Palmeiras terá 3 desfalques na linha de zaga contra o Goiás

Abel Ferreira durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Marcos Rocha, Piquerez e Murilo estão suspensos e não estarão presentes em Palmeiras x Goiás

Após a vitória sobre o Ceará por 2 a 1, fora de casa, o Palmeiras voltará a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo, dia 7, quando enfrentará o Goiás, no Allianz Parque, em partida válida pela 21ª rodada.

Para o duelo, o técnico Abel Ferreira já sabe que não poderá contar com três titulares: o zagueiro Murilo e os laterais Marcos Rocha e Piquerez. Os defensores levaram o terceiro cartão amarelo no Castelão e cumprirão suspensão automática diante dos goianos.

Rocha foi advertido por Anderson Daronco nos minutos finais do primeiro tempo depois de parar um contra-ataque do adversário; Piquerez, por sua vez, recebeu o cartão por demorar para deixar o campo ao ser substituído e Murilo por uma falta no fim do jogo.

Mayke é o substituto imediato de Marcos Rocha e ficará com a vaga; Vanderlan, novo número “2” da lateral-esquerda, deve ser o titular no lugar de Piquerez, enquanto Luan fará a composição da zaga. O time que entrará em campo contra o Goiás poderá sofrer mais algumas mudanças, já que essa partida ocorrerá três dias antes do segundo confronto diante do Atlético-MG, pela Libertadores.

Palmeiras x Goiás: mais de 35 mil ingressos vendidos

Palmeiras x Ceará: mais de 21 mil ingressos vendido.
Reprodução

A possibilidade de ver em campo o time alternativo do Palmeiras não afastou nem um pouco o anseio da torcida de assistir ao time no Allianz Parque. De acordo com a última atualização divulgada pelo clube, 35.820 ingressos já foram vendidos para o jogo contra o Goiás.

Com essa parcial, já serão nove partidas seguidas em que o Palmeiras atuará para mais de 30 mil pessoas no estádio – o recorde pertence ao ano de 2018, com 11 jogos em sequência alcançando essa marca. No mês de julho, a média de público do Verdão no Allianz Parque foi de 39.135 presentes.

O Palmeiras lidera o Brasileirão após 20 rodadas disputadas com 42 pontos ganhos, quatro à frente do segundo colocado.

Palmeiras finaliza preparação para enfrentar o Ceará com treinos técnicos na Academia de Futebol

Atletas do Palmeiras durante treinamento na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Invicto como visitante no Brasileirão, Palmeiras iniciará 2º turno jogando na Arena Castelão

A preparação do Palmeiras para o confronto diante do Ceará, que ocorre na tarde deste sábado, na Arena Castelão, foi finalizada na manhã desta sexta-feira, na Academia de Futebol – o embarque para a capital cearense está previsto para ocorrer na tarde de hoje.

Em campo, novamente contando com as presenças de Piquerez e Rafael Navarro, a comissão técnica de Abel Ferreira comandou atividades técnicas, com foco nos cruzamentos e finalizações. No fim, os jogadores realizaram ainda um treino recreativo.

Recuperando-se de lesão no ligamento cruzado do joelho, Jailson deu sequência ao tratamento com trabalhos em campo, com bola. Rony, que segue de fora, também apareceu em um dos gramados do Centro de Treinamento.

Palmeiras pode ter a volta de Piquerez

Joaquín Piquerez durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Desfalque de duas partidas do Palmeiras por conta de uma mialgia na coxa esquerda, Piquerez deve ser a novidade do Palmeiras no confronto de amanhã. O uruguaio, ao final do treinamento, falou da possibilidade de retorno e elogiou seu substituto, Vanderlan.

“Estou feliz demais por estar de novo à disposição do time e do treinador e feliz também pelo Vanderlan, que ficou jogando enquanto eu estava machucado e fez ótimas partidas. Nosso objetivo é arrancar bem neste segundo turno. Será um jogo muito difícil fora de casa, mas estamos preparados para lutar e ganhar os três pontos”, declarou o jogador, à TV Palmeiras/FAM.

“Fizemos um primeiro turno muito bom, os números todos foram bons, e agora é seguir trabalhando, pois não há outro segredo. O treinador fala muito isso para nós e somos muito conscientes. É ter um bom grupo, trabalhar bem, estar unidos, ter os pés na terra e seguir lutando”, finalizou Piquerez.

O Palmeiras lidera o Brasileirão com 39 pontos, quatro a mais que o segundo colocado. Ataque mais produtivo da competição (31) e a defesa menos vazada (13), o Verdão também segue invicto atuando fora de casa: em nove jogos, foram cinco vitórias e quatro empates.

