Com passe à lá Kroos, Marcos Rocha aumenta distância na liderança em assistências na temporada

Marcos Rocha em jogo do Palmeiras contra o Liverpool-URU, durante partida válida pela fase de grupos da Libertadores 2024, no Estádio Centenário.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

No dia em que completou 300 jogos pelo Palmeiras, Marcos Rocha deu o passe para Veiga abrir o caminho para a goleada

Marcos Rocha viveu uma noite especial pelo Palmeiras, na goleada por 5 a 0 sobre o Liverpool, no Uruguai, pela Libertadores. O camisa 2 completou a marca de 300 partidas pelo clube e, de quebra, concedeu uma bela assistência para o tento de Raphael Veiga, que abriu o caminho para a vitória.

Aos 44 minutos do primeiro tempo, o lateral-direito aproveitou a ação de Veiga e acertou o passe nas costas do defensor, deixando o meia na frente do goleiro, que não desperdiçou. A movimentação do gol palmeirense lembrou o gol do Real Madrid diante do Bayern, pela Champions League, no último dia 30/04.

Rocha chegou a seis passes para gols na temporada e é o líder do Verdão em assistências. Ele é seguido por Raphael Veiga, Mayke e Flaco López, que concederam quatro passes cada.

Marcos Rocha comemora marca

Depois da goleada palmeirense no Uruguai, Marcos Rocha falou sobre a partida e também celebrou a marca de 300 jogos pelo Verdão.

“Acho que todo mundo jogou bem, todos se dedicaram para conseguir esses três pontos. Cada jogo tem uma história, um significado. Tive momentos muito bons, alguns de dificuldades, adaptação, instabilidade, o que é normal na carreira do atleta. Mas sempre tive apoio de todos que trabalham no Palmeiras e a confiança de boa parte do torcedor”, disse.

“Minha história é bonita no Palmeiras. Construímos isso com os pés no chão com bastante trabalho e tranquilidade. Só tenho que agradecer pelos 300 jogos vestindo essa camisa”, completou o lateral.

Aos 16, Estêvão soma primeira participação em gol pelo profissional do Palmeiras

Estêvão comemora com Flaco López gol pelo Palmeiras contra o São Bernardo, durante partida válida pela oitava rodada do Paulistão 2024, no estádio Municipal Primeiro de Maio.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Estêvão tem quatro jogos pelo time principal e 78 minutos em campo

Foi dos pés de Estêvão que o gol de Flaco López, o da vitória por 1 a 0 sobre o São Bernardo, saiu. O jogador de apenas 16 anos entrou no segundo tempo da partida e, bastante acionado, contribuiu diretamente para o triunfo palmeirense.

A assistência para Flaco foi a primeira participação em gol do atacante pelo time profissional do Verdão. Ele estreou contra o Cruzeiro, na última rodada do Brasileirão do ano passado, e neste Paulistão soma três partidas. Ao todo, são 78 minutos em campo pela equipe principal.

Estêvão disputou a Copinha deste ano e, após a competição, foi promovido ao profissional do Palmeiras. O jovem atacante é uma das principais revelação do clube dos últimos anos, ao lado de Endrick e Luis Guilherme.

Abel fala sobre Estêvão

A revelação palmeirense também foi assunto na coletiva de imprensa de Abel Ferreira, depois da partida. E o treinador pediu calma.

“Temos capitães absurdos, um diretor espetacular e uma comissão técnica competente. Ele vai jogar e jogar mal. Amanhã já vão chamá-lo de Messinho, mas é Estêvão. Hoje é o melhor do mundo, mas se amanhã ou depois fizer um jogo abaixo, aí já vai ser criticado. É preciso paciência. Tem um potencial tremendo, temos que ter cuidado com ele, porque a pressão é enorme. Os meninos do Brasil, muitos deles, jogam para ser a esperança da família. E o que eu tento fazer é acalmá-los. É tudo no tempo de Deus. Mas admiro muito essa responsabilidade”, disse o treinador.

