Campeonato Brasileiro 2010

Campeonato Brasileiro 2010

Disputado entre maio e dezembro, o Brasileirão 2010 teve 20 times disputando o troféu em pontos corridos, turno e returno. Em ano de Copa do Mundo, o campeonato fez uma pausa após a sétima rodada. O Palmeiras foi para a parada apenas em 10° lugar, já a oito pontos do líder. A diretoria então deu all-in: investiu pesado para reforçar o time, trazendo de volta Kleber e Valdivia. O presidente Belluzzo, preocupadíssimo em terminar sua gestão com o título que havia escapado no ano anterior, ainda trouxe de volta o técnico Felipão para comandar o time, dispensando Antônio Carlos Zago.

Com o fechamento do Palestra Italia, que seria demolido para a construção do Allianz Parque, o time passou a mandar seus jogos no Pacaembu. E os resultados não vinham. Após a rodada 13, a diferença para o líder já estava em 13 pontos, o que fez a comissão técnica optar por jogar tudo na Copa Sul-Americana.

Assim, o Palmeiras foi levando o Brasileirão em banho-maria, alternando partidas boas e ruins. Valdivia reestreou numa derrota por 3 a 0 para o Atlético-GO no Pacaembu. As vitórias que pingavam serviam apenas para manter o time a uma distância segura da zona de rebaixamento.

Ao final da campanha na Sul-Americana, que terminou com a desastrosa eliminação para o Goiás, em casa, o Palmeiras estava em 10° lugar, a 10 pontos da zona de rebaixamento e a 15 do Fluminense, líder, que tinha um ponto a mais que o SCCP. Nenhum palmeirense ficou bravo quando o time carioca venceu o Palmeiras na Arena Barueri, na rodada 37. Um fim de ano e de mandato melancólico para o presidente Belluzzo, que estava afastado do cargo por enfrentar sérios problemas de saúde e via seus correligionários que assumiram o comando do clube se afundarem em trapalhadas.

Lista de jogos

Lista e estatística dos jogadores