Luís Pereira, Gabriel Jesus e mais: Estádio do Café traz boas recordações aos palmeirenses

Estádio do Café será o palco da 2ª partida entre Juazeirense x Palmeiras.
Reprodução

Estádio do Café será o palco do decisivo jogo entre Palmeiras e Juazeirense, pela Copa do Brasil

Na noite de quarta-feira, o Palmeiras entra em campo para enfrentar a Juazeirense, no jogo da volta da terceira fase da Copa do Brasil. Depois de vencer a ida por 2 a 1, o Verdão joga pelo empate para se classificar às oitavas-de-final.

A partida, que será de mando da equipe baiana, acontecerá em Londrina-PR, no Estádio do Café. A mudança de local para o interior do Paraná ocorreu porque o estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, não tem a capacidade mínima exigida pela CBF para esta fase da competição, que é de 10 mil lugares – o Adautão suporta pouco mais de 7 mil.

O Palmeiras já atuou dez vezes no Estádio do Café e segue invicto: foram nove vitórias e um empate. Além do retrospecto muito positivo, o local já foi palco de gols notáveis para o Verdão.

O penúltimo de uma lenda no Estádio do Café

Luís Pereira

Um dos maiores zagueiros da História do Palmeiras e do futebol mundial, Luís Pereira marcou seu penúltimo gol com a camisa do Verdão em Londrina. O feito ocorreu em um clássico contra o SPFC, vencido por 2 a 0, pelo Torneio do Café, em 23 de maio de 1984 – Jorginho marcou o outro tento palmeirense.

Luís Pereira é o zagueiro com mais gols pelo clube, com 36 (o último tento foi contra o Taubaté, pelo Paulista de 1984).

O defensor, que é natural de Juazeiro, cidade do time que enfrentará o Verdão nesta quarta-feira, chegou ao Palmeiras em 1968 após ter sido revelado pelo São Bento. O ex-jogador defendeu as cores palmeirense em duas passagens: de 1968 a 1975; e de 1981 a 1984. Em 1990, vestiu a camisa do Palmeiras pela última vez, em um jogo amistoso diante da Seleção Carioca.

O primeiro de um craque

Se Luís Pereira marcou um de seus últimos gols com a camisa palmeirense no Estádio do Café, Gabriel Jesus fez o seu primeiro pelo clube no local. Um dos maiores talentos que já saiu da base do Palmeiras, o atacante balançou as redes do ASA de Arapiraca.

Gabriel Jesus

A partida terminou em 1 a 0 para o Palmeiras e classificou a equipe comandada, à época, por Marcelo Oliveira para as oitavas-de-final da Copa do Brasil de 2015 – no final, o Verdão conquistaria o título contra o Santos, com Jesus sendo um dos protagonistas. Assim como no duelo de amanhã, a disputa teve mando do adversário na terceira fase da competição.

O tento contra o ASA foi o primeiro dos 28 que Gabriel Jesus anotou pelo Palmeiras.

Retorno após quase pendurar as chuteiras

O Estádio do Café foi palco também de um dos gols mais importantes da carreira do atacante de Alecsandro. Em 2016, o jogador, que à época tinha 35 anos, foi suspenso equivocadamente pelo TJD-SP após ser pego no exame antidoping – ação que quase fez o jogador pendurar as chuteiras.

Alecsandro

Pouco mais de dois meses depois, no entanto, o centroavante conseguiu provar sua inocência e voltou a jogar pelo Verdão. Seu primeiro gol após o retorno foi contra o América-MG, em 9 de outubro, na reta final do Brasileirão de 2016. A vitória diante dos mineiros foi importante para o Palmeiras conseguir o eneacampeonato.

Outro gol após retorno e quebra de recorde

Na 35ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2018, o Palmeiras visitou o Paraná Clube, no Estádio do Café, e empatou o duelo em 1 a 1, resultado que manteve o clube próximo da conquista do decacampeonato. Naquele duelo, ainda, o Verdão quebrou um recorde no Brasileirão de pontos corridos: 20 jogos de invencibilidade – esse número se estenderia até 33, pois o Palmeiras só foi derrotado novamente na competição do ano seguinte.

