2
X
3

Pré-Jogo

Pré-jogo Peñarol x Palmeiras

Na noite de hoje, a Sociedade Esportiva Palmeiras visita o Peñarol em jogo válido pela quarta rodada da Taça Libertadores da América. Uma vitória praticamente classifica o Palmeiras – só  uma combinação extremamente improvável de resultados tiraria a vaga do Verdão. Um empate não chega a ser mau resultado, embora a turbulência pela eliminação do Paulista recomende não apenas uma vitória, mas uma exibição convincente. Mesmo que o Palmeiras perca, seguirá como líder do grupo.

Palmeiras

DESFALQUES
Lesionado:
Arouca
Suspenso:
Dudu
Não inscritos: Daniel Fuzato, Thiago Martins, Luan e Moisés

Eduardo Baptista, sob pressão, sabe que precisa de uma partida convincente e não deve se limitar a armar o time compacto na defesa para explorar os contra-ataques. Sem Dudu, a vaga deve ficar entre Willian, Keno e Michel Bastos. Zé Roberto deve reassumir a lateral e esperamos um bom esquema de cobertura na esquerda, provavelmente com Felipe Melo bem recuado, como no jogo contra a Ponte, ou num simples 4-2-3-1, com Tchê Tchê como segundo volante. O time que deve entrar em campo é Fernando Prass; Jean, Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo e Tchê Tchê; Roger Guedes, Guerra e Willian Bigode (Keno ou Michel Bastos); Borja.

Peñarol

Os carboneros se sentiram prejudicados na partida anterior, por causa do gol de Fabiano após os 54 minutos – a imprensa local tratou de dramatizar o fato e tanto a torcida quanto os atletas compraram a versão. O clima é quente e nossa delegação já provou um pouco do que enfrentará esta noite, ao ser proibida de fazer o reconhecimento do novo estádio Campeón del Siglo sob a desculpa do mau tempo.

O treinador Leonardo Ramos está suspenso, exatamente por ter sido expulso ao causar a paralisação que levou o jogo até os 54 minutos; quem orientará o time é o auxiliar Marcelo Suárez, que tem três problemas por contusão: o zagueiro Ramón Arias, o volante Guzmán Pereira e o meia Gastón Rodriguez, que saiu do banco para colocar o 2-2 no placar. Na zaga, entra Villalba, e no meio-campo entra Alex Silva, e o time será Guruceaga; Petryk, Quintana, Villalba e Hernández; Novick, Alex Silva, Nández e Cebolla Rodríguez; Affonso e Junior Arias.

Retrospecto

Aproveite todas as funcionalidades do Almanaque do Verdazzo. Consulte o desempenho do Palmeiras em Montevideo (local), cruze com o Peñarol (adversário), e descubra que o Verdão tem vantagem.

Clique nos links abaixo para consultas diretas:

Peñarol
Peñarol
Enrique Cáceres
Enrique Cáceres
Libertadores da América
Libertadores da América

Parpite

Mesmo na lanterna do grupo, o empate não é mau resultado para o Peñarol, que se sair com a igualdade precisará apenas empatar fora contra o Tucumán e Vencer o Wilstermann em casa para avançar na competição (desde que o Palmeiras não perca os dois últimos jogos). E quando os dois não acham o empate ruim, a chance dele acontecer é grande – basta chegarem igualados até o meio do segundo tempo. O placar deve fechar em 1 a 1 e o gol será novamente de Felipe Melo, que será abraçado por Roger Guedes e fará a imprensa procurar outro problema para encher nosso saco. VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

TV GloboGlobo, para SP, MG (Varginha) e RS

Fox SportsFox Sports

Pós-Jogo

Peñarol 2x3 PalmeirasCésar Greco / Ag.Palmeiras

Depois de um primeiro tempo lamentável em que saiu perdendo por 2 a 0, o Verdão acertou o time no intervalo, virou o placar e venceu a partida no estádio Campeón Del Siglo, em Montevideo, e de quebra praticamente eliminou o Peñarol da competição. Como se não bastasse, ainda se garantiu na porrada, completando o serviço de humilhação contra esse timinho, que do grande clube do passado só tem a camisa. Esse Peñarol é uma vergonha para o Uruguai, em todos os sentidos.

PRIMEIRO TEMPO

Surpresa: Eduardo Baptista meteu três zagueiros no time, talvez com a intenção de soltar os laterais – para a entrada de Vitor Hugo, o sacrificado foi Tchê Tchê. Com Egídio e Jean pelos flancos, o time se armou num 5-4-1 que se transformaria num 3-6-1 quando o Palmeiras tinha a bola.

O Peñarol veio decidido a jogar com tudo em cima de nosso campo nos primeiros minutos, como era esperado. O Palmeiras não teve força e malandragem para picotar o jogo, não soube catimbar, e a pressão se mostrou insuportável. Aos 6, depois de uma disputa intensa e a bola viva em nossa área, Alex Silva pegou uma sobra e emendou um balaço de primeira – Fernando Prass pegou firme.

Borja estava muito isolado à frente; o Palmeiras recuperava a bola na frente e tentava ligar com o colombiano na base do chutão, ignorando a presença dos meias para a saída pelo chão – o 3-6-1 da teoria jamais foi visto na prática. O camisa 12, desta forma, era presa fácil.

Não tinha como dar outra coisa: aos 12 minutos, em cruzamento vindo do lado direito, Affonso estava sendo acompanhado por Mina, que foi puxado mas preferiu cair esperando pela marcação da falta que não veio; completamente livre, o atacante uruguaio fuzilou Fernando Prass e abriu o placar. Mas o gol foi irregular.

Aos 18, a primeira chegada do Palmeiras: Borja puxou o contra-ataque, abriu para Jean que cruzou; Borja se preparava para cabecear quando foi claramente empurrado dentro da área – pênalti que Enrique Cáceres não marcou. Era incrível, mas o Palmeiras, se a arbitragem tivesse sido honesta, era para estar vencendo por 1 a 0 e não o contrário – mesmo tomando um baile do Peñarol.

Mas aos poucos o Palmeiras foi acertando a distância da marcação e equilibrou o jogo, também porque o Peñarol diminuiu o vigor físico dos primeiros minutos. Aí entrou em ação a torcida carbonera, fazendo um barulho impressionante mesmo com a bola parada e mantendo o time da casa superior em campo.

Aos 35, o Peñarol teve escanteio pela esquerda; Fernando Prass socou depois de ter sido chargeado no ar e a bola sobrou para Novick, que emendou forte – a bola ia para fora, mas Cebolla Rodríguez tentou interceptar – estava impedido.

Quando o jogo parecia se encaminhar para seu ritmo normal, o Peñarol achou o segundo gol numa falha coletiva grosseira da defesa do Palmeiras: a bola saiu de Guruceaga e chegou em Junior Arias na intermediária; no meio de quatro palmeirenses, ele girou com liberdade e achou na direita Alex Silva, que alçou na área. Mina perdeu a disputa com Affonso, que tocou com o ombro para o meio, onde já estava Junior Arias, marcado por Guerra(?!?!); o uruguaio girou no ar e marcou o segundo gol do time da casa. Tudo errado.

E no final, quase uma tragédia: aos 45, falta da direita; Jean afastou mal, para o miolo; Felipe Melo tentou consertar recuando para Fernando Prass mas cabeceou mal, obrigando nosso goleiro a dividir duas vezes – a primeira contra Junior Arias e a segunda contra Nández – melhor para nosso camisa 1. E com apenas um minuto de acréscimo, o juizão felizmente encerrou o primeiro tempo. Um desastre. Os 2 a 0 ficaram baratos, apesar dos erros da arbitragem.

SEGUNDO TEMPO

Para o segundo tempo, Eduardo Baptista corrigiu a bagunça geral e voltou a seu esquema preferido, com Willian Bigode e Tchê Tchê nos lugares de Egídio e Vitor Hugo – Michel Bastos foi para a lateral esquerda pela primeira vez desde que chegou ao Palmeiras.

E com apenas 4 minutos o Verdão diminuiu o placar: Jean recebeu de Guerra, foi ao fundo e cruzou para Borja, que disputou com Quintana e bola espirrou, caindo com Willian; como um segundo centroavante, ele dominou, petecou a bola e bateu de virada, mandando no ângulo de Guruceaga e recolocando o Verdão no jogo.

Aos 6, nova chegada do Verdão: Willian, após boa tabela com Borja, tentou bater de curva buscando o canto esquerdo de Guruceaga, mas a bola saiu ao lado. Aos 7, depois de mais uma boa trama do nosso ataque dentro da área, a bola rodou até Felipe Melo que tentou a batida de fora – saiu por cima. Três finalizações rápidas, contra nenhuma de todo o primeiro tempo. Era outro jogo.

O Peñarol deu o troco aos 8, num chute de Nandez, rasteiro, de fora da área – ela lambeu a trave direita de Fernando Prass. Perigoso!

Mas o Caminho estava claro, e era o lado direito: aos 11, Guerra abriu para Jean, que invadiu e cruzou por baixo para Roger Guedes, que estava livre na linha da pequena área e era só tocar para dentro, mas ele pegou mal na bola, que saiu muito por cima. O Peñarol estava apavorado.

Aos 18, veio o empate: Mina brigou no ataque, pela esquerda, e forçou a saída de bola errada do Peñarol; Felipe Melo girou para Jean, que colocou dentro da área na cabeça de Mina, que depois de iniciar, terminou a jogada, escorando para o fundo do gol e se recuperando dos erros infantil nos gols do time da casa. Era só jogar bola.

Aos 22, depois de uma bola de escanteio em nossa área rechaçada; Cebolla Rodriguez emendou um bom chute de esquerda, mas Prass defendeu – o uruguaio estava impedido, de qualquer forma.

Mas tinha mais: aos 27, Michel Bastos fez a jogada pela esquerda, tabelou com Tchê Tchê e serviu Guerra no meio; o venezuelano bateu de fora (enfim!) e Guruceaga espalmou para o lado; Jean aproveitou a sobra e cruzou para o meio, fazendo sua terceira assistência no jogo: Willian Bigode fechou e tocou para as redes, virando o jogo. Sensacional!

Depois de um breve período de pressão do Peñarol, prensando o Palmeiras no campo de defesa, o Verdão saiu de trás novamente e quase fez o quarto: aos 37, Borja recebeu de Willian na direita, dominou e engatilhou o canudo; a bola foi travada pela zaga e saiu a escanteio.

O Verdão controlou o jogo e aproveitou o nervosismo do time uruguaio. E aos 44, Guerra aproveitou uma bola de lateral, invadiu a área pela esquerda e tentou o cruzamento para Willian; a bola desviou na zaga e quase entrou no cantinho de Guruceaga.

Aos 47, o último susto: Fernando Prass salvou o Verdão, depois que a bola foi jogada na área vinda do lado esquerdo; Michel Bastos disputou com Junior Arias e Fernando Prass fechou o ângulo, desviando a escanteio. Na cobrança, Cebolla Rodríguez girou para o gol – Felipe Melo travou e acabou com as esperanças uruguaias.

FIM DE JOGO

O Palmeiras não tem queixo de vidro, literalmente. Depois de uma virada histórica e sensacional dentro de campo, os uruguaios, como sempre, partiram pra pancadaria – até aí, quase nada de novo. As táticas é que surpreenderam: mesmo com o corpo de seguranças do Palmeiras fazendo todo o trabalho para garantir a passagem de nossos jogadores para o vestiário enquanto o pau comia; os funcionários do Peñarol fecharam o portão para que nossos jogadores, cercados, fossem massacrados. Mais uma vez nossos seguranças brilharam e abriram a passagem na marra, e finalmente a confusão terminou.

O Verdão, com a magnífica vitória, só não se classificará para a próxima fase se perder as duas partidas que ainda faltam e ainda o Peñarol perder seus dois jogos, e mesmo assim há o saldo de gols que pode decidir. Não tem muito como dar errado.

Durante a coletiva após a partida, Eduardo Baptista deu um depoimento sensacional. Todos os acontecimentos após o jogo serão objeto de um post específico, aguardem.

Mais uma vez esta noite tivemos muito orgulho de ser palmeirenses. Parabéns para todos nós. VAMOS PALMEIRAS!

A VOZ DO PADRINHO

Coube ao padrinho Renato Sansão fazer o áudio desta partida épica. Ele merece, afinal, foi dele a ideia que deu início a esta série de audios feito pelos leitores do Verdazzo. Divirtam-se!

