Após vitória, Abel distribui elogios a jogadores, torcida e até ao árbitro Jean Pierre

Abel Ferreira em jogo do Palmeiras contra o Goiás, durante partida válida pela vigésima primeira rodada do Brasileirão 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Abel enalteceu Mayke e voltou a pedir calma com Atuesta e Rafael Navarro

O técnico Abel Ferreira se mostrou totalmente satisfeito com a vitória do Palmeiras por 3 a 0 sobre o Goiás, na tarde deste domingo. Em entrevista coletiva após a partida, o comandante distribuiu elogios aos personagens do duelo.

De início, o treinador enalteceu seus jogadores.

“Tenho sorte, os dois melhores laterais-direitos do Brasil jogam pra mim, que são Marcos Rocha e Mayke. Ainda tenho um que está à espera para ‘roubar’ a vaga, que é o Garcia. Os três têm boa relação. O Mayke fez um grande jogo”, elogiou Abel, que voltou a falar em paciência com Atuesta, autor do terceiro gol, e Rafael Navarro.

“Temos que acreditar no Atuesta. Chegou esse ano, não contratamos para 6 meses. Ele faz o melhor que pode nos treinos, quer evoluir. Sabe que tem que aprimorar na intensidade, porque tecnicamente é muito bom”, disse.

Abel admitiu que teve dúvidas para saber quem escalaria no comando de ataque, mas preferiu dar confiança ao camisa 29 e deixou Merentiel no banco. “O Navarro ainda é um moleque. Nossa função não é contratar jogadores prontos, não temos dinheiro para isso. Então temos que olhar para o crescimento dos jogadores, mas isso demora. Temos que ter calma”, completou.

Abel mostra confiança em Gabriel Menino e celebra ter Rony de volta

Voltando a ter bom desempenho, Gabriel Menino novamente foi escalado como titular. O camisa 25 tem a confiança do treinador por conta de seu futebol e pelas diferentes características que traz a campo, em comparação aos colegas de posição.

“Confiamos no Menino, perdemos o Jailson por lesão e não contratamos ninguém. Ele pode fazer a 5, ainda que não tenha tanto poder de marcação, mas nos dá saída, desequilibra ofensivamente. E o mais importante: ele está com o coração e mente aberta para evoluir”, declarou o treinador.

De volta aos gramados após mais de um mês fora, o atacante Rony também foi destaque na coletiva de Abel.

“Sempre bom tê-lo de volta, é bom ter opções. Hoje temos apenas o Jailson machucado, é importante ter todos à disposição, principalmente quando temos um elenco um pouco mais curto. Às vezes, a lesão de um jogador proporciona oportunidade a outro, como foi o caso do Vanderlan”, disse.

“Ele pode jogar em qualquer uma das posições da frente. Ainda bem que o Klopp ainda não viu o Rony jogar (risos). Ele fecha corredor e entra na área. Há vários jogadores que fazem diversas posições dentro do elenco e é isso que me dá a certeza e a confiança de ter um elenco mais enxuto”, complementou.

Torcida e juiz

Os elogios de Abel não foram exclusividade dos jogadores. A torcida do Palmeiras, que compareceu em peso ao Allianz Parque, e também Jean Pierre, o árbitro, foram mencionados pelo técnico.

“O torcedor tem sido espetacular, tem nos ajudado muito. E modéstia à parte esta equipe tem dado diversão aos nossos torcedores, eles vêm [ao Allianz Parque] para desfrutar e se divertir com o jogo. Muito contente com isso. Incrível a energia entre equipe e torcedores”, disse.

“Parabéns ao Jean Pierre por ter deixado o jogo rolar. Claro que há lances que os dois treinadores reclamaram. Estamos habituados a sempre ouvir o apito e hoje ele deixou os times jogarem, a partida teve intensidade, ritmo. Manteve o mesmo critério para os dois times”, finalizou.

O Palmeiras volta a campo na próxima quarta-feira para decidir com o Atlético-MG a vaga à semifinal da Libertadores. Pelo Brasileiro, a equipe joga no sábado que vem contra o SCCP, em Itaquera.

Rony e Endrick, recuperados, treinam na Academia de Futebol

Rony durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Rony se recuperou de lesão muscular e completou processo de transição física; Endrick também treinou

Após o empate em 2 a 2 na última quarta-feira frente ao Atlético-MG pela Libertadores, os jogadores do Palmeiras se reapresentaram na manhã desta sexta e iniciaram a preparação para enfrentar o Goiás, domingo, pelo Campeonato Brasileiro – atletas e comissão técnica receberam folga ontem.

Em campo, a grande novidade do dia foi a presença do atacante Rony, que está totalmente recuperado da lesão na coxa sofrida no dia 10 do mês passado e também já completou o processo de transição física. Assim, o camisa 10 já pode ser utilizado pelo técnico Abel Ferreira no confronto contra os goianos.

O foco do treinamento, de começo, foi aprimorar a posse de bola. Na sequência, os atletas foram divididos em dois grupos: os defensores aprimoraram rebatidas e posicionamentos em um lado do campo, enquanto os meias e atacantes trabalharam finalizações e ensaiaram jogadas específicas.

Os titulares da partida contra o Atlético-MG permaneceram na parte interna para trabalhos regenerativos. Raphael Veiga, que sofreu uma pancada nas costas e foi substituído, passou por exames e não teve diagnosticada fratura no local – o jogador seguirá sendo monitorado diariamente pelo Núcleo de Saúde e Performance.

Caso Veiga não reúna condições de jogo no domingo, ele se juntará a Murilo, Marcos Rocha e Piquerez, que estão suspensos e são desfalques certos. Por conta do segundo jogo contra o Atlético-MG pela Libertadores, que ocorre já na quarta-feira que vem, o Palmeiras deve ter mais mudanças na equipe titular diante do Goiás.

“É manter essa parte mental, sabemos o quanto é difícil o Brasileiro. Não existe jogo fácil. O segundo turno é ainda mais, não dá para recuperar mais pontos. Sabemos que mais uma vez o torcedor vai lotar o estádio, vai nos apoiar como sempre tem feito e tem tudo para ser mais um grande jogo. O Goiás vem crescendo na competição, não vai nos dar nada de graça”, disse o goleiro Weverton sobre o duelo de domingo.

Assim como Rony, Endrick está recuperado

O atacante Endrick, grande promessa do clube e que atualmente figura no elenco do Sub-20, também treinou na Academia de Futebol nesta sexta-feira. O jogador se recuperou de contusão no tornozelo e cumpriu todos os processos da transição física.

Endrick durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Endrick assinou seu primeiro contrato profissional com o Palmeiras no final do mês passado e está à disposição da comissão técnica para ser utilizado no time principal.

O Palmeiras finalizará a preparação para enfrentar o Goiás na manhã deste sábado, em mais um treino que ocorrerá na Academia de Futebol.

Segunda-feira do Palmeiras é marcada por atividades técnicas e Rony de volta aos gramados

Atletas do Palmeiras durante treinamento na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Fora dos últimos jogos do Palmeiras, Rony participou de quase todo o treinamento

Líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras “vira a chave” no início da semana para pensar exclusivamente na Libertadores, torneio no qual enfrenta o Atlético-MG nesta quarta-feira, às 21h30, no Mineirão, no jogo de ida das quartas-de-final.

Na manhã desta segunda-feira, na Academia de Futebol, a comissão técnica comandou trabalhos técnicos, que contaram com a presença do atacante Rony, recuperado de lesão muscular. O camisa 10 participou de forma parcial do treinamento e pode voltar à equipe no jogo contra o Atlético-MG – Rony desfalcou o Verdão nos últimos cinco jogos.

Em campo reduzido, inicialmente, o grupo foi dividido em três e os jogadores tiveram que cumprir objetivos específicos propostos pelos treinadores. Na sequência, com a presença dos goleiros, Abel Ferreira e seus auxiliares colocaram em prática atividades de enfrentamento e, por fim, os atletas aprimoraram criações de jogadas e finalizações.

Palmeiras finaliza preparação na terça-feira pela manhã

Rony durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

O último treino antes da viagem para Belo Horizonte acontece na manhã desta terça-feira, novamente na Academia de Futebol. Após o trabalho, a delegação almoça no Centro de Treinamento e, em seguida, embarca para a capital mineira.

