Mayke volta a marcar após 3 anos e celebra vitória do Palmeiras sobre o Goiás

Mayke comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Goiás, durante partida válida pela vigésima primeira rodada do Brasileirão 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Titular no lugar de Marcos Rocha, Mayke anotou o primeiro dos 3 gols palmeirenses na partida

A vitória palmeirense sobre o Goiás por 3 a 0, na tarde deste domingo, pelo Campeonato Brasileiro, começou a ser construída com um golaço do lateral-direito Mayke, que começou de titular no lugar do suspenso Marcos Rocha.

Aos 20 minutos da etapa inicial, Dudu puxou contra-ataque rápido da esquerda para o meio e passou para o camisa 12, que acertou um lindo chute no ângulo do goleiro Tadeu.

“Muito feliz pela partida. Um lateral ser considerado o melhor jogador do duelo não é normal, pois temos grandes meias e atacantes. Agradeço à comissão, aos companheiros. Foi um jogo maravilhoso e graças a Deus saímos com os três pontos”, disse o jogador, que foi eleito pela transmissão da TV Globo o “Craque da Partida”.

Além de brilhar ofensivamente, Mayke também mostrou solidez defensiva. Foram seis desarmes, duas interceptações e três cortes, de acordo com o SofaScore.

O Palmeiras, com o triunfo, chegou à quinta vitória consecutiva na competição e abriu seis pontos de vantagem para o segundo colocado, o SCCP; são 45 pontos para o Verdão contra 39 do rival de Itaquera. No próximo sábado, as duas equipes se enfrentam na casa do adversário.

Mayke marca após 3 anos

No clube desde 2017, Mayke não marcava um gol com a camisa do Palmeiras havia mais de três anos. O último tento acontecera em maio de 2019, na vitória palmeirense por 2 a 0 sobre o Sampaio Corrêa, pela Copa do Brasil. Com 180 jogos completados pelo clube, o jogador, que contabiliza sete títulos, soma três gols ao todo. Aos 29 anos, Mayke tem contrato com o Palmeiras até o final de 2023.

Palmeiras terá 3 desfalques na linha de zaga contra o Goiás

Abel Ferreira durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Marcos Rocha, Piquerez e Murilo estão suspensos e não estarão presentes em Palmeiras x Goiás

Após a vitória sobre o Ceará por 2 a 1, fora de casa, o Palmeiras voltará a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo, dia 7, quando enfrentará o Goiás, no Allianz Parque, em partida válida pela 21ª rodada.

Para o duelo, o técnico Abel Ferreira já sabe que não poderá contar com três titulares: o zagueiro Murilo e os laterais Marcos Rocha e Piquerez. Os defensores levaram o terceiro cartão amarelo no Castelão e cumprirão suspensão automática diante dos goianos.

Rocha foi advertido por Anderson Daronco nos minutos finais do primeiro tempo depois de parar um contra-ataque do adversário; Piquerez, por sua vez, recebeu o cartão por demorar para deixar o campo ao ser substituído e Murilo por uma falta no fim do jogo.

Mayke é o substituto imediato de Marcos Rocha e ficará com a vaga; Vanderlan, novo número “2” da lateral-esquerda, deve ser o titular no lugar de Piquerez, enquanto Luan fará a composição da zaga. O time que entrará em campo contra o Goiás poderá sofrer mais algumas mudanças, já que essa partida ocorrerá três dias antes do segundo confronto diante do Atlético-MG, pela Libertadores.

Palmeiras x Goiás: mais de 35 mil ingressos vendidos

Palmeiras x Ceará: mais de 21 mil ingressos vendido.
Reprodução

A possibilidade de ver em campo o time alternativo do Palmeiras não afastou nem um pouco o anseio da torcida de assistir ao time no Allianz Parque. De acordo com a última atualização divulgada pelo clube, 35.820 ingressos já foram vendidos para o jogo contra o Goiás.

Com essa parcial, já serão nove partidas seguidas em que o Palmeiras atuará para mais de 30 mil pessoas no estádio – o recorde pertence ao ano de 2018, com 11 jogos em sequência alcançando essa marca. No mês de julho, a média de público do Verdão no Allianz Parque foi de 39.135 presentes.

