2
X
1

Pré-Jogo

Pré-jogo Palmeiras x Santos

Na tarde deste domingo, a Sociedade Esportiva Palmeiras recebe o Santos, no primeiro clássico de 2018. O Verdão tenta manter os 100% de aproveitamento em jogo que tem como atrações a participação de Lucas Lima contra seu ex-clube e a presença de Gustavo Scarpa como opção de banco, pela primeira vez.

Palmeiras

DESFALQUES
Lesionados:
Jean, Diogo Barbosa e Deyverson
Pré-temporada estendida:
Edu Dracena
Não inscritos:
Fabiano, Emerson Santos, Jean, Pedrão e Hyoran

Roger Machado deve promover a volta de Victor Luis, apesar da boa partida de Michel Bastos em Bragança. O treinador seguirá dando chances a Borja no comando de ataque; na direita, Willian deve ser a opção e o time deve ser Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luis; Felipe Melo e Tchê Tchê; Willian Bigode, Lucas Lima e Dudu; Borja. No banco, entre outros: Fernando Prass, Moisés, Guerra, Gustavo Scarpa e Keno. Só isso.

Santos

O time do treinador Jair Ventura ainda luta para se rearmar depois de perder peças importantes na janela de transferências do fim do ano. Além disso, tem que lidar com os desfalques de Victor Ferraz, Lucas Veríssimo e Bruno Henrique, lesionados, e de Gabicelha, com medo.

Assim, o time que deve entrar em campo esta tarde é Vanderlei; Daniel Guedes, Luís Felipe, David Braz e Caju; Alison e Renato; Copete, Vecchio e Artur Gomes; Eduardo Sasha.

Lei do Ex

O desprezível David Braz mais uma vez estará do lado de lá. Por aqui, Lucas Lima pode fazer sua estréia em clássicos em grande estilo.

Retrospecto

Aproveite todas as funcionalidades do Almanaque do Verdazzo. Consulte os links abaixo, e faça os cruzamentos com outros dados como preferir:

Santos
Santos
Allianz Parque
Allianz Parque
Flavio Rodrigues de Souza
Flavio Rodrigues de Souza
Taça Campeonato Paulista
Campeonato Paulista

 

Parpite

Jair Ventura teve sucesso no Botafogo com um elenco sem grandes talentos, mas bem ajustado e rápido no contra-ataque. Há pouco mais de um mês no cargo, no entanto, ainda deve lutar para atingir o encaixe. Se o Palmeiras não se descuidar nas saídas rápidas do adversário, que tem um ataque leve e veloz, deve se impor e vencer até com alguma facilidade. Para não dar sopa, vamos num parpite econômico: 2 a 0, com gols de Borja e Dudu, para 38.876 pagantes. VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

TV GloboGlobo – para SP e PE

PFCPFC

Pós-Jogo

Palmeiras 2x1 SantosCesar Greco / Ag.Palmeiras

Com um gol relâmpago e sem correr riscos no resto da partida, o Palmeiras venceu o Santos por 2 a 1 e segue com a campanha 100% no Paulistão. Sem grandes destaques individuais no clássico, o time fez sua maior técnica prevalecer  e ganhou sem sustos – e o placar poderia ter sido maior se não fossem dois erros claros da arbitragem contra o Verdão.

PRIMEIRO TEMPO

Os dois times vieram a campo sem nenhuma novidade em relação ao que já era esperado diante dos treinamentos da semana. E o jogo começou pegando fogo – logo a 2 minutos, o Verdão abriu o placar: após escanteio da direita, Antônio Carlos ganhou de David Braz e testou firme, no canto esquerdo de Vanderlei, que ainda tocou nela, fazendo o Allianz Parque explodir.

É importante observar que antes do escanteio, o Santos tentou uma jogada rápida de contra-ataque, com Vecchio lançando a correria de Arthur Gomes, que Marcos Rocha, atento, interceptou e articulou o ataque que deu origem ao escanteio.

Aos seis, Willian fez a jogada de velocidade e foi derrubado por Caju. Quando todos esperavam pelo cruzamento, Lucas Lima meteu uma curva na bola, que beijou a forquilha direita de Vanderlei – quase saiu o gol de falta do Verdão. Parecia um massacre.

Mas depois do começo aceleradíssimo, os dois times começaram a desempenhar os papeis que deles se esperavam: o Palmeiras com a posse de bola, propondo o jogo e forçando pela direita, em cima de Caju; o Santos mantinha suas duas linhas muito próximas para tentar dificultar o toque de bola do nosso time.

Aos 13, o Santos criou sua primeira chance: na saída de bola errada de Antônio Carlos; Arthur Gomes conseguiu a jogada pela direita e bateu com pouco ângulo; a bola desviou em Thiago Martins e quase pegou Jailson no contrapé, mas nosso goleiro salvou em escanteio. Na cobrança, Eduardo Sasha conseguiu ganhar de nossa defesa pelo alto e Jailson fez uma defesa espetacular, evitando o empate.

De forma surpreendente, os dois times  inverteram seus papeis após os 15 minutos: o Santos passou a ter mais a posse da bola e o Palmeiras é que começou a buscar o jogo de velocidade. Com nenhuma das equipes fazendo o que sabem fazer de melhor, a qualidade do jogo caiu.