Com novidades, Palmeiras se reapresenta na Academia de Futebol

Atuesta, Jorge e Raphael Veiga durante treinamento do Palmeiras, na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Desfalques do Palmeiras nos últimos jogos, Piquerez e Rafael Navarro treinaram normalmente

Após dois dias de folga, os jogadores do Palmeiras se reapresentaram à Academia de Futebol na manhã de quarta-feira. Líder do Brasileirão, o Verdão iniciou a preparação para enfrentar o Ceará.

O lateral Piquerez e o atacante Rafael Navarro se recuperaram de lesões e foram as novidades do treinamento. O uruguaio sentiu uma mialgia na coxa esquerda contra o Cuiabá e desfalcou a equipe em dois jogos, enquanto Navarro lesionou a coxa direita contra o Cerro Porteño, no dia 6, e ficou de fora por cinco partidas.

Em campo, Abel Ferreira e seus auxiliares comandaram duas atividades técnicas. A primeira contou com três times e não teve a presença de goleiros. Na segunda, com os arqueiros, os atletas aprimoraram fundamentos técnicos com ênfase nas jogadas de linha de fundo.

Rony e Jailson, ainda em recuperação, deram sequências aos tratamentos junto aos profissionais do Núcleo de Saúde e Performance.

Gabriel Menino projeta sequência do Palmeiras

Gabriel Menino durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Ao final do treinamento, Gabriel Menino, autor do gol da vitória palmeirense sobre o Internacional no último domingo, falou da importância de ter a semana livre e também projetou o Verdão no Brasileirão.

“Falaram que eu chutei de canela, que o gol foi sem querer (risos), mas eu me dedico ao máximo no dia a dia para quando chegar ao jogo eu estar preparado para aproveitar bem as oportunidades. Ter uma semana cheia agora é bom porque haverá treinos importantes e descanso. Vamos trabalhar forte, já focados no Ceará. Ainda falta um turno pela frente e cada jogo para a gente será uma final para chegarmos ao fim do ano com o título”, disse o camisa 25, à TV Palmeiras/FAM.

Palmeiras e Ceará se enfrentam neste sábado, às 16h30, na Arena Castelão.

Líder do Brasileirão 2022, Palmeiras se reapresenta com novidades na Academia de Futebol

Breno Lopes e Jorge em disputa durante treinamento do Palmeiras, na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Palmeiras voltou de Belo Horizonte e treinou pensando no Internacional; Piquerez trabalhou com bola e Rafael Navarro deu início ao processo de transição física

A sexta-feira do Palmeiras foi de novidades na Academia de Futebol. Após a vitória sobre o América-MG por 1 a 0, na noite de ontem, em Belo Horizonte, o Verdão iniciou a preparação para enfrentar o Internacional no período da manhã e a comissão técnica contou com o retorno do lateral-esquerdo Jorge, que se recuperou de um trauma sofrido no joelho direito.

O camisa 6 ficou de fora dos últimos três jogos e viu o prata-da-casa Vanderlan ganhar oportunidade no duelo contra a equipe mineira, já que Piquerez, titular da posição, se recupera de uma mialgia na coxa – o uruguaio realizou movimentações leves com a bola nesta manhã.

O atacante Rafael Navarro, por sua vez, deu início ao processo de transição física, enquanto Rony e Jailson seguiram seus cronogramas de recuperação com os profissionais do Núcleo de Saúde e Performance.

Em campo, a comissão técnica comandou atividades técnicas e de aprimoramento de fundamentos com os jogadores que jogaram menos de 45 minutos no último jogo ou não entraram em campo. Enquanto isso, os titulares permaneceram na parte interna para trabalhos regenerativos.

O Palmeiras fará o último treinamento antes de enfrentar o Internacional amanhã, às 10h, na Academia de Futebol. O confronto acontecerá domingo no Allianz Parque, às 16h.

Luan comemora 5 anos de Palmeiras

Ao final da atividade, o zagueiro Luan, escalado entre os onze iniciais contra o América-MG, concedeu entrevista e celebrou cinco anos completados no clube.

Luan do Palmeiras em disputa com Juninho, do América-MG, durante partida válida pela décima oitava rodada, do Brasileirão 2022, no Independência.
Cesar Greco

“Primeiramente, sou muito feliz e agradecido pelos cinco anos dentro de um clube como o Palmeiras. É muita coisa, porém não quero parar por aqui. Tivemos muitos momentos felizes, alguns tristes, mas nunca abandonamos um ao outro. Então, sou feliz pelas marcas, pelos títulos, mas principalmente porque hoje o Palmeiras é muito maior do que quando eu cheguei. Hoje o Palmeiras tem muito mais títulos. Eu lembro que as minhas primeiras palavras, em 2017, foram que eu estava chegando para fazer o clube cada vez mais gigante e isso aconteceu. A nossa meta, trabalho e foco é ganhar cada vez mais para que o Palmeiras fique cada vez maior”, disse o zagueiro, que tem 193 jogos pelo Palmeiras, sete gols marcados e seis títulos.

