Palmeiras atinge recorde de vitórias em sequência na Libertadores e amplia invencibilidade como visitante

Palmeiras posa para foto oficial em jogo contra o Cerro Porteño, durante primeira partida válida pelas oitavas de final da Libertadores 2022, no General Pablo Rojas.
Cesar Greco

Palmeiras conquistou oito vitórias nos últimos oito jogos pela competição continental

A trajetória do Palmeiras na edição de 2022 da Libertadores, além das vitórias consistentes em cima dos adversários, vem sendo marcante também pelos inúmeros recordes quebrados pelo clube.

Dono da melhor campanha da História da fase de grupos da Libertadores, o Verdão, ao vencer o Cerro Porteño por 3 a 0 na noite de ontem, passou a ser o clube com mais triunfos seguidos desde a criação da competição. O time comandando por Abel Ferreira igualou as oito vitórias consecutivas do Peñarol-URU (1966), do Estudiantes (1968 a 1970), do Cruzeiro (1976), do Vasco da Gama (2001) e do Santos (2007).

Confira a sequência:

  • 27/11 – Palmeiras 2 x 1 Flamengo
  • 06/04 – Deportivo Táchira 0 x 4 Palmeiras
  • 12/04 – Palmeiras 8 x 1 Independiente Petrolero
  • 27/04 – Emelec 1 x 3 Palmeiras
  • 03/05 – Independiente Petrolero 0 x 5 Palmeiras
  • 18/05 – Palmeiras 1 x 0 Emelec
  • 24/06 – Palmeiras 4 x 1 Deportivo Táchira
  • 29/06 – Cerro Porteño 0 x 3 Palmeiras
Atletas do Palmeiras comemoram gols na vitória contra o Cerro Porteño, durante primeira partida válida pelas oitavas de final da Libertadores 2022, no General Pablo Rojas.
Cesar Greco

O time tem o ataque mais produtivo da atual edição, com 28 gols anotados, e a melhor defesa, com apenas três tentos sofridos. Individualmente, os jogadores do Palmeiras também se destacam: Rafael Navarro é o artilheiro do torneio, com 7 gols marcados; seguido por Raphael Veiga (6) e Rony (5).

Palmeiras segue invicto como visitante

O Palmeiras ampliou a sequência de invencibilidade como visitante na Libertadores. São 19 jogos sem perder – 14 vitórias e cinco empates, recorde absoluto do torneio. O último revés nessa condição ocorreu em 2019 para o San Lorenzo, ainda na fase de grupos daquela edição.

Além disso, contabilizando jogos em casa, fora ou em campo neutro, o Verdão não é derrotado há 15 partidas – o recorde geral pertence ao Atlético-MG, que ficou por 18 jogos invicto antes de ser derrotado no Mineirão pelo Tolima, há cerca de um mês.

Sob comando de Abel Ferreira, Palmeiras segue quebrando tabus de mais de 2 décadas

Abel e Dudu comemoram gol do Palmeiras contra o Coritiba, durante partida válida pela décima primeira rodada do Brasileirão 2022, no Couto Pereira.
Cesar Greco

Na noite de domingo, o Palmeiras venceu o Coritiba no Couto Pereira por 2 a 0, algo que não acontecia havia 25 anos

O Palmeiras de Abel Ferreira se acostumou a quebrar longos tabus. No último domingo, a equipe fez 2 a 0 e venceu o Coritiba no estádio Couto Pereira, algo que não acontecia havia 25 anos – o último triunfo no Alto da Glória ocorrera em 25 de março de 1997, por 1 a 0.

Vale ressaltar que, apesar do período sem vitórias, o clube levantou a taça da Copa do Brasil no estádio, em 2012, após empate por 1 a 1 no duelo decisivo.

O Palmeiras é sem limites. O Palmeiras gosta de bater recordes”, disse Rony ao final do duelo. Com Abel no comando, o Palmeiras vem superando antigos tabus que duravam mais de duas décadas.

No ano passado, o Verdão deixou para trás 24 anos sem vitória sobre o Ceará como visitante, ao fazer 2 a 1 no Castelão; já em março deste ano, Rony marcou o gol do triunfo palmeirense em cima do SPFC por 1 a 0, que quebrou um jejum de 25 anos sem vencer o rival no Morumbi pelo Campeonato Paulista.

“O treinador é avaliado por resultados e títulos. Tudo que acontece é mérito de um trabalho coletivo. Sozinho não sou ninguém”, minimizou o treinador sobre o feito alcançado.

Outra conquista marcante foi a eliminação do SPFC nas quartas-de-final da Libertadores de 2021 – o Palmeiras havia chegado para aquele confronto sem nunca ter vencido o rival na competição continental.

Dudu e Rony comemoram gol do Palmeiras contra o Coritiba, durante partida válida pela décima primeira rodada do Brasileirão 2022, no Couto Pereira.
Cesar Greco

Palmeiras dominante no Brasileirão

A vitória no Couto Pereira garantiu a permanência do Palmeiras na liderança do Brasileirão e consolidou ainda mais os números do time.