Dudu chega a 100 assistências pelo Palmeiras

Dudu em disputa pelo Palmeiras contra o Coritiba, durante partida válida pela nona rodada, do Brasileirão 2023, no Allianz Parque.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Marca foi alcançada após Dudu servir Rony para o terceiro gol do Verdão contra o Coritiba

Dono de diversos recordes no Palmeiras, Dudu alcançou mais uma marca expressiva pelo clube no domingo, na vitória por 3 a 1 sobre o Coritiba, pelo Brasileirão. O camisa 7 chegou a 100 assistências com a camisa palmeirense ao conceder o passe para Rony anotar o terceiro gol do Verdão no jogo.

Com 431 jogos disputados pelo Palmeiras e vestindo a camisa do clube há nove temporadas, o Baixola tem uma média de pouco mais de 11 assistências por ano e um passe pra gol a cada quatro partidas. Além disso, o jogador tem 87 tentos anotados, o que perfaz um número total de 187 participações diretas.

“Conheci o Dudu já um jogador e um homem maduro. Quando ele voltou ao Palmeiras, entendeu a nossa dinâmica coletiva. Acredito que hoje ele esteja mais coletivo, mas o rendimento está o mesmo. Defende quando precisa, joga aberto ou por dentro. Hoje [domingo] ele tinha que alargar bem o campo e cumpriu muito bem o que pedimos”, disse Abel Ferreira sobre Dudu após o jogo contra o Coritiba.

“Deixei até o fim do jogo porque queria fazer um gol. Pode melhorar ainda a finta interior e acertar o gol. É muito bom assistente e os números comprovam isso. Agora é trazer mais desafios pra ele. Um ponta como ele precisa fazer de 10 a 12 gols no ano, só isso que precisa melhorar. Estamos muito satisfeitos com ele”, complementou o treinador.

Na temporada, Dudu soma cinco passes para gols e é o vice-líder do elenco, atrás somente de Raphael Veiga, com 8. Em números gerais, considerando as partidas de todos os jogadores do elenco, o camisa 7 é o líder seguido por Marcos Rocha (30), Raphael Veiga (28), Zé Rafael e Rony (21).

Confira mais números de Dudu pelo Palmeiras:

Mix de sentimentos: Gustavo Scarpa celebra título e fala sobre fim de ciclo no Palmeiras

Gustavo Scarpa em disputa pelo Palmeiras contra o Fortaleza, durante partida válida pela trigésima quinta rodada do Brasileirão 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Um dos principais jogadores do time no Brasileirão, Gustavo Scarpa concedeu mais uma assistência na goleada por 4 a 0 sobre o Fortaleza

A goleada do Palmeiras por 4 a 0 sobre o Fortaleza, que marcou a conquista do 11º título Brasileiro da História do clube, seguiu um roteiro no qual a torcida se acostumou a ver do time dentro da competição: Gustavo Scarpa sendo um dos protagonistas da equipe.

Principal garçom do Verdão desde a temporada passada, Scarpa foi quem deu o passe para o primeiro gol palmeirense da noite, marcado por Rony. Com isso, o meia chegou a 15 assistências no Brasileirão, disparado o líder da estatística na competição – na temporada, são 19.

Scarpa chegou ao Palmeiras em 2018 e, desde então, são sete títulos conquistados pelo clube em campo, mais a Recopa Sul-Americana, quando não atuou por conta de uma lesão no joelho. O meia assinou um pré-contrato com o Nottingham Forest e jogará pela equipe inglesa a partir do ano que vem.

Em tom de despedida, Scarpa, ao final do jogo, comentou seus últimos momentos pelo clube e celebrou a fase vivida.

Terminando meu ciclo aqui no Palmeiras com mais um título e excelentes números. Muito feliz com tudo que construí e conquistei aqui. Uma despedida dos sonhos, com título e o carinho da torcida”, disse.

