Copa do Brasil 2003

A Copa do Brasil de 2003 foi disputada por 64 clubes em formato de mata-mata, com todos os confrontos em ida e volta.

O Palmeiras enfrentou na primeira fase o Operário de Várzea Grande, e mesmo com o time enfrentando sérios problemas na formação após o desmanche causado pelo rebaixamento no ano anterior, passou fácil (1 a 0 e 5 a 1). Na fase seguinte, um adversário que complica quando joga em casa: o Criciúma. Após um empate por 1 a 1 no Heriberto Hülse, o Verdão garantiu a passagem com vitória por 2 a 1 no Palestra.

Nas oitavas-de-final, o adversário foi o Vitória e o Palmeiras teve uma de suas partidas mais vexatórias da História. O primeiro tempo foi calamitoso e fomos para o intervalo perdendo por 4 a 1. Em vez de colocar os nervos no lugar e tentar ao menos diminuir a desvantagem para buscar a diferença no jogo da volta, o time voltou completamente descontrolado e sofreu mais três gols, sendo que um deles foi após uma furada catastrófica de Marcos.

A goleada de 7 a 2 serviu para o Palmeiras reformular mais uma vez o elenco, apelando para a molecada da base. Felizmente naquela safra tínhamos alguns meninos bons de bola e um espetacular: Vagner Love, que comandou a vitória no jogo da volta, no Barradão (3 a 1). Claro, a desvantagem de cinco gols era muito grande para ser descontada, mas a partida marcou a retomada do time aos eixos. O Vitória, obviamente, não foi muito longe na competição, que acabou vencida pelo imbatível Cruzeiro de Alex e Luxemburgo.

Lista de jogos

Lista e estatística dos jogadores