Ficha Técnica

Peñarol

Guruceaga
GOL
Petryk
LAD
Diego Rossi
MEI
Quintana
ZAG
Villalba
ZAE
Hernández
LAE
Novick
VOL
Dibble
ATA
Nandez
VOL
Alex Silva
MEI
Ángel Rodríguez
MEI
Cebolla Rodríguez
MEI
Affonso
ATA
Junior Arias
ATA
Marcelo Suárez
TÉCNICO

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Fernando Prass
Dividiu bola na risca da área e ainda salvou no final fechando o ângulo. E se destacou na pancadaria.
10
Jean
Só não deu quatro assistências porque o Roger Guedes fez o favor de perder um gol feito.
10
Mina
Errou nos gols deles, mas foi decisivo duas vezes no gol de empate e ainda achou o tripé de um fotógrafo pra se defender.
10
Edu Dracena
Tava junto, merece!
10
Vitor Hugo
Em sua defesa, não teve culpa nenhuma no desastre do primeiro tempo.
10
Willian
Entrar no intervalo e meter dois gols num jogo desses é demais hein?
10
Egídio
Que sorte que o Palmeiras virou hein?
10
Tchê Tchê
Esse é o Tchê Tchê insaível que a gente conhece!
10
Felipe Melo
Monstro, salvou o Verdão na bola no lancefinal e ainda acertou uma belíssima muqueta no babaca de colete que armou a treta toda.
10
Roger Guedes
Apesar do gol perdido, foi importante pra bagunçar a defesa uruguaia e ainda saiu em defesa do Felipe Melo na treta. Rachados né?
10
Keno
Mal pegou na bola, mas vingou os xingamentos racistas que recebeu aqui (e provavelmente lá também).
10
Guerra
Cada vezmais adaptado, brilhou intensamente no segundo tempo, num esquema ao qual parece se adaptar melhor.
10
Michel Bastos
Pegou a lateral esquerda. Vê se não larga!
10
Borja
Não deixou o dele, mas abriu a defesa e brigou do início ao fim.
10
Eduardo Baptista
Eduardo Baptista
Se pudesse, receberia uma nota maior ainda. Consertou o enorme equívoco do primeiro tempo e foi muito competente. Mas brilhou mesmo foi na entrevista após o jogo. Sai praticamente zerado do jogo.
10





  • Não vi o primeiro jogo, mas pelo que li de comentários o time NÃO ENTROU no primeiro jogo, portanto, perdemos a classificação lá…
    🙁

  • Off-topic – O Vitor Hugo levou 3 jogos de suspensão pela agressão ao Pablo.
    Aguardemos agora a suspensão do Fagner que deu um soco e uma paulistinha no Cueva.
    kkkkkkkkk

  • Fox sports está com o veneno escorrendo pela boca, de 5 noticias hoje 3 é sobre a SEP. Chegou até falar que a torcida está pegando no pé do Borja, FDPs

  • Sempre que acontecem essas merdas eu fico longe das notícias sobre futebol e dos Palmeirenses por alguns dias.

    A imprensa é nojenta e aproveita pra tripudiar e os Palmeirenses são irritantes, saem as teorias mais absurdas, inventam de tudo e acreditam em tudo, alguns parecem se satisfazer com essas bostas, parecem ter o prazer de dizer “eu avisei”, “eu disse”, parecem torcer pra dar errado só pra ter razão.

    Justamente por isso ainda não li os demais comentários.

    Pra mim o erro do EB foi manter o TTChe e tirar o ZR.. O primeiro por não vir jogando nada já faz algum tempo, o segundo porque daria o sangue para tirar a má impressão deixada na partida passada.
    Outro erro dele foi tirar o Borja, com tanta bola alçada na área tirar uma referência foi ridículo.

    O erro dos jogadores foi no jogo passado, muito pior do que um técnico acuado que tem medo de mudar e ser crucificado é um elenco letárgico.

    Mas o pior foi o Juiz.. Pra mim foram 2 pênaltis não marcados e um sem fim de faltinhas marcadas com o único intuito de irritar os jogadores.. E na minha opinião a bola bateu no zagueiro sim, ou seja, gol legal.

    O que fica é o esforço dos jogadores, espero que essa eliminação dolorida mostre aos jogadores que a postura tem que ser outra e ao técnico que sirva de lição.

    Sou contra mandar EB embora pelo simples fato que nenhum técnico tem mais condições de ajeitar o time do que ele, se demitirem vamos dizer adeus a libertadores, como foi ano passado.

    Como eu já disse antes, se o EB não está pronto pro Palmeiras o erro foi cometido em Dezembro, quando contrataram ele, não agora. Mandá-lo embora agora seria outro erro, elenco e comissão técnica precisam se unir caso contrário o ano será perdido.

    Eu ainda acredito nesse time, acho que essa eliminação pode ser o remédio amargo que precisávamos, mas isso saberemos já na quarta feira..

    • belo comentário… realmente o tche tche hoje é reserva desse time, da mesma forma que o michel é titular, assim como o keno. a cornetagem pura no eduardo baptista é o mesmo maneirismo mecânico de sempre: tentar achar um bode expiatório a qualquer custo. de fato o time foi ridículo no primeiro jogo contra a ponte, e eu notei um desinteresse… as finais do paulista coincidem com a volta da fase de grupos da libertadores, e este é um momento decisivo… daqui um mês, ou menos, todo mundo esquece essa desclassificação.

      • O fraco Eduardo Baptista conseguiu matar o futebol do Tche Tche, Vitor Hugo e Dudu, quem será o próximo ? Não acho que criticar o ele é o mesmo maneirismo mecânico de sempre, pois o cara já está ai a quase 5 meses e não apresentou evolução nenhuma no time, quer ficar implantando o esquema 4-1-4-1 que todos viram que não da certo.

  • Precisamos de um técnico que dentro do vestiário bata no peito e diga que quem manda é ele, alguém acha que Eduardo tem moral pra isso?

    • se um técnico fizer isso atualmente, perde o vestiário no mesmo momento, jogador atual ganha 500k e não pode falar alto que ja faz biquinho e não joga mais

  • O que mais me incomoda nesta história toda é a falta de repertório vis a vis o elenco numeroso e recheado de boas opções. Quando o Cuca trouxe Cucabol e outras jogadas, utilizando a nossa força no jogo aéreo, não tinhamos qualidade suficiente no meio campo para criar este tipo de jogada. Com o EB, continuamos tendo a força no jogo aéreo com uma baita dupla de Zaga + FM, mas não conseguimos criar novas jogadas com uma qualidade muito maior no meio campo, isso sim me chateia, o resto, fica na conta da partida de ida.

    • Cuca, como todos, fazia e faz besteiras, mas uma coisa é certa, ele enxerga o jogo e muito.
      Em todos os jogos ele detecta rapidamente qual o setor ou jogador que não está funcionando e corrige rapidamente com ou sem alteração de jogadores.
      E nisso, lamentavelmente, E.B. é fraquíssimo e usualmente diagnostica erradamente ou tardiamente o problema e sem diagnóstico correto e rápido da causa, é impossível a solução do problema.
      Essas coisas não se aprende, nem se estuda, vai da sensibilidade cada um e é por isso que esses que tem esse dom de enxergar o jogo se destacam no esporte.
      Os demais deveriam procurar uma profissão de comentarista, pois é bem mais fácil falar depois do acontecido e deixar o trabalho de campo para quem nasceu com esse dom e o aprimorou no decorrer da vida.

    • complementando, perdemos a força do jogo aéreo no ataque, não temos mais feito gols desta forma, e nossa defesa piorou, mesmo com excelentes zagueiros e com o Felipe Melo jogando mais de terceiro zagueiro do que no meio campo, o que aliás tá matando o Tche Tche e o time tb…

  • Agora vem com aquele papinho de que perdemos a classificação em campinas, então pq fizeram toda aquela palhaçada de convocar torcida, de falar para acreditar até a fim.
    Que vergonha.

  • Nosso time é mal treinado sim e ponto final. Não tem variação, não tem organização, compactação. Fazem um bumba meu boi na área pra jogadores com 1,60 de altura tentar cabecear, isso quando os laterais acertam algum cruzamento. Jean hoje é banco pro Fabiano, a lateral esquerda é uma avenida independente de quem jogar e o Borja vai morrer de fome se for ter que ir lá no campo de defesa buscar bola. Dudu só sabe reclamar, nossa bola aérea é fácil de marcar e não temos quase nada de tabela e triangulação pra furar defesas fechadas. E nada me tira da cabeça que o Dudu jogando como segundo atacante junto com o Borja como centroavante e com dois meias armadores e dois volantes (leia-se 442) renderia muito mais.

    • O que mais me deixou impressionado foi a inteligência explícita do E. Batista, no segundo entrou Michel Bastos e Keno, que segundo dava boa possibilidade de chegar ao fundo, realmente isso aconteceu, porém o GÊNIO tirou Borja que tem 1,83m e colocou o William que tem 1,70m , essa substituição é caso de justa causa, é muito incapaz, tirou o Borja e colocou o William e apostou no jogo aéreo. Galliote BANANA faça alguma coisa.

  • E tem gente que tem a cara de pau de comparar o trabalho do Cuca com o trabalho desse Nelsinho Junior?

    A diferença é que o Cuca pegou um time todo ferrado e fez dele um time campeão.

    Em contrapartida…

    Nelsinho Junior pegou um time campeão e só fez merda!

    Jogar um ano fora por causa de uma posta de técnico de merda, não pode!

  • Não sei o porque dessa choradeira de pênalti! Vocês esqueceram dos dois pênaltis que o juiz não deu para ponte? que o placar poderia ser mais elástico no primeiro jogo.

    • Perdeu porque não jogou nada em Campinas e porque o técnico arma mal demais o time. Tomar nó tático do Kleina é de quebrar as duas pernas e chamar pra corrida.

  • O Eduardo conseguiu queimar em poucos meses, Vitor Hugo, Veiga, Keno, Guerra e Borja, nossa maior contratação da história, acabou com o time campeão brasileiro, e ainda quer falar o que ?! temos uma banana de presidente, para aceitar isso.

  • Eduardo Baptista falando que não é bom na parte psicológica em relação a os jogadores, ai eu te pergunto, então em qual parte ele é bom ?

  • O EB não tem capacidade de contornar uma situação criada com o Borja, pois um bom técnico tem que ter uma boa conversa com o jogador para reanimar o mesmo e não sacar de vez do time, assim o EB está cavando o seu túmulo.

  • Olha toda vez pra beira do campo e ver a cara de quem não sabe nem como chegou até ali, do EB, é triste demais.

    Um ano que tinha tudo pra ser ótimo, vai tomando um caminho trágico e sem volta.

    Qualquer treinador queria ter um elenco desses, com o monte de opções que tem o senhor Nelsinho Junior….

    Mas o grande ‘estudioso’ que nunca ganhou nada de importante, não consegue alterar um esquema tático nunca.

    Engraçado, não garante o Borja mas não tira aquela merd4 do Jean, que não consegue acertar um cruzamento….

    O elenco ja pegou birra desse cara, agora até derrubar ele, vai ser uma desgraceira ver jogo…

    • O Jean tá foda, mas ninguém nesse elenco é capaz de irritar mais que o Egídio! Não marca, não cruza, não acerta passe, o inútil não sabe correr …

      • phoda do Jean no ultimo jogo, é que ele tava livre toda hora pra receber, parece até que a ponte deixava de propósito… ‘deixa livre que faz [email protected]” … rapaz, os cruzamentos dele não passam da altura do joelho dos jogadores.

  • Eduardo não garante Borja titular.
    Galliote assegura permanência de EB.
    Só “notícia boa” na segunda feira.
    Falou galera, vou trocar os jogos do verdão por livros e aprimorar o inglês.

  • Tento encontrar motivos para acreditar na permancencia do Eduasno Baptista mas a impressão é que no primeiro jogo eliminatório da Libertadores levaremos uma sacolada e ai … foco no Brasilerão!

  • Boa parte da torcida é uma caixa de ressonância da imprensa que ao fazer isso alimenta esse circulo vicioso dos times demitirem técnicos para eles terem assunto e se sentirem os donos da verdade.
    Só ouvir com atenção e analisar, quem são os jornaleiros e as empresas de comunicação que alimentam esse assunto e querem derrubar o EB e criar crise no elenco? Algum deles ou alguma dessas empresas têm qual interesse que o Palmeiras se mantenha forte? Só pensar um pouco para não dar o menor ouvido a esses caras. VAMOS PALMEIRAS

  • O Palmeiras foi desclassificado pela Ponte (que não é um time bobo) no paulsta , e já estão condenando a Libertadores junto . Foda , hein ? Tá , e quem vai ganhar , o Botafogo ?

    • Concordo! Agora me diz o seguinte, se o Pratto encostou na bola no gol do Jo ontem, então o zagueiro da ponte tb encostou na bola e o gol do Dudu foi mal anulado! Fora os dois penaltis nao marcados e é pra reclamar sim! Temos que pensar que a virada poderia ter acontecido pois um gol no primeiro tempo ia faze-los tremer e aí todo mundo estaria eufórico, escrevendo que o Palmeiras vai ser campeão mundial e tudo mais.
      Se o Palmeiras desse a sorte de marcar nos primeiros lances…se, se, se… o futebol é assim mesmo, quem ja competiu sabe como é injusto muitas vezes, por isso repito o que disse no meu comentário anterior. Parem de entrar na onda da RGB, Fox Sports e outros lixos e vamos parar de fritar os jogadores e comissão técnica. AVANTI PALESTRA!!!

      • Também acho , a pior coisa é fritar os jogadores e a comissão técnica . O EB pode não ser o cara ideal , mas se o grupo estiver com ele , não tem que trocar . Aliás , hoje nem tem nome disponível para essa troca .
        Pra mim essa desclassificação não é o fim do mundo (duas finais de paulista intercaladas com dois jogos na Libertadores podia complicar as duas competições) e pode ser bem didática . Muitos erros ficaram escancarados e se forem corrigidos , ótimo .

        • concordo com vc e acho que esse sempre foi o pensamento dentro do grupo.. ninguém ta nem aí para o paulistão… na minha opinião, tinha é que por o time b pra jogar desde o primeiro jogo, mas pegaria mal publicamente.

