Decisivo, Zé Rafael destaca jogo heroico do Palmeiras contra o Fortaleza

Zé Rafael comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Fortaleza, durante partida válida pela trigésima quinta rodada do Brasileirão 2023, no Castelão.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Zé Rafael marcou o gol de empate do Palmeiras em 2 a 2 contra o Fortaleza

O Palmeiras sofreu, jogou mais de 40 minutos com um jogador a menos, mas conseguiu sair de Fortaleza com o empate em 2 a 2 e a liderança do Campeonato Brasileiro garantida.

Autor do segundo gol palmeirense na noite, Zé Rafael concedeu entrevista após a partida e destacou a reação do time, mesmo atrás do placar duas vezes e com um atleta a menos em campo.

“Hoje foi um jogo muito difícil e a gente sabia que seria assim. Eles têm uma equipe bem arrumada, com bons jogadores. Tivemos bastante dificuldades, ficamos atrás duas vezes e mesmo com um jogador a menos nós reagimos e fizemos um grande segundo tempo. Nossa equipe está com o espírito muito forte para continuar competindo independentemente do resultado e de como está o jogo. É assim que a gente tem que encarar nesses próximos três jogos”, disse o camisa 8.

Com o resultado, o Palmeiras chegou aos 63 pontos, mesma pontuação do Flamengo. Entretanto, o Verdão está na frente por conta do saldo de gols. A três rodadas do fim do Brasileirão, a equipe palmeirense terá pela frente o América-MG e o Fluminense no Allianz Parque, e o Cruzeiro na última rodada, em Belo Horizonte.

“Devido ao que foi o jogo, um atleta a menos, ter que correr atrás duas vezes, esse um ponto é importantíssimo. Com certeza fará diferença lá na frente. Seguimos nos dedicando, comprometidos para esses próximos três jogos. Não sei se seremos campeões, mas vamos dar o nosso melhor”, complementou Zé Rafael.

Zé Rafael vs Fortaleza:

  • 90 minutos jogados;
  • 1 gol;
  • 48 ações com a bola;
  • 76% dos passes certos;
  • 1 passe decisivo;
  • 1 lançamento certo;
  • 2 finalizações no gol;
  • 1 drible certo;
  • 5 duelos no chão ganhos;
  • 1 desarme;
  • 1 falta cometida;
  • 3 faltas sofridas.

Pré-jogo Fortaleza x Palmeiras – Campeonato Brasileiro 2023

Pré-jogo Fortaleza x Palmeiras

Pré-jogo Fortaleza x Palmeiras – Campeonato Brasileiro 2023

Estádio: Castelão
Data e Horário: 26/11/2023 18h30

Transmissão

Premiere FC

Premiere

Na noite deste domingo, a Sociedade Esportiva Palmeiras visita o Fortaleza, em partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Aconteceu: o Palmeiras é o líder isolado do Brasileirão e pode, com uma vitória, dar um passo importante para o que, há um mês, parecia impossível: ganhar mais um campeonato em 2023. A torcida do Verdão terá cinco mil lugares à disposição no Castelão (a R$ 75); a diretoria do Fortaleza baixou o valor dos ingressos para atrair sua torcida: os bilhetes mais baratos saem por apenas R$ 10.

Escalação do Palmeiras

Palmeiras

DESFALQUES
Lesionados:
Luan,Gabriel Menino e Dudu

Pendurados: Weverton, Mayke, Piquerez, Vanderlan, Fabinho, Jhon Jhon, Raphael Veiga, Artur e Kevin

Além do retorno dos quatro convocados (Gómez, Ríos, Veiga e Endrick), Abel Ferreira poderá contar com Piquerez, que deixou o gramado de Barueri reclamando de uma pancada na coxa esquerda, que se transformou num edema. Recuperado, o uruguaio tem presença certa na partida.

O gol marcado contra o Inter deu mais confiança a Rony, que voltou a ganhar força na disputa por uma vaga no ataque, mas Breno Lopes segue sendo o favorito para iniciar o jogo ao lado de Endrick.

Caso decida manter o esquema com três zagueiros, usando Marcos Rocha na direita, Abel deve mandar o Palmeiras a campo com Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez e Murilo; Mayke, Richard Ríos, Raphael Veiga, Zé Rafael e Piquerez; Endrick e Breno Lopes (Rony).