O Palmeiras lidera o Brasileirão após 20 rodadas disputadas com 42 pontos ganhos, quatro à frente do segundo colocado.

Palmeiras aprimora parte tática antes de enfrentar Cerro Porteño

Danilo e Rony durante treinamento do Palmeiras, na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Com quase todo elenco à disposição, Abel Ferreira paralisou o treino a todo instante para orientar os jogadores do Palmeiras

Na manhã desta terça-feira, o Palmeiras deu sequência à preparação para o duelo contra o Cerro Porteño com atividades táticas em campo reduzido, realizadas na Academia de Futebol. O técnico Abel Ferreira paralisou a atividade frequentemente para corrigir e orientar os atletas.

Quase todo o elenco participou das movimentações. Apenas o volante Jailson, com lesão no joelho, e Gabriel Veron, que machucou o pé direito no domingo, não foram a campo e permaneceram na parte interna para trabalhos de recuperação com o Núcleo de Saúde e Performance. Já o atacante Giovani realizou atividades físicas em um dos gramados do Centro de Treinamento – o atleta se recupera de cirurgia no tornozelo.

Após o trabalho tático, os atacantes do elenco aprimoraram finalizações tanto da parte central da área quanto partindo das laterais.

Na manhã de quarta-feira, horas antes de entrar em campo para enfrentar a equipe paraguaia, a comissão técnica deve comandar o último treinamento na Academia de Futebol.

Marcos Rocha deve voltar ao time titular do Palmeiras

Marcos Rocha e Gustavo Gómez durante treinamento do Palmeiras, na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Poupado do último jogo, o lateral-direito Marcos Rocha treinou novamente sem restrições e deve ser a novidade do time titular amanhã. Ao final do treinamento, o camisa 2 falou sobre a partida e pediu atenção com o adversário.

“Jogo de Libertadores não pode cochilar, não pode dar mole. Eles vão vir para tentar buscar um resultado positivo, provavelmente vão vir com uma formação diferente. Vimos que no final do jogo colocaram dois centroavantes que dificultaram a nossa bola aérea. É ter bastante atenção, tenho certeza de que o Abel e sua comissão estão preparando surpresas para que possamos fazer um grande jogo e passar de fase”, disse o jogador, que também comentou sobre o apoio da torcida palmeirense.

“Estamos disputando três grandes campeonatos e brigando por todos. Uma hora ou outra podemos oscilar, mas sabemos o quanto o nosso trabalho é positivo dentro e fora do clube, com o torcedor reconhecendo e lotando o estádio. Isso nos deixa muito felizes e nos faz trabalhar ainda mais para dar a resposta para eles. O trabalho está sendo bem feito, os mesmos jogadores que estão aqui hoje venceram há quatro meses. Temos um grupo especial, com jogadores jovens e trabalhadores, e todos nós queremos algo a mais com a camisa do Palmeiras. Contamos com o apoio dos torcedores, que eles continuem acreditando porque sabemos que juntos já conseguimos algo especial”, finalizou.

Até a última parcial divulgada pelo Palmeiras, às 11h25 desta terça-feira, 37.700 ingressos foram vendidos antecipadamente. Diante do Cerro Porteño, o Verdão fará o quinto jogo seguido no Allianz Parque para mais de 30 mil pessoas.

Marcos Rocha treina com bola; Flaco López e Raphael Veiga seguem em trabalhos físicos

Marcos Rocha durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Recuperado de uma mialgia na coxa direita, Marcos Rocha pode ser a novidade no próximo jogo

Horas após a virada histórica sobre o SPFC no Morumbi, por 2 a 1, o Palmeiras se reapresentou na Academia de Futebol e iniciou os trabalhos para o confronto de quinta-feira novamente contra o rival, mas desta vez válido pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil.

A novidade do dia foi a presença de Marcos Rocha. Poupado dos últimos jogos por estar com desgaste muscular, o camisa 2 participou normalmente das movimentações propostas pela comissão técnica, assim como Jorge, que havia sofrido um trauma no joelho direito – os dois podem ser relacionados para o próximo jogo.

