3
X
0

11/03/2021 - 19:00

Palmeiras 3x0 São CaetanoCesar Greco

Foi de fato um treino com súmula, juízes e uniformes. Sem ter a menor resistência do limitadíssimo time do São Caetano, os reservas do Palmeiras bateram o time do ABC por 3 a 0 na primeira partida após o encerramento da temporada 2020.

Algumas observações foram interessantes, e apenas para isso este compromisso serviu. O resultado não significa nada, diante de tamanha fragilidade do adversário. Fica a expectativa do que este time poderá produzir diante de um oponente mais qualificado, que é o que se espera da Ferroviária, na próxima partida, domingo, no Allianz Parque.

Primeiro tempo

2'
Palmeiras

Depois de boa troca de passes, Gabriel Menino acionou Breno Lopes na meia-lua; ele girou e bateu forte, mas errou o alvo.

3'
Palmeiras

Danilo recebeu pela meia direita, avançou e bateu forte, sem direção.

5'
Palmeiras

Breno Lopes foi lançado em velocidade por Mayke pela direita, invadiu a área e tentou surpreender com um chute no canto do goleiro – Luiz estava atento e pegou no rodapé, mandando a escanteio. Scarpa fechava livre por dentro.

11'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Jogada ensaiada no escanteio da direita: bola de pé em pé, passando por Gabriel Menino, Lucas Lima, até chegar em Alan Empereur, como um ponta-esquerda; ele entrou na área e cruzou por baixo, com força; Tony tentou cortar mas acabou tocando contra suas próprias redes.

21'
São Caetano

Danilo errou na saída de bola e cometeu falta frontal. Charles cobrou com violência e Vinicius fez grande defesa.

24'
Palmeiras

Lucas Lima puxou o contra-ataque e abriu na esquerda para Gustavo Scarpa; o camisa 14 aumentou a velocidade, entrou em diagonal, invadiu a área e bateu cruzado; Luiz rebateu para o meio e Patrick de Paula tentou emendar de primeira, com o pé direito, mas pegou mal na bola.

26'
Palmeiras

Lucas Lima passou por dentro para Gustavo Scarpa, que tocou por elevação para a chegada de Esteves, que não esperou a bola cair na grama e emendou um lindo sem-pulo; a bola saiu perto do ângulo esquerdo de Luiz. A jogada estava parada, pois Esteves estava ligeiramente avançado no momento do passe.

28'
Palmeiras

Lucas Lima bloqueou saída de bola do São Caetano; Breno Lopes ficou com a sobra, tabelou com Patrick de Paula e bateu da meia-lua, mas pegou mal na bola, que saiu fraquinha à esquerda do gol.

31'
Palmeiras

Mayke foi ao fundo e cruzou; a bola desviou na zaga e se ofereceu para Breno Lopes, que testou firme; Luiz estava bem colocado e espalmou a escanteio.

34'
Palmeiras

Scarpa bateu escanteio da direita; Breno Lopes tentou a testada  no primeiro pau, mas pegou de ombro e mandou por cima.

36'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Gustavo Scarpa iniciou a jogada pelo meio e acionou Lucas Lima; o capitão do time ajeitou e enfiou para Breno Lopes, que invadiu a área e soltou uma bomba cruzada, sem chances para Luiz.

38'
Palmeiras

Após pressão na saída de bola, Luiz acabou pegando um recuo com a mão e o árbitro marcou a falta em dois lances dentro da área. Na bola rolada para Gabriel Menino, a batida tinha o endereço, mas bateu em Danilo e Luiz conseguiu mandar a escanteio.

40'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Na primeira batida, Scarpa quase fez olímpico, mas a bola saiu e o juiz mandou voltar porque não tinha autorizado a cobrança. Na segunda batida, Scarpa alçou na medida para Lucas Lima, que da meia-lua emendou para o gol – a bola era muito defensável e Luiz tomou um frangaço.

43'
Palmeiras

Lucas Lima enfiou para Mayke na direita; o lateral fintou o marcador, entrou na área, passou pelo segundo, se empolgou e tentou fazer o gol de bico, mas Luiz pegou firme.

47'

Thiago Peixoto, sem inventar, terminou o primeiro tempo.


Segundo tempo

3'
Palmeiras

Bela troca de passes no ataque do Palmeiras; Lucas Lima inverteu para o lado esquerdo e Esteves chegou pegando de sem pulo – nem cruzou, nem finalizou, e a bola saiu rente à trave esquerda de Luiz, com Scarpa e Danilo fechando pelo meio livres.

15'

Danilo deu lugar a Fabinho.

20'
Palmeiras

Após bola invertida para a direita, Mayke cruzou por baixo e Gustavo Scarpa chegou inteiro na jogada para escorar; ele enquadrou o corpo mas errou o toque, mandando a bola à direita do gol.