Escalação do Fortaleza

Fortaleza

No Fortaleza, o técnico Juan Pablo Vojvoda luta contra a falta de resultados. Já são oito jogos sem vencer pelo Brasileirão, com seis derrotas e dois empates. De aspirante a vaga na Libertadores, o time da casa agora pensa em se livrar do rebaixamento e em garantir ao menos a vaga na Sul-Americana.

No DM, Hércules, Vinicius Zanocelo e Pedro Augusto devem ganhar a companhia de Lucero, que deixou o campo na última quinta-feira sentindo o posterior da coxa e dificilmente terá condições de jogo. Com esses desfalques, Vojvoda deverá escalar o time com João Ricardo; Tinga, Brítez, Titi e Bruno Pacheco; Zé Welison e Caio Alexandre; Pikachu, Calebe e Guilherme Augusto; Thiago Galhardo.

Números

  • O Verdão tem vantagem no confronto direto, mas é bem apertada: em 23 jogos, são 10 vitórias palmeirenses contra 8 do Fortaleza, mais 5 empates;
  • Como visitante, o Verdão só venceu 2 vezes; houve 2 empates e 5 vitórias do Fortaleza;
  • Jogando no Castelão, o drama aumenta: o Palmeiras só venceu o Fortaleza uma vez, com 4 empates e 4 vitórias do time da casa;
  • Jogando por campeonatos brasileiros, o Palmeiras venceu 9 jogos e o Fortaleza 6; houve 5 empates;
  • No geral, contra qualquer adversário, o Palmeiras já jogou 33 vezes na capital cearense e venceu 13 vezes, com 12 empates e 8 derrotas;
  • Faça os cruzamentos de dados históricos como quiser usando nosso Almanaque. Clique aqui!

Odds

Na reta final do Brasileirão, o Verdão entra forte, segundo o mercado. Os principais sites de aposta pagarão, em média, para cada real aplicado:

No calendário

O Palmeiras já disputou 16 jogos no dia 26 de novembro e venceu apenas 6 vezes. Veja a lista completa clicando neste link.

Arbitragem

Andre Luiz Policarpo Bento

Árbitro Principal:
Andre Luiz Policarpo Bento

Carlos Eduardo Nunes Braga

VAR:
Carlos Eduardo Nunes Braga

Previsão do tempo

Temperatura: 30°C
Chuva: Não há previsão de chuva
Vento: E – 28km/h
Umidade: 85%

Parpite

Chegamos na reta final, com o elenco descansado – ao menos a parte que não serviu a nenhuma seleção – e com foco bem definido. Nosso adversário deste domingo ainda tem alguma preocupação com rebaixamento, mas vem desgastado pelo jogo atrasado contra o Botafogo, disputado na quinta à noite.

O gramado do Castelão sempre é um problema, mas a esta altura, nossos jogadores vão querer passar por cima de tudo, a qualquer custo. E com Endrick inspirado, conseguirão. Dá Verdão: 2 a 0, com dois gols do camisa 9, para 29.999 pagantes. VAMOS PALMEIRAS!

Palmeiras faz 90 minutos de trabalhos intensos visando Fortaleza; confira detalhes do treino

Luis Guilherme e Murilo durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Sob forte calor, Palmeiras deu sequência à preparação para o duelo importante pelo Brasileirão; selecionáveis não treinaram com o grupo

Em mais um dia de preparação para o confronto frente ao Fortaleza, que acontece domingo na Arena Castelão, o Palmeiras realizou trabalhos intensos na Academia de Futebol, sob forte calor.

A atividade desta quarta-feira durou 90 minutos. A comissão técnica dividiu o grupo em quatro times: de um lado do campo, duas equipes se enfrentaram em dimensões reduzidas; no outro, um grupo trocava passes e tinha três mini-metas para cumprir, enquanto a última parte do elenco teve como objetivo marcar um gol.

O treino realizado pelo Palmeiras é chamado de aquisitivo, no qual foram aprimoradas, nas atividades, as transições, raciocínio rápido e movimentações. “Treino forte todos os dias. Para mim, o treino é o jogo”, disse Vanderlan sobre a atividade. “Trabalhamos todos os dias duro para, quando surgir a oportunidade, podermos corresponder”, completou o lateral que foi convocado para a Seleção Brasileira Sub-23 na data Fifa.