Aos 24, Arthur Gomes conseguiu um chute de fora, fraco, fácil para a defesa de Jailson. O jogo seguia amarrado, chato, com as duas equipes criando pouco. Aos 39, Borja conseguiu um chute de fora da área, muito mais por falta de opção de toque – pegou mal na bola e o chute saiu fraco e torto. Foi notável, no entanto, a reação da torcida, mostrando muita vontade de que o colombiano acertasse. E foi assim, sem maiores emoções, que o jogo se encaminhou para o final do primeiro tempo, que valeu apenas pelos dez minutos iniciais.

SEGUNDO TEMPO

Com Rodrigão no lugar de Eduardo Sasha, era de se esperar o Santos tomando mais ainda a iniciativa do jogo. Mas foi o Verdão quem chegou a primeira vez, logo a 1 minuto, com Felipe Melo batendo bem de fora e exigindo defesa firme de Vanderlei. No minuto seguinte, Tchê Tchê fez excelente jogada pela esquerda e cruzou por baixo; Borja tentou ajeitar para a perna esquerda e perdeu tempo, sendo travado dentro da pequena área.

A pressão aumentou: aos três, Lucas Lima cobrou falta para a infiltração de Thiago Martins, que testou firme e obrigou Vanderlei a fazer uma ótima defesa. E um minuto depois a pressão deu resultado: Borja brigou muito pela bola na intermediária, ganhou, abriu para Willian e correu para o meio para pegar de chapa, da meia-lua, e colocar no canto esquerdo de Vanderlei. Um belo gol do colombiano que tranquilizou o estádio.

O jogo seguia tranqüilo para o Verdão até os 17 minutos, quando, após um escanteio da esquerda batido por baixo, Renato tentou desviar e quase colocou no cantinho, mas Marcos Rocha estava atento e cortou – a bola saiu um pouquinho, em novo escanteio, mas o juiz mandou o jogo seguir e a bola voltou para a ponta; veio um novo cruzamento, desta vez pelo alto, e Renato se antecipou a Felipe Melo para cabecear no canto esquerdo de Jailson – gol irregular do Santos.

Jair Ventura trocou Caju por Rodrygo e deslocou Copete para a lateral esquerda. O jogo ficou equilbrado, com as duas equipes buscando o ataque, mas as defesas levavam a melhor. Aos 29, Dudu deu lugar a Keno e passou a braçadeira de capitão a Felipe Melo.

Aos 31, boa triangulação entre Keno, Marcos Rocha eTchê Tchê, que finalizou bem de esquerda, rasteiro, buscando o cantinho esquerdo de Vanderlei – a bola saiu raspando. O Santos respondeu aos 33, após falha de Victor Luis: ele rebateu uma bola fraquinho, para o meio, e Rodrigão aproveitou a sobra e emendou um chute que podia ser perigoso, mas saiu sem direção.

Aos 36, Bruno Henrique entrou no lugar de Tchê Tchê, exausto, para dar mais vitalidade ao meio-campo. O Santos aumentou o volume de jogo e o Palmeiras entrou definitivamente no modo contra-ataque.

Aos 39, Willian recebeu de Bruno Henrique na área e foi derrubado por Alison – pênalti que Flavio Rodrigues de Souza não marcou. Um placar que poderia ser 3 a 0 ficava mesmo no 2 a 1. Aos 41, Gustavo Scarpa entrou em campo pela primeira vez como jogador do Palmeiras e teve tempo para mostrar sua classe com a bola no pé, enquanto o Verdão controlava o jogo para garantir mais três pontos.

FIM DE JOGO

Não foi um show de bola como os minutos iniciais dos dois tempos sugeriram, mas foi mais que o suficiente para vencer o Santos. O Palmeiras soube tirar vantagem do gol marcado logo nos primeiros minutos e administrou bem a parte física, tornando menos complicada a missão de fazer sua técnica mais apurada prevalecer sobre os jogadores do Santos.

O Verdão tem mais uma vez a semana cheia: voltará a campo só no sábado, em Mirassol, e o grupo terá mais tempo para apurar as variações de jogo que devem ser aplicadas em todo o ano. Essa pré-temporada com bola rolando está sendo realmente produtiva. VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Santos

Vanderlei
GOL
Daniel Guedes
LAD
Luís Felipe
ZAG
Robson Bambu
ZAG
David Braz
ZAE
Caju
LAE
Rodrygo
ATA
Alison
VOL
Renato
VOL
Copete
MEI
Vecchio
MEI
Arthur Gomes
MEI
Eduardo Sasha
ATA
Rodrigão
ATA
Jair Ventura
TÉCNICO

