Almería sai do jogo e Gustavo Scarpa volta à rotina no Palmeiras

Gustavo Scarpa
Cesar Greco/Ag.Palmeiras

O Almería, clube espanhol da segunda divisão, de propriedade do bilionário saudita Turki Al-Sheikh, comunicou o Palmeiras que desistiu de contratar o meia Gustavo Scarpa. Os clubes estavam em negociação há cerca de duas semanas. O movimento impediu que Scarpa participasse normalmente dos treinamentos e dos jogos realizados nos Estados Unidos na semana passada.

Com o anúncio, o meia, que tem contrato com o Palmeiras até dezembro de 2022, volta a estar à disposição de Vanderlei Luxemburgo e da comissão técnica. Scarpa agora terá que recuperar o terreno perdido para conquistar a preferência do treinador e ser escalado entre os titulares.

O Almería está com problemas para realizar novas contratações após alguns atletas do clube denunciarem manobras da diretoria para burlar o sistema de fair play financeiro vigente na Espanha.

O saudita Al-Sheik também comandava o Pyramids FC do Egito – o mesmo clube que comprou Keno do Palmeiras e depois vendeu Carlos Eduardo. A ligação do bilionário com o clube egípcio terminou em fevereiro por questões políticas, mas em agosto ele reiniciou sua trajetória no futebol ao adquirir o controle do Almería.

  • Levou Luxemburgo a solicitar a inscrição *à* FPF. “Junto a” é “perto de” ou “junto com”. Não estamos perto nem somos aliados da FPF.