Palmeiras goleia Vasco e abre vantagem na final da Copa do Brasil Sub-17

Endrick comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Vasco, na primeira partida válida pela final da Copa do Brasil Sub-17, no Allianz Parque, em São Paulo-SP.
Fabio Menotti

Com gols de Endrick (2), Thalys e Figueiredo, o Palmeiras venceu o adversário por 4 a 1

Jogando no Allianz Parque para pouco mais de três mil pessoas, a equipe Sub-17 do Palmeiras goleou o Vasco, por 4 a 1, e abriu boa vantagem na decisão da Copa do Brasil. O destaque da partida foi Endrick, que balançou as redes adversárias por duas vezes – Figueiredo e Thalys completaram o placar para o Verdão.

A equipe comandada por Rafael Paiva começou a partida de forma avassaladora, marcando dois gols em menos de três minutos: o primeiro foi de Figueiredo, em uma linda jogada individual; enquanto Endrick marcou o segundo após receber lançamento de Gilberto. O Vasco diminuiu na metade da etapa inicial com o atacante GB, num pênalti inexistente assinalado pela arbitragem – a bola bateu no braço de Gabriel Vareta, colado ao corpo.

No segundo tempo, Thalys anotou um golaço de perna direita e Endrick, também de pênalti, decretou o resultado final.

Mantendo a base da equipe titular e promovendo estreia na lateral-esquerda, Paiva escalou o Palmeiras César; Gilberto, Vitor Reis, Gabriel Vareta Léo Jance (João Cintra); Vitor André, Figueiredo Thalys; Luis Guilherme (Uberaba), Cauê (Coutinho) e Endrick.

A equipe chegou à sétima vitória na competição em oito jogos, o que representa um aproveitamento de 87,5%. Além disso, são 40 gols marcados (melhor ataque) e apenas nove sofridos. Com o tento desta terça-feira, Thalys assumiu a artilharia do torneio.

Jogo decisivo entre Palmeiras e Vasco ocorre no domingo

Palmeiras posa para foto oficial no jogo contra o Vasco, na pirmeira partida válida pela final da Copa do Brasil Sub-17, no Allianz Parque, em São Paulo-SP.
Fabio Menotti

A grande decisão da Copa do Brasil Sub-17 acontecerá neste domingo, em São Januário, às 11h. O Palmeiras pode perder por até dois gols de diferença que, ainda assim, chegará ao título – caso o Vasco consiga vencer por três gols, o troféu será decidido nos pênaltis.

Vale ressaltar que o Palmeiras tenta o terceiro título da Copa do Brasil Sub-17 – o clube já ergueu esse troféu em 2017 e 2019.

“Estamos com uma boa vantagem. O Vasco é um time muito bom, a torcida deles sempre lota São Januário, então agora é descansar, trabalhar e chegar bem no jogo do próximo domingo para ser campeão”, disse Endrick, ao final do jogo.

Sub-17 do Palmeiras goleia Atlético-MG e larga na frente nas quartas-de-final da Copa do Brasil

Sub-17 do Palmeiras goleia Atlético-MG e larga na frente nas quartas-de-final da Copa do Brasil.
Carlos Santana

Com show de Endrick e Luis Guilherme, Sub-17 do Palmeiras venceu os mineiros por 5 a 0

Na tarde de quarta-feira, a equipe Sub-17 do Palmeiras entrou em campo para enfrentar o Atlético-MG, no jogo de ida pelas quartas-de-final da Copa do Brasil da categoria. O duelo ocorreu no estádio das Alterosas, em Belo Horizonte.

O Verdão dominou o time mineiro desde o início do jogo e, com gols de Luis Guilherme (2x), Endrick, Thalys e Estêvão, goleou o adversário por 5 a 0. Com a vitória, a equipe chegou ao quarto triunfo em quatro jogos pela competição, com 26 gols marcados e apenas dois sofridos.

Com o reforço de Endrick, o Palmeiras foi a campo com Cesar; Gilberto (João Cintra), Fellipe Jack, Gabriel Vareta e Arthur (Ramon); Vitor André (Uberaba), Figueiredo e Thalys (Estêvão); Cauê (Riquelme Fillipi), Luis Guilherme (Mateus Patolino) e Endrick.

O duelo de volta está marcado para acontecer na terça-feira da semana que vem (24), na Arena Barueri, às 19h. O Palmeiras pode perder por até quatro gols de diferença que ainda assim se classifica.

Sub-17 do Palmeiras volta a campo no sábado

Antes do segundo jogo contra o Atlético-MG, contudo, a equipe comandada por Rafael Paiva volta a campo neste sábado, pelo Campeonato Paulista Sub-17.

O Palmeiras enfrentará o São José, às 11h, no estádio Martins Pereira. O Verdão, assim como na Copa do Brasil, também tem 100% de aproveitamento no estadual.