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Jailson
Duas grandes defesas no primeiro tempo, que podem ter mudado o rumo do jogo.
7.5
Marcos Rocha
Cada vez mais solto, bem adaptado à linha de marcação e pegando confiança para as descidas ao ataque.
6.5
Antônio Carlos
O gol que abriu o placar teve um peso muito grande no andamento do jogo. Falhou numa saída de bola pouco depois, mas foi salvo por Thiago Martins e Jailson.
8
Thiago Martins
Partida sem erros, rebatendo tudo sem gracinha. Mas poderia ter um pouco mais de calma e sair jogando em alguns lances.
7.5
Victor Luis
Partida discreta, em que só apareceu quando falhou numa rebatida e deu chance de arremate a Rodrigão.
6
Felipe Melo
Firme e decisivo na marcação, escapou de levar um cartão vermelho numa entrada mal calculada.
7
Tchê Tchê
Definitivamente entrou na mesma rotação de 2016, onipresente e praticamente insaível. Moisés vai ter que treinar muito.
8
Bruno Henrique
Mesmo jogando pouco, fez o mesmo papel de Tchê Tchê com a mesma eficiência, inclusive no apoio.
7
Willian
Sempre muito perigoso, principalmente no primeiro tempo, jogando em cima de Caju.
7
Lucas Lima
Mais uma vez comandou com classe o meio-campo do Palmeiras. Merecia o gol de falta que deu na trave.
7.5
Gustavo Scarpa
Jogou oito minutos muito bem - mas foram só oito minutos.
s/n
Dudu
O menos efetivo da linha ofensiva - não à toa foi o escolhido para dar lugar a Keno.
6
Keno
Entrou num momento em que o Palmeiras estava cozinhando o jogo e não teve seu potencial aproveitado.
6
Borja
Vai errando, tentando, se esforçando, e acertando. Se melhorar a técnica, ainda pode fazer história.
8
Roger Machado
Roger Machado
Time oficialmente na mão e com a sua cara, e evoluindo a olhos vistos. Para cinco partidas, só temos o que elogiar.
8





  • Apenas um reparo: faltou comentar sobre a matada de bola ESPETACULAR do Dudu.
    Imagina a força com que a bola veio num lançamento de uns 40 metros.
    Ele matou a bola perfeitamente, jogando pra onde queria, já driblando com a própria matada.
    Coisa que só craque faz!

  • O futebol é uma caixinha de clichês. Atualmente, a moda é dizer que “centro-avante vive de gols”. Assim como “goleiro também joga”, centro-avante também joga. O que tenho reparado no jogo do Borja é que ele ta jogando de cabeça erguida.

  • Temos de ter mais paciência com o Borja. A função que ele está desempenhando aqui é completamente distinta da que ele desempenhou nos outros clubes por onde passou. Ele é um jogador de finalização. Se forem assistir a vídeos dos gols dele verão que são raros os casos em que ele dá mais do que 2 toques na bola. Na maioria dos casos é de primeira.
    Ele é, portanto, um jogador de área e aqui no Palmeiras está aprendendo a colaborar mais tanto ofensivamente quanto defensivamente, e nesse aspecto acredito que todos concordam que ele tem se saído bem, principalmente no aspecto tático…

  • Há muito tempo não víamos o Palmeiras tão superior contra um adversário.

    Foi de dar medo nos adversários que viram tamanha superioridade contra um time que jogava em casa e havia conquistado uma vitória contra um dos grandes no currículo nesse campeonato.

    Não vou ficar falando de jogador x ou y. Acho que todos foram bem nas funções que exerceram.

    Destaque para o Felipe Melo, que está jogando muito, consciente da função que tem no elenco.

    Não vamos ficar caindo na onda de jornalistas (e palmeirenses também, infelizmente) que ficam malhando jogador.

    Descansar o time essa semana, preparando-se pra o primeiro clássico, onde a torcida espera nada menos que a vitória.

    Porque a gente conhece a nossa torcida: um tropeçozinho e todo o trabalho já não presta mais.

    • Se for no primeiro clássico então.. já vão vir com aquela ladainha de que “eu falei, esses jogos contra times pequenos enganam, olha a bosta, será que o RM não enxerga que o fulano é uma bosta?!”.. hahahah

  • 4 jogos. 4 vitórias. Time jogando bem equilibrado. Nenhum jogador decepcionando.
    Claro que a imprensa precisa achar algo para criar crise no Palmeiras. É claro que eles amariam ver os 30 milhões dados pelo Borja ir pelo ralo.
    Borja está jogando bem. Ontem por exemplo, jogou melhor que o Willian e Dudu.
    Perdeu o gol? Perdeu. Assim como Dudu e Willian também perderam aos montes contra o Red Bull.
    Essa isca eu não mordo não.
    AVANTI VERDÃO.

    • cara, o que eu fico pensando é que se o lançamento do FM fosse pro Borja e não pro Dudu ele terminaria em gol? Não sei. Eu vejo todo mundo do palmeiras tocando a bola bem, ai chega no Borja ou no Tiago Santos, quando joga, já da aquela engrossada. Acho que o time com o bigode de “falso” 9 ficaria melhor

      • No 1º jogo contra o Santo André o Felipe Melo deu o mesmo lançamento para o Borja na esquerda e ele dominou e meteu o Dudu na cara do goleiro. Terminou em gol. Já esqueceu?

        O Dudu saiu 2 vezes sozinho na cara do goleiro contra o Red Bull. Na 1ª driblou o goleiro e bateu de tornozelo nas mãos do goleiro e na 2ª pegou na orelha da bola e jogou na arquibancada. Não terminou em gol.

        Percebe como só se enxerga a metade vazia do copo para alguns e somente a metade cheia do copo para outros?