          • Não se iluda cara, esse time, com esse técnico, não passa das oitavas de finais, da libertadoresnão se iluda cara, o Paulistão era o mínimo que o Eduardo deveria ter ganhado, ele jogou fora sua carreira em time grande, é questão de tempo para ser mandado embora

  • Sabe de coisas q eu sinto falta? Escanteio longo não tá dando? Bate escanteio curto com jogador do lado. Bola de lateral não chega na área? Muda forma de bater, volta o lateral. Chuveirinho não tá funcionando? Tabela na lateral . É TÃO DIFÍCIL EDUASNO BATISTA?

  • A torcida – boa parte dela – pede a substituição do treinador. Por quem? Nessa altura, pouco importa. A pior decisão é não decidir nada. O tempo que o treinador precisava pra mostrar seu potencial foi dado. Talvez sua contratação tenha sido um erro. Mandá-lo embora quando a desconfiança bateu na porta do palmeirense talvez não fosse uma decisão de bom senso. Mas nesse momento, 4 meses após treinar um elenco de estrelas, e depois de perder uma classificação pra final do Paulista para a Ponte Preta de Gilson Kleina Bob e Potker, nos parece que persistir no erro na manutenção do treinador já vai extrapolar o bom senso.

  • temo pela libertadores. está difícil acreditar q o time conseguirá manter a sorte q vem apresentando

    • nao me lembro do lance, mas mesmo que tenha havido, nao podemos reclamar de arbitragem depois de tomar um pau de 3 a 0 em campinas. eu pelo menos, tenho vergonha.

      • Para Conrado!!! Se fossem outros momentos era 6×0 e vc sabe od que eu estou falando. Esse jogo poderia ter sido diferente se o gol do Dudu nao fosse anulado, assim como o do Jo foi validado pelo motivo de que o Pratto “encostou na bola”. O juiz fez de tudo para irritar os jogadores, inverteu vários escanteios, marcou faltas bobas e na hora que uma falta mais forte foi marcada dentro da área (o penalti no Jean) ele arregou… já teríamos aí 2×0 no primeiro tempo… Vergonha é ser hexa eliminado em casa, ter que roubar em cima dos bambis pra passar, construir estadio com propina pública. Vamos parar de dar motivo pra fritarem a comissao e o elenco. O Borja mesmo que começou a fritar foi a própria torcida que vaiou na saída, depois vem falar que é culpa do EB, é culpa da turma do amendoim!!

  • Com Tchê Tche num momento ruim, talvez fosse melhor para o jogo em Montevideo, colocar F Mello como segundo volante.

  • O treineiro teve a semana inteira pra trabalhar, mas preferiu que a semana começasse na quarta-feira. Até quando continuará defendendo esse estagiário inútil, Verdazzo???

    • até quando eu achar que ele nao pode mais evoluir ou se ele perder o comando do vestiario.

      eu nao defendo treinador, defendo a manutencao de trabalho enquanto houver perspectiva, nao importa quem seja o profissional.

      sigo esta filosofia desde sempre, e nao vai ser a sua forte pressão que vai mudar isso.

      • Eu não tenho força nenhuma, mas a grande maioria enxerga que esse treinador não tem a mínima capacidade de treinar um clube da grandeza do Palmeiras, principalmente com esse elenco repleto de bons jogadores. Já se passaram 4 meses completos e até agora não existe sequer um esquema tático decente, apenas chutões, correria e abafa. Não dá mais pra evoluir e ele perdeu o vestiário faz tempo. Depois, quando for tarde, não vai adiantar cobrar mudanças.

    • veja pelo lado bom, os bambis foram eliminados em dois campeonatos em menos de uma semana, e imagina a cara do Ceni com o jogador dele resolvendo dar uma de politicamente correto no jogo anterior, e o Jô que não deveria ter jogado faz logo um gol impedido ainda

  • Copio aqui este excelente texto do Ugo Giorgetti, do Estadão:

    Construção ou desconstrução?

    Ou o Palmeiras não tem o tal grande elenco ou alguém está sacrificando os veteranos

    Quarta-feira próxima, o Palmeiras joga em Montevidéu um dos jogos da competição que parecia ser a única que lhe importava neste ano, já que antes ninguém por lá mencionava o Campeonato Paulista. O Palmeiras pode se aprontar para uma guerra. Uruguaios não mudam.
    Talvez o jogo não seja tão truncado como o do Allianz. Talvez não haja tanta violência, desleal inclusive, como no primeiro jogo. Jogo muito interrompido não será vantagem para o Peñarol. Mas será um jogo altamente físico, de contato pessoal intenso, em que os uruguaios vão tentar se valer do físico, já que sua técnica não é lá grande coisa. Espera-se, portanto, do Palmeiras, um time fisicamente preparado para o que vier.
    Dito isso, volto ao passado. O Palmeiras foi campeão brasileiro correndo muito, marcando implacavelmente, com jogadores esbanjando juventude e vitalidade. Misturados a poucos veteranos necessários, o time tinha Gabriel Jesus, Tchê Tchê, Róger Guedes, Moisés, Vitor Hugo, Dudu, correndo 90 minutos. Esse time foi campeão brasileiro com folga. Na minha opinião, bastava, para continuar sua trajetória vitoriosa, substituir Gabriel Jesus e contratar um ou outro bom jogador para eventualidades, como a contusão de Moisés. Não foi isso que o Palmeiras fez.
    Na verdade trocou um time jovem por um time de veteranos. Já havia Prass com quase 40 anos, Dracena com 35, Zé Roberto com 42. Vieram Felipe Melo com 33, Michel Bastos com 33, Guerra com 31 (aparência de 35). Para talvez contrabalançar chegaram Borja com 23, Rafael Veiga com 21, Keno com 27, Hioran com 23 e Vitinho 19. Conservaram ainda o reserva Alecsandro com 36 e Rafael Marques com 33.
    O problema é que nenhum jovem é muito aproveitado. Quem joga são os veteranos. Edu Dracena, que no ano passado foi reserva privilegiado, muito útil, mas jogando pontualmente, passou a jogar todas – às quartas e domingos. Zé Roberto que se revezava um pouco com Egídio, milagrosamente rejuvenesceu este ano, pois joga quarta e domingo. Guedes, por outro lado, que quando entra decide a partida, não entra. Rafael Veiga, habilidoso meia que fez até alguns gols, não entra mais, Hioran nem se ouve falar. Jogam incansavelmente, sem ironia, os veteranos.
    Então, a questão é: ou o Palmeiras não tem o tal grande elenco ou alguém está sacrificando deliberadamente jogadores veteranos, fazendo-os jogar além de suas forças em partidas, aliás, não tão importantes. Qual a razão do sacrifício? Quem está mandando no Palmeiras hoje? Por que um time campeão precisa ser modificado (ia escrever destruído) dessa maneira? Não bastava conservar o time de Cuca e trazer algum bom centroavante, como Lucas Pratto, que esteve à disposição até o São Paulo ter a inteligência de contratá-lo?
    O time foi “reforçado” como se tivesse se colocado num oitavo, nono lugar no Brasileiro. Essas atitudes parecem incompreensíveis, mas não são. São pensadas e refletidas. Uma razão importante é achar que a Libertadores se ganha com jogadores “cascudos”. Vou me poupar, em respeito à inteligência dos leitores, de dar exemplo de jogador “cascudo”.
    Outra razão, muito mais provável, é a disputa por espaço e atenção nas diversas mídias e meios de comunicação. Isso só se ganha fazendo uma contratação por dia, cada dia mais espetacular, um evento por hora, uma “notícia” por minuto. Não importa muito se necessário, mas tem que ser novidade.
    Isso a diretoria, ou quem dirige o Palmeiras, cumpriu muito bem. Atordoados, os torcedores veem chegar novidades às pencas. E retribuem enchendo o estádio, talvez porque o estádio também é novidade. E, por fim, se o time ganhar, melhor ainda, mas isso talvez não seja mais indispensável.

  • Talvez nosso principal problema seja o posicionamento e o desempenho de certas funções por determinados jogadores. Concordo com a análise de um companheiro aí embaixo, q mostrou q Borja e Guerra, por exemplo, estão jogando fora de suas características. O Borja é atacante de explosão, pra receber bola no mano a mano com os zagueiros e o Guerra é aquele meia de muita movimentação e passes rápidos, q precisa de alguém pra dialogar com ele. Se botar os dois pra fazerem outras funções, o rendimento vai cair. Mesma coisa o Tchê2, q ano passado se destacou como segundo volante pela direita, trocando de posição com o Jean diversas vezes.

  • O título foi perdido no jogo em Campinas. Ninguém jogou porra nenhuma e agora falam que o treinador é o responsável. Para mim perdemos para nós mesmos. Muita soberba.
    Estamos longe de ser um time imbatível. Menos mal porque para aprendermos isso, nos custou apenas o campeonato paulista.

    • Penso exatamente assim . Desde aquele jogo no Itaquerão , o Palmeiras só perdeu duas vezes , ambas para a Ponte , uma delas num jogo que não valia nada . Em dois meses , o único jogo importante que o Palmeiras perdeu deveu-se , entre outras coisas , a tomar dois gols-relâmpago , de um time que de bobo não tem nada . Não vejo a situação tão ruim assim .

      Depois do jogo contra o Peñarol , em todos os foruns de torcedores eu lia que apesar da luta e do gol que fez , o Fabiano não era lateral pro Palmeiras (um “lixo” , como os babacas da torcida adoram dizer) , e depois dos 3×0 de Campinas li muito também que não dava mais para o Zé Roberto – e que mesmo não sendo um grande jogador , já era hora de dar uma chance para o Egidio . Aí ambos entraram e foram mal , e todo mundo esconde as opiniões da semana passada para criticar o Eduardo .

      O comportamento do time em campo nos primeiros minutos do jogo de Campinas merece tanta culpa quanto os erros do Eduardo Batista . Se o grupo ainda estiver com ele , ele tem que permanecer . Nem consigo imaginar quem seria uma opção para o lugar dele .

  • O fato é que outros desastres virão e EB só será demitido depois que a vaca for pro brejo de vez. Uma pena um ano tão promissor ser rapidamente jogado fora ! Os rivais enfraquecidos comemoram !Triste isso gente !

  • De certa forma eu fico com um pouco de dó do Eduardo Baptista.

    O cara pegou o maior desafio da carreira dessa forma, um time onde é obrigação dele ser campeão. Ele sempre soube que qualquer coisa que não fosse a final de cada campeonato que disputar, seria um fracasso gigante. Ele tem na mão dele uma oportunidade única, mas também é uma oportunidade que pode destruir a carreira dele… Pense, ser lembrado como o cara que teve o maior elenco da América na mão, e não ganhar nada! Quem vai querer contratar um cara desses? Só algum time sem qualquer aspiração. Mas ao mesmo tempo, se ganhar uns 2 campeonatos no ano, entra pra Elite dos técnicos do país….

    A pressão é gigantesca em cima de um cara totalmente sem bagagem… Complicado!

    • Perdemos*
      É oq mais indigna, de certa forma quem perdeu foi a gente, quando Eduardo Banana sair, quem vai ser lembrado da derrota é o Palmeiras, e não esse imbecil!!!! Raiva demais

  • O Palmeiras custou a ganhar da Ponte com um gol de sorte, mesmo o time de campinas ficando quase o tempo todo apenas se defendendo. Esse é o time de EB. Sem criatividade e sem velocidade. O que esse cara fez na carreira e nos 4 meses a frente do Palmeiras pra merecer confiança do torcedor? Sinceramente não vejo um bom futuro com ele.

    Passaremos da fase de grupos da libertadores porque o grupo é fraco, mas acho que jogando assim, cai nas oitavas tanto da libertadores quanto da copa do Brasil. Aí fica fácil mandar o técnico embora. Coragem da diretoria seria adimitir agora que erraram em contratá-lo e pegar alguém melhor.

  • Por que o Cuca nao quis continuar no Palmeiras? Tem coisa estranha nessa historia. Nao querer continuar num time campeao e tao estranho quanto as delaçoes da Odebrecht

  • Eu já defendi o Eduardo quando queriam crucifica-lo sem ele ter tido tempo hábil pra mostrar serviço. Mas o cara já está há 4 meses e o time não mostra evolução. Pelo contrário, parece que se desorganiza cada vez mais e tem sofrido pra ganhar de times medíocres. Mesmo não tendo opções no mercado, o Alexandre Mattos já deve estar mexendo seus pauzinhos para encontrar uma solução. Muito investimento foi feito pra ele pecar pela omissão.

  • Novamente foi ao estadio para assistir uma falta tremenda de criatividade e de inteligência estratégica por parte de nosso comando técnico. uma VERGONHA uma equipe com essa do Palmeiras não conseguir fazer 1 gol trabalhado nesse time da Ponte, claro que no primeiro tempo tivemos chances, e falta de sorte, e juiz safado e bla bla. Mas pelo amor de Deus, segundo tempo inteiro na base do chuveirinho?? q nojo! Com uma equipe daquela e nao tem jogada, treinada a semana inteira bola parada e nao se faz nada?? Meus desculpe quem gosta, mas EB nao serve para técnico do Palmeiras. entrou mal, mexeu mal, nao montou o time certo, nao foi efetivo no treinamento de simplesmente NADA. Ele tem que agradecer a chance de ter treinado um time desse porte e pedir as contas. Ou será que o Palmeiras vai deixar pra demitir quando estiver as beiras de perder a Libertadores?
    O cara me tira o Borja, unico tentando fazer uma tabela e desesperado pra 1.. 1… 1 mísera bola chegar nele com qualidade, não adianta ter NOVE NOVE se a bola não chega.
    E outra coisa que me deu raiva da vida eterna, segundo tempo Palmeiras precisando de gols e a torcida calado, cornetando técnico, Guedes…. vergonha! mas quando sai gol comemora. triste. isso eh reflexo da péssima apresentacao da equipe especialmente no segundo tempo, mas não justifica.

