Palmeiras anuncia venda de ingressos para duelo contra o Cruzeiro; confira os valores

Palmeiras abre venda de ingressos para duelo contra Santos.
Reprodução

Ingressos para Palmeiras x Cruzeiro começam a ser vendidos nesta quarta-feira (17)

O Palmeiras divulgou as informações sobre a venda de ingressos para a partida contra o Cruzeiro, válida pela 18ª rodada do Brasileirão, que acontece neste sábado (20), no Allianz Parque.

Os bilhetes começam a ser vendidos às 12h desta quarta-feira (17), para sócios Avanti, através do site Ingressos Palmeiras. Às 10h de sexta (19), a comercialização para o público em geral se iniciará. Os valores das entradas custam entre R$130 e R$250, mais baratos do que na última partida na arena, frente ao Atlético-GO.

Para a partida contra a equipe mineira, o Allianz Parque funcionará em sua totalidade – no confronto diante do Atlético-GO, os setores Gol Norte e Superior Norte estavam indisponíveis.

O Palmeiras ocupa atualmente a segunda colocação do Brasileirão, com 33 pontos. Antes do duelo contra o Cruzeiro no Allianz Parque, a equipe de Abel Ferreira enfrentará o Botafogo, na noite desta quarta-feira, no Rio de Janeiro. O duelo vale a liderança da competição nacional.

Palmeiras x Cruzeiro: confira valores por setores no Allianz Parque

Palmeiras anuncia venda de ingressos para duelo contra o Cruzeiro.

Festejado nas arquibancadas, Dudu agradece ao carinho da torcida e recebe suporte de companheiro

Dudu em disputa pelo Palmeiras contra o Atlético-GO, durante partida válida pela décima sexta rodada do Brasileirão 2024, no Allianz Parque.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Dudu utilizou as redes sociais para retribuir o apoio dos torcedores

Dudu entrou em campo aos 22 minutos da segunda etapa, na vitória do Palmeiras por 3 a 1 sobre o Atlético-GO, nos braços da torcida mais uma vez. O camisa 7, que ainda busca a melhor forma física após passar 10 meses longe dos gramados, teve seu nome gritado por todo o Allianz Parque.

Nas redes sociais, o Baixola agradeceu ao carinho dos palmeirenses. “Amo vocês e tudo que faço dentro de campo é por essa torcida”, escreveu o jogador, que também parabenizou os companheiros pela vitória.

Além da torcida, quem também apoiou Dudu foi Raphael Veiga. Na zona mista do Allianz após a partida, o camisa 23 falou sobre a jogada em que poderia finalizar, mas preferiu dar o passe para o companheiro.

“Se eu cheguei aonde cheguei é porque muita gente me ajudou. O que eu puder fazer, seja para o Dudu ou qualquer um aqui do Palmeiras, para poder servir dentro e fora de campo e ver a pessoa feliz, melhor, vou fazer”, relatou Veiga. O meia também revelou que, caso um pênalti ao Verdão fosse marcado na partida, iria pedir para o camisa 7 bater.

Falei para o Dudu: se tivesse pênalti, ia dar para ele bater. Eu quero que o Dudu faça um gol, porque sei que o Dudu com confiança é um cara que vai nos ajudar muito”, complementou.

Desde que voltou de lesão, Dudu atuou em quatro partidas, saindo todas do banco de reserva.

Confira o post de Dudu:

Confiante, Flaco López soma números expressivos na temporada e é elogiado por Abel: “Animal”

Flaco López comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Atlético-GO, durante partida válida pela décima sexta rodada do Brasileirão 2024, no Allianz Parque.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Flaco López marcou o primeiro gol da vitória do Verdão sobre o Atlético-GO

Vivendo o melhor ano da carreira, Flaco López deixou sua marca na vitória do Palmeiras sobre o Atlético-GO por 3 a 1, no Allianz Parque, na noite desta quinta-feira. O atacante aproveitou o lançamento de Gustavo Gómez, dominou a bola no peito e escorou para o gol logo no início da partida, abrindo o placar para o Verdão.