        Acho que o Willian de falso 9 é uma excelente opção. Principalmente em jogos fora de casa, contra equipes fortes e que irão propor o jogo. Nestes jogos teremos espaço para puxar o contra-ataque…
        Em jogos em casa, contra equipes retrancadas, acho que o Willian não tem a imposição física necessária.
        O fato é que o Roger tem todas as peças para montar uma grande equipe de acordo com qualquer adversário e qualquer circunstancia.
        ABÇ.

        • Fiz login no Disqus só para lhe parabenizar Maquinho.
          Eu particularmente achei que o Borja jogou melhor que os outros também, porém, centro avante vive de gol… Acredito que, quando os gols começarem a sair, o jogo dele vai fluir naturalmente.

        • O problema do Borja está na equação entre acerto x erro. Ele erra muito mais do que acerta, diferente dos demais jogadores de nosso ataque. Tem se mostrado muito participativo, mas acho que pra posição dele, esforço por si só não é suficiente.

          Se for assim, deveríamos ter tido mais paciência com Luan calça jeans (fuja, espírito do mal) e com o Deyverson também…

          • No seu critério então devemos tirar o Dudu, que perdeu dois gols contra o Red Bull, furou o chute dentro da área contra o Bragantino (um excelente passe do Borja) e “só” fez um gol..

            Vamos fazer o que o Marquinho falou, vamos dar mais atenção aos acertos do que os erros, coisa que o Roger Machado tá fazendo..

          • Estou justamente dando mais atenção aos acertos do que aos erros quando digo que o Borja destoa dos demais. Veja pelo desempenho como um todo: os demais acertam passes e domínios simples que ele tem errado, o mesmo ocorre nas finalizações.

          • Ele matou uma bola bem patética no meio do campo, bem ruim mesmo..

            MAS e aquela matada pra ficar cara a cara com o goleiro no lançamento do LLima? Quando pressionado pelo zagueiro ele deu um biquinho que bateu na mão do goleiro.. Todo mundo só viu que a bola não entrou, a boa jogada dele ninguém viu..

            E o drible que ele deu em dois jogadores, aí passou pro LLima, que serviu o Dudu no nosso primeiro chute a gol? Lembra?

            E quando recebeu a bola por lançamento do FM, ganhou do zagueiro e serviu o Dudu, que furou e o TTChe mandou na lua?

            Isso que eu falo, ele realmente peca as vezes, mas tem tido várias boas jogadas tbm.. vamos dar um pouco de crédito, logo as jogadas feias somem e os gols aparecem..

            E por favor, não compara com o Luan, o coitado só sabia correr, vc pode narrar aí umas 5 jogadas boas dele em todo o tempo que esteve aqui, e uma delas vai ser um chute que ele deu num Marmita! hahaha

  • FM com a boca fechada e concentrado só em jogar bola está mostrando porque foi contratado, espero que continue assim, menos marketing e mais futebol!

    • Joga muito, e tanto ele como o restante desse time devem estar babando pra pegar os lixos de Itaquera.

      • Eles estão com o mesmo jogo feio do ano passado, vai ser um grande teste contra um time super retranqueiro

  • Um bom jogo, mais uma vitória, com a semana livre nos deixa pronto pra enfrentar as sardinhas, vamos pra cima para o primeiro teste de fogo!

    Estamos criando as jogadas, mas ainda cometemos alguns erros ou no último passe ou no chute final, seja do Borja cara a cara, ou o Dudu furando, ou nossos chutes de fora que ainda não levaram perigo real.. o pé está sendo calibrado e logo logo a coisa vai ficar espetacular!

    Vamos pra cima verdão!

  • Posso estar enganado e obviamente rotular qualquer coisa é ruim, mas penso que as críticas/vaias ao Borja vem daqueles mesmos torcedores que acham que podem escalar o time por um erro de passe ou que criticam o Dudu o tempo todo. Nossa torcida anda muito sem paciência e sim, o Borja não é um matador, mas tem uma grande importancia tática e vem fazendo bons jogos neste sentido. Os gols vão aparecer fatalmente e compete a nós termos paciencia e pedir paciência para nossos colegas. Avanti! Pra cima das Sardinhas!!

  • Ainda é cedo, mas me lembro de ter dito que Antônio Carlos não era o jogador ruim que achavam. Lhe faltava mais oportunidades. A falta de um substituto para Mina (por ser tecnicamente superior) ainda me preocupa. Pois não enfrentamos adversários melhores.
    Mas está tudo dentro do processo evolutivo… Principalmente Borja, que tem que saber dosar melhor um posicionamento, que jogue mais DENTRO DA ÁREA.

    • Sempre gostei das atuações do Antônio Carlos, não é tão surpresa pra mim. Vide primeiro jogo da Liberta ano passado, ele fez uma belíssima partida naquela noite. Porém, não tinha muitas chances diante de uma zaga com Mina e Edu dracena(que dava suas pixotadas)

  • Torcendo para o Borja, me parece com gana, mas nível técnico abaixo, mas o que importa é bola na rede pro cara voltar a arriscar lances, onde se fosse na época boa aquela bolo que ele dominou na verdade tentaria um toque pelo alto, tomara que engrene

  • Dos jogos do Verdão esse ano o que mais gostei foi ontem , dominamos a posse de bola o jogo inteiro e quase não levamos sustos , criamos as melhores oportunidades e o gol era questão de tempo…Quanto ao Borja , deixem ele jogar , ontem achei que estava indo bem , achei que sairia o Willian , esta lutando muito e uma hora os gols começaram a sair , esta bem melhor que o ano passado …E o Keno tem que entrar no segundo tempo , no primeiro não dá muito certo…rsrs

