Confiante, Flaco López soma números expressivos na temporada e é elogiado por Abel: “Animal”

Flaco López comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Atlético-GO, durante partida válida pela décima sexta rodada do Brasileirão 2024, no Allianz Parque.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Flaco López marcou o primeiro gol da vitória do Verdão sobre o Atlético-GO

Vivendo o melhor ano da carreira, Flaco López deixou sua marca na vitória do Palmeiras sobre o Atlético-GO por 3 a 1, no Allianz Parque, na noite desta quinta-feira. O atacante aproveitou o lançamento de Gustavo Gómez, dominou a bola no peito e escorou para o gol logo no início da partida, abrindo o placar para o Verdão.

O argentino chegou a 15 tentos na temporada. Além disso, são mais cinco assistências, totalizando 20 participações diretas em gols em 36 jogos disputados em 2024. Na zona mista do estádio após a partida, Flaco falou sobre seu momento.

“A confiança mudou. Ter uma boa sequência de jogo muda muito também. Estou desfrutando do dia a dia. Às vezes é difícil compreender o tempo de cada coisa, mas isso faz parte e agora estou desfrutando a boa fase. Quando a bola entra na rede, tudo fica mais fácil. Sigo trabalhando da mesma maneira. Há jogos que estamos bem, há jogos que não”, disse.

A atuação de Flaco também foi assunto na coletiva de Abel Ferreira. O treinador destacou o período que o camisa 42 precisou para deslanchar e rasgou elogios ao atacante.

“Houve muitas críticas ao Flaco e nós tivemos que fazer o nosso trabalho. Conversamos, pedimos para focar no trabalho e não dar ouvidos. Vocês sabem que aqui no Brasil jogar de número 9 é difícil. Hoje, ele está um ‘animal’. Está forte, rápido, possante, matador… muito bom para o Palmeiras. Por isso demos um contrato de quatro/cinco anos. O Flaco é um exemplo, assim como foi o Raphael Veiga”, disse o treinador.

Ao todo, Flaco soma 91 jogos com a camisa do Palmeiras e 25 gols anotados.

Flaco López em 2024:

Abel Ferreira ressalta “calma” do Palmeiras contra Atlético-GO e descarta rivalidade com o Botafogo

Abel Ferreira em jogo do Palmeiras contra o Atlético-GO, durante partida válida pela décima sexta rodada do Brasileirão 2024, no Allianz Parque.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Em coletiva após mais uma vitória no Brasileirão, Abel Ferreira também comentou sobre Dudu, Aníbal Moreno e Felipe Anderson

O Palmeiras venceu mais uma no Brasileirão e segue firme na parte de cima da tabela. Na noite desta quinta-feira, o Verdão fez 3 a 1 no Atlético-GO, no Allianz Parque.

Ao final do duelo, o técnico Abel Ferreira concedeu entrevista coletiva. O treinador comentou sobre diversos assuntos, dentre eles o fator que fez o Palmeiras vencer o confronto, a partida contra o Botafogo e sobre alguns jogadores individualmente.

Confira as respostas de Abel Ferreira após Palmeiras 3 x 1 Atlético-GO:

– A partida

Abel Ferreira em jogo do Palmeiras contra o Atlético-GO, durante partida válida pela décima sexta rodada do Brasileirão 2024, no Allianz Parque.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

“Entramos bem no jogo, intensos e dinâmicos. Levar um gol daqueles coloca à prova a nossa calma. Esse gol afetou um pouco nossa calma e confiança; tirou um pouco do nosso foco nas tarefas que eram precisas serem feitas. Eles mudaram o esquema para jogar contra nós, ficou difícil ultrapassar as linhas deles. No intervalo, fizemos poucas correções, abrimos dois jogadores à direita e à esquerda para espaçar a linha de defesa. Mas, mais do que tudo, pedi calma e foco nas tarefas. Se entramos em desesperos, os torcedores ficam ansiosos e isso passa para a equipe. Mas, felizmente mantivemos a calma”.

– Confronto diante do Botafogo

“Essa rivalidade não partiu do Palmeiras. Fazemos o nosso trabalho como sempre fizemos. O maior mérito do Palmeiras é ser resiliente. Mas, quero relembrar para todos que, no ano passado, não tinha só a gente na briga pelo título. Parece que só tinha a gente e isso é mentira. A três/quatro rodadas do fim [do Brasileirão do ano passado], tanto o Palmeiras, como o Botafogo, o Grêmio, o Flamengo ou o Bragantino podiam ser campeão. Então, por que só implicam com o Palmeiras? Não tenho problema nenhum com ninguém. Eles são uma excelente equipe e estão gastando muito. O Botafogo, assim como nós e outros times, vão brigar até o fim. Da minha parte e dos jogadores, vamos fazer o que sempre fazemos, não mudaremos em nada nossa preparação”.