Em campo, os auxiliares de Abel Ferreira comandaram treino técnico com a presença dos laterais mais os jogadores que atuaram menos de 45 minutos ou não jogaram no Morumbi. Os titulares, como é de costume, realizaram trabalhos regenerativos na parte interna do Centro de Excelência.

Positivado para Covid-19, Abel segue de fora das atividades e é acompanhado pelos médicos do Núcleo de Saúde e Performance.

Marcos Rocha em campo; Raphael Veiga e López ainda não

Flaco Lopéz durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Recuperado de lesão muscular na coxa, o meio-campista Raphael Veiga deu sequência ao processo de transição física, com atividades na academia e no gramado, acompanhado do fisiologista Rudy Pracidelli.

O centroavante López, contratado recentemente, participou do aquecimento junto aos novos colegas de clube e, em seguida, fez movimentações físicas à parte.

A equipe volta a treinar na tarde desta quarta-feira, na Academia de Futebol. O duelo de quinta-feira diante do SPFC acontecerá às 20h, outra vez no estádio do Morumbi. O jogo de volta das oitavas-de-final da Copa do Brasil, no Allianz Parque, está marcado para o dia 14 de julho.

Reapresentação do Palmeiras: positivado para Covid-19, Abel Ferreira não comanda treinamento

Kuscevic e Merentiel durante treinamento do Palmeiras, na Academia de Futebol.
Cesar Greco

De acordo com o Palmeiras, o comandante já está em isolamento e sendo monitorado pelos profissionais do Núcleo de Saúde e Performance

O técnico Abel Ferreira foi ausência na reapresentação do Palmeiras na manhã deste sábado, na Academia de Futebol. De acordo com o clube, o treinador apresentou sintomas gripais e testou positivo para Covid-19 – ele já está em isolamento e terá toda a recuperação monitorada pelos médicos do Núcleo de Saúde e Performance. Assim, João Martins deve comandar o Verdão diante do SPFC.

Sem o comandante, o Palmeiras iniciou a preparação para o Choque-Rei com um treino coletivo, em campo reduzido, comandado pelos auxiliares de Abel, que contou com a presença dos jogadores que iniciaram o último jogo no banco de reservas; os demais atletas permaneceram na parte interna do Centro de Excelência para trabalhos regenerativos.

De volta ao clube após período com a seleção chilena, o zagueiro Kuscevic participou normalmente de todas as movimentações técnicas e estará à disposição para o clássico. Já o lateral Jorge, recuperando-se de um trauma no joelho direito, fez aquecimento integrado ao grupo e, em seguida, realizou atividades à parte.

O elenco dá sequência ao trabalho visando o SPFC neste domingo, às 11h. O clássico acontece na segunda-feira, às 20h, no Morumbi.

Mayke comenta preparação para Palmeiras x SPFC

Mayke durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Ao final do treinamento, o lateral-direito Mayke, que voltou a atuar contra o Atlético-GO após desfalcar a equipe por sete jogos em recuperação de uma lesão no tendão da perna direita, comentou sobre o retorno e a preparação da equipe para o confronto contra o SPFC.

“Graças a Deus e a todo o departamento médico do Palmeiras, estou de volta depois de um mês. Fico feliz de estar retornando aos gramados, estar à disposição do treinador. Estou preparado, treinando forte para que se ele precisar de mim eu possa entrar em campo, dar o máximo e ajudar meus companheiros”, disse o camisa 12.

“O Palmeiras está muito bem, é muito bom para o jogador voltar nessa fase. Vou procurar aproveitar ao máximo. É sempre bom jogar clássicos. Na segunda, é um jogo muito importante para nos mantermos em primeiro lugar, e na quinta-feira um jogo mata-mata que começa na casa deles. O professor vai nos passar o máximo de informações para irmos bem dentro de campo e fazermos excelentes jogos no Morumbi”, completou.

Com Marcos Rocha ainda fora por conta de desgastes musculares, Mayke pode ser a novidade do time na segunda-feira.