1
X
2

Goiás 1x2 PalmeirasCésar Greco/Ag.Palmeiras

Na raça, o Palmeiras virou o jogo aos 55 do segundo tempo e, depois de sete partidas, voltou a vencer no Brasileirão e segue muito vivo na luta pelo décimo-primeiro título.

Além de quebrar duas escritas recentes, a estreia vitoriosa de Mano Menezes afasta as críticas preliminares que recebia dos torcedores antes mesmo de colocar o time para jogar. Algumas diferenças para o estilo de Felipão ficaram bem nítidas. Afastamos a nuvem negra.

Primeiro tempo

1'
Palmeiras

Boa troca de passes no ataque; Dudu acionou Bruno Henrique que ligou com Zé Rafael, dentro da área; com pouco ângulo, ele bateu rasteiro e a bola foi na rede, por fora.

2'
Palmeiras

Gustavo Scarpa arriscou de fora da área mas não pegou bem na bola; Tadeu fez boa defesa.

5'
Palmeiras

Dudu abriu para Diogo Barbosa que cruzou por baixo, Luiz Adriano e Ramires fecharam para escorar mas não alcançaram e a bola saiu do outro lado em tiro de meta.

9'
Palmeiras

Após receber passe de Scarpa dentro da área, Dudu arriscou a finalização, mas Tadeu pegou com tranquilidade.

10'
Palmeiras

Bruno Henrique e Marcos Rocha tabelaram, o lateral cruzou e Zé Rafael finalizou de primeira, como pôde, e Tadeu fechou bem o ângulo para defender firme.

19'
Goiás

Gol do Goiás – Num lance despretensioso, Rafael Vaz apoiou, recebeu pelo meio e soltou uma bomba; a bola encobriu Jailson, triscou no travessão e morreu no fundo do gol.

29'
Palmeiras

Após cruzamento da direita, a bola sobrou no segundo pau para Luan, que dominou, enquadrou o corpo e bateu de curva, buscando o canto esquerdo de Tadeu, que saiu rápido e esticou o pé para fazer uma defesaça.

33'
Palmeiras

Após saída de bola errada, Scarpa aciona Dudu, que entra na área pela direita, livre, e tocou na saída de Tadeu, por cima; o goleiro do Goiás se esticou como um gato e conseguiu dar um tapa na bola, salvando gol certo do Palmeiras.

38'
Palmeiras

Após escanteio batido por Dudu na esquerda, Vítor Hugo subiu muito para testar firme, no chão, mas na direção de Tadeu, que defendeu mais uma.

43'
Palmeiras

Após cruzamento na área, Luiz Adriano brigou entre os dois zagueiros, aproveitou a bola viva para girar o corpo e bater rasteiro, a bola tocou na trave esquerda de Tadeu e foi para o gol – mas a rbitragem anulou, acusando falta de Luiz Adriano em Fábio Sanches no primeiro lance.

48'

Wagner Reway, picotador de jogo, acelerador de relógio, encerrou o primeiro tempo aos 48 minutos.


Segundo tempo

5'
Palmeiras

Após escanteio, a bola foi afastada e Zé Rafael pegou a sobra para soltar um canudo; a bola bateu no braço de Vitor Hugo e o juiz paralisou o lance. Ela tinha o endereço.

8'

Scarpa alçou bola na área e Tadeu mergulhou para afastar de soco; Zé Rafael disputou a bola pelo alto e os dois se chocaram cabeça com cabeça de forma medonha. Ambos caíram desacordados. Zé Rafael ainda conseguiu sair andando, depois de algum tempo. O goleiro do Goiás, o melhor em campo, saiu do estádio na ambulância.

13'

Zé Rafael, claro, saiu do jogo e deu lugar a Willian. Depois de seis minutos, a bola voltou a rolar.

17'

Mano Menezes fez sua primeira mexida tática: Lucas Lima no lugar de Ramires.