– Dudu

“O Dudu sabe de toda a verdade. Ele sabe quando eu acho que ele deve ou não jogar; aquilo que ele está bem ou o que precisa melhorar. Tudo eu digo para ele. Queria que hoje ele andasse pelas zonas interiores, fugisse da marcação apertada dos nossos adversários e não procurasse duelos. Fez o que era preciso, armou, finalizou e quase marcou um gol. Ele merecia. Depois de tantos meses parado, sei que não foi fácil. Ele aproveitou mais alguns minutos e está cada vez melhor. Vou continuar colocando-o em campo quando eu achar que ele deve entrar. Tudo que eu faço é pensando para o melhor do Palmeiras”.

– Aníbal Moreno

“Gosto da organização e os jogadores têm funções a fazer dentro dessa organização. A do Estêvão é desequilibrar, assim como os outros pontas. E o Aníbal é um jogador que, realmente, tem uma dinâmica muito boa. Ele é o equilíbrio da nossa equipe, dá-nos confiança para os outros atacarem e chegarem à área. Não tem apenas a tarefa de ser o primeiro da cobertura, mas de também fazer a equipe jogar”.

– Felipe Anderson

“Ele, assim como todos os outros jogadores, treina muito bem. Me dá gosto de ver os jogadores, principalmente os que não estão jogando, treinando. Não dá para facilitar. É um orgulho ver o treino e a vontade deles, principalmente as atividades após o jogo”.

“O Felipe está treinando muito bem. Ele pode jogar como um camisa 10, mais atrás como um ‘8’ ou aberto nas pontas. Jogador que vem de um campeonato de muito rigor tático. Vai nos ajudar. Estou contente com aquilo que nós temos e estou satisfeito com o trabalho deste grupo”.

Raphael Veiga revela ajustes feitos por Abel para Palmeiras vencer o Atlético-GO

Raphael Veiga comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Atlético-GO, durante partida válida pela décima sexta rodada do Brasileirão 2024, no Allianz Parque.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Raphael Veiga marcou um dos gols da vitória palmeirense por 3 a 1, no Allianz Parque

Com um início de segundo tempo avassalador, o Palmeiras derrotou o Atlético-GO por 3 a 1, no Allianz Parque. A equipe comandada por Abel Ferreira, após ir para o intervalo empatando em 1 a 1, marcou duas vezes em dois minutos para garantir o resultado positivo.

Autor de um dos gols palmeirenses da noite, Raphael Veiga analisou a partida e explicou quais foram os ajustes realizados por Abel durante o intervalo.

“O que nos atrapalhou no primeiro tempo foi levar o empate logo depois que abrimos o placar. A gente sabia que eles iam sair para buscar a igualdade e não deu tempo de a gente esfriar a partida. Eles, realmente, nos marcaram bem no primeiro tempo. No segundo o Abel ajustou algumas coisas, principalmente a movimentação ofensiva. Isso acabou facilitando o nosso ataque, conseguimos achar bons passes e fazer os gols”, disse Veiga, que também respondeu sobre os três reforços que poderão estrear na semana que vem.

Raphael Veiga em disputa pelo Palmeiras contra o Atlético-GO, durante partida válida pela décima sexta rodada do Brasileirão 2024, no Allianz Parque.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

“Isso eu deixo para o Abel e para a comissão técnica. Eles vão resolver. Eu, como jogador, quero sempre que os melhores estejam no Palmeiras porque elevam o nível do treino, o nível do jogo. O Felipe Anderson, o Giay e o Maurício vão ajudar a gente, há um processo de adaptação, mas espero que eles se adaptem o mais rápido”, completou.

Raphael Veiga chegou a 93 gols marcados com a camisa do Palmeiras, em 304 jogos disputados. Ele é o artilheiro do clube no século XXI e também o principal goleador do Allianz Parque, com 49 bolas na rede.

Números de Raphael Veiga no Brasileirão:

Palmeiras treina, fecha preparação e meia se despede

Gabriel Menino, Piquerez e Raphael Veiga durante treinamento do Palmeiras, na Academia de Futebol.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Palmeiras encara o Atlético-GO na noite desta quinta-feira, no Allianz Parque

O Palmeiras está pronto para enfrentar o Atlético-GO, pelo Campeonato Brasileiro. A equipe encerrou a preparação para o confronto que acontecerá às 19h30 desta quinta-feira, no Allianz Parque.

Após ativação no Centro de Excelência, os jogadores foram a campo e realizaram um treino técnico e tático com simulações de jogo. Na parte final, houve ainda um recreativo e um aprimoramento de bolas paradas.

Felipe Anderson, Giay e Maurício treinaram normalmente ao lado dos companheiros, porém os três reforços ainda não estão disponíveis para o confronto diante da equipe goiana. Eles poderão estrear na semana que vem, frente ao Botafogo. Quem pode jogar amanhã é Rômulo, recuperado de lesão muscular.

De volta ao time contra o Bahia, após defender o Paraguai na Copa América, Gustavo Gómez concedeu entrevista depois do treino e projetou a partida contra o Atlético-GO.

“É um time que precisa somar pontos. Certeza de que eles vão vir aqui buscar somar algum ponto, mas nós temos de enfrentá-los da mesma forma que enfrentamos o último jogo, com muita intensidade e inteligência para seguir brigando pela primeira posição”, disse.