  • O q me preocupa é q o time não tem jogado mal. Ontem, no primeiro tempo, apresentou alternativas, criou chances, mas… O problema é o mas… Não acho q esteja tudo errado, mas não consigo sentir firmeza no time. Não é um time q passe segurança, daqueles q a torcida confia pq sente q o time sabe o q fazer. Não consegui identificar ainda a causa disso. Não sei se é o posicionamento errado de alguns jogadores, q acabam não sendo usados nas funções q sabem desempenhar melhor. Não sei, confesso q ainda não tenho clareza no problema, mas q não me sinto confiante, isso é fato.

  • Time da Ponte fez o que sabe fazer , marcar forte e parar o jogo toda hora. Jogou dentro de suas tradições, como um time pequeno, minusculo e sem valor algum.
    Pênalti claro no Jean.
    Palmeiras jogou com intensidade mas abusou dos cruzamentos e o Borja muito fora da área.
    Vida que segue e esse timeco da Ponte vai perder mais uma vez para os gambás. Vai entregar porque só correm contra nós.
    Vamos Palmeiras , foco agora na Libertadores
    Felipe Melo jogou muito, mais uma vez. Dudu muito nervoso. Guerra e Borja tem mais futebol para mostrar e estão em processo de adaptação e entrosamento com Dudu e demais jogadores do elenco.
    Palmeiras tem muito a evoluir e vai evoluir.

  • O Palmeiras caso o Cuca nao queira vir, iria atras do Abel Braga. No futebol brasileiro, treinador estudioso como Eduardo Baptista e Roger Machado nao tem espaço.O que ganha no Brasil é treinador churrasqueiro e nisso o Abel Braga é muito bom!!!

  • Pelo time que tem era para estar massacrando todo mundo. Coisa de treinador. Fosse esse elenco na mão de outro aí era ganhar tudo.

  • Só vejo corneteiro falando mal do Borja e do Guerra…do Dudu que estava completamente descontrolado ninguém fala. O Dudu é o cara pra encostar no Borja e fazer as jogadas e não deixar ele sozinho. Também acho que o Keno tem lugar nesse time, dentre muitos outros. No mais sigo na torcida. Ficar falando do EB, do Borja, do Guerra ou do Jen não vai adiantar nada.

  • Pena que deixamos de ganhar um titulo que estava facil, agora o EB tem que dar um jeito de fazer esse meio campo ser mais criativo, pois com o TTche não estando bem, sobrecarrega muito as laterais, e os atacantes tbem não rendem, que sirva de liçao pra libertadores

    • A função que o Felipe Melo faz está matando o Tche Tche e o time, pois o meio campo praticamente joga com um a menos

  • a chance de uma virada ou de levar o jogo pros pênaltis era ir pro intervalo vencendo o jogo, nem que fosse por 1×0, mas com 0x0 no placar quebro as pernas

  • Temos o melhor elenco, mas qual jogador está conseguindo se destacar? Nenhum ou quase nenhum, então o esquema não está certo. Ontem o domínio foi enganoso, passamos o jogo inteiro cruzando na área. O EB passou a semana treinando para entrar com essa estratégia?

  • Conrado, eu não vou nem cair na vala comum de cricificar o EB, mas me pergunto se não há diálogo entre comissao Tecnica, diretoria e o tal departamento de análise do Palmeiras. Qualquer um sabia que o jogo seria assim, que a ponte iria jogar no nosso erro. Isso é mais que clichê. O que me incomoda é tentar imaginar como as coisas se desenrolam dentro da comissão técnica. Será que ninguém ali sabia que o enredo do jogo seria aquele? Ou Eduardo Batista bateu no peito e bancou o time titular contra tudo e contra todos?

  • NÃO FOI PÊNALTI! Reparem no corte da trajetória da bola no bote do jogador da Ponte, perdemos em Campinas a classificação.

    • Pensando por esse lado até que tem uma brecha mesmo. No jogo contra o Penarol Mattos pediu que a torcida tivesse paciência com o Fabiano pois tinha contrsto longo com o palmeiras e custou caro ao clube, tínhamos que valoriza-lo. Ele poderia seguir essa linha devido a crítica pública que fez o EB ao Borja. Mas volto a dizer, não tem nome no mercado. E técnico estrangeiro não dar muito certo por aqui.

        • Uma opção interessante, embora acho difícil, pois o caso ‘Gareca’ deixou a diretoria traumatizada com estrangeiros no comando.

          De repente o Bauza, por já ter experiencia no futebol brasileiro, e ter tido um desempenho bastante razoável, com um elenco bem ruinzinho possa ter mais chances…

  • Preocupa-me demais que a história do pai se repita com o filho. O pai de EB, em 1992, afastou quatro jogadores do time, que quase foram negociados. Entre eles ninguém menos do que Evair. Graças aos deuses do futebol ele caiu antes de mais uma burrada do nivel neto por ribamar. Ontem EB caiu na pilha da imprensinha com relação ao Borja. Sim, ele está devendo, mas vem de um futebol diferente, já mostrou que sabe o que faz com a bola, e o esquema de jogo não o tem ajudado. Não acho que EB tenha mais a oferecer. Encostou Rafael Marques, não utiliza meias jovens como opção. De que adianta ter elenco, se o técnico wue temos não sabe usá-lo? Conrado, ha como fazer uma estatística comparativa de como o Cuca sabia girar o elenco e EB não?

    • Está queimando jogadores com substituições e com declarações infelizes após os jogos…
      Já queimou Borja, V. Hugo, e está matando o futebol do Tchê². Sem falar que não utiliza o Veiga e o Hyoran, dois bons meias do nosso elenco.

  • Vejo uma galera falando da forma que o time está mal treinado. Fui pesquisar algumas movimentações Do Borja no atlético nacional as jogadas que chegavam até ele sempre eram em profundidade, com ele se infiltrando entre os zagueiros, salve engano ele fez dois gols assim pelo palmeiras, lutando com os zagueiros. Quando ele e Guerra chegaram o EB deixou claro que sabia a melhor forma de colocar os dois em campo e de o time jogar sendo ditado através deles. Foi pura teoria pois Borja está perdidão no esquema, Guerra apesar de estar fazendo jogos razoáveis também não consegue dar os passes rápidos que conseguia no atlético muito por conta do posicionamento dos seus companheiros. Apesar disso tudo Borja teve algumas chances, nas quais se tivesse convertida em gol tudo isso estaria maquiado. Enfim… EB me parece a cópia do Marcelo Oliveira, não tinha variação, não sabia pilhar o jogador e perdeu o vestiário, o EB não vai cair se classificar na liberta. Não acho que seria o momento de mudar o treinador devido a falta de opção que tem no mercado. Acho muito difícil o time na mão dele render mais do que já vimos.

    • Pra mim seu argumento estaria totalmente dentro da lógica,…
      até a entrevista ridícula do Eduardo ontem. Depois dessa a montanha a escalar passou a ser de um Corcovado pra um Everest, acho que ele se meteu numa sinuca de bico que duvido muito consiga sair.

    • Concordo com tudo, até a parte de q o EB parece o MO. Não mesmo. O EB saca muito mais de tática e estratégia do q o MO, o primeiro tempo ontem mostrou isso, o time mostrou variações. Mas q tá faltando alguma coisa, não há dúvida. Talvez seja isso q vc apontou, o fato dos jogadores estarem sendo utilizados em funções diferentes das quais eles sabem fazer melhor.

      • Estratégia???
        De tática pode até ser, de estratégia, de saber aproveitar os momentos do jogo, matar o adversário, aí passa beeeeeem longe.
        É um dos pontos mais falho dessa equipe que nunca pensa o jogo, nunca joga com inteligência, não sabe a hora de acelerar e a hora de cadenciar; tática é uma coisa, disso ele entende, estratégia é outra, nisso ele é tão juvenil que chega a dar pena.

        • Não concordo. Ontem, no primeiro tempo, achei q o time entrou bem armado taticamente (FM como terceiro zagueiro pela esquerda, Tchê2 ficando na segunda bola, RG aberto pela ponta etc.) e estrategicamente (jogar com a bola no chão, pelas pontas, com liberdade total para os laterias avançarem etc;), mas falta alguma coisa para esse time.

          • um pequeno momento de acerto estratégico em 20 e poucos jogos, que se resumiu apenas à parte do 1o tempo, depois não houve mudança, não houve fator novo, não houve surpresa…, a Ponte se ajustou e anulou, isso é estratégia, é saber anular o adversário, aproveitar os diferentes momentos da partida, é saber envolver e surpreender, é quando o adversário estar esperando algo, você surgir com algo diferente… a estratégia de inicio foi até acertada, mas depois ficou nisso pro resto do jogo e facilitou a Ponte cozinhar o jogo.

            Tudo bem se você pinçar acha um ou outro momento estratégico acertado; agora se sair procurando os comentários de todos os pós-jogos vai ver uma alarmante enxurrada de que: “Faltou inteligência”, “O time não soube pensar o jogo”, “o time não conseguiu se adaptar a mudança de postura do adversário”…

    • Gostaria muito de saber se alguém da diretoria de futebol já cogitou essa possibilidade. Será que o Conrado já ouviu falar de algo?

  • Esse time do Palmeiras é muito mal treinado. O Palmeiras tem muito mais time que a Ponte, podia ter ganhado. Dizer que foi um jogo errado, uma tarde mal encaixada é minimizar os fatos. EB é muito fraco. Faltou mais treino, jogada ensaiada, um cobrador de falta. Falta muita coisa nesse time. Espero que corrijam logo esses problemas pq ser eliminado na Paulista é uma coisa, agora na Libertadores é outra.
    Avanti Verdão. Libertadores 2017 é nosso.

  • Com o elenco que montamos, não ter rodado o elenco após o jogo contra o Penarol foi crucial! Bota na conta do EB essa eliminação! Que sirva de lição e vamos Palmeiras!

  • Bom ,concordo , o EB podia ter tirado o Jean e posto o Bigode , tirar o Borja nao era o correto , nao q ele estivesse jogando muito , mas ficamos sem homem de area..
    Q sirva de licao para os mata matas q estao por vir…mas o EB ta foda de aguentar….

  • Concordo plenamente q EB eh um erro. Não gosto do esquema, não tem gana, time não vibra com ele, enfim… não tem cara de campeão.
    Entretanto, digamos q fosse mandado pra rua hj…. quem viria?
    Cuca já sabemos q não vem, pelo contrário, saiu pq quis….
    Não vejo muitas opções no mercado…

    • Mano, depois do jogo postei que era hora de reavaliar o trabalho dele e as opções do mercado, pois se ele continuar a mostrar a falta de condições que vem mostrando precisa trocar, mesmo sem uma boa opção.

      Ai logo depois ele me dá uma entrevista lastimável e juvenil, queimando um dos principais jogadores do elenco, principal investimento da diretoria, um jovem que está precisando de confiança pra se encontrar após mudança brusca…

      Pra mim foi a mesma coisa que gritar: “Tô perdidão, não sei o que fazer e daqui pra frente a coisa só vai piorar…”

      • Ele nao tem capacidade de gerir um time desse, deu sorte do time se muito bom pra estar vivo ate agora…mas não eh suficiente. Borja querendo jogar, consciente do que fazer em jogo tentando a triangulação, bola não chega nele e quem ele tira???? Conrado vai me banir do site, por falar do protegido dele assim…(ahuahauahau)

        • a primeira opção é o Cuca, tem q ir atrás. Um cara q tá mostrando serviço é o Abel. Pegou um elenco 1/2 boca no Fluminense e está fazendo a diferença

    • Venho falando isso a todo momento. Simplesmente não tem opção compatível com o elenco do palmeiras. O Cuca podem esquecer, para o palmeiras ele não volta, tenho absoluta certeza disso.

      • O Cuca volta sim. Ele mora aqui em Curitiba. No ano passado fui levar meu filho assistir Palmeiras x Coritiba, por sorte retornamos no mesmo avião que o Cuca e ele conversou com a gente. Ele é gente fina e palmeirense, mas estava com problema na família. Ele já teve o tempo que precisava…

  • resumindo friamente, com este elenco não era nem para estar sofrendo, muito menos para ser eliminado de um paulista, que pra gente tb era prioridade, não ganhamos a 9 anos. Este ano está uma baba para ser campeão

    vamos perder 1 ano por causa deste tecnico de segunda linha

    Mauricio Galiote, abre o olho e acorda enquanto é tempo

  • Observando a história do Palmeiras, não me recordo de um único treinador novato que deu certo no Palmeiras, nem com elenco forte. Talvez alguns citem o Luxa em 93, mas esse já tinha mais de 10 anos de carreira de treinador, e já havia conquistado títulos, e quando chegou, pegou um batalhão de craques.
    O Eduardo Baptista parece ser um cara que futuramente pode ter sucesso, mas vejo isso improvável agora no Palmeiras. Estamos praticamente no mês de Maio, metade do ano já, e o melhor plantel do continente joga um futebol bem displicente.
    A torcida mais fanática do Brasil apoiando até o fim, Arena totalmente lotada, o Palmeiras precisando de três gols, e consegue fazer 1 gol apenas (de bunda) no final do jogo. Isso jogando contra a Ponte.
    E outra, o treinador está começando a entrar na pilha da mídia gambá e aos poucos fritando o Borja. Vamos com calma aí Eduardo.