O argentino chegou a 15 tentos na temporada. Além disso, são mais cinco assistências, totalizando 20 participações diretas em gols em 36 jogos disputados em 2024. Na zona mista do estádio após a partida, Flaco falou sobre seu momento.

“A confiança mudou. Ter uma boa sequência de jogo muda muito também. Estou desfrutando do dia a dia. Às vezes é difícil compreender o tempo de cada coisa, mas isso faz parte e agora estou desfrutando a boa fase. Quando a bola entra na rede, tudo fica mais fácil. Sigo trabalhando da mesma maneira. Há jogos que estamos bem, há jogos que não”, disse.

A atuação de Flaco também foi assunto na coletiva de Abel Ferreira. O treinador destacou o período que o camisa 42 precisou para deslanchar e rasgou elogios ao atacante.

“Houve muitas críticas ao Flaco e nós tivemos que fazer o nosso trabalho. Conversamos, pedimos para focar no trabalho e não dar ouvidos. Vocês sabem que aqui no Brasil jogar de número 9 é difícil. Hoje, ele está um ‘animal’. Está forte, rápido, possante, matador… muito bom para o Palmeiras. Por isso demos um contrato de quatro/cinco anos. O Flaco é um exemplo, assim como foi o Raphael Veiga”, disse o treinador.

Ao todo, Flaco soma 91 jogos com a camisa do Palmeiras e 25 gols anotados.

Flaco López em 2024:

Abel Ferreira ressalta “calma” do Palmeiras contra Atlético-GO e descarta rivalidade com o Botafogo

Abel Ferreira em jogo do Palmeiras contra o Atlético-GO, durante partida válida pela décima sexta rodada do Brasileirão 2024, no Allianz Parque.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Em coletiva após mais uma vitória no Brasileirão, Abel Ferreira também comentou sobre Dudu, Aníbal Moreno e Felipe Anderson

O Palmeiras venceu mais uma no Brasileirão e segue firme na parte de cima da tabela. Na noite desta quinta-feira, o Verdão fez 3 a 1 no Atlético-GO, no Allianz Parque.

Ao final do duelo, o técnico Abel Ferreira concedeu entrevista coletiva. O treinador comentou sobre diversos assuntos, dentre eles o fator que fez o Palmeiras vencer o confronto, a partida contra o Botafogo e sobre alguns jogadores individualmente.

Confira as respostas de Abel Ferreira após Palmeiras 3 x 1 Atlético-GO:

– A partida

Abel Ferreira em jogo do Palmeiras contra o Atlético-GO, durante partida válida pela décima sexta rodada do Brasileirão 2024, no Allianz Parque.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

“Entramos bem no jogo, intensos e dinâmicos. Levar um gol daqueles coloca à prova a nossa calma. Esse gol afetou um pouco nossa calma e confiança; tirou um pouco do nosso foco nas tarefas que eram precisas serem feitas. Eles mudaram o esquema para jogar contra nós, ficou difícil ultrapassar as linhas deles. No intervalo, fizemos poucas correções, abrimos dois jogadores à direita e à esquerda para espaçar a linha de defesa. Mas, mais do que tudo, pedi calma e foco nas tarefas. Se entramos em desesperos, os torcedores ficam ansiosos e isso passa para a equipe. Mas, felizmente mantivemos a calma”.

– Confronto diante do Botafogo

“Essa rivalidade não partiu do Palmeiras. Fazemos o nosso trabalho como sempre fizemos. O maior mérito do Palmeiras é ser resiliente. Mas, quero relembrar para todos que, no ano passado, não tinha só a gente na briga pelo título. Parece que só tinha a gente e isso é mentira. A três/quatro rodadas do fim [do Brasileirão do ano passado], tanto o Palmeiras, como o Botafogo, o Grêmio, o Flamengo ou o Bragantino podiam ser campeão. Então, por que só implicam com o Palmeiras? Não tenho problema nenhum com ninguém. Eles são uma excelente equipe e estão gastando muito. O Botafogo, assim como nós e outros times, vão brigar até o fim. Da minha parte e dos jogadores, vamos fazer o que sempre fazemos, não mudaremos em nada nossa preparação”.