  • Pessoal, o Palmeiras ganhou de 2×0, 4 vitórias em 4 jogos e estamos discutindo sobre o Borja?
    O time não melhorou porque ele saiu, melhorou pois abriu o placar. Da saída dele até o gol do Keno não teve nada de diferente em 2 minutos.
    Nos lances que ele perdeu os gols, as jogadas foram criadas por ele próprio, se fosse outro jogador talvez nem tivesse chegado naquela situação, o chute que o Tchê Tchê nem acertou na baliza seria mais gritante se ele perdesse. E nos gols pelo Atlético Nacional ele só chutava, nem precisava dominar.
    Com ele em campo são dois zagueiros ocupados para criar espaços aos pontas, com Willian de centroavante, qualquer zagueiro consegue conter o pivô, só ganhamos na maior movimentação e na velocidade de troca de passes, que são características melhores para o segundo tempo com a defesa mais cansada e/ou com vantagem no placar.
    Gostei muito do jogo, o Roger tem achado um equilíbrio bem legal entre os jogadores utilizados e ganhando muitas opções.
    Vamos pra cima dos praianos! DALEPORCO!

    • Eu acho que o problema do Borja ainda é confiança. Se conseguir marcar em uns 3 jogos seguidos já alivia a pressão e deve render mais.

    • William jogou pior do que o Borja e ninguém fala dele.. pegam no pé do Borja só porque pagaram um absurdo por ele (sinceramente acho que ele não vale aquela grana toda), mas não é culpa dele que o Palmeiras pagou aquilo tudo..

      Ele é bom, tem feito boas partidas, logo a bola começa a entrar mais.

      • E também não vejo como pior… foi normal… muitos dos erros atuais são de início de temporada. Não é por falta de reclamação para os outros jogadores (Willian caiu umas 03 vezes sozinho por correr mais que as pernas e ninguém fala que ele é estabanado, justamente porque não é, e não é pra criticar isso). É exatamente para não criticar o Borja por lances normais, que se fossem outros jogadores, não reclamariam.

        • Não estou falando pra criticar ninguém, agora não é a hora, mas a galera tem revolta seletiva!

          Abraços.

          • Exato! Tem gente que parece que entrou em coma em 1996, acordou agora e começa a reclamar por não ganharmos de goleada toda rodada! Abs!

  • É torço para o Borja desencantar, mas o Keno entra e resolve!!!
    Futebol é fase, joga quem estiver melhor, então…

    • O gol é muito importante, mas não é tudo, Keno levou sorte no chute e a bola entrou, jogo passado não foi tão bem como titular..

      Borja tem feito boas jogadas, mas a bola entrou só uma vez.. acontece.. acho que o Keno joga melhor pela Ala esquerda, pra mim ele é reserva do Dudu, e o Bigode disputa com o Scarpa ou o Borja a posição.

  • O time vem evoluindo bem, contra o Bragantino além de ter mais posse de bola o Palmeiras trocou muito mais passes.
    Borja vem se movimentando bem e isso é fundamental para surgir tantas oportunidades de gol. A tendência é que ao longo do campeonato ele calibre o chute, é precisa mais um pouco paciência com o Colombiano.

  • Como é bom poder torcer para um time tão consistente e que tende a melhorar cada vez mais. Que esta sensação perdure. Para coroar este início de temporada somente batendo forte nas sardinhas.

  • Galera fizemos um
    Bom jogo. Dominamos os caras, fizemos infiltrações, lançamentos etc. estamos indo muito bem. Foi somente o 4° jogo do ano! Vamos parar de cornetar KCT! Tem gente cornetando pq fulano bateu falta, pq o Borja não acerta o gol…. galera, os caras estão praticamente em Pre temporada!! Se for pra zoar, que zoem agora. O Borja, que diga-se não vale o que pagaram nele, mas tem jogado BEM sim. Tem ajudado na defesa, só está pecando na finalização. Está bem melhor que ano passado. Sobre ele sair e o time melhorar, é óbvio que isso vai acontecer! O Palmeiras tem excelentes peças de reposição, então quando o jogo precisa de alguém com
    Gas, nos colocamos fogo no jogo, vide Keno ( que pra mim deveria ser titular) Moisés, Guerra e logo logo Scarpa.

    Vamos apoiar mais e cornetar de menos!

    • falou tudo. Não vamos cair na pilha da imprensa. Na Fox o Edmundo criticando o Borja por não saber dominar a bola e no lance que estavam mostrando ele faz a tabela com o Willian que cruzou e quem errou o domínio foi o zagueiro A Carlos. Deixa o time jogar e o Roger trabalhar

  • É preciso maneirar mais nas críticas ao Borja… Nossa torcida anda implicando com tudo que o cara faz. Ele vem jogando bem, se dedicando, não faz corpo mole e mesmo assim não pode errar um domínio ou um chute que já soam as cornetas! É desmotivador pra qualquer um.
    Imagina se fosse o Borja que tivesse isolado a bola como o Tchê² fez naquele lance do primeiro tempo? Parece que tudo que o cara faz é motivo pra cornetar…
    E tem mais, o que o William fez quando virou centroavante? Absolutamente nada… Só teve um lance no final que foi ele ia invadir a área e foi parado com falta, mas fora isso ele sumiu em campo quando ficou centralizado. Vida de centroavante é assim mesmo!