      • Sim, o Nelsinho não teve uma passagem boa pelo Verdão, e por coincidência, foi o ultimo ou um dos últimos treinadores da fila de 16 anos. Teve time bom, mas não conseguiu títulos no Palmeiras, e queimou o centroavante da época, o Evair… Por enquanto, bastante semelhança com o EB. Espero que o EB mude essa até então provável semelhança.

  • Sinceramente não dá para entender o amor do EB pelo R.Guedes, pois já ficou provado que o Guedes só joga bem quando entra na partida no segundo tempo de acordo com a necessidade.Ontem jamais deveria ter sido escalado no início do jogo, o certo seria ter entrado com o M Bastos no seu lugar pois assim teríamos muito mais domínio de bola no ataque coisa que o Bastos realiza com maestria e a chance de vitória seria muito maior.

    • Concordo. Deve ser empresário. Jogador jovem com potencial de venda. Keno quando entra geralmente vai sempre melhor que o Guedes, mas não é mais novo e não deve ter mercado fora.

      outra coisa inexplicável é o não aproveitamento do Veiga. Ele deve treinar muito mal…

      • A maior parte dos direito econômicos do Guedes não pertence ao Palmeiras, portanto essa de revenda não tem muita lógica.

  • Uma pena, campeonato na mão!
    No primeiro jogo a Ponte entrou tremendo, era só administrar o jogo e deixar os caras correrem; Dois gols em cinco minutos deu moral e tranquilidade!
    QUE SIRVA DE LIÇÃO, AVANTI !

  • Ja decretou Einstein: não existe nada mais insano que esperar resultados diferentes, fazendo sempre a mesma coisa!…

    Durante a semana varios cantaram a bola aqui.. inclusive eu… Quer ganhar algo “perdido”… INOVAÇÃO…

    Continua ai de 4-1-4-1… Manjado e mal armado.. pior: pra enfrentar seu ex-clube…
    Na boa.. é passividade demais!

    Roger Guedes, tendo um cara mais técnico no banco (Keno)… Um medo indescritível de fazer a substituição de alguns (Dudu) que tinham que sair! Fora do ritmo e pegada da partida… E uma.vontade gratuita de queimar outros (Borja)…

    Sem caça as bruxas… Mas quem devia tomar comida de rabo era esse treinador…

    Obvio que o treinador tem que ter suas “convicções”, mas quando isso beira a teimosia e burrice… Nao da…

    E infelizmente ele vai perder a mao do elenco (so aqui citei um caso de teimosia /esquema de jogo/, de burrice guedes/keno, de favorecimento /dudu/, e de desfavorecimento /Borja/) que vestiário resiste a isso?… Comando fraco!

    1 semana inteira, pra apresentar nenhuma variação tática plausível… Parece um morto naquela lateral do campo.. macho beta… Passivo…

    E tinha dito 3-4-3 com time veloz e inteligente… Os jogadores mais técnicos da equipe…

    Mas ele prefere essa porcaria que so vai queimar o Borja… Se perder quarta… Cai fácil… Duro que fizeram a pior escolha e agora nao tem muito quem trazer… Eu traria um.da Europa.. arriscar por arriscar.. que nao seja em um.covarde

    • Ele teve variação tática: recuou o Felipe Melo pra linha de zaga e liberou os laterais. Foi uma alternativa interessante pra iniciar o jogo. Falta, na minha visão, a leitura e a mão pra alterar o esquema durante a partida, conforme a necessidade.

      • E nao dava pra fazer isso optando por 3 zagueiros.. Felipe Melo fazendo o meia defensivo e lançamentos e deixando o time mais equilibrado? Sem virar aquela peladona de churrasco que virou?.. tomando contra ataque de 4 contra 2 .. 1×1… atacante contra goleiro… e so nao saiu gol adversário pois a ponte.. é só a ponte com suas limitações técnicas…

        Convicção não é burrice… E nao esqueçam.. perdemos a classificação em.campinas!

        Quando mais uma vez Eduardo errou tudo oq pensou… Da pilha do time às substituições feitas

    • Queimar Borja? O cara nao disse a que veio e nao acerta um passe ha tempos, sem contar os gols perdidos.
      As desculpas de que a bola nao chega, e o medo de criticar o cara eram os mesmos com o Barrios quando este chegou. O tempo provou que ele é fraco, e infelizmente vai provar o mesmo com o Borja.
      Ta jogando mal, tem que sair. E se o treinador fosse o Cuca esse ja estava no banco.
      EB merece todas as criticas, mas o Borja tb ate agora so enganou

      • O Dudu quando chegou, enquanto era treinado pelo Oswaldinho também não acertava quase nada, matava quase todos os ataques, vivia destemperado e perdido em campo tentando resolver tudo sozinho!!

        Ai veio o Marcelo Oliveira e ele começou a acalmar e dar confiança pro Dudu, que foi evoluindo até ser o jogador decisivo pra conquista da Copa do Brasil!!

        Comparar um jovem de extremo potencial com um jogador em fase decadente de carreira, que não conseguiu reunir condições físicas de desempenhar tecnicamente o suficiente é sacanagem.

    • Resumindo, o setor estava protegido com o Fabiano, mas as criticas da turma do amendoim fizeram o EB voltar com o Jean sem ritmo.
      Quem tem que criticar a torcida ao critica (Messi e CR7 do Altetico Nacional)

  • Time do Palmeiras tem qualidade individual e consegue arrancar as vitórias quando joga com entrega e intensidade, como fez hoje. É o bastante para ser campeão? Não. Falta repertório, jogada ensaiada, organização, padrão de jogo. Hoje, mais uma vez, achamos um gol na base do bumba meu boi. Cansamos de ver chuveirinhos na área sem qualquer efetividade. Desse jeito fica difícil.
    Eduardo Baptista, sinto muito, mas não tem casca grossa o suficiente para a tarefa. Os treinadores ganham experiência com o tempo. O Kleina de hoje é melhor do que o Kleina do Palmeiras, assim como o Caio Jr. da Chape estava mais maduro do que o Caio Jr. do Palmeiras. Mesmo o Tite no Palmeiras estava cru, amadureceu quando chegou ao rival. Talvez o EB evolua, mas não é da noite pro dia.
    Vejamos o caso do Borja. Eduardo tem que minimizar a bronca do cara e tratar internamente, em vez de queimar o cara na coletiva. Compara com o que o Cuca fez com o Allione depois da expulsão que custou a Copa do Brasil: deu moral pro jogador, o bancou titular dois jogos seguidos.
    Não é pra cornetar e sei que também não tem nenhuma opção óbvia no mercado (a menos que o Cuca mudasse de ideia), mas me preocupa a sequência da temporada. Ser eliminado numa semi é plenamente aceitável, o problema são as limitações e as deficiências do trabalho.

  • Assisti a entrevista do Treineiro. Cavou a sepultura. Jogador tem que ficar bravo de sair sim. Cabe ao técnico saber contornar a situação, chamar para conversar, dar comida de rabo isolado, colocar no cantinho de castigo, mas acima de tudo, encaixar o craque no time e tirar dele o melhor. Não me parece que isto vem sendo feito.
    A substituição do Borja contra o Penarol após a perda do Pênalti foi péssima e covarde e eu disse isto aqui.
    Bom, o que se temia no início do ano, começa a se concretizar, perda de comando e vestiário.
    Há 25 anos, ocorreu uma história semelhante entre um Batista e um centroavante. Prevaleceu o centroavante que veio a ser um dos maiores da nossa história.
    Nesta briga, estarei com o centroavante sempre !!!!!

  • Não entendo até hoje a saída do Keno desse time! Não que seja um primor, mas sempre que jogou de titular foi um dos melhores em campo, hoje era jogo pra ele desde o início!
    Eduardo é bom, mas erra muito e eh bonzinho demais com jogador!
    A sombra do Cuca está ficando cada vez maior pro lado dele….
    Avanti Palestra

    • Eu entendo: pressão pra colocar o “melhor jogador da Libertadores”. Esse Guerra nao é tudo isso. O meio ofensivo tem que ser Michel, Dudu e Keno.

  • Eu só quero saber quantas eliminações precisaremos passar, para entendermos, que o EB, simplesmente não dá.

    E vamos ser sinceros, ele era a quarta opção da direção, atrás da 1- Renovação do Cuca 2- Roger 3-Mano.

    Quarta opção! E tem gente que o defende como se a diretoria tivesse o escolhido com propriedade. O cara é um estepe!

    Vamos manter e defender um estepe pra que mesmo? Primeiro campeonato perdido: Check.

  • Venho aqui pra fazer A PERGUNTA: Se perdeu pro Kleina, vai ganhar de quem? Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Achei o Mina o melhor em campo. Muita precisao para sair jogando e armar o time. Fará muita falta quando for para o Barcelona. Felipe Melo foi muito bem também. O esquema 3-5-2, foi uma boa idéia. De certa forma funcionou bem. A se lamentar as má fases de Tche Tche e Borja.

    Quanto ao trabalho do Eduardo Batista, sou favorável à sua continuidade…

    • Concordo com praticamente tudo ! Só estou em duvida quanto a permanência do “professor” ! ? É muita cobra criada p/ser administrada !! Falta experiencia!!

  • Não querendo entrar na onda de quem quer a cabeça do Eduardo, mas sejamos sinceros: se por acaso o Palmeiras não ganhar a Libertadores, alguém dúvida do destino dele? Ou então, pegar uma sequência de 6 jogos negativos no Brasileirão, alguém acha que será mantido no cargo?
    Fomos pegos de surpresa com a saída do Cuca, mas a verdade é que foi um erro trazer o Eduardo. Não tem uma história que poderia criar uma ligação com o Palmeiras, não tem uma filosofia que se identifique com a nossa e muito menos a experiência.

    • Não acho que ele dure até o fim do ano caso o time comece a jogar mal, mas também não acho que vamos dar outra Parmerada como contra a Ponte…
      Mas cara, pra ser sincero, eu criticava o cara desde o começo, mas quem melhor que ele iria assumir o Palmeiras ? Na minha visão todos os técnicos brasileiros estão no mesmo nível, Tite se sobressai, mas está na seleção, Cuca é bom, mas tbm levou umas pedradas no começo e já avisou que não vai treinar o Palmeiras, acho que podemos seguir o exemplo do nosso rival e dar um voto de confiança mesmo depois da eliminação.. só pra citar a história, vale conferir a história de Sir Alex Ferguson no Manchester United

  • O Borja é bom centroavante. Já mostrou isso no Atlético Nacional e nos primeiros jogos aqui. Está lhe faltando um pouco de confiança e está confiança deve ser passada principalmente pelo treinador. Se o centroavante entra em campo pressionado a lutar contra o relógio para fazer um gol, caso contrário será substituído, isso cria uma ansiedade que não ajuda em nada.
    Estive vendo que em 11 jogos, ele jogou 90 minutos em apenas 02 jogos.

    Achei a abordagem do EB na coletiva hoje totalmente infeliz. Frisar que o cara foi contratado a PESO DE OURO e não está fazendo gols foi totalmente desnecessário. Isso é querer jogar o jogador contra a torcida.
    A substituição foi errada, afinal estávamos precisando de gols e ele tira a referência da área e coloca um atacante de 1,70m de altura?

    A Diretoria deu o Melhor Jogador das Américas para o EB e ele está queimando o cara. Não que ele não deva ser substituído, mas TODO JOGO?
    Acho que o EB deveria se preocupar mais com as nossas laterais que são péssimas de marcação e não cruzam uma bola digna para a área. Digo, bola digna, um cruzamento firme vindo da linha de fundo e não estas “piambadas” que sobem 1 km e facilitam para o zagueiro.

    • Melhor jogador das Américas não foi o Guerra ?
      Acho que o Borja deve ser cobrado sim, ele não foi barato e não vem jogando bem, nunca vi nenhum destaque nele além dos gols contra o São Paulo… eu no lugar do EB nem teria escalado o cara como titular hoje.

      • Só os gols contra o SPFW???
        O Borja fez 39 gols em 50 jogos em 2016.
        Foi eleito o melhor jogador das Américas. O guerra foi da Libertadores.
        É titular da seleção colombiana.

      • Se fossem tudo isso estariam sendo disputados na Europa (Mina por exemplo que sofre um assedio do caralho).
        Jogaram bem ano passado, mas nao foi aqui. Aqui estao devendo e muito ainda mais pela banca de craques quando chegaram.
        Barrios chegou com pinta de craque e provou ser fraco, vao dizer que o Cuca quem queimou ele tb?

        • Mustofa é você querendo queimar as boas contratações??
          “Não valem tudo isso” “blablabla” “mimimi”

          Todos os times da América sonhando com os caras, e vários da Europa monitorando a situação deles, China querendo despejar um caminhão de dinheiro pra levar o Borja…

          Ambos embora ainda precisem evoluir muito já demonstraram potencial mais do que o suficiente pra justificar o investimento.
          Com tempo, confiança e um bom esquema vão longe!!!

