2
X
2

12/10/2017 - 21:00

Pré-Jogo

Pré-jogo Palmeiras x Bahia

Na noite de hoje, a Sociedade Esportiva Palmeiras recebe o Bahia no estádio do Pacaembu, em jogo válido pela 27ª rodada do Brasileirão. Além de ser um passo importante para o Verdão no campeonato, a partida também serve para que a comissão técnica e a diretoria sigam fazendo observações no elenco já visando a montagem do grupo que iniciará os trabalhos em 2018.

Palmeiras

DESFALQUES
Transição física:
Mina
Suspensos:
Mayke e Luan

Pendurados: Fernando Prass, Felipe Melo, Gabriel Furtado, Roger Guedes e Keno

Jean seria o substituto natural de Mayke, mas nos treinamentos de ontem ele não foi a campo para fazer o chamado reforço muscular. Se tiver sentido alguma puxada mais grave, Fabiano pode ser acionado. A dúvida tática permanece no comando de ataque: em baixa, Deyverson pode perder a vaga para Willian, que deixaria o flanco para voltar a ser o homem de referência, o que abriria a chance para Keno, Roger Guedes e até mesmo Guerra jogar mais aberto.

Diante dos últimos treinamentos, o venezuelano é o que aparece com mais chances de sair jogando, e com isso a escalação seria Fernando Prass; Jean (Fabiano), Edu Dracena, Juninho e Egídio; Thiago Santos e Tchê Tchê; Guerra (Roger Guedes, Keno ou Deyverson), Moisés e Dudu; Willian Bigode.

Bahia

No Bahia, Paulo César Carpegiani não poderá contar, de cara, com três atletas que pertencem ao Palmeiras: Thiago Martins, Allione e Matheus Sales. Além deles, Edson e Tiago estão suspensos e Jackson e Wellington Silva estão no DM.

Diante de tantos desfalques, o time que deve vir a campo, no 4-1-4-1, é Jean; Eduardo, Rodrigo Becão, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Juninho; Edigar Júnio, Zé Rafael, Renê Júnior e Mendoza; Rodrigão.

Retrospecto

Aproveite todas as funcionalidades do Almanaque do Verdazzo. Consulte os links abaixo, e faça os cruzamentos com outros dados como preferir:

Bahia
Bahia
Pacaembu
Pacaembu
Rafael Traci
Rafael Traci
Campeonato Brasileiro
Campeonato Brasileiro

 

Parpite

Diante de um Bahia com a corda no pescoço, em condições normais, deve dar Verdão. A torcida já comprou uma boa carga dos ingressos e novamente teremos um público significativo empurrando o time num estádio onde não perdemos desde março de 2016 – foram seis vitórias em seis jogos desde então.

Vai dar Palmeiras, 2 a 0, com dois gols de Dudu, para 20.001 pagantes neste feriadão quente na capital paulista. VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

SportvSporTV – menos para SP

PFCPFC e PFCI

Pós-Jogo

Palmeiras 2x2 BahiaDjalma Vassao/Gazeta Press

Numa das piores partidas do ano, em que o time mostrou alguma consciência apenas nos primeiros 20 minutos, o Palmeiras empatou com o Bahia por 2 a 2 e enterrou de vez qualquer chance de brigar por título, já que a distância para o rival exigia uma campanha perfeita. O time se manteve na zona de classificação direta para a fase de grupos da Libertadores, o que acaba sendo um objetivo melancólico diante de toda a expectativa criada no início do ano.

PRIMEIRO TEMPO

Jean não reuniu condições de jogo e Cuca decidiu por Tchê Tchê em detrimento a Fabiano na lateral. No meio, os volantes foram Thiago Santos e Bruno Henrique; Deyverson ganhou mais uma chance e Willian Bigode ficou na direita. Guerra esperou no banco, mais uma vez.

Logo aos dois minutos, o porco doido deu resultado: Dudu roubou a bola e Bruno Henrique abriu para Deyverson na esquerda; o cruzamento veio por baixo, Moisés escorou com a coxa e Willian fechou dentro da pequena área e empurrou para dentro. Cinco jogadores participaram do lance.

O gol paralisou o Bahia e o domínio do Palmeiras era absoluto. Aos 10, o lateral em cucabol veio da direita; Edu Dracena subiu mais que a zaga do Bahia e cabeceou à direita de Jean. Aos 13, Moisés comandou o ataque e abriu para Dudu na esquerda; o cruzamento veio por baixo e Willian quase conseguiu escorar, mas a zaga cortou antes que a bola chegasse.

Aos 17, em falta pela direita, Egídio rolou para Moisés, que deu o passe de primeira por cima da zaga, achando Willian em projeção; em vez de bater pra dentro para Deyverson completar, o Bigode preferiu bater de primeira para o gol e pegou mal na bola, errando o alvo. Belíssima jogada ensaiada.

Aos 18, o Bahia chegou pela primeira vez, pela esquerda: Renê Júnior construiu a jogada e tocou para Mendoza dentro da área; o colombiano dominou e girou para bater forte – Fernando Prass fez grande defesa. O ritmo do Palmeiras caiu e o visitante passou a ter mais a bola. Aos 22, depois de falta da esquerda, a bola passou por todo mundo e caiu em Vinicius, livre; ele ajeitou e bateu forte, para outra ótima defesa de Fernando Prass.

O jogo ficou bastante truncado. O Palmeiras afunilava as descidas e era facilmente marcado, ainda mais porque errava muitos passes – Deyverson, Egídio e Thiago Santos eram os mais deficientes. O Bahia assumiu o controle do jogo, chegando com alguma facilidade na área do Verdão e incomodando Fernando Prass.

Mas foi só acertar uma boa sequência de passes sem errar que o Palmeiras chegou ao segundo gol: Bruno Henrique começou a jogada e abriu na esquerda para Deyverson; desta vez o cruzamento veio por cima, mas no segundo pau; Tchê Tchê fez o passe com o peito; Willian tentou emendar mas pegou de raspão: a bola se ofereceu limpa para Bruno Henrique, que fuzilou da linha da pequena área, sem chances para Jean. Um belo gol.

Aos 46, Vinicius conseguiu sair nas costas de Egídio e, mesmo com pouco ângulo, bateu para o gol, obrigando Fernando Prass a espalmar a escanteio. Na cobrança, Edigar Júnio aproveitou a falha de marcação e, livre, testou no canto direito de Fernando Prass, tornando o placar mais justo pelo que os dois times fizeram em campo no primeiro tempo.

SEGUNDO TEMPO

Os times voltaram sem mudanças e foi o Bahia quem criou a primeira chance do segundo tempo: Zé Rafael girou em cima de Egídio, invadiu a área e bateu rasteiro, para firme defesa de Prass. O Palmeiras respondeu no minuto seguinte: Dudu bateu falta na área, no segundo pau; Deyverson aparou e cruzou de novo, pelo alto; a defesa rebateu e Thiago Santos tinha o gol à sua mercê, mas mandou a bola no tobogã.

Aos nove, Deyverson foi lançado dentro da área, matou bem com a cabeça e ia passando pelo meio de dois zagueiros para entrar no gol com bola e tudo, mas pisou no pé de Rodrigo Becão e caiu – nada a marcar. Após o lance, atedendo ao clamor popular, Cuca chamou Borja e o mandou para o jogo.

Os dois times maltrataram bastante a bola nos minutos que se seguiram. Erros de passe e decisões erradas dos dois lados faziam com que a torcida presente ao Municipal assistisse a um espetáculo abaixo da crítica.

Aos 22, Egídio bateu falta da esquerda; Edu Dracena e Juninho quase chegaram para escorar para o gol mas a bola passou limpa. Um minuto depois, Dudu foi lançado em velocidade, tirou de Jean e, com certa displicência, tentou de calcanhar, mas o goleiro do Bahia se recuperou no lance e fez a defesa,

Aos 24, Borja fez sua primeira (e única) boa jogada: ele recebeu pela direita, tirou um marcador e bateu forte, mas a bola foi no lado de fora da rede. Pouco depois, Bruno Henrique pediu substituição e Felipe Melo, depois de muito tempo, voltou a jogar pelo Palmeiras.

Aos 31, Edigar Júnio foi lançado nas costas de Juninho, entrou na área e bateu forte, cruzado – Fernando Prass defendeu em dois tempos, salvando o Verdão. Aos 35, depois de escanteio, a bola sobrou para Rodrigo Becão dentro da área; ele bateu para o gol mas a bola saiu mastigada e encobriu o travessão de Fernando Prass, que estava batido.