“Antes de começar o Brasileiro, fizemos uma reunião com o professor e ele perguntou para alguns dos jogadores que já tinham ganhado qual era receita para vencer outra vez. Nós falamos que deveríamos ser a melhor defesa do campeonato, não perder pontos em casa e beliscar pontos que forem necessários fora. E ontem era um jogo que precisávamos ganhar porque as equipes estavam começando a encostar e a vitória era muito importante para seguirmos com uma vantagem. Conseguimos e mais uma vez sem tomar gol”, concluiu.

O Palmeiras lidera o Brasileirão com 36 pontos, quatro a mais que SCCP e Atlético-MG, segundo e terceiro colocados, respectivamente. A equipe tem o melhor ataque da competição e a defesa menos vazada.

Versátil, Dudu comenta entrosamento com Piquerez e recurso diferente nos jogos

Dudu do Palmeiras em disputa com João Lucas do Cuiabá, durante partida válida pela décima sétima rodada do Brasileirão 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Contra o Cuiabá, Dudu alcançou a 4ª posição entre os jogadores com mais vitórias na casa palmeirense na História, com 116 triunfos

No Palmeiras desde 2015, Dudu pode dizer que já jogou em todas as posições do ataque. Escalado como ponta esquerda no começo com Oswaldo de Oliveira, o camisa 7 passou a atuar mais centralizado com Marcelo Oliveira e Cuca e chegou até o lado direito com Luiz Felipe Scolari, em 2018 e 2019.

Já sendo comandado por Abel, Dudu teve grande destaque atuando como ponta-direita; contudo, nos últimos jogos inverteu com Gustavo Scarpa e foi deslocado para a esquerda, como no início da carreira. Essa versatilidade em campo é natural tanto para o ‘Baixola’ quanto para os seus companheiros.

“Estou acostumado e os meus companheiros também já se acostumaram”, contou o jogador à TV Palmeiras/FAM. “Piquerez e eu estamos fazendo uma boa dupla, mas também conseguia fazer quando jogava do outro lado, com o Rocha e o Veiga”, acrescentou.

Em 2022, Dudu contabiliza sete gols e seis assistências. A última participação direta em gol do jogador foi contra o SPFC, quinta-feira passada, quando, atuando da esquerda para dentro, deu o passe para Raphael Veiga balançar às redes do rival.

“Atualmente, com o Piquerez, a gente vem se entrosando para concluir as jogadas de linha de fundo que o Abel pede”, completou.

Dudu e o passe de calcanhar

Jogador de velocidade e habilidade, Dudu conta com um arsenal de jogadas de efeito para superar o marcador, seja no drible ou encontrando um companheiro melhor posicionado. Dentre as ferramentas, está o passe de calcanhar, que no jogo contra o Cuiabá foi tentado por cinco vezes pelo atacante.

“Os zagueiros e as defesas adversárias não esperam muito o passe de calcanhar e isso acaba nos ajudando. Eu faço muito nos treinos e procuro fazer nos jogos também. Ontem [segunda-feira] foi até muito, foram cinco passes de calcanhar e só um que o zagueiro conseguiu cortar”, declarou.

“É um recurso, um algo a mais para poder surpreender as zagas que vêm jogando muito fechadas contra a gente”, complementou.

Foi em um passe de calcanhar de Dudu que o Palmeiras criou a melhor chance no primeiro tempo diante do Cuiabá: o camisa 7 achou Veiga na ponta esquerda, que cruzou para Mayke cabecear e acertar a trave de Walter.

3 pontos importantes e foco no América-MG

Em busca de seu terceiro título Brasileiro pelo Palmeiras, Dudu enxerga os adversários se “desdobrando” para jogar contra o Verdão no Allianz Parque e ressalta a importância de vencer como mandante, nem que seja por “meio a zero”. “O fundamental é somar três pontos no final do jogo e continuar na liderança”, apontou.

“Dentro de casa, nós temos de vencer, pois estamos na luta pelo título e a gente sabe que o Campeonato Brasileiro é muito difícil. Os times estão se desdobrando para jogar contra a gente, ainda mais no Allianz Parque”, finalizou.

O Palmeiras volta a campo na próxima quinta-feira para enfrentar o América-MG, fora de casa. Para o duelo, o técnico Abel Ferreira terá à disposição os atacantes Flaco López e Merentiel, contratados recentemente pelo clube.

“A gente sabe que vai ser um jogo difícil contra o América, como sempre é quando atuamos contra eles como visitantes. Mas precisamos somar os três pontos pra continuarmos na luta pelo título”, projetou Dudu.