          • Tem torcedor que merece mesmo é Guina, Bizú, Adriano Chuva, Sérgio Gioino, Derlis Florentin, Ortigoza, Munõs, Henrique Ceifador… enfim.

          • É isso mesmo . Se a gente comparar os comentários do jogo contra o Novorizontino , há duas semanas , e o de hoje , impossível achar que se fala do mesmo time .

    • Vou citar tentar sintetizar com um exemplo. Quando o Love chegou nos gambás em 2015 também estava com dificuldades de fazer gols. Como o Tite sabia que o cara tinha potencial, começou a tirar o peso do jogador dizendo que independentemente de não estar marcando gols, ele era importante no esquema e estava ajudando.
      Depois de alguns jogos, o Love ganhou confiança e começou a fazer 1 gol atrás do outro.
      O que o EB fez ontem na coletiva não foi nada inteligente. Expor o jogador dizendo que este foi comprado a peso de ouro e não faz gols?
      Está jogando a torcida contra o cara covardemente, tirando a moral de um jogador de 24 anos…
      Centroavante é 90% confiança. Se tem que cobrar… cobra internamente, não em rede nacional.

    • time está jogando errado, fritando o Borja.

      a maioria parece não enxergar, mas o EB criou uma função para o Felipe Melo jogar junto com a zaga, mas assim nós perdemos um jogador no meio de campo, está matando o Tche Tche. Já fazem vários jogos que está assim.

      futebol é simples, e o simples era dar continuidade no esquema vitorioso do Cuca.

      EB teve a chance dele, e teve apoio da torcida. Lembra os times dos Oliveiras, terminava o jogo, os jogadores estavam mortos e os resultados não vinham. Está jogando errado

  • Pro próximo jogo, eu iria com Prass; Fabiano, Mina, Vitor Hugo e Zé; Felipe Melo e Jean; Michel, Guerra e Róger Guedes; Borja.

    • eu iria com Prass; Fabiano, Mina, Vitor Hugo e Zé; Felipe Melo, Michell e Guerra; Róger Guedes, Keno e Willian.

  • Já deu pra todo mundo perceber que o Eduasno Batista não serve! Se alguém ainda apoia esse verme, certamente não é palmerense!!!

  • Tche Tche na lateral e Veiga no meio , poderia funcionar também …acho que hoje seria o jogo da diversidade , fazer a diferença , precisava de três gols ..tinha que ir para cima com força total..tanto faz tomar contra ataques ou não…era tudo ou nada

  • Temos que superar esta eliminação agora , e obvio , os jogadores devem superar totalmente , mas e fato que todos os jogos agora são decisivos e se perder um complica demais …considerei interessante o comentário do marquinho …o Vitor Hugo seria uma ótima opção hoje , já que realizamos a fantástica soma de 60 cruzamentos na área ,….

  • Bicho,

    Ao longo da semana eu, assim como praticamente todos vocês, “escalei” o Palmeiras em diversos esquemas para furar o bloqueio previsível da Ponte.

    Pensei num 3-5-2 com força aérea no talo, Mina de líbero e Tchê Tchê na ala direita. Desenhei um 4-3-3 com Keno e Guedes abertos. Um 4-4-2 com Rafa Marques de segundo centroavante. Cogitei até um 4-5-1 com Michel e Veiga titulares para usarmos melhor as mais que prováveis bolas paradas e chutes de longa distância.

    Ao ver tanto a escalação previsível, quanto falta de repertório do time (jogadas ensaiadas pra quê?) e aquela intensidade insana minimamente dosada, bateu a real: EB não é o cara que precisamos para este ano. Sua entrevista no meio de semana diz tudo:

    “Não sou motivador, não sei fazer jogador chorar em preleção”

    Meu camarada, dirigente contrata e blinda o elenco. Preparador físico recupera e prepara o atleta para os jogos. Patrocinador garante a estrutura e vôos mais altos. Torcida apoia o time #ateoultimominuto. E o técnico tira o melhor de seus jogadores – incluindo sangue, suor e lágrimas para esses caras pisarem em campo dispostos a dar a vida por ele, pelo clube e em última instância por sua honra de atleta. Vai aprender a dar um passo além e ser técnico de verdade aqui ou no Náutico?!?

    • “Não sou motivador, não sei fazer jogador chorar em preleção”…..alguma alfinetada no antecessor ?
      Que ele aprenda que aqui é Palmeiras e a pressão é outra. Cuide bem do vestiário, pois a passagem que ele teve no único time de maior expressão antes de nós, ele se perdeu totalmente e foi engolido no vestiário pelos boleirões…
      Começo a me preocupar e muito…

    • Suas colocações foram perfeitas, concordo plenamente. Técnico de que saber pilhar o jogador na medida certa. Mas eu não consigo encontrar um nome a altura do palmeiras para poder comandar esse elenco.

          • Gostaria muito de ver Felipão com esse time na libertadores.

          • Felipão. Um dos maiores técnicos da História da Sociedade Esportiva Palmeiras. O cara que ganhou a Copa do Brasil com aquele time de várzea que tínhamos em 2012. Tem ganhado tudo com seu atual time na China. A copa 2014 foi um ponto fora da curva. Pessoal esquece que um ano antes foi campeão da copa das confederações com o pé nas costas. Sem falar da conquista do penta.

    • Boa noite.
      Só acho que se o time entra mais pilhado do que entrou hoje…Como diria o Capitão Nascimento….Ia dar merda.
      Faltou um gol no primeiro tempo, não ter feito aquela merda em Campinas. Já foi. Avanti!

      • Will, não é “mais pilha”, os caras não são coelhinhos da Energizer. É comer o cérebro dos caras com bacon e ter aquele diferencial psicológico, complementar a todo preparo físico, técnico e tático (que, por sinal, mais uma vez deixaram a desejar).

    • Você foi cirúrgico. Acho que todos nós palmeirenses torcemos pro EB dar certo e conquistar muitas coisas no nosso verdão, mas a verdade é que ele é fraco demais e nunca vai conseguir alçar voos maiores…
      O cara não motiva os jogadores e não ousa na escalação.
      Podem falar o quanto quiser da igreja Cucista, mas tomara que o Cuca ainda esteja disponível daqui algum tempo porque iremos precisar.

    • Eu discordo que o técnico precisa saber pilhar os jogadores, acho que jogador tem que ter o mínimo de vontade e jogar bola, e isso a diretoria deveria cobrar… Agora, o Eduardo pode mudar, como todo mundo muda, ele pode se tornar um ótimo técnico, quem sabe se o Palmeiras colocar ele de frente com o Felipão e ter umas aulas kkk

      • Não é questão de ‘vontade de jogar’, é questão que o cara é humano e tem seus próprios problemas e conflitos pessoais como cada um de nós:
        Mesmo com salários astronômicos, tem suas contas pra pagar, dividas por acertar;
        tem filho doente, ou com problemas na escola.
        tem esposa, namorada; pai, mãe, tia;…;
        Conflitos profissionais;…;falta de confiança ou excesso dela; cobrança ou pressão deixando o cara ansioso ou tenso;…;

        Cabe ao técnico saber fazer com que durante 90/120 minutos, essas preocupações passem a ocupar um espaço secundário na cabeça do cara, que ele consiga focar no que o time precisa, que ele consiga superar os obstáculos da própria cabeça pra poder render o máximo possível.

        • Acho que se o cara não consegue separar a vida dele da parte profissional, não tem que ser jogador, ta passando por dificuldades ? Todos passamos, isso não é desculpa pro meu patrão pegar leve comigo. Tenho diversos problemas em minha vida, quando vou jogar bola não lembro de nenhum e não tem ninguém pra ficar me “motivando”

          • Meu amigo, não se trata de “pegar leve” ou “pegar pesado”, de “saber separar a vida dele”;…;
            …e seus bate-bolas que servem para descontrair não tem comparação alguma com uma competição de alto-desempenho com números atordoantes envolvidos, não apenas em termos de dinheiro, mas com muitos outros fatores e interesses envolvidos, já parou pra pensar que cada chute a gol de um atleta nosso por exemplo carrega o poder da possibilidade de fazer explodir de alegria 18 milhões de pessoas, entre outras mil coisas mais envolvidas.
            E além de ser uma competição de alto desempenho com toda esse ‘background’ de coisas envolvidas, ainda por cima é COLETIVO. Não depende só de você, depende de sintonia absurda entre 11 caras totalmente diferentes que tem que estar pensando em conjunto.
            É um nível de concentração necessário que poucos conseguem entender.

  • Boa Gustavo, parabéns.
    Conrado com todo o respeito, mas o Jean não pode ganhar a mesma nota que o Mina. Se não contar o futebol, apenas a disposição e vontade em fazer a diferença já separariam as notas.
    Mas vamos em frente, quarta feira tem mais ! Avanti Palestra !

  • Não foi a vitória que queríamos e precisávamos mas ….Vida que segue!
    Gostei do posicionamento do FM formando um linha de 3 com os zagueiros para a descida dos laterias…Aliás o que jogou o FM, Mina e o Prass!
    Tivemos inúmeras chances mas perdemos a vaga em Campinas.
    Parabéns para nossa torcida que lotou o Allianz em um feriado chuvoso e tendo tomado 3 e aos jogadores…Ninguém pode negar que houve entrega.
    Vamos seguir….Apoiar como fizemos que as competições que queremos estão aí.
    É tirar as lições e seguir!
    Avanti!

  • não considero a escalação do verdão hoje equivocada ou errada , mas o fato que Borja não funcionou e nosso ataque incluindo DUDU não esteve bem ..jogamos na base da alma e do coraçao

  • Não deu. Infelizmente os erros do 1º jogo foram fatais. Se o time jogasse com esta pegada também em Campinas com certeza estaria na final.
    De modo geral gostei do time, jogou com alma e com o coração. Faltou entrar uma bola no 1º tempo ou o juizão ter dado aquele penalti no Jean.
    Só acho que o Vitor Hugo precisa voltar a ser titular. Hoje tivemos 50 escanteios e 465 bolas erguidas na área e o Edu Dracena não ganha 01 bola sequer. O Torugo metia gols importantes com frequência.
    Definitivamente as laterais são nosso elo fraco. Sai Zé, entra Egídio. Sai Fabiano, entra Jean… e é um mais MORTO que o outro. Está nos fazendo falta laterais que apoiem e recomponham.
    Talvez seria o caso de testar o Tchê-Tchê na lateral direita, como ele jogava no Audax e talvez o Michel Bastos na lateral esquerda.

  • Palmeiras entrou com o time correto. Afundou os laterais, recuou o volante pra fazer a saída de 3 e foi pra cima. Colocou o Egidio (é o lateral ofensivo que o Palmeiras disponibilizou a ele. Se existe um erro, ele é de montagem de elenco, já que tem 8 atacantes e 2 laterais de ofício). Tirou o Borja com motivos, que, mais uma vez, foi mal.

    Eduardo fez de tudo e deve ser cobrado pelo jogo passado, não por esse. Técnico não troca passe de 2m e nem chuta pro gol.

      • É questionável msm. Mas quantos Gols ele perdeu nos últimos 5 jogos? A presença dele não vem sendo decisiva. Se é só esse o ponto de discórdia, com Borja em campo ou sem, ia tomar pau hj do msm jeito

        • Podia ser o Gioino… O sintomático é tirar o centroavante forte e alto precisando furar uma retranca.

          • Então se for seguir seu raciocinio o Alecsandro devia jogar, centroavante forte e alto.
            Borja ta mal, e nao acerta um passe ha tempos, sem contar os gols perdidos. Hoje ele matou todas as jogadas de ataque que passou por ele.

          • Ah sim. Você tem todo o direito de ser contra o eduardo. Faz parte da análise individual de cada um mesmo.

          • Num disse que sou contra. Disse que não tenho mais confiança de que, de fato, vai dar certo. Isso não significa que deva ser demitido.

          • Entendi, brother. Relaxa hahahahaha vc tem seus motivos pra ter perdido a confiança. Eu msm tenho minhas desconfianças tbm

          • O raciocínio num é em favor do atacante x ou y, se Borja, Evair, Alecsandro ou Obina.
            O raciocínio é: você está com um centroavante em campo e precisando de um resultado expressivo. Num tem a mínima inteligência tirá-lo do jogo, independentemente de quem seja.

          • Respeito, apedar de realmente pensar diferente. Ainda assim, se é esse o ponto contra o eduardo (nesse jogo) acho pouco. Até pq, qdo o Borja saiu, já tinha ido pro buraco

          • Eu, particularmente, perdi a crença de que “tem tudo pra dar certo”. Acredito no potencial que ele tem e o respeito como profissional e pessoa, mas, aparentemente, falta um comando mais rígido e tesão em vencer a todo custo, que caracteriza os maiores vencedores por aqui.

  • parece que o grande conrado acessou o verdazzo e esta colocando ordem na casa .. estava lamentável os comentários ..