O Palmeiras pedia para levar o empate. Aos 36, Juninho dominou na entrada da área e conseguiu bater de curva, colocado, no canto esquerdo – Fernando Prass foi buscar e se estatelou no chão, pedindo atendimento e esfriando o jogo.

A catimba funcionou por dois ou três minutos. O Bahia voltou à carga e Mendoza apostou corrida com Roger Guedes, que tinha acabado de entrar. Os dois se chocaram dentro da área e o juiz marcou pênalti, que nunca poderia ter marcado. O Palmeiras podia não merecer ganhar o jogo, mas não numa marcação absurda dessas. Edigar Júnio bateu no canto esquerdo, Prass foi firme na bola, mas a batida foi precisa e entrou.

Aos 46, o Bahia armou o contra-ataque e Mendoza bateu forte; a bola veio com muito veneno e Prass precisou se virar para mandar a escanteio. E aos 49, Régis perdeu um gol feito após Egídio errar um passe fácil e proporcionar um contra-ataque rápido ao time visitante. No final, o empate acabou saindo barato para o Palmeiras, que desta forma encerrou de vez suas chances de brigar pelo título brasileiro.

FIM DE JOGO

Os primeiros vinte minutos mostram que o time até tinha começo, meio e fim ensaiados, mas faltou concentração. Dizem que 2 a 0 é um placar perigoso, mas isso só se torna verdade para times preguiçosos – e esse foi o Palmeiras desta noite.

Mesmo com o empate saindo num pênalti absurdo, é hora da chinela cantar. Cuca tem que mostrar que sabe bater o pau na mesa e cortar a conversinha com fala mansa, com tudo no diminutivinho. A diretoria também tem que dar um ultimato e deixar claro que não tem ninguém garantido neste time para o ano que vem, e que passou da hora de começarem a jogar bola de forma compatível com a estrutura e suporte que têm à disposição. O desempenho desta noite não irrita apenas pelo fim de qualquer perspectiva para este ano, mas também porque já coloca em dúvida a montagem para 2018.

Pior que o resultado não serviu nem pra ferrar a vida do SPFC. Não teve um mísero lado bom neste empate.

Ficha Técnica

24.299

R$ 739.950,00

Rafael Traci

Súmula

Borderô

Bahia

Jean
Eduardo
Rodrigo Becão
Lucas Fonseca
Juninho Capixaba
Juninho
Vinícius
Rodrigão
Zé Rafael
Régis
Renê Júnior
Feijão
Mendoza
Edigar Júnio
Paulo César Carpegiani
TÉCNICO

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Fernando Prass
Fez grandes defesas e salvou o time da derrota - mas pode-se questionar sua postura no lance do primeiro gol, quando podia ter saído com mais decisão..
8.5
Tchê Tchê
Sumido no primeiro tempo, só apareceu no lance do segundo gol. No segundo passou a aparecer mais no jogo.
6
Edu Dracena
Partida correta, bem colocado e ganhando as disputas.
6
Juninho
Vinha bem no primeiro tempo, mas não deu conta quando o Bahia passou a forçar nas costas de Egídio e se perdeu.
5
Egídio
Errou muitos passes e tomou um monte de bolas nas costas.
3
Thiago Santos
Parecia sem ritmo, errando passes bobos e sem velocidade.
4
Bruno Henrique
Além de construir a jogada do segundo gol, que ele mesmo marcou, preencheu bem os espaços e chegou bem ao ataque.
7
Felipe Melo
Deu carrinhos e apareceu para a torcida, que fez a festa.
5
Willian
Além de continuar decisivo na marcação de gols, foi muito ativo na marcação da saída de bola do Bahia, recuperando bolas importantes.
8.5
Roger Guedes
Entrou, fez o "pênalti" e só.
s/n
Moisés
Irregular, alternou momentos de lucidez com erros de passes grosseiros.
6
Dudu
Fazia uma excelente partida, mas perdeu a bola do jogo ao tentar fazer um gol com o calcanhar em vez de levar o lance a sério.
7.5
Deyverson
Certamente seria o pior do time não fossem as participações decisivas nos lances dos dois gols.
6
Borja
Entrou, ciscou, deu um chute a gol e só.
5
Cuca
Cuca
Não conseguiu dar padrão ao time, mexeu no grito da torcida e ainda deu o azar de colocar o Roger Guedes pra ele fazer um "pênalti" no primeiro lance.
3





  • Palmeiras jogou muito bem o segundo tempo, encuralando o Santos, até o momento em que tomou o gol. Depois do gol o time desestabilizou e não conseguiu jogar mais.

    Quanto aos jogadores, gostei muito da atuação do Mike, bela atuação.

    Eu, apesar da derrota, continuo acreditando no Palmeiras e no título…

  • Estou lendo muita critica injusta.

    Cuca não foi mal no jogo, eu só não teria começado com o Zé.

    Deyverson não é o atacante dos sonhos, mas não é horroroso como muitos estão escrevendo.

    Mayke jogou muito bem, ele é de longe o melhor lateral do palmeiras.

    Luan vinha jogando mal, mas sábado jogou bem.

    Jean joga o arroz com feijão, sempre constante, ele não seria titular no meu palmeiras ideal.

    Teche Teche jogou muito bem sábado

    O Palmeiras jogou bem melhor que o Santos, tomou o gol em uma falha do Guerra e do Thiago Santos.

    Mesmo tendo falhado no inicio do lance do gol, Guerra precisa ser titular, o time melhorou com sua entrada. Ele tem que jogar como 10 e o Moisés de volante junto do Teche Teche.

    *Thiago Santos entrou mais uma vez para matar as jogadas do adversário e do Palmeiras, ele falhou muito no lance do gol, e quase ninguém o critica. É bom ser queridinho da torcida.

    • Jura q vc não acha o Deyverson horroroso? sera q ele é seu queridinho? Deyverson nem profissional deveria ser.

      Luan é mto juvenil mais é bom jogador.

      TS é outro q nem profissional deveria ser….horrivel!!!

      De resto concordo com vc.

      • O Deyverson é muito bom jogador, cara. Não sei de onde vcs tiram tanta loucura assim. Parece que todo dia acordam e olham no espelho pra manter o foco e dizem: “como eu posso cornetar mais o Palmeiras hoje?”

  • O Cuca com seus discursinho sofrivel após mais uma Derrota, como foi com o Baleado time da Chapecoense, Atletico PR, o empate com o Vasco, um time sem Alma, sem Identidade, com Jean, Maike, Luan, Zeroberto, Dayverson, Tchê Tchê, em campo mais sem Jogar NADA, e o Felipe melo na Arena Assistindo a mais uma Derrota do Cuca com suas Teimosisas, e insistencias, até quando ?

  • Melhor coisa é fazer um acordo com o Cuca ao final do campeonato pra ele ir embora. Totalmente desinteressado, pra ele tanto faz como tanto fez. Só pensa nas filhas e netas, então, que se dedique integralmente à família.

    • Fala besteira homen! O gol perdido foi 100% culpa do Deyverson e nao de Cuca. Cuca nao tem culpa se o Borja nao faz gol e tambem nao tem culpa se o Moises nao estava no dia dele.

      • Mas como que se faz gol lá do banco de reservas?
        O cara quando entra é nos acréscimos ou faltando 5 minutos ou quando a vaca está indo para o brejo como no último jogo.
        Sábado, por alguns segundos, a 3ª e última alteração seria o Roger Guedes e o Borja nem entraria.

  • O gol perdido foi 100% culpa do Deyverson, esse inclusive nao tem condições nenhuma de jogar no Palmeiras.
    Moises voltou mto mal ate agora.
    Sou totalmente contra a demissão do cuca como alguns estão falando, sou mais a favor de mandar o Alexandre Mattos embora. Mais o cuca tem q parar de agir como criança mimada e só escalar quem ele indicou. Ontem o jogo era pro Borja desde o inicio.

    O ano acabou, é no maximo assegurar a classificação direta pra libertadores. Um ano de pipocagem!!

    • Aquela bola tava muito difícil para o Deyverson, mas tava muito mais para o Dudu. Mas na hora de criticar, é mais fácil falar do cara novo, que vem fazendo bons jogos, mas que não é e nunca será do nível do Gabriel Jesus. Pra mim, quem critica o Deyverson não entende de futebol e só quer ter um motivo pra falar mal, e um garoto bom de bola pode ser queimado como tantos outros no Palmeiras.

      • Entendo de futebol e não é pouco não, mais com ctz vc entende mais pra falar q Deyverson vem fazendo bons jogos, eu vi na libertadores e contra o Atl. MG.

