1
X
2

11/07/1951

Classificado para as semifinais da Copa Rio, o Palmeiras encarou nesta fase o bicampeão carioca, o Vasco. Após jogar toda a primeira fase no Pacaembu, o Verdão viajou até o Rio de Janeiro para buscar o título mundial. Na primeira partida, que ficou marcada pela séria lesão sofrida por Aquiles, o Palmeiras superou os cariocas por 2 a 1 e levou a vantagem para o jogo decisivo quatro dias depois.

Empurrado pela torcida, o Vasco iniciou o jogo partindo para cima do Verdão e fez o goleiro Fábio Crippa trabalhar bastante; ao todo, Fábio fez três boas defesas.

O Palmeiras resistiu aos ataques dos donos da casa e abriu o placar aos 21 minutos com Richard: o atacante recebeu de Aquiles, driblou o adversário e acertou um bonito chute cruzado, que venceu o arqueiro Barbosa. O jogo continuou disputado durante todo o primeiro tempo, mas nenhuma das equipes conseguiu movimentar o placar, que acabou em 1 a 0 para o Verdão.

Na volta do intervalo, os vascaínos conseguiram o empate logo aos 33 segundos, com Maneca. Apesar de levar o empate cedo, o Palmeiras se manteve firme no jogo e em busca do segundo gol.

O atacante Aquiles, um dos destaques da equipe, dividiu com Barbosa e fraturou a perna; Ponce de Leon entrou em seu lugar. Quando o jogo se encaminhava para o final, aos 38 minutos, Liminha sofreu uma falta de Alfredo e, na cobrança, colocou a bola no fundo das redes cariocas, decretando o placar final. A vantagem, no entanto, ainda precisava ser ratificada no jogo da volta, que também seria disputado no Maracanã.




Ficha Técnica

Cr$ 901.520,00

Edward Graigh

Vasco da Gama

Barbosa
Augusto
Clarel
Ely Amparo
Danilo Alvim
Alfredo
Tesourinha
Ipojucan
Vasconcelos
Friaça
Maneca
Dejair
Oto Glória
TÉCNICO