          • parece que o site palmeiras todo dia fez uma limpeza , banindo vários moleques que segundo comentários de amigos palmeirenses incentivavam a violência ..o moderador e criador não gostou e quem gostaria ?? fez muito bem , o problema e que se voltaram para o verdazzo..mas gostei ..vc definiu muito bem , foi um rolezinho..e parece que o horário chegou ao fim…rsrsr

  • Leitão Veio e Cesar estão em lua de mel aqui no Verdazzo……
    Vou deixar os pombinhos a sós….fuiiiii
    Avanti Palmeiras sempre???

  • Apoiei o entregador de camisas até hj…….
    Daqui em diante é fora EB.
    Não podemos ficar refém da qualidade de nossos jogadores, pois hj futebol é muito mais coletivo do que individualismo.

  • Os caras da web radio verdao tavam discutindo durante o jogo ate isso o EB é capaz de fazer, palmeirenses discutirem

  • Gente tirando sarro com o fato do Conrado ter sido covardemente agredido pela Mancha a uns anos atrás. Vai discutir com gente assim?

  • Ja demitiram o incopetente? Conseguiu ser eliminado do campeonato paulista mais fraco da historia e por um time pequeno.

  • Conrado, cadê você cara pra organizar isso aqui? Vou ajudar me tornando padrinho pra ver se tem condições de colocar um moderador.

  • quando kleina viuba escalação de dracena e egidio na LE deve ter esboçado aquele sorriso característico dele

  • E outra coisa: o cara precisa reverter um 3×0 vergonhoso e mantém a folga dos vagabundos dos jogadores durante 2 dias? Ele devia é ter obrigado os caras terem treinado direto! Digo mais: o Luxa com esse elenco ganhava o paulistão com um pé nas costas! Era só obrigar ele a treinar o time. Ele sabia motivar e fazer preleção, ao contrário dessa anta.

  • vazou o contrato q galinhote vai oferecer ao cuca
    -30 milhão anual
    -calça vinho uniforme oficial da comissão tecnica
    -todo jogador com um terço na mao
    -98% de comissao sobre as vendas de jogador indicado por ele

  • olha o nivel do treineiro:
    -nao sei fazer preleção
    -pelo jogo de ida o treinador devia ser mandado embora
    -a torcida vai se orgulhar de ser eliminada pela ponte

    RIDICULO!!!

    • Que isso cara, não diz uma coisa dessa não. Você é palmeirense mesmo? Dois títulos em dois anos e uma eliminação no paulistinha você diz uma coisa dessa?

      • Ver os gambas, ganharem mais 1 título e sair na rua pra escutar o “O Palmeiras não tem mundial”

        • Ligue o foda-se para essas coisas. Os gambas lutará pra não cair, anote e me cobre no final do brasileiro. O que importa é o que achamos do nosso time e no que acreditamos.

  • eu avisei:

    Rafael
    10 horas atrás
    ATENÇÃO MOLECADINHA, A LÓGICA É A SEGUINTE:

    1. é óbvio, ta na cara q o eb nao vai ganhar a liberta
    2. é óbvio, ta na cara q o eb nao vai reverter esse resultado de hoje
    3. qto mais longe ele for na liberta, mais vai enganando a diretoria e a parte iludida da torcida
    4. enquanto ele vai enganando, o varzileirao vai caminhando e nós vamos ficando no meio da tabela
    5. quando ele cair na liberta, ja nao teremos chance de recuperar no brasileiro

    conclui-se q quanto mais cedo ele sair, mais tempo teremos pra consertar as coisa, arrumar a casa e planejar 2018. É OBVIO!!!

  • Espero que tenha algum aprendizado com o que aconteceu nessa semi-final, por que a decepção numa semifinal de libertadores, com essa situação, seria muito maior. O que o time apresentou no primeiro jogo, foi um desrespeito com essa torcida tão apaixonada que nos somos.
    Como torcedor do Palmeiras, estou realmente triste por essa situação, mas amanhã é outro dia, para recuperar na libertadores o que deixamos de ser no Paulista….

  • É bom já ir atras do Cuca antes que os bambis ou as sardinhas anunciem ele. Pra mim um tecnico que c9nsegue ser eliminado pelo cara do posto ipiranga com um elenco 50 vezes pior nao merece ser tecnico do palmeiras.

    • Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Cara do posto Ipiranga!!!!!!!!!!!!!!!

  • Prá um time com pretenções prá 2017, perder o Campeonato Paulista na semi, em casa prá Ponte, Aranha no gol, GK como técnico, temos que ser muito incompetentes, ENTREGAMOS o primeiro jogo e no segundo vamos dar uns beijinhos prá torcida, vão prá PQP !
    Outra coisa que me chamou atenção, foi o juiz, extremamente tendencioso.
    Acho que a credibilidade do time ficou abalada prá mim, pela defesa batendo cabeça toda hora, pelas bolas que não chegam “redondas” no ataque, pela armação do time pelo EB,…
    Ninguém treina cobrança de falta !

  • Agora já é justo reconsiderar se o Eduardo é mesmo o comandante certo pro resto da temporada ou não!

    mesmo depois da partida mais ridícula que já vi um time QUALIFICADO do Palmeiras fazer, domingo passado, não só pelo primeiro tempo, mas ainda mais pelo segundo, onde ele demonstrou extrema inabilidade em mudar a estratégia ou sequer mexer com o brio dos atletas, mesmo assim, achei justo que tivesse a chance de se redimir e se mostrar capaz de reverter a situação adversa.

    Hoje até que o time jogou bem, mas nem de longe com a intensidade necessária pra quem precisava reverter 3 gols.

    Não gostei quando anunciaram ele, mas desde então o apoiei e torci muito pra engrenar e dar certo, continuarei torcendo muito; até ser confirmada sua saída, mas já começo a duvidar de sua capacidade.

    ELE NÃO ESTÁ PRONTO!!! Essa é a grande verdade!!!

    Pode até ser que consiga se encontrar a tempo, mas a Luz Amarela já está ardendo intensamente, e o Facão começa a rondar seu pescoço!!

    Ele disse essa semana que não sabe mexer com o psicológico do time, ENTÃO QUE APRENDA!!! Pra ontem!!! Não precisa “dar preleção que faça o time chorar” precisa saber extrair o máximo de concentração, empolgação e intensidade de cada atleta, de saber perceber quem está confiante, quem está desconcentrado, afinal os atletas são humanos e um comandante precisa saber ter essa leitura de sua tropa!!!

    Não é ‘estudioso’???
    Pois que vá estudar urgentemente Psicologia Esportiva e de batalha, e aproveite e leia ou re-leia Sun-Tze, Maquíavel e outros grandes estrategistas, pois tá faltando gritantemente estratégia a esta equipe!!!

    Já ao Grande Alexandre Mattos, está na hora de começar a avaliar possíveis substitutos, lembrando que ao trocar o piloto com o carro andando, a margem de acerto é bem menor, portante avalie com MUITO Cuidado, ano passado deu certo, portanto as probabilidades ficam ainda menor… Pense direitinho Mittos e haja com mão firme e certeira!!!

    • Onde é que eu clico pra assinar em baixo?
      Até o Barnei falou que o Palmeiras só fica no Chuverinho.. e saídas com o Felipe Melo e o Mina. Gente.. Ténico bom não precisa de tempo não. Além do que já foi uma pré temporada e o Paulista inteiro (quase-inteiro).

      • Hoje foi excessivo os chuveirinhos mesmo, mas eu estou tentando encontrar um nome bom que pudesse fazer esse time jogar como se deve e não consigo encontrar. (o Cuca não quis ficar então espero que não volte)

        • Realmente a falta de um bom nome é preocupante, e foi o motivo pelo qual o Eduardo acabou herdando a posição…

          Mas é aquela história, ele começa a demonstrar sinais claros de que talvez REALMENTE ainda não esteja a altura da tarefa que lhe foi imposta!!

          Se esses sinais continuarem a crescer nas próximas semanas, infelizmente, mesmo sem um bom nome, deverá ser substituído, no minimo por alguém com mais pulso e gana, mesmo que não seja o nome ideal.

          É situação muito complicada, de difícil solução, mas os pontos em que ele está demonstrando fraqueza, são cruciais pra um time vitorioso, e se ele não evoluir esses quesitos urgente…. Terá que cair!!!

          • Só pra exemplificar os ‘sinais crescendo’:
            ontem depois do jogo ele deu uma entrevista lastimável, queimando o Borja, pra mim, depois dessa já começou a abrir a porta de saída, conseguiu piorar 100% algo que já estava pendendo pro lado ruim…

    • Pois é. Também torci por ele, mas agora está claro que com ele não vamos longe na libertadores. No mata mata, na primeira derrota fora não conseguirá motivar os jogadores pra reverter o resultado. E o pior: na parte tática que era para ser seu ponto forte, o que se viu hoje foi um time muito desorganizado, até com boa disposição e entrega, mas péssimo na execução de jogadas ensaiadas e bolas paradas. Como tecnico não sabe variar, não sabe ousar, não sabe usar o variado e qualificado elenco que tem em mãos. Todo o investimento e estrutura que lhe deram em mãos está rendendo MUITO abaixo do que pode.

  • Turma, dificilmente eu marco um comentario aqui.
    Vou dizer o seguinte:
    Os gambás estao de parabens com aquele tecnico, rezando a cartilha do tite. Um elenco fraco, e do jeito que dá conseguem vencer, ou empatar.
    O cruzeiro, somou mais 5 jogadores e com um técnico decente está voando.
    Florminense, quase o mesmo time, está indo legal.

    Temos a melhor defesa de 2016. Temos o melhor ataque de 2016 com os 2 melhores jogadores da libertadores. A lateral está deficiente, mas nada justifica. Parece que o time nao treina. O % de passe certo caiu. Muito chuverinho de qualquer jeito. Parece que o time está sendo treinado pelo Marcelo Oliveira.
    Eu apoiei o EB, mas honestamente, é muita grana para ver o time não conseguir jogar com time que se fecha. Hoje por sorte a bola bateu no Felipe Melo e entrou.

    • Cara, respeito sua opinião, mas estadual não serve de parâmetro, esse time dos gambas lutará pra não cair no brasileiro junto com o do fluminense. Times assim podem até ir longe em mata matas, mas em campeonato de tiro longo como o brasileiro sofrerá. Tanto é que os gambas já caiu fora da copa do Brasil e o cruzeiro quase se fudeu para os bambis. Enfim… Seremos campeões com ou sem o EB.

      • Oi Danilo, obrigado pelo comentário, é sempre bom tentar ver as coisas de outro ângulo. Eu não acho ruim o Palmeiras ter sido eliminado pela Ponte, o que eu acho é que independente do torneio, o time precisa estar ajustado. Com EB ou sem EB, o time precisa tocar, construir a jogada, pra bola chegar redonda. O número de finalizacoes errada está alto, pois a bola chega prejudicada. Apenas acho que com a peças que temos deveríamos apresentar uma qualidade maior na construção. Avanti!!!

      • Danilo, acho que você está superestimando o campeonato brasileiro. É cada time de doer… Claro que não acho que os gambas vão ir muito bem no brasileiro, mas com o futebol muito bem entrosado, que eles têm apresentado, e ferrolho impenetrável, acho que eles pegam até liberta, se novamente haver 100 vagas pro torneio.

    • Concordo que com o time campeão brasileiro recebendo as peças que recebeu era para estarmos sobrando aqui na america do Sul, mas…

    • Os 2 melhores jogadores da Libertadores não estao jogando nada gente, nao disseram a que veio ainda.
      Os reforços do ano que realmente estao rendendo sao Felipe Melo e Willian Bigode, o resto tem poucas oportunidades. Os ex Alt. Nacional ate agora muito mal, e chegaram com se fossem Messi e CR7.

  • Em termos de Paulistão, já fico muito feliz quando terminamos o jogo sem nenhum jogador lesionado, visto a violência da maioria dos times pequenos. VAMOS, PALMEIRAS!!!

  • A galera descendo a lenha no EB, mas se mandar ele embora vem quem? Não tem nada melhor no mercado, como não tem lateral esquerdo e muito menos direito. Tenho a impressão que os times sabem que nossas laterais vivem um momento horrível. Vejam os tiros de meta do Aranha, todos procuraram o nosso lado esquerdo.

  • Num clube que investiu horrores e tem praticamente três times de qualidade pra mandar a campo, ser eliminado em casa, diante de praticamente 40 mil torcedores pelo eterno estagiário, há algo extremamente errado…

  • Tenho uma teoria linda sobre nosso começo de ano.

    Nosso principal objetivo é a Libertadores. Todos sabemos disso. Neste primeiro quadrimestre, o time aprendeu lições importantíssimas que serão fundamentais rumo ao título do torneio.

    1. Contra o tucuma, aprendemos que não podemos deixar o nervosismo tomar conta e aprendemos que não podemos vacilar com expulsões bobas, e aprendemos a correr atras do prejuizo com 1 a menos.

    2. Contra JW e Penarol aprendemos a jogar com uma garra incrível e até o último minuto!

    3. Contra a Ponte vimos que a desatenção em 10 minutos de jogo, nos custou uma classificação.

    Ponto principal é que é diferente experimentar isso na pele vs. conhecer na teoria. Este grupo, junto tá aprendendo a não entrar de salto alto, valorizar cada minuto de jogo, jogar com muita raça. Precisamos da mentalidade correta para esta competição. É um torneio muito difícil. Com toda nossa grandeza, ganhamos apenas 1 vez. Pra frente Verdao!