“Ao mesmo tempo que fico feliz, que estou prestes a realizar um sonho [de jogar o campeonato inglês], fico triste por ter demorado tanto para conseguir conquistar o que consegui aqui no Palmeiras, sair em alta. Não defini ainda o que estou sentindo. Sei que estou muito feliz pelo título”, completou.

Os primeiros anos do jogador no Verdão não foram o que Scarpa e torcida esperavam, já que chegou ao clube como uma das principais promessas do futebol brasileiro. Além de ter ficado um tempo afastado devido a problemas judiciais com o Fluminense e de ter tido lesões seguidas em sua primeira temporada, o camisa 14 também não teve sequência na sua função de origem.

Com a chegada de Abel, virou protagonista e elevou os números: ao todo, em 231 partidas, soma 43 gols e 58 assistências.

Gustavo Scarpa tem mais 2 jogos pelo Palmeiras

Campeão, o meio-campista tem a possibilidade de fazer mais dois jogos antes de deixar o Palmeiras, contra América-MG, na quarta-feira que vem, e Internacional, no dia 13. Neste domingo, quando o Verdão enfrentará o Cuiabá fora de casa, Scarpa cumprirá suspensão automática por ter levado o terceiro cartão amarelo.

“Não consigo pensar quando será a última partida e como vai ser. Tenho tentado evitar pensar no futuro. Quero aproveitar o momento. Não consigo cravar nada. Tenho dois jogos aqui ainda, vou aproveitar o momento”, finalizou.

Gustavo Scarpa chega a 18 assistências na temporada

Gustavo Scarpa durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

“Foi fantástico”, disse Abel sobre a atuação de Gustavo Scarpa

O meia Gustavo Scarpa novamente foi decisivo na vitória do Palmeiras sobre o Sport com suas assistências para gol, assim como vem acontecendo durante toda a temporada do Verdão.

Atleta que mais vezes entrou em campo pela equipe na temporada, com 48 jogos, Scarpa deu seu 18º passe para gol no duelo contra os pernambucanos. Colocado em campo no intervalo, o camisa 14 cobrou o escanteio que achou Luiz Adriano no meio da área para empatar a partida, aos 8 minutos do segundo tempo.

Contabilizando os sete gols anotados, o meia chega a 25 participações diretas em gols na temporada – disparado, o líder neste quesito entre os atletas do elenco.

“O Scarpa fez um jogo fantástico, foi fundamental para sermos mais agudos”, comentou Abel Ferreira sobre a partida do meia contra o Sport.

Para Abel, falta Scarpa aprimorar o jogo sem bola para ser “completo”

Gustavo Scarpa do Palmeiras em disputa com Mendoza do Ceará, durante partida válida pela décima nona rodada do Brasileirão, no Castelão.
Cesar Greco

Apesar dos impressionantes números, Gustavo Scarpa não tem o posto de titular no Palmeiras de Abel Ferreira, pelo menos no momento. Durante um período do Brasileirão, o meia era escalado entre os onze, ao lado de Raphael Veiga.

Entretanto, desde o retorno de Dudu que o meia vem sendo o “12º jogador”. Para o comandante, uma das principais diferenças entre Scarpa e Veiga é o jogo sem bola, no qual o camisa 23 entrega mais.

“Gosto de jogar com três tipos de médios: um 5, 8 e um 10. Temos dois “10”, o Veiga e o Scarpa. Só posso escolher três [no meio-campo]. Quando preciso de uma equipe mais aguda, precisamos de jogadores do banco que fazem isso. O Scarpa nos dá isso”, explicou.

Contratado em 2018, Gustavo Scarpa tem 166 partidas pelo Palmeiras e 30 gols anotados. Rei das assistências em 2021, o meia só perde para Dudu no retrospecto geral; enquanto o camisa 4+3 tem 80 em 326 jogos, Scarpa tem 35.