Até o confronto diante do Fortaleza, o Palmeiras terá mais três sessões de treinamento. A delegação viaja para a capital cearense na tarde de sábado. Luan e Piquerez, com problemas musculares, deram sequência ao processo de recuperação.

Previsão do retorno dos selecionáveis para o Palmeiras

Endrick, Raphael Veiga, Gustavo Gómez e Richard Ríos são aguardados na Academia de Futebol na tarde desta quarta-feira. Os quatro estavam com suas seleções para os jogos das Eliminatórias. Destes, apenas Ríos não foi a campo no último jogo.

Os quatro devem treinar com o elenco amanhã e estarão à disposição da comissão técnica.

Richard Ríos acirra disputa com Gabriel Menino pela titularidade às vésperas de confronto na Libertadores

Richard Ríos e Gabriel Menino, durante treinamento do Palmeiras, na Academia de Futebol.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Richard Ríos foi titular em dois dos últimos três jogos e marcou um gol contra o Fortaleza

Com a venda de Danilo para o Nottingham Forest em janeiro deste ano, o técnico Abel Ferreira apostou em Gabriel Menino para ser o titular do meio-campo ao lado de Zé Rafael e o resultado foi positivo: A Cria da Academia se consolidou e foi importante para o Palmeiras nos títulos da Supercopa e do Campeonato Paulista, marcando gols nas partidas decisivas.

Nos últimos jogos, contudo, o camisa 25 viu Richard Ríos entrar como titular e esquentar a disputa por uma vaga no time a pouco mais de uma semana do primeiro jogo do Verdão pelas oitavas-de-final da Libertadores, contra o Atlético-MG.

Autor do primeiro gol palmeirense na vitória do último sábado, o colombiano formou a dupla de volantes do Palmeiras ao lado de Zé Rafael em dois dos últimos três jogos: contra o SPFC, pela Copa do Brasil, e diante do Fortaleza. Nessas duas partidas em que foi titular, Ríos teve 75% de aproveitamento nos passes, 50% nos lançamentos e venceu oito de 15 duelos individuais, além de sete ações defensivas.

“Muito feliz por um gol por essa camisa tão gigante. Temos de levar nossos 20 minutos iniciais desse confronto [contra o Fortaleza] para os próximos. Começamos muito bem, marcamos lá em cima. A gente tem que levar isso para o restante da temporada”, disse Ríos, que marcou seu segundo gol pelo Verdão.

Em campo, Gabriel Menino é mais versátil que o concorrente, já que também pode atuar aberto pelo lado direito do ataque e, em ocasiões esporádicas, de lateral-direito. Entretanto, joga contra o camisa 25 a falta de concentração em momentos importantes das partidas, algo comentado em diversas entrevistas por Abel Ferreira.

Ríos chegou ao Verdão em março e estreou contra o Bolívar, em La Paz, e já soma 27 jogos pelo clube. Nesse mesmo recorte, Menino realizou 28 partidas. Considerando apenas o Campeonato Brasileiro, o reforço colombiano foi a campo 16 vezes (cinco como titular); a Cria da Academia, 15 (13 como titular).

Números de Gabriel Menino e Richard Ríos no Campeonato Brasileiro:

– Richard Ríos

  • 16 jogos – 549 minutos jogados
  • 1 gol
  • 22 dribles realizados
  • 9 finalizações
  • 0 grandes chances criadas
  • 0 assistências
  • 197 passes certos totais (82%)
  • 3 passes decisivos
  • 13 lançamentos certos
  • 18 desarmes
  • 5 interceptações
  • 9 cortes
  • 55 duelos vencidos

– Gabriel Menino

  • 15 jogos – 1065 minutos jogados
  • 2 gols
  • 11 dribles realizados
  • 23 finalizações
  • 1 grande chance criada
  • 1 assistência
  • 589 passes certos (85%)
  • 16 passes decisivos
  • 69 lançamentos certos
  • 26 desarmes
  • 12 interceptações
  • 11 cortes
  • 64 duelos vencidos

*Dados Sofascore

Abel Ferreira comemora vitória, detalha mudanças táticas e revela propostas para os jogadores saírem

