Após vitória, Abel distribui elogios a jogadores, torcida e até ao árbitro Jean Pierre

Abel Ferreira em jogo do Palmeiras contra o Goiás, durante partida válida pela vigésima primeira rodada do Brasileirão 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Abel enalteceu Mayke e voltou a pedir calma com Atuesta e Rafael Navarro

O técnico Abel Ferreira se mostrou totalmente satisfeito com a vitória do Palmeiras por 3 a 0 sobre o Goiás, na tarde deste domingo. Em entrevista coletiva após a partida, o comandante distribuiu elogios aos personagens do duelo.

De início, o treinador enalteceu seus jogadores.

“Tenho sorte, os dois melhores laterais-direitos do Brasil jogam pra mim, que são Marcos Rocha e Mayke. Ainda tenho um que está à espera para ‘roubar’ a vaga, que é o Garcia. Os três têm boa relação. O Mayke fez um grande jogo”, elogiou Abel, que voltou a falar em paciência com Atuesta, autor do terceiro gol, e Rafael Navarro.

“Temos que acreditar no Atuesta. Chegou esse ano, não contratamos para 6 meses. Ele faz o melhor que pode nos treinos, quer evoluir. Sabe que tem que aprimorar na intensidade, porque tecnicamente é muito bom”, disse.

Abel admitiu que teve dúvidas para saber quem escalaria no comando de ataque, mas preferiu dar confiança ao camisa 29 e deixou Merentiel no banco. “O Navarro ainda é um moleque. Nossa função não é contratar jogadores prontos, não temos dinheiro para isso. Então temos que olhar para o crescimento dos jogadores, mas isso demora. Temos que ter calma”, completou.

Abel mostra confiança em Gabriel Menino e celebra ter Rony de volta

Voltando a ter bom desempenho, Gabriel Menino novamente foi escalado como titular. O camisa 25 tem a confiança do treinador por conta de seu futebol e pelas diferentes características que traz a campo, em comparação aos colegas de posição.

“Confiamos no Menino, perdemos o Jailson por lesão e não contratamos ninguém. Ele pode fazer a 5, ainda que não tenha tanto poder de marcação, mas nos dá saída, desequilibra ofensivamente. E o mais importante: ele está com o coração e mente aberta para evoluir”, declarou o treinador.

De volta aos gramados após mais de um mês fora, o atacante Rony também foi destaque na coletiva de Abel.

“Sempre bom tê-lo de volta, é bom ter opções. Hoje temos apenas o Jailson machucado, é importante ter todos à disposição, principalmente quando temos um elenco um pouco mais curto. Às vezes, a lesão de um jogador proporciona oportunidade a outro, como foi o caso do Vanderlan”, disse.

“Ele pode jogar em qualquer uma das posições da frente. Ainda bem que o Klopp ainda não viu o Rony jogar (risos). Ele fecha corredor e entra na área. Há vários jogadores que fazem diversas posições dentro do elenco e é isso que me dá a certeza e a confiança de ter um elenco mais enxuto”, complementou.

Torcida e juiz

Os elogios de Abel não foram exclusividade dos jogadores. A torcida do Palmeiras, que compareceu em peso ao Allianz Parque, e também Jean Pierre, o árbitro, foram mencionados pelo técnico.

“O torcedor tem sido espetacular, tem nos ajudado muito. E modéstia à parte esta equipe tem dado diversão aos nossos torcedores, eles vêm [ao Allianz Parque] para desfrutar e se divertir com o jogo. Muito contente com isso. Incrível a energia entre equipe e torcedores”, disse.

“Parabéns ao Jean Pierre por ter deixado o jogo rolar. Claro que há lances que os dois treinadores reclamaram. Estamos habituados a sempre ouvir o apito e hoje ele deixou os times jogarem, a partida teve intensidade, ritmo. Manteve o mesmo critério para os dois times”, finalizou.

O Palmeiras volta a campo na próxima quarta-feira para decidir com o Atlético-MG a vaga à semifinal da Libertadores. Pelo Brasileiro, a equipe joga no sábado que vem contra o SCCP, em Itaquera.

A torcida pergunta; o Palmeiras responde

A torcida pergunta, via mídia palestrina, para a diretoria do Palmeiras
Gabriel Yokota

Em 18 de fevereiro de 2022, o Palmeiras abriu um canal de comunicação com os canais mantidos pela torcida na internet.

O objetivo, segundo a responsável pelo contato com as mídias palestrinas, Helô Campanholo, é estreitar o relacionamento entre os veículos mantidos por torcedores e o clube.

Tanto a responsável, como o coordenador de mídias sociais, Rodolfo Maia, também se comprometeram a tirar dúvidas e a responder perguntas enviadas pelos membros da mídia palestrina através de um grupo de Whatsapp criado para ser a ferramenta de comunicação.

Sendo assim, o Verdazzo publicará aqui as principais dúvidas levantadas pelos veículos de torcedores e qual a resposta do clube. Salve este post, que será atualizado constantemente, nos seus favoritos!


24/02/2022 – Verdazzo

Resposta: aguardando

23/02/2022 – Verdazzo

Contexto – contratação de um camisa 9. Foi um tema geral que vários colegas perguntaram de forma insistente, e a primeira que o clube respondeu da seguinte maneira:

A resposta não satisfez a ninguém e as perguntas sobre o tema seguiram.

Pergunta Verdazzo

Resposta

Opinião: A diretoria tergiversou e não respondeu à pergunta, o que apenas reforça a sensação generalizada de que estamos à mercê de pessoas despreparadas na montagem do elenco. Para que a confiança da torcida aumentasse, a resposta precisava ter mais conteúdo, com dados e explicações.