    De resto o time foi muito bem. É gostoso de ver esse time tocando bola, são vários jogadores com qualidade técnica acima da média… Só precisamos chutar mais ao gol!

  • Nosso time não marca gol de falta há 3 anos…Agora temos Lucas Lima e ficamos vendo os q nunca fizeram batendo as faltas…tem alguma coisa errada aí

  • A imprensa tá louca pra arrumar pêlo em ovo no Palmeiras e a bola da vez é o Borja. Pior q parte da torcida come corda! O cara tem jogado bem, tá longe de ser craque mas é um bom centroavante. No primeiro tempo o Dudu protagonizou dois lances q se fosse o Borja as mesas redondas das TVs iam reprisar até amanhã. Primeiro aquele chute de fora da área q o goleiro ao invés de encaixar deu um soco para escanteio (imagina se fosse o Borja!) e depois aquela jogada q o Borja foi ao fundo e cruzou e o Dudu furou!!! (Imagina se fosse ao contrario!). Parem de cornetar o cara, vai ser muito útil esse ano!

    • Concordo com vc, hoje acho que ele jogou melhor que o William. Tá dando azar na hora H, mas vem jogando MUITO melhor que no ano passado. Importante insistir com ele que uma hora vai!

      • E quando sair mais um ou outro, deslancha. Vide ano passado, aquela sequência de gols em poucos jogos.

    • é pq o borja não está a atura do elenco, não cacife para a titularidade. obvio que vao querer criar algo em cima disso, pelo simples fato de ser claríssimo. ele nao pode ser titular pq esta degraus abaixo… mas pode ser util no time sim… comparar com o dudu é inútil pq todos sabem da qualidade e diferença que há entre dudu e borja.

    • Penso o mesmo… Se fosse o Borja que tivesse isolado aquela bola que o Tchê² isolou imagina só as cornetas como estariam!

    • O Borja, por ter custado mais de 10 milhões de DÓLARES, para a mídia e muitos torcedores, tem que arrebentar todo jogo. Concordo com vc que hj ele até jogou bem, mas pelas cifras pagas, não vale nem metade. Nossa torcida tem que entender isso é seguir o jogo. Ele é nosso 9-9 e temos que apoiar principalmente agora.

      • Vejo da mesma forma, ele não é jogador para 10 milhões de dólares. Mas apesar disso é bom jogador, e bem verdade falta “sorte” nas finalizações.
        Ano passado vimos dois jogadores mais limitados serem artilheiros do Brasileirão. Borja tem tudo para brilhar esse ano.

  • Achei uma partidaça do Borja. Desarmou, armou o time, apareceu bem como opção. Não entendi porque saiu, tava melhor que o William. Já critiquei muito. Hoje acho que a crítica é birra.

    • Concordo com vc cara, falta calma na hora de fazer o gol mas tô achando que contra as sardinhas vai marcar uns dois!

    • Acredito que ele saiu para mudar um pouco o estilo de jogo do palmeiras, com o Bigode na frente o ataque fica mais móvel, e tem troca de posições mais rápidas… Aproveitando para corneta a nota do Conrrado… acho que ele merecia no mínimo 7, mesmo com o gol perdido

    • Eu enxerguei como forma de rodagem. Num jogo saiu o Dudu, no outro o Bigode e agora ele.

      Eu tô gostando das atitudes dele em campo. Em vez de ficar plantado esperando bola pra empurrar pro gol, o cara tá se movimentando desse jeito. Além de confundir a marcação, ainda abre espaço pra quem vem de trás.

      Na minha opinião, se essa movimentação resultar em jogadas de gol, ele marcar ou não vai ser apenas um detalhe.

  • Fiquei mto puto com a falta que o Michel Bastos pegou pra bater e isolou. Lucas Lima se afastou, de cabeça baixa. Mas pelo menos não teve stress entre os dois pelo jeito. Lucas Lima parece saber que naturalmente vai se tornar o cobrador oficial.

  • o lançamento do Felipe Melo parece que foi com mão de tão preciso, so não foi mais bonito que o domínio do Dudu, domino a bola com a coxa, depois meteu no angulo, sera q o Adenor viu aquilo tudo ?

    • O Adenor jamais vai chamar alguém da SEP. A convocação de tranqueiras do “Marminthians” deixa claro que as escolhas do treinador são parciais. O Casagrande só fez alusão ao Dudu na seleção da CBF, apenas com o intuito de fazer uma média.

      • Só fez média pq o cara do Sport TV mandado embora deu com a língua nos dentes. Gabriel Jesus, voando no Palmeiras, era contestado por eles. São muiiiiito parciais

  • Todo jogo quando o Broja sai o time melhora. Ta correndo mais que ano passo mas nao da. Dudu, Keno e Willian.

    • Eu ia escrever isso: Borja sai e o ataque é automaticamente destravado. E não é a primeira vez que acontece isso.