Abel Ferreira em jogo do Palmeiras contra o Fortaleza, durante partida válida pela décima sexta rodada do Brasileirão 2023, no Allianz parque.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Em coletiva após o triunfo sobre o Fortaleza, Abel Ferreira destacou que reforço será os jogadores voltarem à melhor forma

Na entrevista coletiva após a vitória do Palmeiras por 3 a 1 sobre o Fortaleza, no Allianz Parque, o técnico Abel Ferreira explicou detalhadamente os fatores que levaram o Verdão a voltar a vencer no Brasileirão. O treinador revelou que os jogadores não estavam na máxima confiança, mas pediu um começo forte de jogo e depois realizou os ajustes no time.

“Fico muito feliz porque os nossos jogadores conseguem bloquear todo o barulho que vem de fora. É mentira se eu disser que estávamos na nossa confiança máxima. Mas sabíamos que tínhamos de entrar forte no jogo, levar rápido a bola para a baliza do adversário e fizemos isso. Conseguimos marcar um gol e a seguir nós ficamos mais apáticos e também distraídos. Sofremos um gol no finalzinho da primeira etapa e senti a necessidade de colocar mais energia. Não queria que entrássemos para o segundo tempo da mesma forma que terminamos o primeiro”, disse o treinador.

“Tiramos o Rocha e colocamos o Mayke para ele nos dar mais profundidade e procurei mais cruzamento do lado direito, por isso o Gabriel Menino em campo. O Artur, na primeira parte, não fez nenhum cruzamento e o Ríos estava constantemente a fazer a ponta direita. Começamos bem na segunda parte e depois mexi de novo na equipe. Coloquei o Breno porque ele nos dá mais chegada à área do que propriamente o Artur, ele é um ponta-centroavante. Entrou muito bem, gosto muito dele, sempre nos dá rendimento. O Luis [Guilherme] na direita, no lugar do Ríos, foi para ele vir de fora pra dentro e dar a passagem ao Mayke”, explicou.

Antes do segundo gol palmeirense, marcado por Raphael Veiga, Abel revelou que iria colocar Flaco López. “Ia tirar o Veiga e ser mais agressivo na frente; o Luís ia mais por dentro e o Mayke ocuparia o corredor. Mas não foi preciso graças ao gol do Veiga. É isso que precisamos, que nossos jogadores recuperem a melhor forma física. Fico feliz porque eles merecem a vitória, são ambiciosos para ganhar os jogos”, concluiu.

Abel Ferreira comenta propostas recebidas pelos jogadores

Abel Ferreira comemora gol com Breno Lopes em jogo do Palmeiras contra o Fortaleza, durante partida válida pela décima sexta rodada do Brasileirão 2023, no Allianz parque.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Além de analisar a vitória, Abel também falou sobre as ofertas de outros clubes aos jogadores do elenco, como isso os afetou mentalmente e que considera que os “reforços” serão os atletas atuais voltarem ao melhor nível.

“Quando abre o mercado, muitos dos nossos jogadores foram sondados para sair, inclusive eu, o Zé Rafael também teve oferta. Entendo que, de fato, são muitos zeros [alusão aos valores ofertados aos jogadores]. Já ganhei alguns quando era jogador, o suficiente; agora também, mas não é por isso que eu me movo. Sou movido pelo aquilo que acredito e acredito nesse projeto”, disse.

“Quando você assina um contrato, tem obrigações. Se quiser sair, tem que pagar a cláusula. Se o clube entender que a oferta é baixa, e foram baixas as ofertas que recebemos por nossos jogadores, não vende. Agora, se chegar alguém e pagar a cláusula do Luan, Gustavo Gómez, Zé Rafael, Rony, Vanderlan, Piquerez, Breno Lopes, do treinador… Todos os que estou citando foram alvos de propostas”, continuou.

“Queremos os nossos jogadores na melhor forma. Estes são nossos reforços: recuperar a confiança dos jogadores. A única forma que temos é trabalhar, treinar com qualidade para recuperar os jogadores e ganhar. Nosso reforço tem que ser voltar às nossas bases. Que os nossos jogadores recuperem a forma física, pois muitos têm estado em baixa por lesões”, finalizou.