– Dudu

“O Dudu sabe de toda a verdade. Ele sabe quando eu acho que ele deve ou não jogar; aquilo que ele está bem ou o que precisa melhorar. Tudo eu digo para ele. Queria que hoje ele andasse pelas zonas interiores, fugisse da marcação apertada dos nossos adversários e não procurasse duelos. Fez o que era preciso, armou, finalizou e quase marcou um gol. Ele merecia. Depois de tantos meses parado, sei que não foi fácil. Ele aproveitou mais alguns minutos e está cada vez melhor. Vou continuar colocando-o em campo quando eu achar que ele deve entrar. Tudo que eu faço é pensando para o melhor do Palmeiras”.

– Aníbal Moreno

“Gosto da organização e os jogadores têm funções a fazer dentro dessa organização. A do Estêvão é desequilibrar, assim como os outros pontas. E o Aníbal é um jogador que, realmente, tem uma dinâmica muito boa. Ele é o equilíbrio da nossa equipe, dá-nos confiança para os outros atacarem e chegarem à área. Não tem apenas a tarefa de ser o primeiro da cobertura, mas de também fazer a equipe jogar”.

– Felipe Anderson

“Ele, assim como todos os outros jogadores, treina muito bem. Me dá gosto de ver os jogadores, principalmente os que não estão jogando, treinando. Não dá para facilitar. É um orgulho ver o treino e a vontade deles, principalmente as atividades após o jogo”.

“O Felipe está treinando muito bem. Ele pode jogar como um camisa 10, mais atrás como um ‘8’ ou aberto nas pontas. Jogador que vem de um campeonato de muito rigor tático. Vai nos ajudar. Estou contente com aquilo que nós temos e estou satisfeito com o trabalho deste grupo”.

Raphael Veiga revela ajustes feitos por Abel para Palmeiras vencer o Atlético-GO

Raphael Veiga comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Atlético-GO, durante partida válida pela décima sexta rodada do Brasileirão 2024, no Allianz Parque.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Raphael Veiga marcou um dos gols da vitória palmeirense por 3 a 1, no Allianz Parque

Com um início de segundo tempo avassalador, o Palmeiras derrotou o Atlético-GO por 3 a 1, no Allianz Parque. A equipe comandada por Abel Ferreira, após ir para o intervalo empatando em 1 a 1, marcou duas vezes em dois minutos para garantir o resultado positivo.

Autor de um dos gols palmeirenses da noite, Raphael Veiga analisou a partida e explicou quais foram os ajustes realizados por Abel durante o intervalo.

“O que nos atrapalhou no primeiro tempo foi levar o empate logo depois que abrimos o placar. A gente sabia que eles iam sair para buscar a igualdade e não deu tempo de a gente esfriar a partida. Eles, realmente, nos marcaram bem no primeiro tempo. No segundo o Abel ajustou algumas coisas, principalmente a movimentação ofensiva. Isso acabou facilitando o nosso ataque, conseguimos achar bons passes e fazer os gols”, disse Veiga, que também respondeu sobre os três reforços que poderão estrear na semana que vem.

Raphael Veiga em disputa pelo Palmeiras contra o Atlético-GO, durante partida válida pela décima sexta rodada do Brasileirão 2024, no Allianz Parque.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

“Isso eu deixo para o Abel e para a comissão técnica. Eles vão resolver. Eu, como jogador, quero sempre que os melhores estejam no Palmeiras porque elevam o nível do treino, o nível do jogo. O Felipe Anderson, o Giay e o Maurício vão ajudar a gente, há um processo de adaptação, mas espero que eles se adaptem o mais rápido”, completou.

Raphael Veiga chegou a 93 gols marcados com a camisa do Palmeiras, em 304 jogos disputados. Ele é o artilheiro do clube no século XXI e também o principal goleador do Allianz Parque, com 49 bolas na rede.

Números de Raphael Veiga no Brasileirão: