2
X
1

Depois de um começo mediano no Campeonato Brasileiro (quatro vitórias, quatro empates e duas derrotas), o Palmeiras encarou o SPFC, no Pacaembu, em jogo válido pela 11ª rodada precisando vencer para continuar no pelotão de cima.

Com 28 gols em 32 jogos, Vagner Love, artilheiro do time na temporada com folgas, fez diante do rival seu último jogo com a camisa do Palmeiras antes de se juntar ao CSKA, da Rússia (cinco anos mais tarde, o atacante retornaria ao clube, sem repetir o sucesso da primeira pasaagem).

Além da despedida do camisa 9, o duelo registrou um fato curioso: os torcedores do SPFC, em protesto pela eliminação do time na Libertadores, ocupou todo o tobogã vestindo amarelo. Durante o jogo, ainda, o atacante Luís Fabiano (que também estava se transferindo para a Europa) e o goleiro Rogério Ceni foram chamados de “pipoqueiro” e “frangueiro”, respectivamente.

No campo, com o rival bastante nervoso, o Palmeiras mantinha o controle e tentava chegar ao primeiro gol. Na metade do primeiro tempo, Rodrigo derrubou Vágner dentro da área, mas o juiz Sálvio Spindola Fagundes nada marcou. Porém, pouco tempo depois, aos 38 minutos, Corrêa fez boa jogada pela direita e cruzou na cabeça do camisa 9, que apenas deslocou Ceni para fazer 1 a 0.

Mesmo melhor na partida, o Verdão quase sofreu o empate no final da primeira etapa: Sérgio derrubou Fábio Simplício e Sálvio assinalou o pênalti; na cobrança, Luís Fabiano chutou rasteiro no canto direito, mas Sérgio voou rasante ao gramado para defender com o braço direito.

Na segunda etapa, o Palmeiras continuou melhor e ampliou o placar aos 17 minutos: Pedrinho cobrou falta no meio do gol; Rogério não conseguiu agarrar e a bola ficou limpa nos pés de Vágner, que tocou para o fundo das redes.

Com dois gols de vantagem e mais organizado em campo, a equipe comandada por Estevam Soares sustentou os 2 a 0 até os 38 minutos, quando Cicinho descontou para o time do Morumbi. Mas a reação do rival parou por ali e o Palmeiras venceu mais um rival no Brasileirão, agravando a crise no Jardim Leonor.

Ficha Técnica

12.523

R$ 159.527,00

Sálvio Spinola Fagundes Filho

Escalação

SPFC

Rogério Ceni
Cicinho
Fabão
Rodrigo
Lino
Fábio Santos
Renan
Gabriel
Alexandre
Fábio Simplício
Souza
Danilo
Grafite
Luís Fabiano
Cuca
TÉCNICO