Libertadores da América 2013

A Taça Libertadores da América de 2013 reuniu 38 clubes, que depois das fases preliminares foram reduzidos a 32 clubes em oito grupos de quatro, classificando-se os dois melhores de cada para a chave final. Ainda tentando se reerguer após um rebaixamento e lutando contra graves crises financeiras e institucionais, a disputa da Libertadores esteve longe de ser uma prioridade do Palmeiras em 2013.

Mesmo assim, o Verdão foi o primeiro colocado de seu grupo, que reuniu ainda o Sporting Cristal-PER, o Libertad-PAR e o Tigre-ARG, ainda que tenha perdido os três jogos fora de casa. O equilíbrio foi tanto que a classificação apontou o Palmeiras em primeiro lugar com 9 pontos e o Sporting Cristal em quarto, com 8.

A chave final apontava um caminho interessante, com a primeira parada no México, próximo à fronteira com os EUA. O jogo em Tijuana, num estádio com gramado sintético, terminou sem gols, o que nos exigia apenas uma vitória por qualquer placar no jogo na volta.

Ainda jogando no Pacaembu enquanto a construção do Allianz Parque estava em seu penúltimo ano, o Verdão tomou um gol no primeiro tempo num frangaço de Bruno. Abalado, o time ainda levou o segundo gol no início do segundo tempo, tentou reagir com um gol de Souza (de pênalti), mas acabou eliminado. O Tijuana parou na fase seguinte, quando cruzou contra o Atlético-MG - o confronto foi decidido nos minutos finais; o time mineiro avançou até a final e se sagrou campeão da Libertadores pela primeira vez.

Lista de jogos

Lista e estatística dos jogadores