25'

Gustavo Scarpa saiu para a entrada de Wesley; Gabriel Silva entrou no lugar de Breno Lopes.

30'
São Caetano

Marcinho infiltrou na área, recebeu de Fernando Júnior e bateu rápido; Vinicius pegou firme no canto direito.

35'

Giovani e Victor Luis entraram nos lugares de Lucas Lima e Esteves.

36'
Palmeiras

Depois de lance de Wesley, a bola sobrou com Gabriel Menino que bateu cruzado, rasteiro; Luiz pegou firme.

43'
Palmeiras

Na falta batida da direita; Mayke resvalou de cabeça e Giovani entrou no segundo pau e fez o gol; a jogada foi revisada pelo VAR e a jogada foi anulada.

48'
Palmeiras

Depois de jogada individual de Wesley, Victor Luis pegou a sobra do desarme e disparou, mas a bola saiu à esquerda  do gol.

49'

Thiago Duarte Peixoto, mais calminho, encerrou o jogo.



Ficha Técnica

São Caetano

Luiz
Tony
Lucas Dias
Caetano
Fernando Júnior
Anderson Braz
Daciel
Charles
William Amorim
Warian
Diego Cardoso
Luizinho
Filipe Carvalho
Guilherme Pira
Carlinhos
Marcinho
Wilson Júnior
TÉCNICO


Fim de jogo

Tendo pela frente um adversário formado para este campeonato, sem muito dados históricos a serem explorados, a formação do time foi a mais quadradinha possível, sem invenções.

Esperando um time recuado, como de fato aconteceu, João Martins soltou os dois laterais e o Palmeiras abusou da troca rápida de passes, jogando bem compactado, para furar o muro azul. E funcionou bem.

Este é o tipo de jogo em que Lucas Lima se encaixa melhor. Com os companheiros próximos, tocando curto e com velocidade, o jogo do camisa 20, capitão do time, aparece bastante. Foi o nome do jogo, com sobras.

As jogadas ensaiadas foram outro destaque. Ainda se ressentindo da falta de tempo para treinamentos aprofundados, foi através de jogadas de escanteio distintas que o time chegou a dois dos três gols.

Mas a bola parada não foi a única alternativa do Palmeiras no jogo. Os toques rápidos, as movimentações e infiltrações renderam muitas jogadas de gol, desperdiçadas por detalhes. A criação funcionou muito bem.

O segundo tempo, como era de se esperar, transcorreu em ritmo mais lento; a boa notícia é que o jogo acabou e não tivemos, mais uma vez, nenhuma lesão.

Ficamos no aguardo de uma definição da sequência do campeonato após a rodada do final de semana. Os jogos estão suspensos por duas semanas, o que vai comer quatro datas do já espremido calendário.

Quem sabe se a medida é correta ou não são os especialistas. O fato é que, dependendo do que as autoridades decidirem, o planejamento dos clubes será bastante afetado, até porque, as outras competições que estão acontecendo em paralelo não vão parar.

O Verdão, ao menos, já é expert em assunto de adaptação rápida a limitações extremas de elenco e de tempo. VAMOS PALMEIRAS!





  • São Caetano fraco demais, com ctz vai ser uma das equipes que vai brigar pra não cair, isso se não cair. O campeonato vai parar e volta só depois do dia 30, e no dia 7 de abril já temos a Recopa , o bom seria o time estar jogando e com ritmo até lá .

  • Palmeiras e Ferroviária vai ser no Allianz também, não? E a AFE tem mandado jogo em Campinas tb, nem sei se jogaria em Aqa 🤪

  • Só uma pequena correção Conrado, o último jogo do são caetano não foi no Bruno José Daniel , ele está sendo usado de hospital de campanha, o jogo foi no Canindé.

    • Canindé? Putz…. pelo menos está servindo para alguma coisa.

      Estádio simpático, bem localizado, tradicional. Enorme desperdício.

      Clube histórico, com real possibilidade de arregimentar grande número de torcedores consumidores – começando pela enorme fatia da população brasileira descendentes de portugueses.

      O ambiente político no Palmeiras nunca foi dos melhores, sempre pesado, cheio de traições e tóxico. Mas nesta seara, a Portuguesa é muito, mas muito pior. O preço está sendo impagável. Melancólico.

      • O Canindé será usado esse ano de forma constante pela Lusa, tanto no Paulista A2, como na Copa Paulista e Série D

      • eu estava no ultimo jogo que o Palmeiras fez no Canindé, dá uma pesquisada pra ver como foi e porque o Palmeiras passou a jogar em Barueri depois. Pra mim, a Portuguesa e sua torcida de merda podem ir por inferno. Foi contra o Figueirense.

        • Ha ha ha…. torcida de merda, isso é um fato.

          Sempre meia dúzia de encrenqueiros passando na nossa frente provocando e puxando briga. Um bando de sem noção.

          Mas estou tentando menos ódio…