrotado pelo Santos na final.

Lista de jogos

Lista e estatística dos jogadores