CBF e FPF divulgam datas; edições de 2020 podem invadir até o mês de março de 2021

A Federação Paulista de Futebol e a Confederação Brasileira de Futebol divulgaram esta semana as datas para realização das competições paralisadas em março em função da pandemia da COVID-19.

A FPF definiu que o estadual, que ainda precisa de seis datas para ser concluído, volta no próximo dia 22, terminando no sábado, dia 8 de agosto. Serão duas rodadas para terminar a fase de classificação, mais duas rodadas para as quartas-de-finais e semifinais (só jogos de ida), mais duas rodadas para as finais, em ida e volta.

A CBF, por sua vez, divulgou que pretende manter o Brasileirão com pontos corridos em turno e returno. As 38 rodadas serão alocadas entre 9 de agosto e 24 de fevereiro. Isso já causa um primeiro problema, relacionado aos finalistas do Paulistão, que precisariam ter seus jogos da primeira rodada do Brasileirão adiados, pois não podem jogar no dia 8 para decidir o estadual e no dia 9 começar a caminhada no nacional. Provavelmente terão seus jogos encaixados numa data de Copa do Brasil.

Considerando que o intervalo definido pela CBF compreende 29 semanas, temos 58 datas disponíveis, que podem ser distribuídas da seguinte forma: 38 para o Brasileirão, 11 para concluir a Copa do Brasil e ainda sobrariam 9 datas para as competições da Conmebol, que ainda não definiu seus calendários.

A Libertadores parou com duas rodadas da fase de grupos jogadas, necessitando ainda de onze datas para ser concluída. A Sul-Americana, por seu formato, também precisa de onze datas. Não se sabe ainda que critérios a Conmebol usará para preparar seus calendários e possivelmente as entidades precisarão fazer ajustes em seus planos para acomodar todas as disputas, que podem até invadir o mês de março.

O grande ajuste, que seria a adequação dos calendários ao europeu, não teve nenhum aceno, mas ainda não pode ser descartado.

É de se esperar bom senso da CBF no sentido de adiantar as partidas da Copa do Brasil o quanto for possível, para que tenhamos, ao menos, um grande campeão antes do final do ano.

Nem todos os clubes poderão receber as partidas em seus estádios por questões de segurança definidas pelas autoridades de saúde. Cidades classificadas como de risco maior para a saúde das delegações estão vetadas e os clubes precisarão recorrer a locais alternativos.

E claro: todos os jogos, por enquanto, deverão ser realizados sem a presença de público nos estádios. Mas ao menos servirão para aplacar a falta que o futebol vem fazendo nos corações dos torcedores.

Seguimos aguardando a definição dos calendários detalhados, com as datas e locais de cada jogo, principalmente os do Palmeiras. A primeira partida do Palmeiras deve ser o Derby em Itaquera, pela penúltima rodada da fase de classificação do estadual, podendo eliminá-los em caso de vitória ou empate. VAMOS PALMEIRAS!


O Verdazzo é um projeto de independência da mídia tradicional patrocinado pela torcida do Palmeiras.

Conheça mais clicando aqui: https://www.catarse.me/verdazzo.

  • Particularmente gostaria que o formato dos estaduais fosse alterado, ainda que não extintos, mas se continuam, o jeito é adaptar mesmo.
    Provavelmente as competições com mata mata seguirão o modelo em jogo único adotado pela UEFA, na Champions League.

  • Sinceramente, acho que deveriam cancelar o estadual do ano que vem para conseguir concluir o calendário 2020.

  • Por algum tempo ficarei de luto pela saída do ídolo recente. Sim, já virei viúva dele kkkkk. Vamos Palmeirassss

  • Vai ser uma volta ao futebol maravilhosa, vitória em cima dos gambás e eliminação dessas carniças kkkkk