23/02/2022 – Eduardo Luiz (PTD)

Resposta

Opinião: A presidente tergiversou e não respondeu à pergunta


Segundo o combinado, as respostas a todas as perguntas virão duas vezes por dia, às 11h e às 17h.

O Verdazzo é um projeto de independência da mídia tradicional patrocinado pela torcida do Palmeiras.

Conheça mais clicando aqui: https://www.catarse.me/verdazzo.

Neto diz que Marcos Leonardo é melhor que “esse Endrick”. E você embarca com força

Neto e Endrick

Existem personagens que só de aparecerem nos títulos dos conteúdos da internet movimentam zilhões de megabytes. Entre os astros do esporte brasileiro, Neymar ainda é o campeão. Entre a torcida do Palmeiras, recentemente, Endrick é a bola da vez.

Por outro lado, existem comunicadores que aprenderam direitinho a usar frases de efeito para atrair a audiência. O mestre de todos eles se chama Milton Neves. Seus mais notórios discípulos são Benjamin Back e Neto.

Eles não têm a menor preocupação em serem levados a sério. Suas frases polêmicas são construídas com rigor científico, sempre tendo a provocação como mote e usando os personagens da moda como tema.

“Marcos Leonardo é melhor que esse Endrick”, frase cunhada hoje em seu programa diário na Band, é cirúrgica. Atinge três torcidas ao mesmo tempo: a do Santos e a do SCCP, que jogaram ontem, e a do Palmeiras, que não tem nada a ver com o papo.

Neto fez uma comparação completamente descabida. Endrick tem apenas 15 anos e todo mundo sabe que não há como compará-lo com nenhum profissional. Mas mesmo assim o animador joga a provocação no ar, porque sabe que usar o nome de um astro em ascensão, em evidência mundial, lhe renderá visibilidade – ainda mais se o fizer de forma jocosa.

Além de tudo, Neto usa a repulsa da torcida do Palmeiras como combustível. Tal sentimento, aliás, foi construído de forma consciente: declarar-se torcedor do SCCP e vociferar diariamente como tal o faz ser muito mais procurado do que se não se declarasse por nenhum lado, ou do que se fosse um comunicador comedido de voz suave. A audiência prefere amar ou odiar o cronista em vez de apenas se informar. É meio primitivo, mas é assim que funciona. E Neto ganha muito mais dinheiro hoje do que como jogador de futebol.

Admita: você, que entrou neste site pela primeira vez, só entrou por causa do título polêmico. A foto também mexeu com seus instintos. Verdade ou mentira?

Você diz que odeia o Neto, mas o que você faz para que ele caia no ostracismo?
Você odeia mesmo o Neto ou ama odiá-lo?


O Verdazzo é um projeto de independência da mídia tradicional patrocinado pela torcida do Palmeiras.

Conheça mais clicando aqui: https://www.catarse.me/verdazzo.

Torcedores do Palmeiras poderão viajar com a delegação para o Mundial de Clubes

Torcedores do Palmeiras poderão viajar com a delegação do clube para o Mundial de Clubes.
Divulgação

De acordo com o Palmeiras, o preço para estar no mesmo voo da delegação parte de R$19.015,00

O Palmeiras divulgou na tarde de ontem, em seu site oficial, que há vagas aos torcedores interessados em viajar no mesmo voo que levará a delegação palmeirense ao Mundial de Clubes, que será disputado nos Emirados Árabes.

A ida para Abu Dhabi está marcada para ocorrer no dia 2 de fevereiro; o retorno ao Brasil será na madrugada do dia 12, com chegada ao país no dia seguinte.

Além das passagens de ida e volta, o pacote também oferece hospedagem, ingressos para os dois jogos do Verdão, traslados para os estádios, kit e seguro viagem com cobertura para Covid-19, exame PCR para retorno ao Brasil, concierge nos hotéis e guias brasileiros para todos os deslocamentos em grupo.

Preços para viajar junto ao Palmeiras partem de 19 mil reais

Os palmeirenses interessados em adquirir o pacote terão três opções de planos disponíveis, com diferença entre eles no tipo de hotel (econômico, superior e premium). Apesar de distintos, todos eles são considerados resorts e estão localizados próximos a pontos turísticos da cidade.

Os preços partem de R$19.015,00 e os pacotes estão à venda em www.palmeiraspelobi.com.br desde ontem.

Na busca pelo bicampeonato, o Palmeiras estreia no Mundial de Clubes no dia 8 de fevereiro, às 13h30 (horário de Brasília). O adversário da equipe sairá do confronto entre Monterrey, do México, contra o Al Ahly, do Egito.

Uruguaios se impressionam com torcida do Palmeiras: “Qualidade é melhor que quantidade”

A torcida do Palmeiras no jogo contra o Flamengo, durante partida final da Libertadores 2021, no Estádio Centenário.
Cesar Greco

Mesmo não preenchendo todo o espaço destinado na arquibancada, torcida do Palmeiras foi fundamental na conquista do tri da Libertadores

O Palmeiras viajou até Montevidéu, no Uruguai, para jogar a final da Copa Libertadores contra o Flamengo e venceu o adversário por 2 a 1, na prorrogação, com gols de Raphael Veiga e Deyverson.

Para vencer, o Verdão contou com muita ajuda dos seus torcedores na arquibancada do estádio Centenário. Apesar de estarem em menor número em comparação aos flamenguistas, os palmeirenses fizeram mais barulho que os rivais e incentivaram o Palmeiras do início ao fim da partida.

A festa dos torcedores do Palmeiras impressionou os uruguaios que estavam no estádio e os que assistiram ao jogo pela televisão.

Confira algumas reações dos uruguaios sobre a torcida do Palmeiras em Montevidéu:

*Até mesmo os torcedores do Flamengo admitiram a superioridade dos palmeirenses