Depois de vencer o Grêmio no Pacaembu, o Palmeiras viajou até Brasília para encarar o Flamengo, precisando vencer para embalar de vez no Campeonato Brasileiro de 2016. E conseguiu: com gols de Gabriel Jesus e Jean, o Verdão bateu os cariocas por 2 a 1 e chegou a 12 pontos na competição.

Aos três minutos de partida, César Martins atravessou uma bola no campo de defesa de forma errada; Tchê Tchê aproveitou e tocou de cabeça para Gabriel Jesus, que de frente para o gol não perdoou, abrindo o placar para o Palmeiras.

Os milhares de palmeirenses presentes ao Mané Garrincha, contudo, não tiveram muito tempo para comemorar: dois minutos mais tarde, executando a Lei do Ex, Alan Patrick empatou o duelo e 1 a 1, placar que perdurou até o fim do primeiro tempo.

Na volta do intervalo, o jogo demorou para recomeçar porque a PM do Distrito Federal avançou sobre a torcida do Palmeiras, lançando gás de pimenta que se espalhou pelo campo, atingindo os jogadores.

Quando o segundo tempo finalmente começou, o Palmeiras controlou as ações e aos 19 minutos retomou a liderança no placar graças a outro lance que envolveu César Martins: o zagueiro espalmou uma bola em cima da linha do gol num chute de Gabriel Jesus e o árbitro marcou o pênalti que Jean bateu e converteu, além de expulsar o zagueiro rubro-negro.

Com a vantagem no placar e um homem a mais no campo, os comandados de Cuca mantiveram o controle da partida e trouxeram os três pontos para São Paulo. O Palmeiras definitivamente estava forte na disputa daquele Brasileirão.




Ficha Técnica

54.665

R$ 2.828.565,00

Dewson Fernando Freitas da Silva

Flamengo

Alex Muralha
Rodinei
Léo Duarte
César Martins
Jorge
Willian Arão
Márcio Araújo
Éverton
Cuéllar
Alan Patrick
Mancuello
Fernandinho
Felipe Vizeu
Marcelo Cirino
Zé Ricardo
TÉCNICO