“A Tríplice Coroa Verde”, Palmeiras lança documentário sobre os 3 títulos da temporada 2020

"A Tríplice Coroa Verde", Palmeiras lança documentário sobre os 3 títulos da temporada 2020.
Reprodução

Documentário “A Tríplice Coroa Verde” conta com participações dos principais jogadores do time e mostra os bastidores da conquista

O Palmeiras lançou na noite de ontem, em seus canais oficiais nas redes sociais, o documentário “A Tríplice Coroa Verde”, sobre as conquistas do clube em 2020 (Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Copa Libertadores).

Com quase uma hora e meia de duração, o filme apresenta os bastidores de cada conquista, passando, primeiramente, pelo título do Campeonato Paulista sobre o SCCP, depois a trajetória na Libertadores e, culminando, na vitória sobre o Grêmio na Copa do Brasil.

Além disso, os processos vividos dentro do clube, como a saída de Vanderlei Luxemburgo e a transição feita por Andrey Lopes para a chegada de Abel Ferreira, mais o impacto da pandemia da Covid-19 no planejamento da equipe também foram relatados nas imagens.

Entre os personagens, jogadores como Weverton, Gustavo Gómez, Raphael Veiga, Rony e Breno Lopes, importantes para o bicampeonato da Libertadores, concederam entrevistas e contaram, na visão de cada um, toda a trajetória por trás do título.

“Serão jogos que ficarão marcados na minha vida, até porque eu fiz o meu primeiro gol com a camisa do Palmeiras na Libertadores [na vitória por 5 a 0 sobre o Tigre]. Eu estava buscando há meses esse gol. Tenho um carinho imenso pela competição”, disse o atacante Rony.

As Crias da Academia, Danilo, Patrick de Paula, Gabriel Menino e Wesley, que subiram ao time principal no início de 2020 também deram seus depoimentos sobre o primeiro ano de profissional, assim como os profissionais do Núcleo de Saúde e Performance e a comissão técnica, comandada por Abel Ferreira.

Assista o documentário “A Tríplice Coroa Verde”, produzido pela TV Palmeiras/FAM:

Em documentário sobre a conquista da Libertadores, Abel Ferreira explica a entrada de Breno Lopes

SE Palmeiras comemora a conquista da Libertadores 2020, no Estádio do Maracanã.
Cesar Greco

Documentário “A Glória Eterna, Alma e Coração!” estreará nesta quinta-feira

Com o placar do duelo entre Palmeiras e Santos, pela final da Libertadores de 2020, apontando 0 a 0, aos 39 minutos do segundo tempo o técnico Abel Ferreira decidiu fazer a segunda substituição na equipe. Contrariando a torcida palmeirense que estava presente no estádio, que queria a entrada de Willian, o comandante chamou Breno Lopes para o lugar de Gabriel Menino.

A entrada de Breno deu tão certo que o atacante foi o herói do bicampeonato. Em entrevista ao documentário “A Glória eterna, Alma e Coração!”, que contará toda a trajetória do Palmeiras na competição, Abel explicou o motivo pela escolha do camisa 19 àquela altura do jogo.

Confira:

Documentário estreará na noite desta quinta-feira

Os dois primeiros episódios do documentário irão ao ar na noite desta quinta-feira, no Facebook Watch da Conmebol e também no canal do YouTube do SBT (SBT Sports). Os dois capítulos finais serão exibidos amanhã.

Depois, a série ficará disponível na TV Palmeiras/FAM e no canal da Libertadores, assim como no catálogo do Star+, serviço de streaming do grupo Disney.

Além dos bastidores e entrevistas com os personagens da conquista, estará presente também no material um pouco da História do Palmeiras dentro da Libertadores. Como é sabido, o Verdão tem números expressivos na competição:

  • Time brasileiro com mais vitórias (116);
  • Time brasileiro com mais vitórias como mandante (75) e visitante (42);
  • Time brasileiro que mais marcou gols (389);
  • Time com a maior sequência de invencibilidade como visitante (14 jogos).