Abel Ferreira e Jhonatan durante treinamento do Palmeiras, na Academia de Futebol.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Até o momento, 14.900 ingressos foram vendidos de forma antecipada. Os bilhetes estão sendo vendidos através do site Ingressos Palmeiras. Para o jogo de amanhã, o Allianz Parque não funcionará na totalidade, devido um palco montado para o show que irá acontecer no sábado.

Despedida no Palmeiras

Próximo de ser anunciado como reforço do Red Bull Bragantino, Jhon Jhon apareceu na Academia de Futebol para se despedir dos colegas, da comissão técnica e dos funcionários do clube. O meia será comprado pelo time de Bragança Paulista.

Pelo profissional do Verdão, ele disputou 46 jogos e conquistou três títulos.

Pré-jogo Palmeiras x Atlético-GO – Campeonato Brasileiro 2024

Pré-jogo Palmeiras x Atlético-GO

Pré-jogo Palmeiras x Atlético-GO – Campeonato Brasileiro 2024

Estádio: Allianz Parque
Data e Horário: 11/07/2024 19h30

Transmissão

SporTV

SporTV

Premiere FC

Premiere

A transmissão no Verdazzo acontece aqui. Salve o link ou ative a notificação, coloque a TV no mudo, sincronize a imagem com o nosso cronômetro e deixe o áudio com a gente!

Na noite desta quinta-feira, a Sociedade Esportiva Palmeiras recebe o Atlético-GO, em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A apenas um ponto do líder, o Verdão tenta chegar ao topo da tabela contando com a força da torcida e com o talento dos atletas, principalmente Weverton, Veiga e Estêvão, em ótimas fases.

Escalação do Palmeiras

Palmeiras

DESFALQUES
Lesionados:
Murilo, Zé Rafael, Lázaro e Bruno Rodrigues
Seleção: Richard Ríos
Esperando pela janela: Giay, Maurício e Felipe Anderson

Menos um desfalque: Rômulo treinou normalmente e está disponível para ser usado por Abel Ferreira. Depois de três dias de descanso, e com seis dias livres pela frente após a partida, Abel deve mandar a campo a força máxima, a não ser que a fisiologia levante alguma bandeira vermelha.

Assim, a escalação para a partida tende a ser Weverton; Mayke, Vitor Reis, Gustavo Gómez e Piquerez; Aníbal Moreno e Gabriel Menino (Fabinho); Estêvão, Raphael Veiga e Rony; Flaco López.
Pendurado: Piquerez

Escalação do Atlético-GO

Atlético-GO

No Atlético-GO, o técnico Vagner Mancini, que estreou no domingo com derrota em casa para o Athletico-PR, tem problemas sérios no ataque: o centroavante Derek foi expulso e Luiz Fernando, disparado o melhor e mais importante jogador do elenco, recebeu o terceiro cartão amarelo.

Os uruguaios Alejo Cruz e Emiliano Rodríguez devem formar a dupla de ataque para tentar marcar gols e tirar o time da penúltima colocação na tabela. O Atlético-GO deve entrar em campo com Ronaldo; Maguinho, Alix, Adriano Martins e Guilherme Romão; Lucas Kal, Rhaldney, Gabriel Baralhas e Shaylon; Alejo Cruz e Emiliano Rodríguez.

Números

  • Em 20 confrontos, o Verdão venceu 11 vezes, contra 6 do time goiano; houve ainda 3 empates;
  • Jogando como mandante, o Palmeiras venceu 6 jogos, empatou 1 e permitiu ao Atlético 2 vitórias;
  • O Verdão segue invicto contra este adversário no Allianz Parque: foram 3 vitórias e um empate;
  • Em partidas pelo Brasileirão, aconteceram 7 vitórias do Palmeiras, 3 empates e 4 vitórias do Atlético-GO;
  • Faça os cruzamentos de dados históricos como quiser usando nosso Almanaque. Clique aqui!

Odds

O mercado funciona como um reloginho: favoritismo total para o Verdão, mais uma vez. Os principais sites de aposta pagarão, em média, para cada real aplicado:

No calendário

O Palmeiras já disputou 12 jogos no dia 11 de julho e JAMAIS PERDEU. Veja a lista completa clicando neste link.

Arbitragem

Wagner Nascimento Magalhães

Árbitro Principal:
Wagner do Nascimento Magalhães

Rodrigo D'Alonso Ferreira

VAR:
Rodrigo D’Alonso Ferreira

Previsão do tempo

Temperatura: 20°C
Chuva: Não há previsão de chuva
Vento: SE – 12km/h
Umidade: 69%

Projeção de pontos

De acordo com nossa projeção de pontos, o Palmeiras está três pontos abaixo. Para seguir com este déficit sob controle, a vitória nesta partida é obrigatória. Não há outra hipótese.

Parpite

Mais um jogo com obrigação plena de vencer: nada a ganhar e muito a perder. Em partidas perigosas como esta, a concentração precisa estar a 100% o tempo todo.

Felizmente nossa comissão técnica sabe como extrair isto de nossos jogadores que, com o apoio de 32.345 pagantes, vai chegar aos três pontos com uma vitória por 4 a 1, com dois gols de Raphael Veiga e dois de Flaco López. VAMOS PALMEIRAS!