22'
Palmeiras

Dudu entrou na área e cruzou por baixo; Rafael Vaz tentou o corte e quase fez contra – a bola roçou a rede pelo lado de fora.

O Goiás picotava o jogo e catimbava. O Palmeiras perdeu intensidade, mas seguia tentando aproveitar o espaço que o time da casa deixava.

24'
Palmeiras

Após cruzamento da direita, Diogo Barbosa finaliza; Marcos fez boa defesa e ela ficou viva em cima da risca; bateu em Fábio Sanches, que conseguiu tirar o perigo.

26'

Luiz Adriano, cansado, deu lugar a Borja.

31'
Palmeiras

Depois da jogada entre Marcos Rocha e Dudu, o camisa 7 cruzou por baixo e Borja se atirou de carrinho na bola para finalizar, mas ela bateu na rede, por fora.

35'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Após recuperar a bola no meio, o Palmeiras tocou a bola rápido e Scarpa enfiou para Willian, que ganhou do zagueiro na corrida e tocou na saída de Marcos, empatando o jogo. O lance parecia em impedimento, mas após consulta no VAR, o gol foi validado. Os jogadores do Palmeiras confiaram que o sistema seria acionado e nem pressionaram a arbitragem. Quase o goleiro bate o impedimento e o jogo teria seguido!

Seguiu-se uma pressão intensa do Palmeiras; o jogo continuou sendo ataque contra defesa. O time do Goiás ainda estava feliz com o placar, mesmo jogando em casa. A bola não saía de dentro da área do time da casa, mas o Verdão não conseguia finalizar.

43'

Dois minutos após receber o cartão amarelo, Lucas Lima adiantou uma bola dominada e, na disputa, chegou atrasado e fez falta dura em Michael, recebendo o segundo amarelo e em seguida, o vermelho.

O árbitro deu dez minutos de acréscimo. Logo após a marca dos 45, o jogo ficou parado por dois minutos por causa de uma falta. Wagner Reway nada acrescentou ao tempo suplementar.

52'
Goiás

O Goiás saiu da toca. Renatinho teve uma falta de média distância, do lado esquerdo. Parecia que não daria em nada, mas o chute saiu muito bem colocado; Jailson voou  e tirou a bola da última gaveta; ela ainda triscou na trave antes de sair em escanteio.

55'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! No último lance do jogo, Marcos Rocha bateu lateral na área; Borja brigou com Rafael Vaz e Marcos; o camisa 9 caiu na grama mas mesmo assim conseguiu dar um toquinho na bola para trás, para a chegada de Gustavo Scarpa, que enxergou o canto direito aberto, ajeitou o corpo e tocou de chapa, decretando a virada do Verdão.



Ficha Técnica

15.226

R$ 622.320,00

Wagner Reway

Súmula

Borderô

Goiás

Tadeu
Marcos
Yago Felipe
Daniel Guedes
Fábio Sanches
Rafael Vaz
Marcelo Hermes
Gilberto Júnior
Léo Sena
Michael
Renatinho
Alan Ruschel
Jefferson
Kayke
Ney Franco
TÉCNICO


Fim de jogo

Foi um alívio. O Palmeiras precisava demais do resultado, e conseguiu no último lance, com muita raça. A vitória deixa o Verdão na terceira colocação do campeonato, a apenas três pontos perdidos de distância do Flamengo.

O estilo de jogo é diferente. O time ficou mais com a posse de bola, que chegou a 65%. Mas ironicamente os gols saíram num ataque rápido, de toques verticais, e numa jogada de lateral.

Mano Menezes começou com o pé direito. A nuvem negra parece ter ido embora e a tabela, nos próximos jogos, parece bem favorável. É aproveitar a nova onda, recuperar o terreno perdido e seguir marcando pontos, para chegar na reta final do campeonato, daqui a dois meses, já de volta à liderança, para não soltar mais. Ainda temos um campeonato para disputar este ano, quem achou que estávamos fora… achou errado! VAMOS PALMEIRAS!