Campeonato Paulista 1968

Campeonato Paulista 1968

O Campeonato Paulista de 1968 foi disputado por 14 clubes entre janeiro e julho, em turno e returno, pontos corridos.

A disputa foi marcada por uma enorme desorganização em relação ao calendário. O Palmeiras disputou a Copa Libertadores ao mesmo tempo que o Paulistão, mas a FPF não levou em conta a competição sul-americana para confeccionar a tabela.

Assim, o Palmeiras teve uma série de jogos adiados; alguns clássicos do primeiro turno acabaram disputados durante o segundo; e num determinado ponto, conforme o time seguia avançando na Libertadores, o Santos tinha 22 jogos disputados contra 11 do Palmeiras.

Os dois times se encontraram no dia 19 de maio, apenas três dias após o fim da Libertadores, quando o Palmeiras havia ido até o Uruguai para a partida-desempate contra o Estudiantes. Cansado e sem foco, o Palmeiras foi derrotado por 3 a 1 e o Santos comemorou o título com três jogos ainda por fazer.

O Palmeiras ainda tinha 14 jogos pela frente, mas nem que vencesse todos alcançaria o Santos, bem como os outros times que também estavam com quase todos os jogos já disputados.

Ao Palmeiras restou disputar os jogos restantes, mesmo com o campeonato já decidido. Quando ainda restavam nove jogos para o Palmeiras, todos os outros cubes já haviam terminado suas campanhas, faltando somente os confrontos contra o Verdão.

Mesmo assim, a campanha do Palmeiras foi péssima. O elenco estava sem motivação, com vários jogadores importantes já de saída ou que efetivamente já haviam deixado o clube, como Valdir, Djalma Santos, Zequinha, Suingue, Gildo e Rinaldo.

Ameaçado pelo rebaixamento, o Palmeiras chegou à penúltima partida, contra o Guarani, precisando pelo menos empatar para evitar uma disputa no confronto direto na última partida, contra o Comercial. O placar apontou 1 a 1 e o risco de descenso terminou.

O time campineiro ainda acabou punido por escalar dois jogadores de forma irregular na partida. O TJD da FPF deu os pontos ao Palmeiras, que assim disputou a última partida contra o Comercial de forma amistosa. O Bafo, no entanto, levou a partida a sério e venceu, para depois reverter seu rebaixamento nos tribunais. Ninguém acabou rebaixado naquele ano.

Lista de jogos

Lista e estatística dos jogadores