Campeonato Paulista 1971

Campeonato Paulista 1971

O Campeonato Paulista de 1971 foi disputado por 17 clubes, entre janeiro e junho. Enquanto os seis times que disputaram o Robertão do ano anterior se preparavam para a temporada (ou, no caso de Palmeiras e Fluminense, jogavam a Libertadores), os onze clubes restantes disputaram uma fase preliminar onde seis times se qualificaram para a fase final, com 12 equipes.

Foram 22 rodadas em turno e returno, com o campeão sendo decidido em pontos corridos. O Palmeiras acertou o setor ofensivo e era disparado o melhor ataque da competição, mas a defesa teve seus momentos de desencontro e o time chegou a tomar 9 gols em três partidas seguidas – uma delas, um Derby em que os adversários se derretem até hoje por terem vencido por 4 a 3.

De qualquer forma, Palmeiras e SPFC eram disparados os times mais encaixados do torneio e chegaram ao confronto direto n última rodada com apenas um ponto os separando: o SPFC com 34 e o Palmeiras com 33. Assim, bastava ao adversário o empate para se sagrar bicampeão paulista.

A partida final, disputada no Morumbi, começou nervosa. Aos cinco minutos Toninho Guerreiro abriu o placar, após Minuca rebater uma bola para o meio da área. Nossos jogadores estavam muito ansiosos e não conseguiam impor sua grande categoria; a pressão por ter que fazer dois gols não permitiu que o time pensasse o jogo no primeiro tempo.

No segundo tempo o Palmeiras melhorou e voltou para o jogo. Dudu chegou a finalizar uma bola na trave e Leivinha empatou a partida com um tiraço de cabeça, aos 22 minutos, mas o juiz Armando Marques, criminosamente, anulou o lance alegando toque de mão do camisa 8 do Verdão.

Depois de grande paralisação, o jogo recomeçou e obviamente o ânimo de nossos jogadores foi seriamente afetado e o ritmo do Palmeiras caiu. O SPFC tocou a bola até o fim da partida e conseguiu o resultado que precisava.

Lista de jogos

Lista e estatística dos jogadores