    • Ano passado tivemos o melhor ataque do BR, acredito que esse ano vamos manter a marca, com ou sem Borja…

    • Corre mais, mas corre errado; se movimenta, mas sempre está na passada errada. E nas conclusões, pelo amor de Deus. Não parece ser ansiedade nem afobação, é falta de tino mesmo. Pode reparar que sempre que conclui, baixa a cabeça e se livra da bola. Não olha a posição do goleiro, do marcador, nada… Tem de ter todo nosso apoio enquanto estiver com nossa camisa, mas tecnicamente destoa de todo o resto do time.

      Infelizmente demos bote errado nessa… Uma pena!

    • Borja jogou bem.

      É nítido que grande parte da torcida e da impressa não gosta dele.

      Todo lance que ele erra a torcida reclama no estádio, e é reprisado de forma incessante nos programas esportivos.

      Durante os jogos, o Willian erra uma quantidade de jogadas igual ou maior que o Borja, mas como ele não custou 10 milhões de dólares ninguém reclama ou lembra desses lances.

      Preste mais atenção nos jogos, não entre na pilha da impressa esportiva.

  • Se na base não tiver alguém melhor que o Borja, fecha a porta… Tem que ensinar o cara a jogar bola…

  • não é questão de ser corneta, só que é preciso ser direto e ir aos fatos. não adianta insistir muito no borja. pode continuar no elenco, treinando, entrando as vezes na necessidade de atacar, mas nesse time do palmeiras, tendo em vista o material que temos, ele não tem lugar entre os 11. nem entre os 15. nenhum jogador ali tem muita dificuldade com domínio de bola, todos tiram isso de letra. quissá até o thiago santos domina melhor que ele..vamos continuar tentando, mas menos nos clássicos. esses temos que ganhar.

  • Domínio completo do Palmeiras.

    Lucas Lima e Felipe Melo, hoje, intocáveis.

    William e Dudu muito bem. Que golaço do camisa 7, estava precisando pra abafar as cornetas.

    Partida tranquila da zaga, os dois muito seguros.

    Borja bem. Perdeu gols que não costumava perde no Atlético Nacional, mas eu daria mais um tempo a ele antes de tirá-lo do time.

    E que grata surpresa o Michel Bastos. Tirando a falta bizonhamente cobrada, foi muito bem ofensivamente.

    Agora vamos para o primeiro grande teste do ano. Estarei lá! Vamos!

  • Putz ainda não entendo porque não é o Lucas Lima o batedor oficial de faltas, no jogo anterior foi o dudu que mandou pra arquibancada e hoje foi Michel Bastos..Tá dificil, nem lembro quando foi o ultimo gol de falta do verdão.

    No mais gostei do jogo, primeiro tempo tava meio parado mas acho que era por causa do calor.

    • Concordo que a “cobrância” de falta tem que ficar com o LL mesmo.
      No jogo passado, a falta era muito na meia esquerda, muito próxima à “quina da área”, o que deixa muito pouco ângulo pra canhoto tentar… Na minha opinião, era falta pra destro mesmo, mas a execução do Dudu só confirmou como estávamos mal servidos de cobradores no ano passado.

      Pra mim, faltas frontais da linha linha da pequena área pra direita, tem que deixar pros canhotos mesmo (Lucas Lima e G.Scarpa), bem superiores aos outros cobradores que temos.

  • partida boa de todo o time, não vi ninguem destoar (só o Moisés, mas esse dou um desconto). achei o borja mto bem hj, voltando pra ajudar a defesa e roubar bola. ainda acho que estão com a expectativa mto alta pq foi um jogador caro, mas não vai fazer gol em todas as partidas….

  • Felipe Melo está jogando muito bem e até agora mostra que merece a titularidade. Deve jogar ao lado de Moisés, quando este atingir o físico 100%.

    Marcos Rocha até aqui, só nome. Veio de MG com bastante grife, então espero que não se torne nosso novo Egídio.

    No mais, que venham as Sardinhas, esse será o primeiro jogo pra valer do ano, espero que o time dê show.

  • Palmeiras dominou completamente o jogo…time foi seguro e soube controlar o adversario…parabens a todos pelo empenho.

  • Melhores hoje, Antonio Carlos, Felipe Melo e Lucas Lima, o melhor. Abaixo da média, somente Michel Bastos, que é só tijolada.
    Se Scarpa jogar o que joga Lucas Lima, estamos realmente com um time muito melhor do que no ano passado.

    • acho que da para dar um desconto para o Michel Bastos, não se esqueça que o cruzamento do primeiro gol foi dele, primeiro jogo do cara na temporada

    • Achei que o M Bastos foi bem. Sinceramente não vi ninguém muito abaixo hoje. Todos jogaram bem e alguns se destacaram mais.

  • O Borja é aquele típico centroavante à moda antiga, flutua entre as laterais e sua especialidade é, em 2 toques, finalizar. Vai errar mais do q acertar, como todos os centroavantes desse estilo. Só acho q de vez em qdo o RM poderia tirar o Dudu e experimentar o Keno com o Borja e o William. Nao sou dos corneteiros q perseguem o Dudu, mas acho q ele não pode ser intocavel.

    • Ninguém pode ser intocável, o Roger tem que passar essa visão à todos no elenco. O Dudu tem um certo foro privilegiado (merecidamente), mas apesar do belo gol, eu o vejo neste momento como jogador de segundo tempo.