    • Cara você tem toda razão, apesar de eu achar que o nosso técnico tem feito um trabalho que está deixando um pouco a desejar, isso é muito importante para um time que quer ser campeão. Então, minha confiança continua em alta, até porque o Palmeiras jogou muito bem hoje e o jogo de semana passada foi um jogo atípico. Só acho que o técnico tem que melhorar um pouco esse esquema, parar com essa merda de 4141 e colocar logo um 4231, colocar o time pra se aproximar mais, se movimentar mais.

    • Poxa Roberto! Gostei do seu comentário, mas penso que como temos vários jogadores veteranos e mais ‘cascudos’, deveríamos estar vacinados com esse tipo de aprendizado mais básico.
      Gostaria de ver o time REaprendendo a tocar mais, construir jogada, marcar no ataque adversário, assim como no ano passado.
      Com ou Sem EB vou continuar apoiando, mas acredito que esse aprendizado todo que você citou deveria fazer parte do pacote pelo elenco caro que montamos.

  • boa noite palmeirenses..infelizmente uma eliminação , faz parte ganhar e perder no futebol, mas mata mata tem que ter garra e que sirva de lição , porem considero EB muito aquém para o verdão , com ele não vamos longe em nenhum torneio ;;;Futebol é resultados e Ponto final..

  • Retiro meu apoio ao EB.
    Não se tira centroavante precisando de três gols, sendo ele Borja, Evair ou Obina.

    • Eu sou absolutamente contra a cornetada vazia que muita gente faz aqui contra ele. Uma raiva desmedida, além das viúvas do Cuca. Mas realmente tá difícil ver o trabalho do EB não evoluir.

      • Eu acredito muito que ele tenha um potencial absurdo, mas não consigo conceber a saída de um centroavante num jogo em que se precisa de gol.
        Isso que era pro Keno ter começado no lugar do Tche-Tche, mas isso é só opinião.
        Agora, tirar centroavante é imperdoável.

  • Sinto muito mas tem algo errado com o Palmeiras e não são os jogadores. Um time com esse nível técnico não pode colocar a torcida a olhar o relógio e torcer contra o tempo nos jogos mais importantes. Temos muitas dificuldades em fazer gols. O Palmeiras hoje foi vibrante mas não podemos considerar essa vitória com um gol de quadril do F. Mello. Se não fosse esse “acidente”, o relógio seria ainda mais implacável contra nós. Tô cansado disso. Parece que nosso técnico já teve tempo suficiente para implantar alguma coisa. Não aconteceu. É isso.

    • Até criamos as oportunidades, só pegar os números dos jogos contra o penarol e desse jogo. Porém a bola não entra, então de fato tem algo de muito errado.

  • Perdemos a vaga em Campinas. Uma pena, porque as cornetas vão ficar fortes até quarta. Só espero que parem de torcer contra igual domingo passado, vi gente nos comentários falando que o time tinha que perder o jogo da Libertadores, só pro EB cair.

    • Já vi isso também e fico triste pois Palmeirense de verdade nunca deve torcer para o time perder. Temos que chegar na quarta e massacrar o penarol, quando digo massacrar é com garra do início ao fim, sem cair em catimba e trazer a vitória nem que seja de um a zero.

  • Não adianta fica chorando pênalti, no primeiro jogo tbm não marcaram pra eles…
    Dudu escondido na partida, Jean não consegue da um cruzamento e não se aguenta com as próprias pernas, Borja eu não sei se a bola não chega ou ele é ruim mesmo, sem contar que o time quase não chuta de fora da área, só chuveirinho… enfim, ainda bem que a ponte não ta na libertadores.

      • O Claus foi Muito Mal!!!
        Aliás ele é de lua, tem jogo que ele apita como um PierLuigi Colina, tem jogo que apita pior que o Simon ou Heber Roberto, não consigo entender…

        Agora a atuação dele não justifica nossa partida boa, porém muito aquém do que precisavamos e muito menos nossa eliminação…

  • Não é o fim do mundo mas mostra nossas falhas. Antes no Paulista que na Libertadores.

    – Fomos eliminados em Campinas naquela atuação vergonhosa.
    – Time comeu grama, jogou com vontade mas claramente falta organização.
    – Borja não acerta um passe tem 3 jogos e ainda sai putinho, também não acerta o gol quando a bola chega.
    – Tche Tche não joga faz tempo.
    – Jean juvenil demais, não pode ser titular assim.

    • o EB tem que voltar a escalar o Vitor Hugo e treinar mais escanteios, cruzamentos, pra sair mais gol de cabeça.

    • E vc não acha que o fato de os nossos jogadores estarem sendo mal aproveitados não tem nome certo? Digo Eduardo Batista? O time jogou bem até, mas foi mais na base da raça e da vontade, achei muito desorganizado, jogadores muito longe um do outro… com o Cuca, os jogadores jogavam mais próximos, era mais organizado, etc… acho que o Eduardo Batista tem muito potencial, mas tem que aprender muito ainda pra estar num clube com o tamanho do Verdão!

  • Bola pra frente, a merda foi feita no jogo passado. Levar como lição para que nos mata matas importantes não entrar novamente com a apatia do jogo passado. Mas tem que pegar os atacantes no próximo treino e mandar chutar umas 5 mil bolas a gol, pegar os laterais e mandar cruzar umas 30 mil bolas na área e a cada erro aumenta mais 500 cruzamentos.

  • Que juiz fdp! 3 penaltis não dados. Esse Clauss eh um lixo. A diretoria tem q vetar esse bosta. Valeu pelo empenho dos jogadores e apoio da torcida

  • A cagada foi feita a semana passada, agora e seguir adiante, paulistinha não serve pra nada…Libertadores, Brasileiro e Copa do Brasil…Avanti Palestra!!!!

  • Palmeiras foi eliminado jogo passado quando não jogou nada, não entrou em campo. se tivesse jogado igual jogou hoje estaríamos na final.

  • E o nosso piloto de fusquinha disse que o torcedor iria sair orgulhoso do seu time… Com esse auxiliar de estagiário sofreremos muito mais ainda. Libertadores, Copa do Brasil, Brasileiro vão ser de doer.

  • time muito mal treinado. e com essa pressão e ansiedade piora tudo. não faz um gol de escanteio, não vi uma jogada ensaiada. ta osso.

  • Putz, tinha de ter feito pelo menos 1 no primeiro tempo…mas vamos contudo no segundo tempo, é tudo ou nada…

  • Acabei de chegar da rua, em Itanhaem, dei uma volta com a esposa, vestindo o manto. Não ouvi nenhuma zoeira, vi um Palmeirense e um balconista de padaria gritou para mim: “Palmeiras!”.

    Agora, já sintonizei o devido canal piratinha pra ver o jogo, coloquei a breja pra gelar, e é hora de extravazar toda a ansiedade que estou desde domingo! Mesmo se não der, que caia vencendo!

  • Resolvi não palpita, pois as últimas vezes que coloquei placar alto o verdão sofreu pra ganhar. Porém só tenho uma única certeza, vamos passar e terá gol de dudu.

  • Resolvi finalmente assistir o “12 de Junho de 93 – O dia da Paixão Palmeirense”. Sou fruto dos anos 90 como Palmeirense, não assistia futebol nos anos 80.

    Graças a esse filme, estou com a sensação que essa não é mais uma semi-final do Paulistinha, mas o jogo do século… Sera que vou assistir o verdão de 78, 86, de 90, hoje, ou que veremos mais um capítulo epico de nossa longa história de glórias?

    • Os times de 78, 86 e 90 eram muito, mas muito diferentes entre si, não só pela óbvia diferença temporal, mas pelo peso que cada um desses times carregava nos ombros.

      Essa é a grande mensagem da obra do Mauro Beting: retratar a evolução dessa carga para dar a exata dimensão do que o título de 93 realmente significou.

      Se fracassarmos esta tarde, lembrará certamente o Palmeiras de 78: vindo de muitas glórias, e com um dirigente opulento e retrógrado avançando seu poder dentro do clube e desfazendo tudo de bom que foi construído apenas para consolidar seu poder pessoal.

      A diferença é que o dirigente de 1978 era jovem e com muitos anos pela frente.

      • Nem me fale. O pior é que quando o sapo boi bater as botas, com certeza algum braço direito toma as rédeas dos asseclas dele…

  • Palmeiras 3×0 Ponte Preta, Dudu 2x e Borja, nos pênaltis Prass vira herói e pega 2 , e vamos pra final

    VAMOS PALMEIRAS!!!

  • Venho sentindo uma energia positiva no ar durante toda a semana. A forma séria como os jogadores deram as entrevistas, a frase do EB dizendo que o time até pode não se classificar, mas que a torcida sairá a Arena orgulhosa do time e principalmente a forma como a torcida abraçou a causa.
    Tenho certeza de que nosso jogadores suarão sangue e deixarão tudo dentro de campo no dia de hoje. É tudo o que queremos: Alma e Coração. Respeito pela nossa camisa.
    AVANTI MEU VERDÃO. TENHO ORGULHO DESSE TIME.
    4×0 com 3 de Miguel Borja e 1 de Dudu.

  • E eis que o “insaível” Tchê Tchê não está na escalação sugerida pelo Conrado. Mas está certa. O Michel Bastos vem merecendo muito ser titular desse time, só não é porque tem sido pensado como meia avançado e, já que Dudu e Guerra também não podem sair, fica faltando uma opção de velocidade na frente. E o Tchê Tchê, com exceção da partida contra o SPFC, não tem repetido nem de longe as atuações incríveis do ano passado. MB nessa posição deixa o Felipe Melo mais exposto, porque o TT tem mais característica defensiva que ele. Mas, num jogo em que não temos alternativa que não seja golear, faz todo o sentido. Até porque o Michel reforça muito o time na bola parada. (Pensando mais para a frente, será que o Eduardo não consideraria o Michel para a lateral esquerda, onde temos sofrido o diabo? Foi nessa posição que ele foi titular da Seleção em Copa do Mundo.)

  • O jogo será 6-1 pro Verdão, Borja faz 3 diante de 37.854 pagantes. Os outros 3 tentos serão por conta de Vitor Hugo, Dudu e Jean. Pronto, falei!!!!

  • Com Ze Roberto o Palmeiras não vence. Todos os times (inclusive os de fora do país como Penarol) já entenderam que ali é a mina de ouro da defesa.

      • que tal guardarmos todas as cornetas até pelo menos o fim do jogo hoje.

        Custa passarmos UM diazinho só mandando só energias positivas?! Acreditando em quem entrar em campo… Mesmo que fosse Deola, Capichaba, Jeci, Ramos e Lucio; Jumar, Araujo, Mendigo e Fraldinha; Chuva e Magrão!!! Hoje teríamos de empurra-los como se fossem o time de 96, 93/94, 99, 2016!!!

        Um diazinho só sem cornetagem, até porque ninguém nesse elenco é vagabundo ou perna-de-pau… todos tem histórico vencedor, todos lutam pra honrar a camisa, mesmo que estejam em fase ruim, são profissionais dedicados e ninguém está ali por acaso, todos fizeram por onde fazer parte do grupo!!!

  • Eu só mudaria na escalação a entrada do Egídio. O time tem que entrar bem focado e lutar até o fim. Difícil, mas não impossível

    • Também gosto do Egídio. Só que ele, mais do que todos os outros, precisa estar focado. Quando ele joga realmente focado é capaz de fazer a diferença.

  • 5X1 com Borja(3), Mina e Bigode para 39651 torcedores. Vamos Palmeiras! Avanti! Ansiedade tá foda! Galiote conhece a mística das meias brancas e hoje é dia!

  • SE PALMEIRAS 5 X 0 AA PONTE PRETA
    GOLS: BORJA, BORJA, DUDU, FELIPE MELO, ROGER GUEDES
    PUBLICO: 38.879 PAGANTES

  • Meu palpite eh o mesmo de domingo!
    Palmeiras 4×0 na ponte
    Vão pra rede Borja(2), Dudu e Keno
    Para 39.823 guerreiros de arquibancada!

    Avanti Palestra!

  • Senhores,
    Que tenhamos um dia memorável.
    Borja (4), Dudu e Guedes. Seis no coco.
    39.690 expectadores.

  • Antes do jogo contra os gambás pelo Paulistão-15, fiquei a semana toda repetindo, pra mim e pros colegas de escola, que o placar seria 2 a 2 e passaríamos nos pênaltis. Todos os dias eu repetia isso e vibrava cada vez que pensava na realização dessa possibilidade. No dia do jogo, nem almocei, de tanta ansiedade. Aquele 19 de abril foi um dos dias mais extasiantes que já vivi.

    Essa semana, logo que fiquei sabendo do resultado do jogo, o sentimento foi o mesmo. No local onde estava, disse sem vacilar: “NÓS VAMOS PASSAR!” Não é mero achismo, palpite ou desrespeito com o adversário. É confiança baseada naquilo que é irracional, que não se pode e tão pouco se quer explicar. É certeza fundamentada em Sociedade Esportiva Palmeiras!

    • Engraçado, eu passei a semana toda com uma sensação de 6×0, com no minimo uns 4 só no primeiro tempo…

      Não vou cravar que será esse o placar, mas o sentimento é forte que o time vai fazer uma partida absoluta, sem dar a menor chance pra Ponte, nenhum susto na torcida, apenas festa efusiva no Palestra essa noite. PASSAREMOS sem precisar dos penais!!!

      Hoje é dia pro Borja deslanchar.