4
X
0

Após passar por um radical processo de restruturação no elenco, o Palmeiras havia feito um Campeonato Paulista digno, no qual acabou como vice-campeão, mas começou o Campeonato Brasileiro de forma bastante irregular. Depois de seis rodadas, o time venceu apenas uma partida e o técnico Oswaldo de Oliveira foi dispensado. Para o seu lugar, foi contratado Marcelo Oliveira, então bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro.

Sem tempo algum de treinamento, o primeiro jogo do treinador foi um revés para o Grêmio, em Porto Alegre. Na rodada seguinte, o Verdão recebeu o SPFC no Allianz Parque e, com uma grande exibição coletiva, goleou o rival por 4 a 0.

Empurrado pela torcida, o Palmeiras iniciou o jogo partindo para cima do inimigo. Aos 7 minutos, Robinho deu o primeiro chute perigoso, após bom passe de Dudu. Melhor em campo, o primeiro gol palestrino saiu aos 31 minutos: Egídio cruzou rasteiro e Leandro Pereira chutou de primeira; a bola desviou em Souza, dando a Rogério Ceni a desculpa para sua falha. Dois minutos depois, Victor Ramos subiu mais que todo mundo após cobrança de escanteio e mandou uma bomba no travessão.

Com o rival perdido em campo, o Verdão aproveitou para fazer o segundo gol ainda no primeiro tempo: aos 41, Robinho cobrou escanteio na cabeça de Victor Ramos, que desta vez não desperdiçou e mandou no canto direito do goleiro adversário. A primeira etapa terminou 2 a 0.

Na volta do intervalo, o SPFC até tentou aplicar uma pressão, mas não tinha forças. Jogando organizado e esperando o tempo certo de atacar, o Verdão esfriou os ânimos do visitante aos 13 minutos: Egídio recebeu de Arouca e cruzou rasteiro; Rafael Marques fechou na segunda trave e, sozinho, chutou na saída de Rogério para ampliar a vantagem: 3 a 0.

Para cravar a estaca no coração do inimigo, outro cruzamento de Egídio, desta vez para Cristaldo, que de peixinho mandou a bola para o fundo das redes: 4 a 0, e o Palmeiras confirmava a segunda vitória sobre o SPFC no Allianz Parque.




Ficha Técnica

29.233

R$ 1.989.100,00

Anderson Daronco

SPFC

Rogério Ceni
Bruno
Rafael Tolói
Dória
Carlinhos
Hudson
Centúrion
Souza
Paulo Henrique Ganso
Michel Bastos
Alexandre Pato
Thiago Mendes
Luís Fabiano
Juan Carlos Osorio
TÉCNICO