Além disso, são dez jogos de invencibilidade no Campeonato Brasileiro, sendo seis seguidos sem ser vazado.

O Palmeiras volta a campo na próxima quinta-feira para enfrentar o Atlético-GO, às 18h, no Allianz Parque; foram vendidos 34.600 ingressos antecipadamente para o confronto, de acordo com a última parcial divulgada pelo clube, às 9h55 desta terça-feira.

Palmeiras alcança maior série invicta sob o comando de Abel Ferreira

Abel Ferreira e Dudu em jogo do Palmeiras contra o Deportivo Táchira, durante partida válida pela fase de grupos da Libertadores 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Palmeiras não é derrotado há 13 partidas

Ao bater o Deportivo Táchira por 4 a 1, na noite de terça-feira, pela Libertadores, o Palmeiras alcançou um recorde sob o comando de Abel Ferreira: o time chegou a 13 partidas invicto, maior sequência desde a chegada da atual comissão técnica.

A série começou na goleada por 8 a 1 sobre o Independiente Petrolero, no dia 12 de abril. A partir desse jogo, foram 10 vitórias e três empates, por três campeonatos diferentes (Libertadores, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil). No período, ainda, o Verdão balançou as redes adversárias 35 vezes e sofreu apenas sete gols.

A sequência de invencibilidade atual supera a que foi construída logo após o Mundial de Clubes, entre fevereiro e março deste ano, quando o Palmeiras ficou 12 jogos sem ser derrotado – na ocasião, foram nove triunfos e três reveses.

Não é novidade para o Palmeiras de Abel Ferreira viver longas sequências de invencibilidade. Por duas oportunidades, a equipe permaneceu invicta por sete partidas (entre novembro e dezembro de 2020 e em maio de 2021); uma vez o Verdão ficou oito jogos sem perder (entre fevereiro e abril de 2021); e em uma oportunidade foram 10 confrontos de invencibilidade (entre junho e agosto do ano passado).

Abel Ferreira e seus auxiliares já comandaram o Palmeiras em 141 partidas. Ao todo, são 81 vitórias, 30 empates e 30 derrotas, com a equipe anotando 241 gols e sofrendo 117.

O próximo confronto do Verdão será no domingo contra o Santos, na Vila Belmiro, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja a lista de jogos da atual sequência invicta do Palmeiras:

  • 12/04: Palmeiras 8 x 1 Independiente Petrolero (Libertadores)
  • 16/04: Goiás 1 x 1 Palmeiras (Campeonato Brasileiro)
  • 20/04: Flamengo 0 x 0 Palmeiras (Campeonato Brasileiro)
  • 23/04: Palmeiras 3 x 0 SCCP (Campeonato Brasileiro)
  • 27/04: Emelec 1 x 3 Palmeiras (Libertadores)
  • 30/04: Palmeiras 2 x 1 Juazeirense (Copa do Brasil)
  • 03/05: Independiente Petrolero 0 x 5 Palmeiras (Libertadores)
  • 08/05: Palmeiras 1 x 1 Fluminense (Campeonato Brasileiro)
  • 11/05: Juazeirense 1 x 2 Palmeiras (Copa do Brasil)
  • 14/05: Palmeiras 2 x 0 Red Bull Bragantino (Campeonato Brasileiro)
  • 18/05: Palmeiras 1 x 0 Emelec (Libertadores)
  • 21/05: Juventude 0 x 3 Palmeiras (Campeonato Brasileiro)
  • 24/05: Deportivo Táchira 1 x 4 Palmeiras (Libertadores)

Palmeiras goleia, confirma melhor campanha e quebra recordes na Libertadores

Palmeiras posa para foto oficial antes do jogo contra o Deportivo Táchira, em partida válida pela fase de grupos da Libertadores 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Palmeiras bateu o Deportivo Táchira por 4 a 1 nesta terça-feira, no Allianz Parque

O Palmeiras recebeu o Deportivo Táchira na noite desta terça-feira, no Allianz Parque, pela Libertadores, e goleou o adversário por 4 a 1. Os gols palmeirenses foram anotados por Gustavo Scarpa (três vezes) e Rony.

O Verdão chegou aos 18 pontos e garantiu a primeira colocação na tabela geral da competição. Assim, a equipe terá a vantagem de decidir o mata-mata no Allianz Parque até a grande final, que acontecerá no estádio Monumental Isidro Romero Carbo – conhecido como Monumental de Guayaquil – no Equador.

O Palmeiras terminou a fase de grupos como o time de melhor campanha em quatro das últimas cinco edições: 2018, 2019, 2020 e 2022. No ano passado, a equipe terminou como o segundo melhor time, atrás apenas do Atlético-MG.