        A bola veio LIMPA pra ele mais ele acha q é o CR7 e errou qdo chegou no dudu ela tinha desviado no zagueiro.

        Motivo pra falar mal? Nosso ano foi maravilhoso né?
        E vai pagar de incentivador na pqp!!!!

      • Joguei futebol mais de 25 anos e digo que Deyverson é MUITO limitado. Não passa de um jogador esforçado, mas com extremas dificuldades de FUNDAMENTOS.
        Já vi ele dar várias furadas e orelhadas na bola, além de cobrar um pênalti, pásmem, com o tornozelo.

  • Não sei o que acontece pelos bastidores do Palmeiras, mas em todos esses anos nunca vi um técnico, com um contrato de mais de um ano, esnobar tanto uma instituição da grandeza e magnitude da SEP. Cuca é um bom técnico, inegável isso, mas ter que diariamente administrar sua bipolaridade e seu suposto egocentrismo é cansativo, desproposital e improdutivo. Se tem a mínima dúvida que vai ficar, se quer flores para que fique, é melhor sair já.

    Dominamos todo o jogo e tomamos um gol por desatenção. Os gambás, totalmente dominados, acharam um penalty acidental e empataram o jogo. Duas situações quase idênticas que pregam um bom destino para os fedorentos. Fazer o quê?!

    • Como está o relacionamento dentro do vestiário? Mattos tem participado? E o Cuca nos treinamentos fechados à imprensa, tem treinado mais bola aérea ofensiva ou as defensivas com jogadas ensaiadas??

  • Infelizmente o jogo foi o retrato do que vivemos em 2017, ou seja, a procura por um atacante!!! O Santos tinha um e deu no que deu.

  • Sentimento de eliminaçao! Seria a quarta do ano…eita ano sofrido! Acho uma pena, pois o PALMEIRAS nao merecia um ano tao ruim assim. Muitos reclamam de tudo, mas muitos times fizeram muito mais besteira ou nao investiram, ou nao planejaram e estao tendo um ano como o nosso ou melhor…enfim, que venha 2018 com mais titulos. G4 agora é prioridade!

  • tão falando que o Cuca pode sair e ir pro Galo ano que vem, se ele sair mesmo eu apostaria no Abelão

  • Foi decepcionante mais uma vez. Nosso estadio cheio, muita chuva e um futebol muito fraco. O Cuca esta há bastante tempo e nao ganhamos na nossa própria casa? Não é que nao ganhamos.. perdemos! De um adversário remendado e muito mais fraco. O Paulistão pra Ponte, a Copa do Brasil para um Cruzeiro que mo primeiro tempo do primeiro jogo fez 3 x 0 no nosso campo. A Libertadores foi um sufoco com J Wilstermann ( que tomou 8 do River), um sufoco com o Penarol aqui e la..perdendo a classificação pro Barcelona B. No Brasileirão perdemos para timecos aqui em casa, fora o desempenho nos clássicos. Temos que cobrar um resultado melhor. Nao faltou nada: investimento, comissão técnica, centro de excelência, viagem pra Atibaia, nao faltou nem mesmo tempo de treinamento. O que faltou foi COBRANÇA. Sou a favor do Cuca mas sou contra dependermos dele ou de qualquer um. A torcida tem que começar a demonstrar a insatisfação pelo resultado tecnico do time. A verdade nua e crua é que nao jogamos absolutamente NADA no ano todo!!

  • Os jogadores dispensados são melhores que alguns ¨¨ reforços¨. Rafa Marques e Pança são melhores que Borja , Guerra e Deyverson e hoje fazem falta pois são jogadores que fazem gols. Barrios foi mal aproveitado pelo excesso de contusões e por termos o Jesus em campo. Continuamos sem laterais (embora eu não veja melhores que o Egídio por aí , e o Mayke vem se firmando). Determinados jogadores estão em má fase Jean , Luan , Tchê , enfim poucos se salvaram até o Prass teve uma fase ruim e continuou titular. Cuca peca ao se prender a um esquema e um grupo.

  • Desculpa verdazzo, mas dar a entender q ainda temos chances de título é conversa pra boi dormir
    … Vamos parar de colocar panos quentes, passou da hora. Não precisa de limpeza, nada disse, mas seguir acreditando em um time (não falo do clube) que até agora não mostrou a q veio não dá, né?

  • Os fedidos perderam mais 2 pontos. Só não perderam 3, pois mais uma vez a arbitragem ajudou dando um penalti igual ao que não deram do Pablo contra as bibas.
    A diferença poderia ter caído para 9 pontos, mas ao invés disso subiu para 12 pontos. Termina 2017. Esta me dando nojo.

  • Sem querer fazer lista de dispensas, mas passou da hora para projetar o elenco pra 2018 .
    Acho que tem que sair uns 5 jogadores, vou falar apenas do Ze Roberto que deve se aposentar no fim do ano .
    Precisamos de um LE pra ser titular e um LD que substitua o Mayke à altura.
    E somente mais um 99 de categoria, se o Cuca ficar, o Borja vai ser inútil.
    Deyverson tem que ser banco .
    Temos muitas boas opções no meio campo e na zaga.
    Este time pode jogar muito mais que vem apresentando.

  • O que mais gosto de ler nos pós-jogos do verdazzo são a introdução, o ‘fim de jogo’ e as notas. Sempre concordo com tudo, mas dessa vez vou discordar das notas do Luan e do Guerra. Luan pesado, tomou um sufoco de um cara q tá quase aposentando. Foi amarelado, num campo seco era capaz de ser expulso. E o Guerra é tão responsável ou até mais q o TS pelo gol das sardinhas. Mais um clássico q ele entrega.
    Houve perdas e infelizmente as reposições não foram à altura.
    Nem sempre alto investimento é certeza de retorno, principalmente no futebol. Estamos vendo isso no Verdão.

  • Impressão minha ou ontem Deyverson está sem tempo de bola quando ela vem no alto? Chegava ser engraçado, ele pulando e a bola passando reta… Moyses errando muito quando tem que dar toques rápidos…

  • Tem mais, não conte com a classificação entre os quatros , tem time bem melhor taticamente chegando e claro infinitamente mais barato.

  • Como que perde um jogo desse em casa? pqp, os cara fala em título mas não joga futebol pra ganhar. Faz logo um limpa nesse elenco, traz um técnico melhor. e planeja pra melhor o ano que vem que esse foi só decepção. muita badalação, muito dinheiro e pouco futebol. O máximo que vamos ganhar nesse brasileiro é a classificação pra Libertadores.

  • Tem que parar com esse papo de que vai ganhar segundo turno, que vai ganhar os próximos seis jogos, que vai fazer isso, vai fazer aquilo, bla bla. Motivação é fundamental, mas intramuros, ninguém precisa ficar sabendo, é coisa só deles. Deixa a imprensa falar, a torcida torcer. Depois não dá certo, e todo mundo fica com cara de anus, e os rivais ficam enchendo o saco. Se ganhar ou perder, depois a gente discute pontualmente. Joga bola e fica quietinho, porra!

  • Essa derrota e dura de engolir mas não é o fim do mundo, nem motivo para caça as bruxas.
    O melhor a se fazer é não esperar por título, porém não devemos abandonar o time e deixar de assistir os jogos como fariam os “adeptos” do SPFW. Lembrem-se que passamos por momentos terrivelmente piores esse século.
    Algumas contratações dessa temporada, foram feitas precipitadamente, não é necessário nem citar nomes. A troca de treinador aliada a essas contratações, tbm prejudicaram o desempenho da equipe, mas temos uma boa base e com o planejamento do Cuca junto com a diretoria, podemos montar uma equipe extremamente competitiva para 2018.
    O resultado esse ano pode não ter sido o esperado, mas estamos no caminho certo. É essa a positividade que o torcedor do Palmeiras deve ter. Nós estivemos junto com o time nos maus momentos, porque iriamos abandonar agora?!!!

    • Então tudo certo gastaram 100 milhões em pernas de pau , passa um pano , ano que os mesmo farão tudo direitinho , os os penas de pau jogarão bem , o técnico será o mago da tática , sei não …

      • As contratações foram feitas em função do trabalho de um treinador que não deu certo (EB). Com isso tudo acabou virando uma grande bagunça, e as contratações badaladas que eram para o time de Eduardo Baptista acabaram sumindo depois no time do Cuca, inclusive trouxeram esse Deyverson as pressas, porque o Cuca não escalaria o Borja como titular. Ano que vem o Cuca pode indicar jogadores que se encaixem melhor no seu padrão tático e outros (que estarão fora dos planos) naturalmente deixarão o clube.
        Mas eu torno a dizer: Trocar o treinador no final do ano, será voltar a estaca zero.

        • Eu ainda acredito no Deyverson. Ele tem ajudado na parte tática e não tem recebido muitas bolas pra finalizar. Gols que fez contra BOT e Galo me dão boa impressão sobre ele. Penso que nosso maior problema é a maneira que o time tenta infiltrar pra finalizar que ainda não arredondou. E ontem, pra “ajudar” o árbitro não marcou a falta no Guerra. Vi a imagem em tela grande e, pra mim, a falta é BEM clara. Abrazzo.

    • Ótima análise, irmão! Enquanto tem gente querendo achar culpa na WTorre, TS, Guera, Dudu, Cuca, Mattos, Borja… ter alguém ponderado e equilibrado é um alento.

  • Antes a desculpa era falta de tempo pra treinar… Agora temos tido tempo de sobra e continuamos sem variação tática, sem jogadas de infiltração, sem jogadas efetivas de bola parada (Coisa absurda: Quando foi o último gol de falta do Palmeiras??? E os escanteios do Palmeiras??? O time tem trocentas bolas paradas, trocentos escanteios e não consegue transformar isso num mísero gol…).

    É Sr. Cuca, os créditos que o Sr. tem com o Palmeiras estão acabando ( pra mim já acabaram.). Tens sido teimoso, turrão, desagragador, técnico de uma tática só e queimador de jogadores. Ou os jogadores se enquadram na sua única forma de jogar ou são encostados, não é? Acontece que este esquema seu de jogo já está manjado, saturado, adversário nenhum mais cai nele. Mas mesmo assim o Sr não abre mão neh? Esse seu mimimi e chantagem de que não vai ficar pro ano que vem já não fazem mais efeito… Ou o Sr muda a sua forma de trabalhar o time, ou não fará falta alguma…

  • PRASS: Foi bem, não comprometeu e ainda fez um milagre no toque do Ricardo Oiveira no fim da etapa inicial.
    MAYKE: O melhor do jogo. Colocou o melhor deles no bolso e apoiou bastante.
    LUAN: Sofrível. Levou um suador do velho Ricardo Oliveira.
    JUNINHO: Muito bem. Acho que o segundo melhor em campo.
    ZE ROBERTO: Deu pena dele naquele lado empoçado. Agora e fazer uma grande homenagem para sua aposentadoria no final do ano.
    JEAN: Simplesmente inexplicável sua manutenção num time em que a intensidade e dita tao essensial desde o centroavante.
    TCHE TCHE: Muito bem, principalmente na lateral esquerda. Um dos melhores em campo.
    MOISES: Visivelmente ainda não adquiriu sua plenitude física. Ainda assim articulou nossas melhores situações de gol.
    DUDU: Chamou o jogo, foi pra cima, mas pecou em 2 finalizações fatais. A furada embaixo do gol nos matou.
    WILLIAN: Um dos mais prejudicados pelo gramado. Pouco apareceu.
    DEYVERSON: Lutou como sempre, deu “casquinha” como sempre e passou em branco como quase sempre. Teve 2 boas chances, uma pegou na orelha da bola e outra furou na pequena area.
    THIAGO SANTOS: Responsável pelo ganho de intensidade no segundo tempo. Da muita segurança para as subidas dos jogadores do meio. Faltou feeling no posicionamento na hora do gol deles.
    GUERRA: Deu volume ofensivo ao time e foi um dos responsáveis pelo sufoco que demos no segundo tempo. Infelizmente, perdeu a bola na origem do gol deles, agora não da para comparar com o erro contra os gambas. A bola passou de um lado para outro até sair o gol. Houveram outras bolas perdidas por outros jogadores na mesma circunstancias e que ninguém lembra porque não terminou em gol.
    BORJA: Procurou se apresentar para tabelas com a bola no chão. Deu um chute da entrada da área e participou de um possível lance de penalti no final. Retornou algumas vezes até a área defensiva para ajudar na marcação e tentar agradar o técnico, mendigando por alguns minutos a mais em campo. Alias, por alguns minutos nem iria entrar no jogo.
    CUCA: o time evoluiu defensivamente, mas pode melhorar muito mais se ele abrir mão de algumas paixões recolhidas. Esta ficando difícil justificar um jogador sem intensidade como o Jean no meio-campo. Principalmente quando voce justifica a titularidade de um centroavante pela luta e por “casquinhas” e não pelos gols que faz ou pelo menos pelo seu potencial de finalização.

    • As minhas impressões são parecidas com as tuas: Mayke e Juninho jogaram um futebol digno do clássico e o segundo é uma grata surpresa das contratações do ano! Firme e joga sério. Precisamos de mais jogadores FIRMES, que não perdem qualquer pé de ferro, mas que tbm para ganhá-los não se enche de faltas e cartões bobos. Mais um zagueiro com cara de zagueiro, diferente dos que adoram uma selfie e chorar quando não ganham “o doce” que mamãe prometeu!

  • Alguma coisa tá errada, não concordo com a maioria das notas, sou difícil de cornetar, porém vi um time desconcertado, jogadores perdidos. Guerra não tem condições de jogar, errou tudo o que fez e e um desses erros resultou no nosso gol. Deyerson saiu muito da área e atrapalhou Willian, desta forma os dois jogaram muito mal. Apenas Dudu mostrou algo que nós gostamos de ver num jogo de futebol, o resto foi deficiente tecnicamente e taticamente.
    Pagar 200 mil, 300, mil, 400 mil pra jogador e perder em casa na frente da torcida que faz essa renda aumentar é muita ergonha.
    Consegui juntar 12 palmeirenses no posto aqui da nossa cidade (Balneário Piçarras-SC), pessoal do nosso grupo do zap zap que se chama “Família Palmeiras Piçarras”, poxa, gastamos um montão nesse tempo de crise e esses jogadores que vieram por milhões e ganham milhões, diferente da realidade do futebol brasileiro, e até mesmo da realidade do resto da Série A…
    Esse Guerra e esse Borja podem voltar a pé pra Venezuela e pra Colômbia.

  • Disse isso em julho e repito. Esse elenco é fraco. Como disse um tal jogador do Bayer, dinheiro não faz gol. Nunca mais fiz nenhum comentário aqui, porque não vou gastar vela com defunto ruim. Vamos der realistas. Um time que gasta o que gastou perder pra Chapecoense é de morrer…

    • Bem nessa. Somando-se os valores para contratar essas nhacas desse ano, foram mais de 100 milhões, nenhum time fez isso. Jogadores com pouca competitividade, ganhando milhões, com seus carrões, suas mansões, seus mulherões!!!!
      Tem algo errado que não está certo.

    • Se dinheiro fosse sinônimo de título entrega tudo pro PSG ou pro City. Papinho furado de “investiu tanto e fez pouco”. Futebol não é ciência exata. Papinho de imprensa

    • O jogador do Bayern que falou que dinheiro não faz gol levou 3×0 e é um falador! Ano passado dinheiro fez gols. Esse ano não! Falta de sorte, excesso de azar jogam e são cruéis. Blablabla é que nunca ganhou jogo!

  • Eu falei… O Deyverson vai se queimar sozinho. Jogador muito fraco! Nos primeiros jogos já pudemos perceber isso. Péssima contratação.

  • Pqp depender da técnica de Dayverson pra fazer gol vai ser dificil , tem que mandar prender quem contratou essa cara !!!!

  • Hora do nosso presidente sentar com a comissão técnica e decidir como será o planejamento pra 2018.
    Tem que decidir principalmente se o Cuca vai ficar, chega de mimimi toda vez que perde um jogo.

  • Esse elenco não tem brio. Toda vez q precisou ser decisivo, durante todo o ano, espanou.
    Como ja era previsto desde a eliminação da Libertadores, que venha 2018 logo e que o elenco, que espero que seja bastante modificado, dê mais liga que esse aí, com pelo menos 1 meia que chame a responsabilidade e 1 goleador de peso.
    Infelizmente o Borja e o Guerra foram os investimentos corretos, mas na prática não valem 1 misto quente e uma coca cola.

  • Acabei de ver a coletiva do Cuca , não tinha visto ontem…Quanto mimimi da parte dele , começou a falar de novo que não garante a permanencia para o ano que vem e bláblábla…Ah Cuca você também já encheu o saco , não conseguiu montar um time para este ano , no inicio dizia que era por falta de treino e agora com tempo sobrando faz o que ?! Nada , time só tem vontade , porque técnica e tática não vejo nenhuma , se não quiser ficar já saia agora para que possamos já planejar 2018 com outro treinador …Nosso presidente esse anos é outro que espero que saia logo , mais da turma dos bananas…Saudades do Paulo Nobre…

    • Pois é, esse ano nosso time está sem vontade porque o técnico também está sem vontade… Parece que está fazendo um favor de treinar o Palmeiras. Ano passado era um cara vibrante, com vontade de vencer e passou isso pros jogadores! Esse ano tá essa nhacá, sempre com mimimi aí fica foda…

  • Bom , infelizmente 2017 acabou , resta ficar entre os 4 primeiros e só…Tinha açhado que o ano havia acabado depois da desclassificação na liberta , mas como apareceram alguns resultados a favor e até achei que dava , mas depois de ontem , acabou…Esse ano o time não foi nem sombra daquele de 2016 no brasileiro , esse ano perdemos jogos bestas e na minha opinião pipocamos sempre nos decisivos…Cuca também voltou muito mal esse ano , errando quase sempre nas escalações e substituições , infelizmente veremos ou gambás ou sardinhas serem campeões…ah também não dá para vencer apenas um clássico no BR-17 e perdermos todos os outros…se pelo menos vencermos no salão de festas não terminaremos o ano de forma melancólica…

  • Por mais que estejamos todos bem aborrecidos com a derrota, tentando mais enxergar fatos do que dar vazão a sentimentos, quero colocar o seguinte

    1. assumindo-se que com 77 ou 78 pontos, o time seja campeão, a análise que se deve fazer durante o campeonato não é tanto a posição relativa do time e sim a chance do mesmo conseguir atingir sozinho a pontuação almejada.

    2. Nesse sentido, faltando ainda 12 jogos, as chances realmente ficaram poucas.

    3. E não so estatisticamente. O que mais desestimula é que o poder de fogo do time se mostra insuficiente: a bola cerca a área mas o número de tiros a gol é baixo, a capacidade de infiltração pra finalizar não tem agradado.

    4. No jogo em si, foi mais ou menos como um Palmeiras x time pequeno: nosso time com total domínio territorial e de presença próxima ao gol do adversário, dificuldade pra achar espaço e finalizar, adversário confiando só no contrataque, consegue um lance bem feito perto do fim do jogo e não dá tempo de recuperar.

    5. Ainda sobre o jogo, com todas as dificuldades, dois momentos cruciais se mostraram determinantes: a inexplicável não finalização do Dudu com o canto aberto à sua disposição naquele cruzamento do Moises que o Deyverson já tinha deixado passar e o deslocamento sem sentido do Thiago Santos, dentro da nossa área, que permitiu ao atacante adversário liberdade pra fazer o gol deles.

    6. O que torna esses momentos mais doídos é que ambos são jogadores de confiança do treinador e da torcida e, se não devem ser responsabilizados pela derrota, deixam a frustração da derrota ainda maior. Mas, continuo confiando e apoiando ambos.

    7. Já ouvi e li que “não houve falta no Guerra” no lance que precedeu a situação do gol do NPS<. Eu discordo e, pelas minhas contas, nesse campeonato, esse time fez 6 pontos roubados contra nós. Lá no primeiro turno, o gol deles foi BEM irregular e, no fim do jogo, o pênalti sobre o Dracena, que o árbitro não deu, foi chocante. Ontem, com todos nossos problemas, se o árbitro marca a falta, aquele lance não aconteceria. Talvez, houvesse outro gol do adversário, mas aquele, NÃO.

    8. Com relação aos próximos jogos, penso que a missão do nosso treinador — em quem continuo confiando — é acertar a infiltração pra que haja mais oportunidades de finalizar. Como está hoje, ficamos muito expostos ao "quem não faz, toma", pois, mesmo tendo muita posse de bola e cercando por bastante tempo a área do adversário, dadas a poucas oportunidade reais que o time cria, quando não as aproveita, a cada desperdício vai potencializando o risco de tomar gol.

    9. De todas as críticas que li aqui e por ai, a que mais ecoa comigo é com relação ao Jean. O Cuca deve ter seus motivos, mas o desempenho dele tem decepcionado muito. Eu o acho um excelente jogador e pra mim, ano passado, foi um dos protagonistas de nosso ENEA. Mas, parece que ele está com algum problema que o está atrapalhando muito.

    10. Dada essa deficiência do Jean, penso que seria um gesto de grandez do Cuca experimentar o Felipe Melo como primeiro volante, quando este estiver recondicionado.

    #ForzaCuca
    #VamosPalmeiras

  • Esse Deyverson é horrível, pagar 5 milhões de Euros por esse cara ?? Jesus, estamos mal. Ele é simplesmente horrível, até o Ceifador é melhor que ele.

  • Impressionante como os analistas da mídia Palmeirense passam o pano para o Deyverson, jogador horroroso. Borja também é decepção, mas não teve metade das oportunidades do cara.

    Hj meu time os 2 seriam reservas e iria de Dudu, William e Guedes.

  • O Deveyrson poderia ter sido mais decisivo neste jogo, mas na boa, fazia anos que eu nao via um clássico em um campo tao lamentável!! Se perdemos foi pq o campo estava muito ruim e isso nivelou a partida. Quando o Palmeiras conseguiu botar a bola no chao amassou a sardinhada… Agora já era! Esse é o preço de ter uma arena multiuso….

  • Toda vez que esse time de 17 precisou mostrar o algo mais, todos fracassamos.Faltou identidade.E espírito vitorioso.Sobra disposição e falta futebol

  • Acho estranho ninguém comentar que Guerra mais uma vez entregou em um clássico. Sempre defendi sua escalação, mas tem sido decisivo negativamente. Alguém tem que explicar pra esse rapaz o que é um clássico. Os dois perdemos em casa por erro individual dele. Precisa ser cobrado!

    • Guerra joga mal a vários meses e todo mundo passa a mão na cabeça dele. Assim igual ao Mina, que não fez partidas boas esse ano e ta todo mundo com saudades. Que vá embora os dois e leve o Borja.

  • Perdemos por que não temos a porcaria de um centroavante. Deyverson e Borja são piadas de mau gosto.

    • Borja ainda não mostrou nada que justifique sua escalação, mas eu acredito que se tivesse a mesma sequência do Deyverson já teria marcado pelo menos o dobro de vezes que ele.

      • Acho que só pelos números dele de 2016, por tudo que ele ganhou no ano passado e pelo dinheiro que foi pago, ele deveria ter tido no mínimo uns 10 jogos como titular absoluto para realmente se adaptar. Sentado no banco e entrando aos 40 do 2º tempo não irá fazer gol e nem se adaptar nunca. Se for assim, pode vender.
        Ai o Cuca pede um cara que ninguém nunca tinha ouvido falar. Um cara que fez 2 gols em 23 jogos pelo Alavés. Um cara que nunca foi campeão em time nenhum. Um cara que nunca foi artilheiro de nenhum campeonato. O cara se apresenta na 3ª feira vindo de 30 dias de férias, já é titular no sábado contra o Sport e de lá para cá emenda uma sequência de 15 jogos seguidos com raríssimas substituições apenas nos finais de jogos.
        QUAL O CRITÉRIO?

  • Frustrante, não só em relação ao titulo, pois este era muito dificil, mas o jogo em sí, o Palmeiras foi muito superior ao Santos. Uma derrota dessas é muito doído.

  • Se tínhamos a chance mínima de pegar o caneco dos gambás, ela se foi hoje, em mais uma partida apática onde a gente cisca muito e não faz quase nada. Time pouco efetivo novamente!

    Não adianta, enquanto não tivermos um matador no time não venceremos ou venceremos pela contagem mínima e de forma sofrida, como já vínhamos vencendo.

    Já disse e repito, não que o Borja seja craque ou o salvador da pátria, mas não é justo o cara não ter a oportunidade de jogar 5 jogos de titular em sequência pra tentar mostrar seu futebol, enquanto o queridinho Deyverson de 18 milhões é titular absoluto só porque “ele marca e recompõe”… E gol cadê? Matou todos nossos ataques hoje! Que cara ruim!

    Já deu essa birra do Cuca… Adora afastar jogador que está tumultuando ambiente, mas a verdade é que quem está tumultuando é ele! Não quer dar o braço a torcer e fica empurrando goela a baixo seu protegido! Ninguém aguenta mais Cuca, atacante tem que fazer gol e não ficar marcando!

    Quanto ao resto, Juninho e Mayke foram os melhores hoje. Tchê² melhorou quando foi pra lateral esquerda. Guerra perdeu mais uma bola em clássico que resultou em gol, assim fica difícil. Dudu é o um dos jogadores mais importantes desse elenco, mas não pode continuar batendo as faltas e escanteios. E por falar nisso, não vemos mais aquelas jogadas perigosas na área, nem nos laterais batidos pelo Moisés… Simplesmente a bola é jogada pra área e seja o que Deus quiser! Não ganhamos uma pelo alto hoje! E o Moisés é outro que está mal faz tempo também, pode ser falta de ritmo, mas também acho que está querendo sempre dar passes “muito fodas” em profundidade, quando muitas vezes poderia fazer o simples. E nem de longe é aquele do ano passado que corria o campo todo e ajudava na defesa e no ataque. A camisa 10 não fez muito bem pra ele!

  • Não ha justificativas para o Jean ser titular com este elenco que temos. Jogador cansado, de baixa intensidade e que se resume a preencher espaços. Contrataram o Bruno Henrique pra que?
    E outra. Gosto de centroavante oportunista. Centroavante que tenha gana por fazer gol. Centroavante que se posiciona para fazer gols, assim como o falso pastor fez hoje e ganhou o jogo para eles, enquanto o nosso 16 se estrebuxava trombando na zagueirada do NPS. Esse papo de centroavante tático. Centroavante que recompõe. Centroavante que briga. Tudo isso não me convence se o cara não mete gol. Deyverson já teve suas chances. Acredito que deva ter tido uns 15 jogos consecutivos com total confiança do técnico para mostrar o que pode ou não fazer. Chegou a hora do Cuca dar a igualdade de condicões que o Borja nunca teve. A Diretoria fez um esforço tremendo para traze-lo, o cara é jovem e mostrou em 2016 que tem potencial. Chega de papinho de adaptação e de sequencia ao cara. Se depois de uns 15 jogos o cara não meter mais do que estes 3 golzinhos que o Deyverson fez ai contrata outro pra 2018.

    • Concordo com quase tudo, menos com a parte do Bruno Henrique… Pois foi mais uma das inúmeras contratações ruins desse ano. Fico feliz que o Cuca tenha desistido dele, pena que ele não desiste do Deyverson!

      • Esse amor do Cuca pelo Deyverson é absurdo. Esse futebol de hj que centroavante é titular pq marca e não porque faz gol, vai entender.

      • Realmente o Bruno Henrique não conseguiu jogar bem no Palmeiras ainda, mas mesmo assim prefiro ele ao Jean. O Bruno Henrique que queria ver no Palmeiras é aquele campeão brasileiro de 2015. Volante dinamico que marcava com intensidade e chegava na frente com boas finalizacões de média e longa distancia. Só acho que se o cara não tiver uma sequencia, não ira se encaixar no time e não iremos recuperar aquele jogador nunca.

        • o Jean não dá mais. Sou completamente contra crucificar jogadores e “caçar bruxas”, mas não dá…

  • Hoje não merecíamos perder, jogamos melhor que as sardas, e dentro da dificuldade do gramado, merecíamos ter ganho, mas como não existe campeonato de mérito e o que vale é bola na rede, perdemos e não temos mais nenhuma chance de alcançar os gambás infelizmente. Em relação ao time, realmente falta muita coisa, Cuca teima em muitas coisas, mas houve uma evolução nos últimos jogos, principalmente na defesa, não vamos acertar bem esse time agora, mas temos que agilizar o 2018 aprendendo c/ os erros de 2017, temos uma base, mas precisamos de uns 4 ou 5 reforços pontuais, enfim é o que resta. E outra, perdemos também porque não temos quem faz gol, hoje mais uma vez tivemos oportunidades e não aproveitamos, falta o matador. AVANTI SEMPRE MEU VERDÃO !!!

  • Acho que o fim da “marcação” no borja e melo melhoraria para todos, mas tb sei como cuca é, então sem esperanças

  • Merecia ganhar, deu azar, coisa que acontece no futebol, cuca não é besta, nem bestial, nao adianta ficar trocando de treinador. Nesse esquema de quebrar as bolas na frente, precisa do Deyverson, o Borja nem disputa essas bolas no alto, Guerra foi a decepção, não pode perder bola na frente da área, Thiago Santos vacilou, mayke foi o melhor do time, marcou bem o Bruno Henrique, e gostei demais da atuação de tche tche.

  • Esse papo de “Secar” já deu né Conrado, pelo amor de Deus, vamos acreditar mas ter um pézinho no chão é bom até pra que se possa haver uma avaliação melhor do que está sendo a temporada e o que deve ser feito pra 2018. Infelizmente a nossa realidade é a briga pela Libertadores. Cuca ainda não encaixou perfeitamente as peças que tem na mão e o ano já acabou, acho que infelizmente não deu certo o casamento Cuca-Palmeiras dessa vez. É meio bizarro que tudo gire entorno de um só esquema tático ou estilo de jogo, não acho que queimar atletas como Felipe Melo e Borja seja o caminho pra nós, Bruno Henrique e Deyverson não são tão melhores tecnicamente é mesmo taticamente ainda devem.

  • Cara não é uma critica apartir desse jogo e sobre o conjunto das últimas atuacoes, bota Guerra pra fazer pré temporada os erros de passe dele comprometem de mais o jogo, o Jean e o Moisés tem errado muito tbm mas a entrega na recuperação e muito maior, Luan a msm coisa prepara pra o ano que vem totalmente fora de ritmo só não vai tão mal pq é veloz é consegue se recuperar mas ta sempre dependendo de sua velocidade, Deyverson já é banco não tem feito a diferença errando passes bobos, o resto do time peca na hora descisao não só descisao de gol e de chegar firme de passar com confianca, são pequenos erros que comprometem todo o jogo

  • Vão esperar o Guerra entregar um clássico pro Sao paulo pra mandarem ele embora. O cara não serve, sempre perde bola no jogo de corpo e fica no chão pedindo falta. É fraco fisicamente e hj mais uma vez perdemos no erro dele.

  • Acho que nunca fiquei com tanta raiva de tomar um gol quanto hoje! Aliás, tô puto até agora!!!! Não me conformo em perder pra esse time! Mas tentando esfriar a cabeça, percebi que ultimamente (mais especialmente hoje) não conseguimos articular as jogadas. Chegamos na intermediária adversária e ficamos tocando de lado, esperando alguém resolver. Ora abusamos dos chuveirinhos desesperados na área, ora torcemos pra que alguma jogada individual dê certo. É muito pouco! Falta pra esse time infiltração, jogar no vazio, jogada ensaiada…coisas que estávamos acostumados de ver no time campeão do ano passado e que hoje não vemos mais

  • 7 pro guerra? ele tentou driblar na NOSSA intermediaria NOVAMENTE e entregou a paçoca. Oloco cara…

  • Enquanto cuca insistir em Jean e Dayverson vai isso ai .
    Borja não vai jogar ? então vende e contrata outro , que não seja o Cuca que indique, porque de Dayverson estou cheio .

    • Concordo. Agora imagina… o Cuca esnobou a contratação mais cara da história do clube e fez a Diretoria gastar mais 18 milhões com esse Deyverson que tem como especialidade trombar com zagueiros. Imagina se o cara não vai ter todas as chances do mundo. Já deve ter tido uns 15 jogos de sequencia como titular, enquanto o Borja NUNCA recebeu 2 jogos completos seguidos com o Cuca e agora só entra aos 40 ou quando o time esta perdendo.

      • Enquanto esse técnico vingativo estiver no Palmeiras, me desculpem, mas não acompanharei. Ficar uma semana treinando e entrar com 3 volantes, passou dos limites. Chega. Começou o campeonato poupando já na segunda rodada, fora outras eliminações. Esse sujeito está brincando com a nossa cara. Diretoria e presidente sem culhão.

      • Falou tudo mano!! O unico jogo que o Cuca deixou o Borja jogar inteiro o cara fez 2 gols!! Depois disso nunca mais …. agora pergunto, como os caras querem q o Borja faca gol ou jogue bem se ele sempre entra no final e tambem ja sabendo q se ele jogar bem um partida na proxima ele volta pro banco …
        Pq acha que o FM chamou o Cuca de traira? Nao seria por essas pequenas picuinhas???

        • Cara, fiz uma pesquisa e o Borja tem 559 minutos jogados no Brasileiro. Isso equivale a 6 partidas completas apenas. Ele tem 3 gols no campeonato, justo nos 2 jogos que o Cuca deixou ele os 90 minutos em campo contra Vasco e Atletico GO. A media do cara e boa, 0,5 gol por jogo, mesmo que a maioria dos minutos jogados dele sejam em entradas nos finais dos jogos.

          • Perfeito! Esperar gols de um cara que mal entra em campo é esperar algo improvável!!! E o pior é que tem torcedor que cai na pilha da mídia gambá e quer crucificar o cara! A mídia é podre: o cara entra e joga 2 minutos e eles contabilizam como 1 jogo. É foda, mas é issaê memo! #LIXOS

            #RUMOAODECA

  • Já era… agora é se manter no G4. Derrota doída porque fomos melhor e poderíamos ter tido melhor sorte. Acredito que temos que tentar recuperar o Borja pra 2018. O 9 é uma carência no time e temos um cara com potencial no elenco. Fora isso, contratar laterais e zaga. Recuperar Jean e Moisés. Tche-Tche vem melhorando, acredito que pode voltar a ser aquele jogador essencial.
    Em relação ao Cuca, acho deve continuar. Não merece ser demitido porque não ganhamos nada. Mas precisa mostrar mais que está motivado, que ainda quer conquistas importantes com o Palmeiras. O time está melhorando, e acredito que com um pouco mais de tempo e alguns reforços, chegaremos num bom padrão. E largaríamos na frente das demais equipes.Cuca já mostrou trabalho aqui e em outros times. E também não vejo nenhum outro treinador que mereça o cargo. O Rueda por exemplo, badalado, foi vice jogando ridiculamente.
    Derrota doída que nos tirou da briga. Agora é garantir o G4 e planejar melhor pra 2018.

    • O Cuca JAMAIS deu 2 jogos completos consecutivos ao Borja. JAMAIS. Este Pipoqueyverson já jogou umas 15 partidas seguidas.

      • Dayverson é dureza. O muleque tem raça, mas é muito limitado. Até o “ceifador” to aceitando…kkk. A chance do Borja tem que ser o Paulista. Um pacto entre ele e o Cuca, pra tentar recuperar o cara.

  • ja parei de ver os jogos do Palmiras esse ano desde a eliminação na Libertadores, pode me chamar de modinha oq for, mas não estou mais acompanhando, não vejo noticias, não fico mais perdendo meu tempo vendo jogos, nada, eu assisto de vez em quando algum jogo quando passa na TV e isso se eu não tiver nada pra fazer, depois que o Palmeiras caiu na liberta o ano acabou, simples, não disputamos mais nenhum titulo esse ano, o Palmeiras agora ta jogando uma porrada de amistoso, se ganha todas não vai ser campeão, se perder todas não vai ser rebaixado, ta disputando mais nada, acreditar num titulo com mais de 10 pontos de diferença pro líder me desculpem mas beira o ridiculo, e o jogo de hoje tambem não vi fiquei sabendo que perdeu, to comentando aqui pra desabafar mesmo, e se fosse vcs faria o mesmo, não sejam trouxas de acompanhar esse timinho, que so ganhou um classico no ano, como eu disse o Palmeiras esta jogando agora uma porrada de amistosos, não tem mais chances de titulo e nem de ser rebaixado, podem falar ai que tem a vaga na libertadores, eu sinceramente nem faço muita questão de classificar

      • pode me chamar do que quiser, mas pra que vou ficar vendo uma porrada de amistoso, o Palmeiras não tem mais chance de nada, o ano acabou, ficar se iludindo falando que ainda tem chance de titulo com mais de 10 pontos de diferença pro lider, fala serio acorda, ficar vendo jogos sabendo q não vai ganhar nada e ainda ficar passando nervoso, to fora!

        • Torci anos sem ganhar título, com times medíocres, dois rebaixamentos e nunca deixei de acompanhar o time. Eu torço pelo Palmeiras não pra títulos, técnico ou jogador.

        • Não só isso. Torci em 2009 até o último minuto do jogo contra o Botafogo quando ficamos até fora da Libertadores. Então não vem me falar que a torcida tem que parar de torcer. Se fecha e nem acompanha mais o Verdazzo então.

    • Carinha acostumado à era Parmalat… Não sabe o que é torcer pra’queles nossos times bisonhos dos 80’s! Fazer o que né?

        • Esse deyverson não tromba nem com a própria sombra! O cara é ruim demais.

          Sobre o Ricardo oliveira, nosso time precisa de alguém igual ele. Ricardo oliveira teve uma carreira brilhante e vira e mexe faz seus golfinhos. Já nossos “goleadores” não assustam miguem.

          • “Nossos goleadores”??? Eu nao incluo o Borja nessa nao … o cara mal joga e vc ainda ta queimando o maluco??? Deixa ele jogar uns 3-4 jogos inteiros e sem essa “p… ria” que o Cuca faz com ele … se ele jogar esse tanto de jogo e nao fizer nada… eu concordo com sua opiniao e de muitos outros! Pagar o que pagou no cara e falar q o cara eh ruim, sendo q desde q o Cuca chegou ele mal poe o cara no jogo ….

          • Acho que 3, 4 jogos é pouco. O Deyverson já teve uns 15 jogos seguidos como titular e com raras substituições e já mostrou seus números: muita trombada, muita “casquinha”, 3 gols, 1 assistencia, 1 pipocada no jogo do ano e 1 penalti batido de tornozelo.
            Agora dá os 12 jogos para o Borja até final do ano e depois compara os números para ver o que é melhor para o Palmeiras.
            Se o Borja também não render já inclui outro centroavante no orçamento de 2018.

  • Vão culpar o Guerra por ter perdido uma bola, vão culpar o Dudu por perder um gol, vão culpar o juiz por um lance ou outro isolado. Hoje eu só vi um culpado, Cuca e sua conhecida teimosia. A verdade é que vimos pouco futebol nesse ano, Cuca está devendo e muito.

    • Como disse na eliminação da libertadores: técnico moderno não fica todo o tempo roendo unha, usando calça de determinada cor, de joelhos rezando e assim por diante (cena deprimente ao término dos pênaltis). No ano passado deu certo eram outros quinhentos. E sabemos que tinha problemas de vestiário. Tem que separar a fé do profissional. Esta atitude só tende a aumentar o nervosismo do time. Quando entra pra competir não tem Deus de nenhum lado.

      • Tendi. A superstição dele só serve quando ganha. Se perde, que se foda. Faz todo sentido.

        Quem sabemos de problema de vestiário? Quem falou isso?

        • Nunca gostei desta postura do Cuca que já vem de outros times como o Atlético. Quando disse que no ano passado deu certo foi o título não falei das crendices ou superstições, as quais não acredito; acredito em trabalho, pois do outro lado também tem superstições.

          • E ele trabalha pra caralho. Então não coloca superstição na conversa. Ajoelhar na hora dos pênaltis, qual problema? Ele vai fazer o que? Não pode ficar com os jogadores dentro de campo, não pode bater.

          • Trabalha pra baralho, mas até agora não deu resultado nenhum; muito pelo contrário. Eu coloco o assunto que quiser, pois sou palmeirense e ele está lá no gramado nos representando. Aqui é democrático e tenho minha opinião, mas leio e respeito a sua opinião.

          • Cara… você ta indo apenas pelo resultado. O Cuca já ajeitou outros times e mostrou que tem repertório. Ta devendo realmente, mas parece que ta começando a encaixar. Ter um time encaixado em dezembro, no G4, é muito melhor do que colocar um cara novo e começar um trabalho do zero em janeiro.

          • Alex você tem razão, porém não vejo todo este comprometimento do Cuca e também do elenco. Gosto do pessoa do Cuca, no entanto este ano não noto empolgamento genuíno. Concordo que agora não deve haver mudança. Apenas expresso que tanto o time como o elenco não encaixaram.

          • Quanto a motivação, concordo. Também espero mais dele, e isso ele tem que responder a diretoria. Se ainda quer ser campeão pelo Palmeiras! Se quiser, ele e o Palmeiras têm totais condições. Se vai ser ou não, é outra história. Mas pode, e vai, mostrar mais do que vem mostrando.

          • Então não reclama quando retrucam a questão da superstição. Você trouxe a questão e não gostou da resposta.

    • Eu queria saber qual a teimosia. O cara vem tentando, nunca repete escalação. Tentou jogar com toque de bola, com velocidade… foi bem e foi mal. Mas não vejo ele insistindo em nada que toda a torcida discorde. Talvez o Dayverson e o Jean… mas qual é a opção dele também? Mas que tá devento, ta e muito. Mas vejo melhora também.

      • Teimosia em insistir num esquema independente do resultado, como se fosse uma superstição, vendo o gramado pesado, insistir no meio campo leve. Teimosia em insistir em jogadores que não estão rendendo, como o Deyverson, apenas para não dar o braço a torcer (ele que indicou). Ele banca o Jean, mesmo mal fisicamente. Essas as últimas, se for voltando no ano posso ficar escrevendo aqui a noite toda. Aí ganha apertado, jogando o pro gasto, uns 2, 3 jogos e tá tudo bem. Cadê o futebol? Claro que o Cuca tem crédito pelo que fez no ano passado, mas nesse ano merece essas críticas. Não é o único culpado, o maior culpado foi a falta de planejamento, de terem trazido o EB, mas já estamos em outubro, já era pra ter superado essa fase… mas não vai superar fazendo o mesmo que não está dando certo.

  • Mas o maior culpado desse ano decepcionante com certeza foi a diretoria,com as péssimas contratações feitas pra temporada,troca brusca de estilo dos treinadores.
    Agora é fazer um planejamento de verdade pro ano que vem e não sair gastando dinheiro a rodo achando que é solução.

  • Com relação ao Cuca acho que de uns tempos pra cá estão supervalorizando a função de técnico no Brasil.
    O mais importante é um time com um mínimo de condições técnicas e comprometimento, o papel do técnico é menor em comparação ao dos jogadores, tanto que o que mais vemos são técnicos fazendo basicamente as mesmas coisas.
    Um número razoável de jogadores do Palmeiras não rendeu o esperado em 2017 e esse é o fator principal pelo desempenho do time.

  • e o gol do santos, o cara na hora do cruzamento dominou, parou, olhou, e o infeliz que tava marcando que nem sei quem era coloco os braços pra traz e viro a bunda e o rosto na hora do cruzamento, pq não de o bote, pq não foi pra cima, até eu acertava aquele cruzamento com aquela marcação ridicula

  • Palmeiras jogou muito mais que o Santos.

    Perdemos com um gol achado, Guerra erro na saída depois, Thiago Santos sai correndo dentro da área passa pelo Ricardo Oliveira e o deixa sozinho…. eu acho o Thiago muito fraco, só sabe marcar, com a bola nos pés é horroroso.

    Mayke jogou muito, Teche Teche jogou bem. Moisés mais uma vez errou mais que acertou . Borja entrou bem.

  • Como sempre jogamos, jogamos e jogamos, com os 11 no campo dos caras, mas não tem um cara enfiar pra dentro do gol. Teve chances, mas ao invés de estar os imprestaveis dos nossos centro avantes estava o Dudu. Triste.

    • Falta o 9 né. Wiliam, que é o cara que guarda, hoje não foi bem. Dayverson é brigador e Borja sei não…

  • O Palmeiras nunca jogou pra ser campeão esse ano.
    É brigar pela libertadores e planejar 2018 como eu já comentei aqui. Esse elenco não deu certo, joga um futebol mediano, mas foi montado para ser um dos melhores.
    É focar no brasileirão porque a vaga para a Libertadores não está garantida.

  • Esse jogo foi um tapa na minha cara. Queria poder xingar o juiz, mas ele nem foi tão ruim assim. Queria poder xingar o Cuca, mas o time vem evoluindo. Queria poder xingar os jogadores, mas ele foram bem, só que o Santos foi melhor. Não dá pra falar nada. Só resta agradecer o esforço dos jogadores e pensar em 2018 mesmo.

    • O Santos não foi melhor. Jogou covardemente, mas aproveitou a unica chance que teve. Podíamos ter tido melhor sorte… fazer o que…

      • Sim, concordo. Eu quis dizer que na proposta de jogo nossa, e na proposta de jogo deles, eles foram felizes e nós não.

      • Foi o mesmo que os gambás fizeram com a gente. Com dois minutos de jogo eu já tive a sensação que o Verdão dificilmente ganharia.

    • Cuca muito obrigado pelo ano passado. Já deu. Não precisamos de técnico que fica rezando o tempo inteiro e além de roer as unhas ou de joelhos no gramado. Precisamos de cara frio e que passe para os jogadores. Se precisarmos de milagres chama o Pastor Valdomiro ou o Padre Chevedo.

  • que ridiculo, o time não jogou nada, mereceu a derrota, o Cuca tira o Willian que era a unica esperança de gol e deixa o Deyverson que errou tudo que tentou, o Dudu tambem não jogo nada, o Moises sumiu não tocou na bola, ja era esse campeonato, podemos terminar essa rodada em sexto lugar se o botafogo e o cruzeiro ganhar….joguei a toalha,ainda tinha esperança mas agora ja era, hj jogando em casa contra um santos tdo remendado e conseguiu perder, com um gol do filho da puta do ricardo oliveira ainda…nao vou mais perder meu tempo vendo jogos do Palmeiras esse ano, vou fazer outra coisa nos dias de jogos, depois de hoje ja era, e não apenas pela derrota e sim pelo futebol apresentado, jogou merda nenhuma, não perdeu jogando bem

    • O Palmeiras não perde nenhuma posição nesta rodada em qualquer circunstância. Mesmo se todos os que vem abaixo ganharem.

      • bom, pelo menos isso…mas mesmo assim se o gremio ganhar a diferença até pro terceiro aumenta, pro segundo agora ja é de 4 pts, e se o gremio vencer a diferença pro terceiro aumenta pra 3 pts, se antes tava tudo embolado do segundo pra baixo, agora ja começa a dar uma distancia

  • Tentamos… o Santos teve uma única chance e guardou. Nós martelamos, criamos algumas chances também e tivemos o dominio do jogo. Perdemos. Derrota doída… que venha 2008….

    • Ganhou porque tem um centroavante que se preocupa em se posicionar para fazer gols, ao invés de ficar trombando atras de qualquer bola como o Cuca gosta.

  • Perdemos 4 jogos para times pequenos em casa nesse brasileiro! Sendo dois clássicos, que não são pequenos mas jogaram como! Lamentável…. Triste demais! E o título vai acabar ficando com quem perdeu pra dois times da zona de rebaixamento em casa…

  • O Conrado criticou com muita razão os clichês do ano passado “Time que quer ser campeão não pode…”.

    Mas nesse ano são totalmente válidos:

    – Time que quer ser campeão não pode perder para Chapecoense em casa;

    – Time que quer ser campeão não pode perder para um time misto do Santos em casa;

    – Time que quer ser campeão não pode ser roubado pela arbitragem e se calar nos bastidores.

  • Rpz, Mayke acompanhou um contra ataque no 1o tempo e agora tirou uma bola agora do Ricardo Oliveira digna de 10 na nota

  • Não quero uma vitória épica, não quero uma goleada, não faço nem questão de uma Grande partida, jogando bonito, ou sequer jogando bem…

    QUERO tão e somente a Vitória!!!

    Só mais 3 pontinhos, por favor, venha do jeito que for, com gol de barriga, chorado, feio, não me importa,…

    SÓ GANHEM esse jogo, Por favor!!!

  • 1X0 Verdão – Miguel Borja faz aos 46 minutos do segundo tempo após entrar aos 40 minutos da etapa final.

  • Jogo pra mostrar realmente quem ainda pode desbancar os gambás… O vencedor vai persegui-los até o fim!
    Precisamos vencer pro sonho permanecer vivo e muito mais real… Vamos aproveitar os desfalques dos lambaris!
    Olho no Copete e Bruno Henrique, que são os únicos bons do lado de lá! AVANTI!

  • Uma coisa que as vezes passa despercebido, mas é de suma importância é em relação a nossa zaga. Como é bom ter tantos zagueiros confiáveis, onde na ausência de dois titulares da zaga, mesmo assim podemos respirar sem sufoco, diferente de outras épocas onde machucava um e entrava uns Leandro Almeida da vida…

  • não consigo acreditar noutra coisa que não mais uma GRANDE vitória sobre um de nossos maiores frequeses!!!

    #VaaaammmmmooooossssPALMEIRAS

    • fazer nosso time não conseguir jogar de tanto rir: essa deve ser a “arma secreta” do NPS< …..

    • Não quero nem pensar em pênalti pra eles…

      Que fiquem prensados atras e não consigam sequer nos dar um sustinho, prefiro assim hoje…

  • 11 pontos parece muita coisa, e é, mas caso vençamos hoje e os gambás percam amanhã a diferença cai pra 8 com um confronto direto que em teoria seriam pelo menos 5 pontos. Mas penso como o Cuca, temos que pensar em fazer nossa parte, se nessa mini-meta fizermos os 18 pontos, acredito que a diferença caíra para pelo menos 6 pontos (1 derrota e 1 empate dos GAM). Ou seja, totalmente possível, o que torna o ano épico, considerando que ano que vem SPFW e Inter não jogarão um contra o outro pelo Brasileirão…. kkkkk

  • vencer eles hoje pra não completar 2 anos sem vencer os lambaris em brasileiro… Palmeiras 1×0 sereias feias gol contra do david braz…
    pensando em 2018…