      • Continuo sonhando com a chegada do Ricardo Goulart, ia obrigar o Dudu a ficar esperto, sem contar q tb seria uma ótima opção como falso 9.

    • Como a maior parte dos torcedores, eu também teria tirado o Dudu pra entrar o Keno.
      Explico: o William tá acertando bem as jogadas, tabelando bem e tal…
      E o Borja tava tentando demais, batalhando, roubando bola e correndo bem. (certeza que se ficasse até o fim, teria anotado o dele).

      Mas, assim como todos, teríamos errado e perdido esse golaço que o Dudu fez.
      O Dudu, sabemos, apesar de ser ligeirinho, não é dos jogadores mais rápidos, por conta da sua estatura. Sua passada é bem mais curta que a dos os zagueiros de +1,80m e, frequentemente, ele perde na corrida longa.

      Agora, sempre li que jogador diferenciado é jogador que, ao receber a bola, já dá um 1o toque que muda tudo.
      O Dudu foi assim hoje:
      Ele matou um lançamento de 50 metros na coxa, já ajeitando pra corrida, saindo do zagueiro que vinha na babando atrás dele..,
      Foi simplesmente extra-classe.
      Desculpem a blasfêmia de citar isso aqui, mas a matada dele me lembrou o domínio do Ronaldo fenômeno antes do gol de cobertura dele no Fabio Costa na Vila Belmiro.
      Dois jogadores fora do sério.

      • Finalizando.
        Eu, assim como muitos, teria errado e tirado o Dudu.

        O RM tá acertando bem, sabendo que o Dudu poderia matar o jogo em 1 bola – tanto que o fez.

        Tô gostando bastante do trabalho do RM e ele está ganhando vários pontos comigo.
        Vou lembrar disso antes de começar a criticá-lo.

      • Me corrigindo aqui, fui rever o gol de cobertura e vi que minha memória me enganou.
        A matada de bola que eu me referia foi a do 1o gol do Ronaldo nesse jogo.
        Não que a 2a tenha ficado muito atrás também… rs

  • Antonio carlos tá seguro
    To gostando de Michel bastos
    LL monstro
    William motorzinho
    TT ta com os toques certos
    Agora Borja melhorou do Borja 2017, mas continua perdendo gol fácil e não faz gol difícil…
    Dudu mal, mas tem crédito
    E por fim, a tragedia anunciada, tocar para Thiago Martins… as 3 vezes ele se embananou com a bola….

  • É louvável a entrega do Borja, mas esses erros primários estão minando a vaga dele time titular.

  • e o “árbitro” daqueles 5 a 2, se não me engano, foi o “inesquecíve” Paulo César Oliveira. Como de costume, assaltou o verdão, mas naqela tarde ele se superou.

  • Jogo pra ver se o Borja começa a encaixar no time, nos últimos jogos infelizmente foi o mais perdido dos titulares, ele busca muito a bola no meio de campo ao invés de jogar mais enfiado junto aos zagueiros do adversário.

  • Acho que o RM vai rodar o elenco com os que mais atuaram: Jailson, MR, TM, AC e VL, F. Mello, Moises e Guerra, Keno, Borja e Dudu

  • Acho q vem time reserva aí por ai, pensando no clássico. Mas ainda acredito na Vitória fácil 3×0 com participação especial de arthurzinho e guerra

  • lembro desse 5×2…. quando os caras fizeram o 2o gol, tiraram a maior onda na comemoração… porém esqueceu o detalhe que alguns minutos depois os caras tiveram um jogador expulso também e ficou 10 contra 10, ai sim massacramos

  • Eu acho que vai ser um jogo difícil, com o time titular cansado/reserva desentrosado, 1×0 já está de bom tamanho. Será que teremos a estréia de Moisés?

    • Foi muito mais tranquilo do que pensei, só de lembrar que um tempo atrás sofríamos contra esses times pequenos….O time esta evoluindo muito bem, que elenco foda desse ano, da para esperar algum título. Só precisava de um centro avante goleador, dai seria show todo jogo.

  • 2×0 Dudu e A Carlos. Do último voltaria F Melo, M Rocha e entraria com Willian no Borja, M Bastos no Victor Luiz e talvez B Henrique no Tchê2. Rodar elenco para dar chance a todos de jogarem

  • Vamos Palmeiras! Hoje em Bragança não deve estar tão quente como esteve em Ribeirão Preto! Esperamos ver um futebol melhor do nosso time do que aquele dia! Avanti Palestra

  • quando, em 2008, os caras fizeram 2×0, eu pensei: de novo…. (lembrando de 89, 92, 95 pra aludir a derrotas nossas lá no estádio deles)

    Mas, aquela virada foi sensacional. E o personagem chave da virada foi Valdivia (que à epoca, nem de longe, faria jus à desqualificante alcunha Valdisney que o eternizaria em 2014 após sua escapadela depois da Copa e da frustrada tentativa de nos livramos dele).

    que os 2 x 5 (pró Palmeiras) inspire a molecada neste domingo 28/1/18.

    #VamosPalmeiras

    • Jogaço! Foi o único jogo que eu lembro do Marcos ter sido expulso. Denilson, Valpinga e Diego Souza voando, Kleber parecia um tanque de guerra em campo.