O gol do Palmeiras no jogo foi marcado por Gustavo Scarpa que, assim como Alecsandro, passou um período afastado do futebol na temporada, por conta de problemas jurídicos e por uma lesão muscular. O tento contra o Paraná foi o primeiro do camisa 14 após a volta aos gramados.

CBF confirma clássico entre Palmeiras e SCCP na Arena Barueri

CBF confirma clássico entre Palmeiras e SCPP na Arena Barueri.
Marcos Ribolli

Palmeiras terá que enfrentar seu maior rival em Barueri por conta de um show que acontecerá no Allianz Parque, no mesmo dia do Derby

Na noite de quarta-feira, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) confirmou, por meio de seu site oficial, a mudança de local da partida entre Palmeiras x SCCP, válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogo, que acontecerá no próximo dia 23, às 19h, será disputado na Arena Barueri. Inicialmente marcado para o Allianz Parque, o Derby mudou de local devido a um show da turnê “Amigos” que ocorrerá no mesmo dia na arena palmeirense.

Outra partida que também não acontecerá no Allianz Parque por conta de um show agendado (banda Kiss) é Palmeiras x Juazeirense, jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, marcado para o dia 30. Ainda não há a confirmação, mas o duelo deve ocorrer em Barueri – a definição deve ocorrer nos próximos dias.

O Palmeiras só voltará a atuar em seu estádio no dia 8 de maio, quando enfrentará o Fluminense, na quinta rodada do Brasileirão.

Retrospecto do Palmeiras na Arena Barueri

A arena Barueri já foi a “casa” do Palmeiras em 25 oportunidades e o retrospecto é favorável ao Verdão: 15 vitórias, seis empates e quatro derrotas, com 43 gols marcados e 20 sofridos. Foi nesse estádio em que o clube jogou a primeira partida da final da Copa do Brasil de 2012, contra o Coritiba, e venceu o duelo por 2 a 0.

Será a primeira vez que um Derby acontecerá neste estádio. O único clássico que o Verdão disputou no local ocorreu em julho de 2012, diante do SPFC – a partida terminou empatada em 1 a 1.

Seja atuando como mandante ou visitante, o Palmeiras disputou 28 jogos na Arena Barueri, com 17 triunfos, sete empates e quatro reveses.

Governo de SP antecipa retorno do público aos estádios; Palmeiras pode receber torcida no dia 9

Governo de São Paulo antecipa retorno do público aos estádios! A arena Allianz Parque voltará a ficar lotada pela torcida do Palmeiras.
Ag.Palmeiras

Na próxima terça-feira, dia 28, a CBF se reunirá com os clubes da Série A para sacramentar o retorno do público

O governador de São Paulo, João Dória, anunciou em sua conta oficial no Twitter que o Governo do Estado decidiu autorizar a volta do público aos estádios de futebol paulistas a partir do dia 4 de outubro. Inicialmente, a previsão era para 1º de novembro.

De início, os clubes poderão receber 30% da capacidade dos estádios; já a partir do dia 15 a previsão é que este número suba para 50% e, em 1 de novembro, a ideia é que os estádios já estejam recebendo 100% da capacidade. No caso do Palmeiras, 30% do Allianz Parque representam aproximadamente 13 mil pessoas.

De acordo com o protocolo, os clubes terão que exigir dos torcedores um comprovante com esquema vacinal completo. Para aqueles que receberam apenas a primeira dose, será preciso apresentar um teste negativo com validade de 48 horas para o tipo PCR ou de 24 horas para os de antígeno. O uso de máscara será obrigatório.

CBF promoverá Conselho Técnico entre os clubes da Série A para debater o retorno do público

Palmeiras 3x1 Guaraní-PAR
Cesar Greco/Ag.Palmeiras

No próximo dia 28, a CBF promoverá um conselho técnico para debater o retorno do público com todos os clubes da Série A do Brasileirão.

Caso o conselho referende a decisão, o Palmeiras poderá reencontrar sua torcida no dia 9 de outubro, quando enfrentará o Red Bull Bragantino, pela 25ª rodada – a última vez que o Verdão jogou com público no Allianz Parque foi em 10 de março do ano passado, na vitória por 3 a 1 sobre o Guaraní-PAR.

A torcida, no entanto, ainda precisa conter a ansiedade e ficar atenta, já que há a possibilidade da partida ser adiada por conta da rodada tripla das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar.