2
X
4

18/06/2017 - 16:00

Pré-Jogo

Pré-jogo Bahia x Palmeiras

Na tarde deste domingo, a Sociedade Esportiva Palmeiras visita o Bahia, em jogo válido pela oitava rodada do Brasileirão. Depois de perder roubado em Santos, o time tenta a recuperação e para isso vai poder contar com as voltas de Mina e Borja, que estavam servindo à seleção colombiana.

Palmeiras

DESFALQUES
Lesionados:
Thiago Martins, Felipe Melo, Moisés e Arouca
Poupados: Edu Dracena e Zé Roberto
Transição física:
Dudu

Pendurados: Thiago Santos, Felipe Melo e Michel Bastos

Cuca terá as importantíssimas voltas de Mina e Borja ao time. Depois de ver a evolução defensiva nas últimas partidas, vai chegando o momento de intensificar a armação ofensiva do time a fim de aproveitar as melhores qualidades de Borja no ataque, e é isso que esperamos ver já nesta partida.

Edu Dracena e Zé Roberto ficaram na capital paulista, por precaução. A zaga pode serformada por Mina e Juninho, mas Antônio Carlos também tem chances depois da ótima partida em Santos. Pode acabar sobrando para Egídio.

Outro que quase não jogou, mas acabou se juntando de última hora à delegação foi Tchê Tchê. Após uma crise de piriri na sexta, o volante viajou separado e treinou normalmente no sábado com o grupo.

Na direita, mais uma dúvida; neste momento, Mayke, Jean e Fabiano disputam a posição em igualdade de condições. O triste é verificar que a disputa é entre o que está em fase menos ruim; nenhum está atando em nível satisfatório. No ataque, Willian joga – resta saber se será no comando do ataque, ou aberto pela esquerda. Borja disputa a vagano time titular com Keno. O provável time: Fernando Prass; Jean (Mayke ou Fabiano), Mina, Antônio Carlos (Egídio) e Juninho; Thiago Santos e Tchê Tchê; Roger Guedes, Guerra e Keno (Borja); Willian Bigode.

Bahia

No Bahia, o técnico Jorginho não poderá contar com Wellington Silva, Jackson e Hernane, em recuperação de lesões, e com Edson, expulso contra o Coritiba. Além deles, Matheus Sales e Allione, com vínculo com o Palmeiras, também serão desfalque. A dúvida é Régis, em recuperação física.

Os últimos treinos foram fechados para a imprensa, mas se Jorginho tentar se manter o mais próximo possível do time que empatou no Paraná, mandará a campo Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Juninho e Renê Junior; Zé Rafael e Vinícius (Régis) e Mendoza; Edigar Junio.

Lei do Ex

Vários ex-palmeirenses estão no elenco do Bahia, mas três não poderão participar do jogo –além da dupla de emprestados, Jackson está lesionado. Só quem pode ser titular é Régis; poderão se sentar o banco Pablo Armero e Maikon Leite.

No nosso elenco, não temos ninguém com passagem pelo Bahia.

Retrospecto

São 24 anos sem perder uma partida na Fonte Nova – um belo tabu a nosso favor. Aproveite todas as funcionalidades do Almanaque do Verdazzo. Consulte os links abaixo, e faça os cruzamentos com outros dados como preferir:

Bahia
Bahia
Fonte Nova
Fonte Nova
Rodolpho Toski Marques
Rodolpho Toski Marques
Campeonato Brasileiro
Campeonato Brasileiro

 

Parpite

O adversário terá desfalques importantes em seu meio-campo e o time tende a sentir a diferença. Se o Verdão conseguir vencer a batalha pelo setor, tem tudo para conseguir a primeira vitória fora de casa. E conseguirá: 3 a 1, com dois gols de Borja e um de Mina, para 21.234 pagantes. Vamos Palmeiras!

Transmissão

TV GloboGlobo – para SP, RS, SC, GO, TO, SE, AL, PE, RN e CE

PFCPFC

* a imagem do pré-jogo foi feita pelo leitor e padrinho do Verdazzo Rubens Gianfaldoni. É muito talento!

Pós-Jogo

Bahia 2x4 PalmeirasCésar Greco / Ag.Palmeiras

Fazendo uma partida inteligente, o Palmeiras venceu o Bahia por 4 a 2 na Fonte Nova, e conseguiu sua primeira vitória fora de casa neste campeonato. À frente no placar em quase toda a partida, o Verdão soube controlar o jogo e chegar ao importante resultado, que tira o time de perto da confusão e dá confiança para a sequência do campeonato.

PRIMEIRO TEMPO

Com Egídio na esquerda e Jean no meio, Cuca seguiu optando por Willian Bigode no comando do ataque, mantendo Borja no banco. O jogo começou em ritmo muito forte, a bola não parava por um segundo sequer e as duas equipes criavam chances. A primeira foi do time da casa: aos cinco, Mendoza deu ótimo toque para Renê Júnior que finalizou por baixo, mas Fernando Prass cresceu e defendeu com o pé; no rebote, Edigar Júnio tentou aproveitar e deu um toquinho por cima; Prass, mesmo deitado, explodiu e conseguiu fazer mais uma grande defesa.

O Verdão respondeu um minuto depois, com Keno, que aproveitou o espaço na intermediária e soltou um canudaço, por cima do gol. O Bahia voltou à carga aos 8, quando Edigar Júnio aproveitou um bate-rebate e avançou livre, mas Juninho teve uma recuperação espetacular e travou a conclusão com muita precisão.

O ritmo continuava alucinante e aos 9 Thiago Santos puxou o contra-ataque; ele abriu para Roger Guedes que fez a jogada pela direita e cruzou rasteira – Guerra escorou por cima do gol. Aos 16, Guerra descolou um lançamento preciso para Keno, em velocidade, pelo meio; ele invadiu a área mas foi atropelado por Rodrigo Becão. O zagueiro chegou a tocar primeiro na bola, mas entrou com força excessiva, capinando tudo que tinha pela frente – pênalti que Roger Guedes bateu muito bem, no canto direito, abrindo o placar.

O ritmo do jogo caiu naturalmente, depois de um início tão forte. O Palmeiras se retraiu, e o Bahia não conseguia se impor diante do meio-campo bem postado do Verdão. A chance seguinte veio aos 20, numa bola parada – o time da casa chegou a marcar o gol, mas tanto Zé Rafael quanto Tiago, que participaram do lance, estavam impedidos. O Palmeiras chegou aos 25, quando Willian Bigode recebeu um passe com a coxa de Egídio e bateu cruzado; a bola desviou em Tiago e saiu a escanteio, passando muito perto.

Com Roger Guedes e Keno invertidos, o Palmeiras tinha mais volume e chegava com frequência perto da área do Bahia, mas a ausência de um jogador como referência continuava sendo o maior problema do ataque do Verdão. O Bahia, por sua vez, só conseguia chegar um pouco mais ao ataque quando abria as jogadas – nosso meio estava muito bem fechado. Juninho conseguiu um chute de fora aos 37, sem força, fácil para Prass.

Mas num lance sem muita pretensão, o time da casa chegou ao empate aos 44: Zé Rafael conseguiu algo raro: driblou Mina dentro da área e, livre, bateu forte; Fernando Prass defendeu e Edigar Júnio tentou aproveitar o rebote de peixinho; Prass defendeu mais uma vez, mas Vinicius não desperdiçou a terceira chance, empatando o jogo. O empate no primeiro tempo foi merecido diante do que as duas equipes fizeram.

SEGUNDO TEMPO

Cuca mexeu no intervalo: mandou Tchê Tchê a campo no lugar de Mayke – Jean voltou para a lateral. E a primeira chance foi do Verdão: lançamento de Mina, preciso, para Roger Guedes, por trás da zaga; ele tocou na saída de Jean e fez o gol, mas estava impedido, por muito pouco, e o bandeira assinalou.

O ritmo do Palmeiras continuava forte e aos 3 Keno fez um golaço: ele mesmo iniciou a jogada e tentou o arremate da entrada da área; a Tiago abriu o compasso e desviou; Roger Guedes recolheu e inverteu para Guerra, que devolveu para Keno; desta vez, com a bola rolando macia, ele bateu com capricho, na gaveta esquerda de Jean, que não teve chances.

O gol abateu o time da casa e o Verdão continuou em cima. Aos 9, Willian recebeu na frente e abriu para Roger Guedes pela direita; o cruzamento veio por baixo mas a zaga travou o camisa 29 bem no momento da conclusão – a bola chegou a bater no braço de Rodrigo Becão, mas a jogada foi limpa.

E só dava Verdão. Aos 15, Keno fez jogada pela direita, foi ao fundo e cruzou no segundo pau; Guerra conseguiu escorar com a parte externa do pé, por cima do gol. Um minuto depois, Guerra enfiou para a projeção de Egídio, que saiu na cara do gol e bateu por baixo, mas Jean salvou o time da casa.

O Verdão continuava em busca do gol que definiria o placar e Tchê Tchê, aos 18, lançou Guerra pela direita; jogando mais avançado, o venezuelano fez um bom breque e cruzou para trás, para a chegada de Jean, que emendou por cima. Pouco depois Keno, cansado, deu lugar a Erik.

O ritmo do jogo caiu mais uma vez e o Palmeiras controlava o relógio sem ser incomodado pelo Bahia. A primeira chegada do time da casa foi só aos 28, numa falta pelo lado direito – Juninho bateu direto e Prass defendeu sem maiores problemas.

Parecia que o jogo se encaminhava para o 2 a 1; o Palmeiras só descia na boa e o Bahia não tinha forças para construir. Aos 37, o Verdão abriu vantagem na bola parada: Guerra bateu falta sofrida por Egídio na esquerda, Juninho apareceu no segundo pau e escorou para o gol; a bola entraria direto no canto direito de Jean mas Mina surgiu e meteu a lancha na bola antes que ela cruzasse a linha, marcando mais um. Parecia que o jogo estava definido.

O Bahia se lançou com tudo no ataque e pegou a defesa do Palmeiras relaxada. Logo depois da saída, Armero lançou Edigar Júnio por trás da zaga; ele deu um toque com o bico da chuteira e obrigou Fernando Prass a fazer uma defesa sensacional. A bola foi para a ponta direita; Eduardo pegou a sobra e cruzou de novo, a bola desviou, pegou efeito e enganou Juninho, sobrando para João Paulo dominar e tocar por baixo, vencendo Fernando Prass e diminuindo o placar.

Era muito melhor ficar 2 a 1 com um jogo morno do que 3 a 2 com o estádio inflamado. O Bahia cresceu e prensou o Palmeiras no campo de defesa e o resultado, aparentemente garantido, passou a correr um seriíssimo risco. Mas nossa defesa acordou, o time usou bem o relógio e ainda teve muito espaço no contra-ataque à disposição.

Aos 41, Guerra puxou o contragolpe, abriu para Erik, que tocou para Willian Bigode – a conclusão de fora da área tinha o endereço, mas desviou na zaga e foi a escanteio. O Bahia seguia na pressão mas aos 47 tomou a estocada final: Willian puxou a jogada em velocidade; Erik tentou dar sequência e atrapalhou tudo, mas Guerra chegou para tentar consertar, batendo prensado; a bola sobrou mais uma vez para Willian, que pensou rápido, deu uma petecadinha na bola e bateu cruzado, acertando o canto direito de Jean, que não teve o que fazer. Com 4 a 2 no placar, o juiz encerrou o jogo.

FIM DE JOGO

Embora o time da casa estivesse com seu meio-campo muito remendado devido aos desfalques, o Palmeiras teve muitos méritos na vitória. Foi eficiente nas conclusões e inteligente na marcação, anulando a criação do Bahia e controlando o jogo em sua totalidade. A primeira vitória fora de casa, por goleada, dá moral ao time, que agora pensa num dos jogos mais fáceis do campeonato, contra o CAG, em casa. VAMOS PALMEIRAS!

A VOZ DO PADRINHO

O padrinho que faz o pós-jogo de hoje foi o Pedro Virus, muito feliz com a goleada. Valeu Pedro!

Você tambémpode participar do pós-jogo do Verdazzo: torne-se um padrinho do site.

Ficha Técnica

Bahia

Jean
Eduardo
Tiago
Rodrigo Becão
Matheus Reis
Armero
Renê Júnior
Juninho
João Paulo
Zé Rafael
Vinícius
Ferrareis
Mendoza
Edigar Júnio
Jorginho Amorim
TÉCNICO

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Fernando Prass
Mais uma vez um paredão, pegou até bola que não precisava.
9
Mayke
Por enquanto não mostra a menor aptidão para encaixar no padrão que todos desejam para o Palmeiras.
5.5
Tchê Tchê
Entrou e preencheu os espaços, sem brilho.
6
Mina
Tomou um drible seco no lance do primeiro gol que manchou a bela partida.
7
Juninho
Também vinha muito bem, jogando no mesmo nível do Vitor Hugo - mas aí tomou um chapéu da bola e quase estragou o jogo.
6.5
Egídio
Jogou bem! Pena que não consegue ser sempre assim.
7.5
Thiago Santos
Muito eficiente, não deixa a torcida sentir saudades de Felipe Melo.
8
Luan
Deslocado como volante, fez uma estreia segura, até arriscando algumas descidas à frente.
6.5
Jean
Partida firme, trazendo um pouco de alívio para quem estava preocupado (com razão) com sua queda de rendimento.
7
Roger Guedes
Voltou a sero mesmo Roger Guedes do ano passado, que quase foi de embrulho para o Barcelona.
8
Guerra
O melhor do time, a inteligência que tanto faltou em vários jogos do time nesta temporada.
9
Keno
Repetiu opadrão das atuações pelo Santa Cruz que o trouxeram para o Verdão. E que golaço!
8.5
Erik
Ê Erik...
5.5
Willian
Não consegue render como NOVE-NOVE, mas sempre atrapalha a defesa adversária e sua movimentação e criatividade compensa a falta de encaixe no esquema.
8
Cuca
Cuca
Leu o jogo com clareza e travou qualquer tentativa de Jorginho. Convenhamos, desta vez o trabalho nem foi tão difícil assim.
8.5





  • Esse time equatoriano é bem rápido, mas a defesa não é lá essas coisas, estão em um bom momento. Temos que aproveitar os próximos jogos para ganhar confiança já que a prioridade são as copas!

  • Agora que o BR17 já foi pro brejo e não deve ser prioridade, tem que jogar sério sim para ao menos 2 objetivos: 1. Fazer os 45 pontos logo (até pelo menos metade do 2o. turno, para não ter sufoco!) e pontuar para ao menos chegar no 6o. lugar e garantir a pré libertadores de 2018, pois confiar nas Copas é de risco altíssimo, pois tudo pode acontecer em mata mata.

  • Queria entender o que o Cuca quis quando tirou o Tche Tche e colocou o JEAN. O que ele esperava que ia acontecer…

  • Gostei do time de maneira geral. Realmente o goleiro dos caras pegou muito e nesses dias é foda a bola entrar.
    Só não sei porque Cuca ainda insiste com Jean no meio…será que já não ficou claro que não dá pé??

    • Deveria sempre jogar como no 2o tempo. Se fosse assim desde o início teria ganho das Sardinhas, Coxa, Atletico e Bambis. O medo de perder tira a vontade de ganhar.

  • O Cuca nos jogos fora de casa está tentando montar uma equipe compacta para controlar o impeto adversário e tentar ganhar o jogo numa bola. Foi assim contra os bambis, foi assim contra o Inter, foi assim contra o Coritiba, foi assim contra o Santos…
    O fato é que quando aparece esta bola os nossos atacantes não estão matando e nossa defesa não vêm conseguindo sair ilesa dos jogos. Assim estamos perdendo todos os jogos.
    Sinceramente, pelo elenco que foi montado, acho muito pouco esta postura de jogo fora de casa. Acho que está faltando “ousadura” ao time. Por que não propôr o jogo desde o início? Por que esperar se contentando em não perder e somente ser agressivo depois de tomar o 1º gol?
    Respeitamos demais o fraco time do São Paulo que vinha se arrastando no campeonato. Respeitamos demais o fraco time do Coritiba (até o Bahia arrancou 01 ponto lá ontem). Transformamos o jogo contra o fraquíssimo Internacional que perde pontos em casa para ABC, Juventude… em um verdadeiro teste para cardíacos. Talvez o jogo do Santos tenha sido o mais justificável em termos de respeitar o adversário, mas é fato que as sardinhas também vinham mal com derrota em casa para o Cruzeiro e uma vitória de 1×0 com gol aos 50 min do 2º tempo contra o Botafogo.
    Enfim… não vejo relação entre o que foi projetado no início do ano com a postura tímida do time nos jogos fora de casa.
    Domingo temos o Bahia e precisamos ser ousados mesmo fora de casa. Temos que propôr o jogo, tomar a iniciativa, afinal do outro lado está uma série de jogadores renegados pelos grandes clubes e com uma folha salarial que não deve dar 10% da nossa. Qualquer coisa diferente disso me faz acreditar que investir em todas estas contratações está sendo desnecessário.

    AVANTI PALESTRA!

  • Gostei muito do que vi nesse jogo, o time jogou diferente, em mais um teste de fogo do nosso treinador. Tem que ter peito pra “inventar” num classico. Cuca esta fazendo testes, e faz muito bem, Libertadores ou Copa do Brasil nao pode testar nada, tem que ir pra matar ou morrer. TMJ CUCA.
    Vai ter um bando de cabeça de bagre aqui choramingando, mas eu quero ver esse time jogar bola todos os jogos, ganha-los é cosequencia. Segundo tempo houve uma evolucao boa. Evolucao é a chave, Cuca esta no caminho certo e os jogadores respondendo a altura.
    Avanti Palmeiras

  • É vergonhoso estarmos a 12 pontos da liderança. Mas parece que o foco são as copas, então acho que vou largar de assistir o brasileirão já que não jogá-lo com a devida seriedade.

  • Até quando vamos ficar botando panos quentes e fingindo que o time melhorou?
    “Ahhh mas perdeu por falhas individuais…” (contra os bambis)
    “Ahhh mas perdeu pq tava com time reserva…” (contra a Chape)
    “Ahhh mas perdeu pq o juiz nos prejudicou…” (contra os Lambaris)
    “Ahhh mas empatou em casa pq perdemos um pênalti…” (contra Atlético)

    Até quando essas desculpas? Se o time tivesse realmente melhorando, não teríamos perdido os 4 jogos fora de casa e pior, sem conseguir marcar um único gol. O time não está melhorando. Se fosse o EB, o discurso ia ser completamente diferente. E sim, eu queria que o EB tivesse caído pra vinda do Cuca, mas isso não priva ele das críticas. O trabalho ainda é muito ruim e abaixo do que se espera.
    O elenco e a torcida se mostraram de uma falta de humildade que não nos é característica. Chega disso de falarem que nosso elenco é o melhor do Brasil, pois já vimos que não é.
    Passou da hora de jogar simples, sem inventar moda… Pelo menos até os resultados acontecerem e voltarmos a ter confiança.
    Juninho como lateral-esquerdo é horrível. E sinceramente, nem como zagueiro eu acho tudo isso, apesar do endeusamento da mídia e da torcida. Espero que cale minha boca, mas por enquanto achei que pagamos caro de um jogador comum.
    Assim como acho caro o tal do Richarlysson e o Bruno Henrique. Espero sinceramente que BH jogue tudo isso que estão falando e coloque o Tchê² no banco, porque ninguém aguenta mais ele fazendo cosplay de Márcio Araújo.
    Guerra joga sozinho. Veiga e Hyoran estão no banco, mas só entram em times reservas ou quando estamos perdendo e faltando 10 minutos pra acabar o jogo.
    Borja me irrita pelo seu egoísmo, pois parece que só está preocupado consigo mesmo e não joga pelo time, mas nada justifica ele ser reserva. O William teve diversas chances como titular e não rendeu, por que Borja também não joga pelo menos 3 jogos inteiros seguidos como titular?
    Acorda Cuca, ficar mudando o esquema e a formação todo jogo não vai dar certo. Não dá pra fazer do campeonato brasileiro a pré-temporada que você não teve.

    • Muitas vezes eu penso na real importancia de um treinador. Acho o cargo supervaloriz​ado. Ai mandam, e com razao, o EB embora e trazem, com razao, o Cuca…. enfrentamos o Santos sem que o Levir assuma…e perdemos. Pode ser um caso isolado…mas que aempre me faz pensar!!!

      • Qnd o Cuca colocou time pra ganhar, meteu 3 no Tapetense. Claro como um cristal que isso foi teste, a diretoria prensa a comissao tecnica que o foco é Libertadores, e é isso que o Cuca esta fazendo. Deixa o trabalho seguir, nao seja imediatista.

        • Nem tanto, se não fosse o Prass o FluC teria empatado o jogo no último minuto. Nosso terceiro gol só saiu no último lance do jogo logo após o Prass nos salvar…

          • Mas os jogadores bons do nosso elenco estão ai pra isso, se preciso operar N tipos de milagres pra levar-nos a vitoria.
            Esse time vai deixar a gente orgulhoso ainda, pode escrever.

    • Cara na boa, posso até aceitar sua opinião, mas não concordar,pra mim o Palmeiras vem evoluindo sim, o time melhorou fora de casa contra o coritiba e mais uma vez contra o Santos. Para mim o Cuca deixou claro na entrevista que deu na vila que vai disputar apenas os mata-mata e esta preparando o time para isso, E confio muito que iremos no final do ano ter mais uma taça em nossa galeria. Sobre o Juninho acho muito boa zagueiro e de lateral também não comprometeu, aliás o Santos não criou quase nada por lá, é lógico que ele não é um primor no apoio mas se for só para defender na lateral é o melhor na função, “melhor apenas defender bem do que não atacar e nem defender como nosso outros dois laterais “sobre vc falar em elenco não ter humildade também discordo pois elenco e treinador nunca falaram que vão ser campeão de nada e sim disputar os campeonatos, concordo contigo sobre o Borja está muito egoísta e não esta jogando pelo time, mas não o tiraria do time até porque Willian até agora jogou bem apenas quando ele estava em campo. Sobre o restante, acho que existe uma pressão muito grande em cima do time, os jogador irão ter que aprender a digerir isso ou não ganharemos nada esse ano.

      • Eu já vejo diferente… A gente só conseguiu o volume de jogo contra o Coritiba e contra o Santos, justamente depois que estávamos perdendo. Ou seja, aumentamos nosso volume de jogo porque o adversário recuou… Por que o Palmeiras não começa assim? Por que esperar tomar um gol pra ir pra cima?
        E já disse outra vez, mas acho arriscado demais abandonar assim o BR pra focar na Libertadores… Tomara que dê certo mesmo e conquistemos mais uma taça, mas tem que ficar esperto com o BR também!

  • A arbitragem nos prejudicou bastante, mas em 4 jogos fora de casa, não conseguirmos fazer 1 único gol e não somarmos 1 mísero ponto é decepcionante.
    O time representa estar se organizando, mas os erros individuais são preocupantes. Defensivamente, num jogo falha o Prass, num jogo falha o Jean, num jogo falha o Zé Roberto…
    Ofensivamente além de desperdiçarmos muitas oportunidades, nos demos ao luxo de errarmos 2 penalidades.

    Não existe justificativa para o Cuca não dar uma sequência ao Borja como titular. Willian não fez nenhum gol nos 7 jogos do Brasileiro e fez apenas 1 gol nos últimos 11 jogos. Se a justificativa para escalá-lo como centroavante é a sua participação… o fato é que em termos reais isto não está trazendo resultado, pois estamos em 15º lugar.

    PRASS
    MAYKE – MINA – JUNINHO – MICHEL BASTOS
    THIAGO SANTOS
    GUERRA – TCHÊ-TCHÊ
    ROGER GUEDES – BORJA – DUDU

  • Derrota na conta da arbitragem. Ridículo. Mas, não podemos desistir do BRA. Precisamos pelo menos ficar entre os seis primeiros e buscar os dois títulos da CB e LIberta. Mesmo com os desfalques achei que fomos superiores. Time encaixando vagarosamente

    • Era pra ter encaixado já, mas o Cuca nao quer 1 time só, ele quer 1,5. E pra que mostrar pro mundo todo o time encaixado, redondo e todas as jogadas agors? Inicio de brasileiro… isso vai ser a surpresa pras copas. Segura a emocao torcida alviverde que o ano vai ser mais loko que o Felipe Melo

  • Todos jogarão contra todos isso é nitido, mas que a cbf ajeitou a tabela para os gambá, isso também ficou claro. Desde o começo do campeonato pegaram times que sempre lutam para não cair e três grandão em casa. Antes de começar o campeonato, a cbf pensando em um elenco fraco, colocou a sua disposição esses clubes mais fracos pra que ele pudesse dá um salto e se se livrar das ultimas posições.

  • Acho q campeonato brasileiro já foi pro saco, o titulo começa a ter tons de milagre pelo q o time vem jogando, so nos resta agora focar nas copas, mas o time não passa mais nenhuma confiança…

  • A arbitragem foi determinante na derrota.
    Mas em todos os jogos que perdemos até agora (Santos, Coritiba, SPFC e Chapecoense fora), o time melhorou bem depois de tomar o gol, dando sinais de que o elenco é realmente forte.
    Pra mim é uma questão de atitude. Se começar o jogo fora respeitando o adversário não está trazendo o resultado pra nós, então temos que jogar fora sentando a púa nos rivais mesmo. Os caras que tentem acompanhar.
    É uma argumentação matemática: quanto mais atacar, mais chances de fazer gol e não tem arbitragem ou goleiro rabudo que impeça isso.

  • Esse time só joga após tomar gol, é fato. Se jogar bola desde o início, tem mais chance de ganhar né. Acham que pode ganhar a qq momento, ficam jogando com a mesma vibração de quem assiste um concerto, aí toma gol e ficam desesperados e não conseguem o empate, vide ontem, e contra o sp, coritiba e chapecoense. Insolentes.

  • Ta complicado engrenar nesse Brasileirão. To começando a acreditar que não dá mais. Os gambás já estão a 12 pontos na frente. 12 pontos, 4 jogos de vantagem. se ainda querem ser campeão brasileiro esse ano, tem que jogar com raça e técnica até o fim. parece que o Cuca não está mto focado em ganhar esse BR, quer mais é ganhar a Libertadores e CB.

  • Gostei ontem do Palmeiras. Perdemos devido as coisas que acontecem somente conosco conforme o Pappini explicou. Mas notem que o Flamengo já teve dois lances alterados pela arbitragem; conosco nem consulta…. Agora que o Nobre já estaria numa entrevista coletiva batendo na mesa…. Infelizmente o Banana 3 deve ter ganho um broche da CBF que não fez nada contra a Conmebol. Vida que segue…

    • Isso meu parceiro, falta gente de bons olhos, tb gostei da equipe. Reclamar do presidente fraco que brinca de esconder qnd deveria ir a publico ninguem reclama, mas perder um classico pelo placar minimo td mundo chora….bando de rárapicueba

  • Apesar da derrota, temos que ser justos. Palmeiras mostrou evolução. Cuca tem que parar de inventar todo jogo. Tem que escolher um time base e parar de mudar 4, 5, 6 peças toda partida. Chega de testes! Temos que vencer o Bahia no domingo!

    • Palmeiras vai precisar se reiventar nas copas, dentro do jogo, sem muito tempo. O que o Cuca esta fzendo é certo, mto certo, um desses testes que ele ja fez pode nos fazer levantar mais uma taça.

  • Tem que parar com a pardalzisse e escalar cada qual em sua posição, pelo amor de Deus. O Mayke não acerta um cruzamento, todos batem no lateral, e o Willian tem vontade, mas finaliza horripilantemente mal, parece que não treina.

  • Não foi uma partida primorosa, mas mandamos no jogo, alguns nomes que ainda o Cuca insiste e não dá pra entender (Jean, ZR na lateral, TT mas tb falta opção no lugar dele), mas pelo menos não faltou vontade. Sobre a tabela é indiscutível que foi feita tentando nos prejudicar e ajudar os gambás, mas vamos ver quando chegar na virada do turno, da tempo e temos time, vai se acertar, tomará que no fim do ano agente entube a boca de todos esses palhaços da imprensa!!! AVANTI VERDÃO !!!!

  • Realmente o soprador de apito não foi bem, porém, o Cuca precisa parar de inventar e arrumar um time base logo, se não vamos brigar para não cair, o que seria um absurdo com um elenco deste, todos recebendo em dia, todas as mordomias, etc, espero que até a volta da libertadores tenhamos finalmente uma base de time, pois não é possivel, apesar deste calendário maluco, jogar, jogar, jogar e treinar de vez em quando e não existir pelo menos uma base de time que jogue um pouco de futebol, lamentável que ainda tenhamos alguns “craques” só no nome, que não conseguem dar um passe certo na maioria das joagadas.

  • E óbvio que o que vale no final das contas é o resultado dos jogos, mas é inegável que o time vem evoluindo nos últimos jogos. Estamos jogando bem desfalcados, seja por circunstância, seja por opção do Cuca, mas mesmo assim, o time vem jogando de igual para igual e em alguns casos, como ontem, poderia ter até ganhado o jogo, assim como já tinha acontecido com o CAM. Contra a Chape e os bambis, perdemos por falhas individuais, apesar de ter jogado mal.
    Preocupa também esses erros de arbitragem. Até entendo que o árbitro estivesse vendo a origem do lance e não estivesse atento ao que estava acontecendo dentro da área, o inútil que fica atrás do gol também poderia usar esse argumento, mas o bandeirinha tinha o lance na sua frente,sem ninguém à sua frente para atrapalhar sua visão, portanto, acho muito difícil que não tenha visto a falta. Pesa seu favor se ele comunicou o fato e o juiz tenha desprezado a informação.

  • Para resumir a questão da nossa tabela esse ano (Só lembrando que o Internacional era o líder até a oitava rodada):

    Em 2016

    Palmeiras 1 x 0 Internacional | 3 pontos
    Chapecoense 1 x 1 Palmeiras | 1 ponto
    Bambis 1 x 0 Palmeiras | 0 pontos
    Palmeiras 0 x 1 Galo | 0 pontos
    Coritiba 2 x 2 Palmeiras | 1 ponto
    Palmeiras 3 x 1 Fluminense | 3 pontos
    Santos 1 x 0 Palmeiras | 0 pontos
    ________________________________________________
    Total de pontos ————> | 8 pontos

    Em 2017

    Palmeiras 4 x 0 Vasco | 3 pontos
    Chapecoense 1 x 0 Palmeiras | 0 pontos
    Bambis 2 x 0 Palmeiras | 0 pontos
    Palmeiras 0 x 0 Galo | 1 ponto
    Coritiba 1 x 0 Palmeiras | 0 pontos
    Palmeiras 3 x 1 Fluminense | 3 pontos
    Santos 1 x 0 Palmeiras | 0 pontos
    ______________________________________________
    Total de pontos ———-> | 7 pontos

    • Valeu, bro!! ? Temos q esfriar a cabeça!! Praticamente só pegamos times de cima da tabela, logo vamos pegar as babas !! Com 3 vitorias seguidas já embola no pelotão da frente.

    • Exatamente! Foi q coloquei ontem após o jogo! Substituindo o inter pelo vasco, o sta cruz pelo bahia, o américamg pelo atléticogo e o figueirense pelo avaí, estamos, até agora, apenas 1 ponto atrás do ano passado. Domingo temos q vencer o bahia pois vencemos o santa fora no ano passado e depois, contra a ponte, podemos recuperar com sobra o ponto q está “faltando”.

      • O primeiro jogo do ano passado foi contra o Atlético justamente pq a tabela era diferente e o que eu escrevi foi como estaríamos em pontos se a tabela do ano passado fosse na mesma sequência que a desse ano. Não é preciso ter muitos neurônios para entender o comentário. [2]

    • Tá errado em vários sentidos. Primeiro jogo foi contra o Atletico-PR, então retira esse último do Santos e acrescenta a primeira rodada: Palmeiras tinha 11 pontos, quatro a mais que hoje.

      Outro erro: o Inter tinha menos pontos que os gambas. E os gambas estão jogando muito, dificilmente vão despencar na tabela, como ocorreu com o Inter.

      Outro erro: não estávamos embicando o z4, estávamos ou no g4 ou quase nele. Ou seja, tem muito mais times para ultrapassar na tabela esse ano.

      E pra finalizar, mesmo com alguns tropeços ano passado, o time estava jogando melhor. Esse ano, ainda não sabemos se o time tá numa fase ruim, ou se é uma bosta mesmo.

      • O primeiro jogo do ano passado foi contra o Atlético justamente pq a tabela era diferente e o que eu escrevi foi como estaríamos em pontos se a tabela do ano passado fosse na mesma sequência que a desse ano. Não é preciso ter muitos neurônios para entender o comentário.

  • Infelizmente jogamos fora o Brasileirão. É óbvio que título ainda é possível matematicamente, mas já estamos com o mesmo número de derrotas do ano passado, então teríamos que vencer várias partidas seguidas pra isso, e eu não vejo isso acontecendo. Não vi o goleiro deles tão bem assim. Não fez nenhuma defesa espetacular, apenas boas defesas. Nossos atacantes chutaram sempre próximo ao goleiro, consagrando ele.

  • O Tche Tche está parecendo o Marcio Araujo em campo, não acerta nada. Mas o time não jogou tão ruim assim, gostei na formação, apenas o Zé que não da para entender, uma formação com três zagueiros daria facilmente para o M. Bastos jogar ali. Agora com a volta dos três citados o time deveria ser este:
    Prass: Myke; Mina, Edu e Juninho; M. Bastos; T. Santos; Guerra (Segundo volante, fazendo a do TT); Dudu; William e Borja; Queria muito ver este time.

  • Há algumas reincidências curiosas no futebol pois não têm explicação aparente. Exemplos: Muller sempre marcava gols em nós quando jogava pelo JdLeonor; o mesmo com um Mirandinha pelo GAM — um que tinha vindo do Paissandu. Conosco, poderíamos citar o Barrios e sua sanha e fazer gols contra o Tapetense — sanha que parece ter levado consigo para o GRE.

    Uma que parece estar se criando é relativa ao Guedes lá na Vila. Ano passado em seu segundo jogo por aqui, na semi do Paulistão, ele fez um bom jogo e quase marcou um golaço de fora da área, como ontem.

    Neste ano, ele foi decisivo na virada pelo Paulistão — fez as duas assistências.

    Ontem — como mencionei acima — quase marcou um golaço naquele balaço no travessão, participou de outros lances e teve outro chute importante que o goleiro deles pegou.

    Tomara que ele fique concosco o suficiente pra acentuar isso em outros jogos lá.

    #ForzaGuedes

  • Toda nossa consciência é correta quanto à necessidade do time evoluir, aos transtornos dados pelas mudanças de treinador, ao estágio atrasado que essas mudanças geraram e à coadjuvância a que se relegou o Brasileirão.

    MAS, essa coisa toda só será validada na premissa que o comando — direção e comissão tecnica — tenha exata noção do momento em que tudo terá de se transformar em desempenho, traduzido em duas coisas: passagem de fase em, pelo menos, uma das Copas e colocação segura no Brasileirão.

    Não estou cobrando conquistas, mas desempenhos que reflitam PALMEIRAS e que respeitem o investimento feito…. não o do clube, mas o NOSSO em tempo, dinheiro, emoção.

    #AvantiVerdão

  • Foi o melhor jogo do Palmeiras fora de casa sob o comando de Cuca.

    No primeiro tempo controlamos muito bem o jogo e no segundo dominamos todo o jogo. Não me lembro de um jogo recente na Vila Belmiro onde fomos pouco incomodados pelo Santos.

    Infelizmente a maioria das pessoas comentam em cima do resultado e deixam de lado o desempenho.

    Vendo o trabalho de Cuca até agora, estou muito otimista e acredito no sucesso do Palmeiras neste ano…

  • “Se agigantou”, depois que tomou gol e o Santos encolheu, pffff.

    Quero ver esse time gigante ANTES de tomar gol, e fazer o resultado que interessa: vitória. É muito cômodo se arriscar quando ja se esta com o resultado comprometido.

    Aliás, acho que o time já tem tantas derrotas quanto no BR16 inteiro, então me parece que esse título, esse ano já era. Mas ainda temos obrigação de garantir vaga na liberta em 2018, então não pode largar mão.

    Que a Liberta e a Copa do Brasil nos redimam esse ano…

  • Está mais do que nunca, claro que o foco vai ser a Libertadores (como dito em alguns textos aqui no Verdazzo). Esqueçam ganhar esse campeonato, ano passado tivemos 6 derrotas e agora já temos 4.

    Vai tomar naquele lugar com data FIFA. Saudades Mina e Borja.

  • Apenas uma observação sobre o jogo…

    Merecíamos a vitória, jogamos melhor, fomos prejudicados pela arbitragem… ok!
    Mas eu não vejo tanta evolução no time, não.

    Eu gostaria de ver esse evolução toda no primeiro tempo, 0 a 0. No segundo tempo, depois de levar o gol e ver o adversário recuar, o mínimo que se espera é atacar, criar oportunidades, ter mais posse de bola.

    Enquanto o jogo esteve 0 a 0 demonstramos uma melhora defensiva, mas ofensivamente, que é o que mais tá pegando nesse início de Brasileiro, criamos muito pouco.

    Tomara mesmo que o Cuca esteja começando a acertar a mão, mas não estou convencido.

  • Cuca só queima o Veiga e até o Hyoran, coloca os mlk faltando 10 minutos pro fim e quer milagre, o time precisava de um meia no lugar de um volante, por sorte o Veiga entrou bem e quase salvou, mas tá na hora de mudar

  • Olha, eu acho incrível nossa torcida. Haja corneta sem motivo.

    Hoje foi o melhor jogo do Palmeiras sob o comando de Cuca jogando fora de casa.

    Alėm de controlarmos muito bem o jogo no primeiro tempo, no segundo fomos muito melhores.

    Pelo que vi no jogo, estou muito otimista em relação a evolução do time. Eu sinceramente não entendo porque vocês se apegam apenas ao resultado e não conseguem ver o desempenho.

    À nossa torcida sética, eu só tenho uma mensagem:

    Cuca e seus comandados estão no.caminho certo…

  • Existe falta interpretativa, aquela que só se vê com câmera lenta. Não foi o caso. Longe disso. Foi escandalosa.

    Tirando isso, o resultado deveria ter sido zero a zero.

    O Palmeiras fez um milhão de finalizações, todas defensáveis. Qualquer uma que tivesse entrado teria sido frango.

    O time está mais consistente e fez o adversário se acovardar e entregar o resultado pra Deus. Não viramos por incompetência na finalização, e não méritos do adversário.

    Mas é frustrante ver o campeonato indo embora tão cedo.

  • Bom vou tentar dormir e aguentar a zoacao amanha por causa do feriado…Prass foi bem , Mayke e horrrivvvellll , Dracena sofreu falta no lance do gol e penalty no fim do jogo , se bem q ninguem sabe bater mesmo , Antonio Carlos acho fraco , Juninho de lateral nao aguento , Thiago Santos nao comprometeu , Ze ja deu ne…, Tche tche ja deu ne 2…Guerra jogo sozinho tentando armar , ta ficando dificil pra ele , William de centroavante ta foda , coloca ele no banco e depois no segundo tempo , Roger Guedes errou , acertou , errou , acertou…Jean ja deu ne 3 , Keno ciscou e so , Raphael Veiga nao entrou mal , mas tambem nao ajudou muito…Cuca quando vai conseguir fazer esse time jogar ?!?! Ta inventando demais , nao repete escalacao e estamos em queda livre… Brasileiro esquece , Liberta e Copa do Brasil jogando desse jeito esquece…falta quantos pontos para 45 ??? 2018 vai demorar pra chegar ???

    • eu achava que não ia sofre nenhuma zuação por causa desse feriado, ja q não trabalho no feriadão, mas no grupinho do zap ja começou…foda

      • Sim, faria mais que o Vanderlei. Eu não estou nada bravo com o Palmeiras, pelo contrário, eu vi um time desfalcado jogando fora de casa merecer a vitória. Mas estou muito puto com esse juiz. Nunca gostei dele e hoje ele fez questão de me dar mais motivos pra detestar ele!

  • Conclusão final. Acertamos a defesa e a LE. O Santos não iria fazer um gol tão fácil. Precisou ser do jeito que foi. Agora é pensar em eficiencia em atacar. Desde o segundo volante até o centroavante. Tem que melhorar muito.

  • Em primeiro lugar, o Verdão está sendo seriamente prejudicado pela tabela. Só jogo osso fora de casa e, com essa, será a segunda sequência de jogo fora, sendo que em ambas, teve clássico. Mesmo assim, vi um time ir na Vila e, se não apresentou um futebol brilhante, precisou ser operado (mais uma vez) pela arbitragem para ser derrotado pelo placar mínimo, o que, em se tratando de um clássico, não é alarmante.

    • nao existe nenhum problema em ter uma tablela dificil agora….veja os ultimos 10 jogos do campeonato nossos e compare com os dos rivais…da mesma forma que estamos sofrendo agora, outros vao sofrer já já

  • Até que demorou pro povo começar a reclamar do Cuca. Muitos são os mesmos que achavam que ele ia resolver logo no primeiro jogo, que agora a Ferrari tinha piloto e tal. Saco cheio da nossa torcida, não só aqui mas em qualquer mídia.

    Não acho que o jogo foi um desastre e fomos roubados descaradamente. Além de prejudicados pela Conmebol na Liberta. E o MG tava lá com a Selenike. Isso sim me irrita, muito mais que o jogo de hoje ou o Cuca demorando pra encaixar o time.

  • Eu sei q tá todo mundo puto, mas calma, vi melhoras, o problema é ter q acertar o time durante o campeonato com uma tabela madrasta. Dos 4 jogos q perdemos esse ano, no ano passado conseguimos no máximo 2 empates. Se formos analisar a tabela desse ano com base nos resultados do ano passado, nesses mesmos jogos em q fizemos 4 pts (o vasquinho não conta pois estava na segundona), no ano passado fizemos 5 (empatamos com coxa e chape fora, mas perdemos do galo em casa). E o mais importante, achei o time melhor do q vinha jogando. Calma q vai encaixar!

  • Jogamos com a defesa bem postada e levendo vantagem sobre o ataque do Santos. Isto não estava acontecendo. Ponto positivo do jogo. O gol foi totalmente irregular.
    O nosso problema é o ataque. E de mais um pra tentar armar o jogo.

  • Derrota injusta e com gol ilegal das Sereias!
    Santos só chegou no começo do jogo. Mesmo jogando com dois a menos (Tchê Tchê e Juninho) fomos amplamente superiores, e paramos no goleiro deles que fez uma partidaça!

  • Jogo na Vila tem tido sempre o mesmo roteiro: times sonolentos, gol besta deles, desespero nosso, consagração do goleiro deles, perdemos.

  • Vou tentar fazer uma análise lúcida, apesar da cabeça quente. Nem vou falar muito do jogo, jogamos melhor, fomos muito prejudicados e o mais justo seria a vitória, mas acho que a análise deve ser mais profunda.

    O Mattos é o melhor diretor de futebol do Brasil, sem dúvida, mas deve ser cobrado. Estamos passando por tanta dificuldade muito por falha dele:

    Laterais: infelizmente para o Zé não dá mais, a idade está pesando, se jogar tem que ser no meio campo; Jean está numa fase horrível; e quais são nossos reservas? Egídio, Fabiano e Mayke. A coisa está tão feia que estamos tendo que improvisar Tche Tche e Juninho.

    Centroavante: liberar Barrios e Alecsandro foi um erro crasso. Hoje só temos o Borja, que não pode ser reserva desse time em hipótese nenhuma, pois se com ele é dificil fazer gol, sem ele é pior ainda.

    Não vou falar dos volantes pois contratamos muito, mas estamos com sérios problemas de lesão/suspensão, então aqui não culpo a diretoria.

    É complicado falar em contratar porque já contratamos muito, mas o ideal seria trazer um lateral decente para cada lado, negociar/devolver Fabiano, Egídio e Maike; e trazer um centroavante pra disputar posição com o Borja. O problema na volância já está resolvido com a chegada do Bruno Henrique.

    Mas sabem o que também me perturba? E quando o Guerra não puder jogar por causa da seleção?

    Há falhas na montagem do elenco. Não ficou ruim de uma hora pra outra, longe disso, o elenco é bom. Mas que há irregularidade, sem dúvida.

    Brasileiro ficou complicado, agora é rezar pra levarmos a Libertadores.

    • Amigo, por quê ñ sofremos com Zé e Jean ano passado? Observe a quantidade de bolas que Juninho recebeu nas costas. O problema é o sistema defensivo. O coletivo é nulo e o Cuca ñ consegue fazer esse time funcionar como no ano passado. Tempo é a palavra chave. Esse elenco, na minha opinião ñ possui falhas gritantes. Talvez um centroavante reserva e só. O erro na gestão do Mattos foi trazer um técnico com ideias totalmente divergentes do antigo. Choque de ideias para todos os lados. O reflexo é esse time perdido coletivamente.

      • Amigo, concordo com você que ano passado não tivemos problemas com o Zé e o Jean, mas no final do ano todos nós sabíamos que precisávamos de reservas. Egídio e Fabiano já não passavam confiança.

        Quanto ao Mattos ter trazido o Eduardo Baptista, concordo que foi um erro. Mas não tinha muito o que fazer, faltavam opções, por isso não responsabilizo tanto o Mattos. Mas as laterais… ver o Juninho jogando de ala é sinal que tem alguma coisa muito errada.

        • Mas se o problema é o sistema defensivo, que diferença faria novos laterais? Esse time teve a melhor defesa do brasileiro ano passado, com Jean sendo eleito o melhor lateral. Ninguém fica ruim de uma hora pra outra. E sim, foi um erro trazer Baptista. São muitas ideias diferentes do Cuca. Marcação de forma zonal, posse, futebol mais propositivo. Cuca volta com marcação individual, futebol de reação. É tudo diferente. O problema de forma alguma é jogador X. O elenco é sensacional na minha opinião.

          • André, não acho que o problema seja apenas o sistema defensivo, muitos de nossos jogadores estão sofrendo de crise técnica. Basta ver os jogos do Tchê Tchê, Jean e Zé Roberto no ano passado, e ver o que eles vêm jogando hoje. Olha o que o Mina e o Edu Dracena estão jogando, por que o problema no sistema defensivo não afeta o rendimento deles?

            Quando eu falo que deveríamos ter outros laterais de melhor nível não é pelo Zé e Jean terem ficado ruins de uma hora pra outra, é uma simples questão de opção. Fulano está mal, entra Sicrano. O problema é que os Sicranos são Mayke, Fabiano e Egídio.

            Quanto ao EB, o Palmeiras buscou um treinador com características diferentes, mas e daí? Estávamos contratando e o EB tinha uma pré temporada inteira pra implantar sua filosofia. Eu não esperava, e tenho certeza que a diretoria também não, que o Cuca tivesse que voltar tão cedo. Se soubéssemos que isso aconteceria, aí realmente não teria feito sentido nenhum trazer o EB.

            Na minha opinião temos um elenco muito bom, capaz de ganhar Libertadores e Copa do Brasil, mas há deficiências.

          • Você realmente acha que Mina está tendo o mesmo desempenho defensivo do ano passado? O fato dele ir muito bem ofensivamente ñ tira que ele está jogando de forma exposta. Ele tá jogando como David Luiz nos últimos jogos. É sinal de que algo está errado no sistema. Dracena cresceu com E.B pq este marcava de forma zonal, e ñ é a toa que V.Hugo caiu de rendimento. É aí que está o erro. Um executivo deve saber que para esse modelo do Eduardo requer muito mais tempo, é um modelo mais complexo, e este ñ era o momento pra ter paciência. É um ano de pressão por títulos e ñ de paciência. E demiti-lo com 5 meses demonstra que ñ tinham confiança. Eduardo era o cara certo na hora errada. Pra completar, projetam um elenco pro modelo do Eduardo e agora trazem o Cuca que tem outro estilo de jogo. Ñ é virar a chavinha e tudo voltará como antes. São choque de ideias. E fazer isso no meio da temporada é MUITO complicado. Você diz que alguns de nossos jogadores estão em crise técnica, pode até ser, mas quem está jogando como no ano passado? Excetuando Guerra que é um ponto fora da curva, todos estão mal e agora é comum notar torcedores achando que o elenco ñ é tudo isso. Se um coletivo ñ funciona, os jogadores tbm ñ vão. Ñ temos um estilo de jogo consolidado desde a pré-temporada e talvez isso só ocorra em 2018.

          • André, a avaliação de que o elenco tem carências não é apenas dos torcedores, mas também da diretoria, que acabou de anunciar a contratação do Bruno Henrique, e quer mais um centroavante. Como eu disse, o elenco é bom, mas precisa de algumas peças.

            Vejo esse ano muito semelhante em relação ao ano passado. O Cuca entrou no decorrer do ano e pediu algumas contratações que encaixaram muito bem, como Tche Tche, Roger Guedes e Mina.

            Em 2016 ele teve tempo pra arrumar o time para o Brasileiro, espero que ele obtenha êxito esse ano para a Libertadores.

            Ficaremos aqui até amanhã conversando sobre, temos visões diferentes e isso é saudável. Quem quer que esteja certo, o importante é o Palmeiras voltar ao caminho das vitórias e conquistar um título importante esse ano.

            Saudações Palestrinas!

          • Errado, a contratação do Bruno Henrique foi a pedido do Cuca. É um volante de marcação e chegada ao ataque, como Moisés. Uma clara tentativa de emular o futebol reativo do ano passado. Só falta um 9 móvel pra completar o que Cuca quer. Acontece que as contratações foram projetadas para o time do Eduardo Baptista. Se Cuca ñ tivesse saído, provavelmente Felipe Melo e outros nem teriam vindo. E o momento atual é diferente do ano passado, nesse Cuca pegou um modelo com algumas coisas bem definidas, como a marcação por zona e ñ aquela bagunça do Marcelo. Por isso é tão difícil desfazer, além do tempo menor.

  • Decepção com Maike, Tche tche, ZR, Keno, R. Veiga, Jean e William. Zaga foi bem, Juninho bem, Tiago monstro, Guerra sozinho fica osso e R. Guedes que pelo menos tenta algo.

  • Roger Guedes é jogador de Allianz Parque, pra fazer gol contra Avaí, Fluminense, etc..quando é pra resolver contra um São Paulo no Morumbi, ou contra o Santos ele afina, pipoca, o Dudu (que não atuou hoje) a mesma coisa.

  • Sabor amargo após essa derrota. Não só pelas chances criadas, mas, talvez, pela resignação. Nossa prioridade deve ser as copas! Apesar das ausências, ñ acredito que iriam mudar totalmente esse panorama. O Cuca continua insistindo nesse futebol de reação do ano passado com um elenco diferente e as contratações de B.Henrique e um novo 9 demonstram a tentativa de emular o time do ano passado. Pode dar certo, claro que pode, mas quando? Em 8 jogos o time ñ consegue achar a intensidade ideal e me parece que levará um bom tempo para encontrá-la. Ñ se iludam com as chances perdidas, é um time extremamente pobre coletivamente. Muito pouco para o que esse elenco pode render. Infelizmente, esses 5 meses perdidos estão fazendo efeito. Falta um tempo para a liberta e provavelmente passaremos de fase, o que me tranquiliza.. mas esse Brasileirão sem dúvidas ficará em segundo plano. O mínimo é ficar na zona de classificação pra libertadores, caso as copas ñ deêm certo. Já penso em 2018, com pré-temporada e tudo mais. Agora, com o carro andando, fica difícil trocar o pneu…

      • Complicado mesmo, cara. Tenho o mesmo receio, mas é o que deve ser feito. Erro de planejamento trazendo Eduardo. Agora é assumir que perdemos 5 meses e correr atrás do prejuízo.

  • Pode parecer heresia mas estou com saudades do EB , pelo menos ele tinha um esquema ba cabeca e insistia nele …ah e perdia pouco , ja o Cuca muda o esquema todo jogo e so levamos bucha…e triste mas e brigar pra nao cair , jogando desse jeito nao passa das proximas fases da Liberta e Copa do Brasil…quantos pontos faltam pra 45 ???

    • Meu pai do céu, sério?
      Se pegar a sequencia de jogos que tivemos, pegar os resultados do ano passado nossa pontuação não seria muito diferente, agora falar em rebaixamento, é piada né? Perdemos roubado hoje e tu fala em rebaixamento???? Saudades do EB? Tu só pode ter problemas.

  • Há muito individualismo. Tche² e Guedes não soltam a bola. Não vejo muita aproximação também. Apesar de tudo, se jogar os próximos 3 jogos como o de hoje, ganhará todos. O Vanderlei foi absurdo.

  • Foi como falaram aí, o time entrar com 3 zagueiros, mais 3 voltantes e o Zé de ponta esquerda é foda, não vai ganhar de ninguém mesmo, palhaçada do Cuca, time tava todo zoado mesmo, bagunçado, uma salada mista!

  • O time só correu depois que tomou o gol. Ta certo que fomos roubados de forma descarada, mas jogamos 1,5 horas e nao fazemos um unico golzinho. Achei o Cuca totalmente equivocado na escalação com tres zagueiros e, finalmente quando o Ze Roberto nao tinha que marcar como ala…o Cuca mete ele no meio!!! E nao foi somente na escalação….as trocas foram pessimas e demorou para serem feitas. Nosso time é preguiçoso…se nao tomasse o gol nem ia se empenhar….muito ruim…muito mesmo..

  • Eu sabia, quando vi o Cuca escalar 3 zagueiros (Edu Dracena, Antônio Carlos e Juninho) + 3 volantes ( Thiago Santos, Tchê Tchê e Alejandro Guerra) e o Zé Roberto com 41 anos de “ponta esquerda” eu sabia que não poderia dar outro resultado senão a derrota, afora que o Palmeiras entrou muito mal escalado, todo bagunçado, como é que esse Cuca que ganha mais de 500 pau por mês me treinou o time com 3 zagueiros? Como é que ele faz uma improvisação de merda dessa? me desculpa o desabafo gente, mas tô revoltada!

    • Guerra ñ é volante e o time ñ jogou com 3 zagueiros, Juninho atuou como lateral, mostrando que o problema ñ é lateral e sim sistema defensivo. A estratégia do Cuca foi fazer o Santos ñ jogar no primeiro tempo, usando inclusive Zé na esquerda pois Keno ñ marca ninguém, para no tempo final usar o segundo para velocidade e reação. Ñ deu certo. Paciência. O tempo é curto e ele ñ faz milagres.

  • O time tava jogando bem. Até o gol roubado. Aí começaram a aparecer as grandes deficiencias do time. Ninguém tem a coragem de fazer uma jogada mais aguda. Esperam a bola, rodam rodam, passinho passinho, até perder. Tá osso esperar algo de onde não tem condições alguma de vir.

  • Sinceramente eu não perco mais o meu tempo com esse time em 2017. Essa derrota foi gota d’água. E, sim, já agora no começo do campeonato joguei a toalha. Com esse futebolzinho medíocre dando continuidade ao excelente trabalho do Eduardo Batista o Palmeiras não vai pra lugar nenhum em nenhuma competição. O sr. Cuca inventa uma escalação diferente cada jogo. E se continuar demorando para contratar um centroavante vai continuar essa seca de gols aí porque depender do Willian é dose!

  • Que falta que faz um centro avante ……. E o do Bigode e TT estão fazendo hora extra no time titular

  • Curica tem tudo pra levar esse título.
    Verdão meta de 45 pontos tá no lucro.
    Só sobrou liberta e CB.
    Triste.

  • O time não jogou mal, na moral. Alguns jogadores são inseguros (juninho) mas no mais eu vi que o time melhorou. Fomos garfados descaradamente no lance do gol dos caras e o goleiro dos caras estava em uma noite fantástica. Continuo achando que nossas laterais precisam muito de reforços, pq em jogo como o de hoje eles entregam…

  • Jogando desse jeito nao passa das proximas fases da Liberta e Copa do Brasil…Cuca ta inventando demais , e brigar pra nao cair…

  • Eu avisei. No gol o Dracena foi desequilibrado e por isso tropeçou na própria perna. Roubou, roubou, roubou até que no último minuto teve um penalti em cima do mesmo Dracena que ele não marcou.
    Claro que eu gostaria que o Palmeiras passasse por cima do Santos.
    Não aguento mais ver a linha defensiva dos times adversários sem nenhum jogador do Palmeiras no meio dela. Tchau, Willian.
    Acho que deveríamos botar o time sub-20 pra jogar os próximos jogos e levar o elenco principal pra treinar em Atibaia. Que bagunça.
    Saudades, Eduardo Batista. Pelo menos aquele time tinha um esquema e um banco excelente aonde os jogadores que entravam sabiam o que fazer. Temos um craque, que é o Raphael Veiga e vamos acabar queimando esse jogador, que vai parar num Cruzeiro e fazer a diferença por lá.

    • Acho que nós enganamos, o time é ruim e o elenco tb, ou seja, não temos time nem elenco com a derrota de hj vamos entrar na zona do descenso

    • Pior estamos vendo os gambás abrindo 12 pontos é para mandar tudo embora, nem salário em dias eles pagam. Que saudades do PN ele já teria chamado esses vagabundos as favas

  • Não queria criticar, mas acho que o Cuca está inventando muito. O time já é fraco, monta o time sem inventar

  • Esse juiz tá complicando. Os jogadores do Santos sentem que vão perder a bola, se jogam e o juiz dá tudo o que eles pedem. Quando o Palmeiras recupera a bola, eles fazem falta sem se preocupar com nada e o juiz não coíbe. Tá chato assistir a um jogo que o Palmeiras não pode ficar com a bola que o juiz rouba de volta pro time da casa.

  • A piadinha infame desse feriado vai pra pqp hoje, com gols de Roger Guedes e Keno – para confirmar o momento de ascensão – e 0x2 na caixa de sapatos!

    VAMOS, PALMEIRAS!!!

  • é marcar a saida de bola no inicio, a defesa deles é fraca, se marcar eles entregam, jogo bom pro Keno e RGuedes, tem que ficar de olho nos laterais deles, atacam muito

  • Se tem alguém com dúvidas sobre os comentários, sugiro que (re)leiam as REGRAS, disponíveis no rodapé do site.

  • Jogo difícil, Verdão 2×0 Sardinhas, será a redenção total de Guedes (gol) e a consolidação de Keno (gol) e Prass (pega Pênalti), desta forma, o craque do time Dudu terá que jogar tudo que sabe para voltar ao time.

  • pensei que o Dudu ja ia voltar nesse jogo, uma pena pq é um jogador q tem estrela em clássicos fez gols em tdos já, mas mesmo sem Dudu vai da Verdão, 2×0 gols de Keno e Tche Tche

  • Tomara que o jogo seja o jogo em que o Tchê Tchê – o insaível, volte a jogar o futebol de 2016.

    3×1 para nós!

  • Uma pena estarmos com tantos desfalques, mas ainda assim vamos conseguir a vitória. Nosso time é imensamente superior ao deles.

    A hora de embalar é agora!

  • Impressionante: quando o Palmeiras já em casa o jogo não é transmitido para tantos estados, como será esse na Vila.

    Nosso retrospecto pode ser bom, mas não nos últimos anos.

    Toda cautela é pouca nesse jogo porque o Santos geralmente faz o jogo do ano contra o Palmeiras.

    O que pesa positivo na balança é que o Cuca teve dois dias para preparar o Palmeiras e isso pode fazer a diferença.

  • Pitúca ‘o Loiro’ curtiu o título da chamada pro pré jogo:

    “Feriadão na Praia”
    kkkkkkkkkk

  • Confesso q não lembro do futebol desse BH, ele é um volante de qual estilo? Cada enxadada uma minhoca ou é daqueles que sabe sair jogando?

      • ele jogou um tempo de primeiro volante, mandando o ralf pro banco até, mas tem o mínimo pra joga de segundo tbm

    • Pelo menos no vídeo ele mandou bem,
      mandou até um Scoppia e um Avanti:

      “– E aí, torcida palmeirense. Estou chegando para ser campeão com vocês e estou muito feliz por isso. Scoppia che la vittoria è nostra. Avanti, Palestra.” BH.

  • Continuo ainda preocupado com a má fase de Tche Tche. Acho que ficamos muito vulneráveis no meio de campo.

    Acho plenamente justificável a contratação de outro volante, que saiba tanto defender como atacar.

    Estou muito receoso, porém com a confiança eterna de um torcedor apaixonado.

  • Tem algumas coisas aqui no Verdazzo difíceis de entender. Dei meu palpite fazendo alusão ao fato de q não gosto de jogos em véspera de Corpus Christi, pois nunca damos sorte, não à toa os adversários nos zoam com o porcos tristes e o comentário foi removido! Qual o problema de lembrar dos momentos complicados e da zoação dos rivais? Parece aquela piada do marido q pega a mulher com o amante no sofá da sala e a providência dele é retirar o sofá.

    • Eu não sei… sou bloqueada toda vez que comento qq coisa. seja elogiando ou criticando… Já pensei que talvez seja pelo fato de eu ser a única mulher que posto alguma coisa. Enfim… tirei minha foto e apenas leio…

  • Com a atual fase dos nossos laterais, o Zeca não jogar é uma ótima notícia.
    Thiago Santos vai botar o Lucas Lima no bolso e Guerra fará o gol da vitória do Palmeiras!

  • Se mantiverem a tática, serão 2 correndo pra cima de ZR43 e cruzamento no 1º ou 2º pau pro pastor cabecear. Temos ainda algumas escritas para serem quebradas em campo adversário e que me incomoda.
    Os lambaris é um deles e mais que isso, não podemos mais deixar os que estão acima abrirem vantagem.
    Ficar no meio da tabela não é opção! Avanti VERDÃO!!!

    • O Pastor não joga e no caso do sfc a escrita é a nosso favor. Vencemos o último jogo lá de virada e, se não me engano, temos mais vitórias do q eles na vila.

      • Tinhamos mais vitórias, nos últimos anos eles reverteram e chegaram a ter uma mais, com nossa vitória no Paulistão acho que empatou de novo o numero de vitórias… mais isso é de cabeça, sem pesquisar…

  • SFC 0 x 2 Palmeiras – Gols de Tche Tche num balaço de fora da área e Guerra de Thiago Santos de cabeça.

  • Apesar de termos conseguidos algumas proezas em termos de resultados nos últimos jogos na Vila, sempre com gols relâmpagos no final do jogo, a verdade é que em termos de futebol, o Santos sempre nos domina e o Palmeiras sempre encontra muita dificuldade para ter a posse da bola e controlar o jogo.

    Quanto a posse de bola, o nosso meio-de-campo vai precisar ser muito intenso nas disputas da pelota. Neste momento o Profeta fará MUITA falta. Acho que o Thiago Santos será essêncial neste jogo, mas sozinho nada poderá fazer se Tchê-Tchê e Guerra não forem intensos na marcação e na manutenção da posse de bola.

    O grande mapa da mina nestes últimos jogos (na Vila) é o nosso lado
    esquerdo. Desde a época do Gabigol, as triangulações com Victor Ferraz e
    Lucas Lima por aquele lado deixavam o nosso vovô-garoto sempre batido e
    um caminhão de oportunidades se criavam por ali. É tarefa do Cuca
    É tentar algo de diferente no sistema defensivo esquerdo para neutralizar o
    Santos. A participação do nosso meia-esquerdo, que deve ser o Tchê-Tchê, na recomposição defensiva será fundamental para congestionar aquele lado, juntamente com Thiago Santos, Zé Roberto e Juninho (sobra). O nosso mapa da mina pode estar do mesmo lado, com uma recuperação da posse de bola e explorando as costas do Victor Ferraz que apoia bastante. Vejo o Keno como peça fundamental na puxada do contra-ataque por este lado.

    AVANTI MEU VERDÃO!

    • O q me deixa puto é q contra nós eles sempre jogam na vila, mas a segunda partida das quartas de final da Copa BR, contra o flamerda, já está marcada pro pacaembu!

      • Com a “lei da torcida única” em clássicos regionais, não faz sentido eles jogarem conosco no Porcoembu, já que a torcida deles sozinha não lota nem o aquário.

    • “Santos sempre nos domina e o Palmeiras sempre encontra muita dificuldade para ter a posse da bola e controlar o jogo.”

      fato

    • Desde 2015 o vovô garoto leva baile na marcação. Me lembro de pouquíssimos lances incisivos, assistências ou gols. Se fosse outro jogador, mais novo, teria o mesmo tratamento que esse jogador?

  • Time do Santos é rápido, vai jogar pelas pontas e contra atacando; espero que não deixem o jogador de 43 anos fingir que joga na nossa lateral esquerda. Fabiano e Zé Roberto é muito pro coração alviverde…

    Espero que Keno, Guedes e Guerra mantenham o nível.

  • Detesto jogo em véspera de Corpus Christi (porcos tristes), nunca dá sorte. Mas, vamos lá, 1 x 0, gol de Juninho, 10.874 pagantes.