O Palmeiras segue com 100% de aproveitamento na Libertadores. Em oito jogos disputados (seis pela fase de grupos e dois da oitavas-de-final), o Verdão, além de ter vencido todos, anotou 33 gols e sofreu apenas três.

Palmeiras se reapresenta focado no jogo contra o Cuiabá

Kuscevic e Wesley em disputa durante treinamento do Palmeiras, na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Após queda na Copa do Brasil, Palmeiras ‘vira a chave’ e pensa em Brasileirão e Libertadores

Os jogadores do Palmeiras se reapresentaram na manhã deste sábado na Academia de Futebol, após um dia de folga, e iniciaram a preparação para o confronto frente ao Cuiabá, que acontece segunda-feira à noite, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro.

A primeira atividade do dia consistiu em aprimorar a troca de passe e o posicionamento em campo. Além disso, os atletas participaram de um coletivo de sete contra sete com o intuito de simular situações específicas de jogo.

Como de costume, os jogadores que atuaram por mais de 45 minutos do último jogo não foram ao gramado e realizaram apenas trabalhos regenerativos na parte interna do Centro de Excelência. A equipe volta a treinar na manhã de domingo.

Palmeiras segue com desfalques

Rafael Navarro durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Em tratamento de lesão na coxa direita, Rafael Navarro seguiu seu cronograma de recuperação com atividades na academia e em um dos campos do CT acompanhado por membros do Núcleo de Saúde e Performance.

Já o lateral Jorge, que sofreu um trauma no joelho direito, e o atacante Rony, com lesão muscular na coxa esquerda, trabalharam apenas na parte interna.

O Palmeiras lidera o Campeonato Brasileiro com 30 pontos, um a mais que o segundo colocado. O Verdão segue sendo o time com mais vitórias na competição, menos derrotas e o melhor saldo de gols (15, com 27 gols marcados e 12 sofridos).

Com retorno de Gabriel Veron, Palmeiras treina pensando no SPFC

Gabriel Veron, Gustavo Gómez e Fabinho durante treinamento do Palmeiras, na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Gabriel Veron volta à equipe após dois jogos fora por conta de um corte no pé direito; Rony ainda é dúvida para o clássico

O Palmeiras iniciou na manhã desta terça-feira, na Academia de Futebol, a preparação para o confronto decisivo diante do SPFC pela Copa do Brasil, que acontece na quinta-feira, às 20h, no Allianz Parque.

A novidade do dia ficou por conta do retorno de Gabriel Veron às atividades com bola. O atacante desfalcou a equipe nos últimos dois jogos depois de ter sofrido um corte no pé direito e deve ficar à disposição para o clássico.

Em campo, além do camisa 27, participaram do treino técnico os jogadores que entraram no segundo tempo do jogo contra o Fortaleza e os que não atuaram. De início, os atletas aprimoraram a troca de passes, movimentações e posse de bola. Em seguida, realizaram simulações de jogos em enfrentamentos de nove contra nove.

Recuperando-se de lesão no tornozelo, o atacante Giovani realizou atividades à parte com bola, sob cuidados do Núcleo de Saúde e Performance. Assim como a Cria da Academia, o meio-campista Jailson também fez exercícios em um dos gramados da Academia de Futebol.

O Palmeiras volta a treinar na manhã de quarta-feira, na Academia de Futebol.

Gabriel Veron de volta; Rony ainda é dúvida

Gabriel Veron durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Substituído no segundo tempo do último jogo após sentir incômodo na coxa esquerda, o atacante Rony ainda é dúvida para o Choque-Rei. A comissão técnica mantém em sigilo a condição clínica do camisa 10, que é o artilheiro do Palmeiras na temporada com 18 gols marcados e o atleta que mais vezes foi a campo no ano, com 41 aparições.

Caso Rony não reúna condições de jogar, a comissão técnica terá como opções imediatas Gabriel Veron e Breno Lopes, que já atuaram centralizados em outras oportunidades, além de Wesley. Vale destacar que Rafael Navarro está lesionado e Flaco López e Merentiel, contratados recentemente, só poderão jogar a partir da semana que vem.