Palmeiras quebra recordes

Com o triunfo, o Palmeiras também estabeleceu a melhor campanha da História da fase de grupos da Libertadores. A equipe de Abel Ferreira superou a campanha do Boca Juniors, de 2015, que também alcançou os 100% de aproveitamento nos seis jogos e teve um saldo de 17 gols positivos. O Verdão atual terminou esta fase da competição com 22 gols de saldo.

Além disso, o clube superou outro recorde que pertencia a um time argentino. Com os quatro gols marcados nesta noite, o Verdão chegou a 25 bolas na rede e se tornou o time de melhor ataque em toda a História da fase de grupos, deixando para trás o River Plate, que em 2020 anotou 21 tentos.

O Palmeiras ampliou também sua sequência de invencibilidade dentro da competição. São 14 partidas sem perder, sendo 11 vitórias e três empates.

Nesta sexta-feira, o Verdão conhecerá seu adversário nas oitavas-de-final. O sorteio acontecerá na sede da Conmebol, em Assunção, no Paraguai, e está previsto para iniciar às 13h (horário de Brasília). O Palmeiras estará no Pote 1, ao lado dos outros sete vencedores dos grupos.

Melhor campanha e recordes: Palmeiras encara Emelec em busca de mais objetivos na Libertadores

Gustavo Scarpa em jogo do Palmeiras contra o Emelec, durante partida válida pela fase de grupos da Libertadores 2022, no Estádio George Capwell.
Cesar Greco

Classificado de forma antecipada às oitavas-de-final, Palmeiras enfrenta o Emelec na noite desta quarta-feira, no Allianz Parque

O Palmeiras entra em campo na noite desta quarta-feira para enfrentar o Emelec-EQU, no Allianz Parque, em jogo válido pela quinta rodada da Fase de Grupos da Libertadores.

Com 100% de aproveitamento, já classificado para as oitavas-de-final e garantido como o primeiro colocado do Grupo A, o Verdão enfrenta a equipe equatoriana em busca de mais alguns objetivos nesta fase da competição.

O primeiro e mais importante é a liderança da tabela geral, que deixará a equipe com a vantagem de decidir o mata-mata no Allianz Parque, até a grande final, no estádio Monumental Isidro Romero Carbo – conhecido como Monumental de Guayaquil – no Equador. Atualmente, o Palmeiras é o primeiro colocado de forma isolada com 12 pontos, seguido por Estudiantes, Flamengo e River Plate, todos com 10.

Caso o time de Abel Ferreira e as outras três equipes vençam na rodada, bastará um empate no último jogo para que o Palmeiras garanta a primeira colocação, já que o saldo de gols palmeirense é muito superior aos dos adversários – são 20 gols anotados e apenas dois sofridos, em quatro jogos (o Estudiantes tem seis de saldo, o Flamengo cinco e o River quatro). E se apenas o Verdão triunfar na rodada 5, o objetivo já será alcançado.

Estudiantes e Flamengo jogam nesta terça-feira, contra Red Bull Bragantino e Universidad Católica, respectivamente. Os argentinos atuam fora de casa, enquanto os brasileiros jogarão no Maracanã. O River Plate, por sua vez, encara o Colo-Colo no Monumental de Nuñez, na quinta-feira.

O Verdão terminou a fase de grupos como o time de melhor campanha em três das últimas quatro edições da competição: 2018, 2019 e 2020. No ano passado, a equipe terminou com a segunda melhor campanha, atrás apenas do Atlético-MG.

“Sabemos da importância do segundo jogo em casa [no mata-mata]. Nos seis jogos da fase de grupos temos de conseguir o máximo de pontos, o máximo de gols. Isso faz com que a equipe tenha o pé no acelerador. Nosso objetivo é jogo a jogo”, disse João Martins, logo após a primeira vitória da equipe, sobre o Deportivo Táchira, por 4 a 0, na Venezuela.

Recordes podem ser alcançados pelo Palmeiras

Dono de diversos recordes entre as equipes brasileiras na Libertadores, o Palmeiras tem a chance de alcançar mais alguns feitos contra o Emelec. Em caso de vitória, o clube igualará seu melhor início de Libertadores, que são cinco triunfos seguidos, algo que o Verdão conseguiu apenas em 1968, quando venceu o Náutico e duas vezes cada, o Deportivo Galícia e o Deportivo Portugués, ambos da Venezuela.

Além disso, a equipe tem a oportunidade de se tornar o melhor ataque da História da fase de grupos da Libertadores. São 20 gols marcados até o momento – o recorde da competição é do River Plate, que anotou 21 na edição 2020. Os tentos palmeirenses estão distribuídos entre Rafael Navarro (7 gols), Raphael Veiga (6), Rony (2) e Breno Lopes, Dudu, Gabriel Veron, Murilo e Zé Rafael (1).

A partida entre Palmeiras e Emelec está marcada para começar às 19h. Até o momento, mais de 27 mil ingressos foram vendidos.