Mundial Interclubes 1999

Campeão da Libertadores, o Palmeiras foi ao Japão em dezembro enfrentar o campeão da Europa, o Manchester United, da Inglaterra. A partida foi disputada no Estádio Nacional de Tóquio e foi assistida por mais de 53 mil espectadores.

Felipão escolheu um time leve e veloz, escalando Paulo Nunes e Asprilla no ataque, deixando Oséas e Evair no banco. E a estratégia não se mostrou errada, à medida em que o Palmeiras dominou a partida, bombardeando o gol defendido pelo australiano Bosnich.

Numa das raras descidas do time inglês, Ryan Giggs atacou pela esquerda e cruzou. Marcos havia sido alertado antes da partida sobre uma jogada recorrente do United, de cruzar a bola no primeiro pau, e adiantou-se tentando prever o lance; a bola acabou o encobrindo e Roy Keane fechou na pequena área para escorar para o gol vazio.

O Palmeiras não se abateu e continuou disparando sem parar contra o gol inglês, mas parou nas incríveis defesas do goleiro, na falta de pontaria e na arbitragem: Alex chegou ao gol de empate aos 9 do segundo tempo, mas o bandeirinha japonês Yoshikazu Hiroshima anulou erradamente a jogada. No final, o Manchester United venceu por 1 a 0 e ficou com o título.

Mundial Interclubes 1999

Lista de jogos

Lista e estatística dos jogadores