Campeonato Paulista 2001

O Campeonato Paulista de 2001 foi disputado por 16 clubes, entre janeiro e maio, simultaneamente aos jogos do Rio-São Paulo e da Libertadores. O Palmeiras deixou a disputa do estadual em segundo plano, focando nas outras competições, e fez uma campanha apenas mediana.

Os clubes se enfrentaram em turno único por 15 rodadas, com uma regra que previa pênaltis em caso de empates, e dava mais pontos para empates com gols. Se um time empatasse por 0 a 0 e perdesse nos pênaltis, ficava sem pontos.

Sob o comando de Marco Aurélio, o Palmeiras iniciou o ano muito mal, conseguindo apenas uma vitória nos primeiros sete jogos, intercalando com jogos do Rio-São Paulo. A péssima campanha no estadual e a eliminação no regional causou a demissão do treinador e a diretoria contratou Celso Roth.

O treinador gaúcho começou bem seu trabalho e o Palmeiras começou muito bem a Libertadores, e ensaiou uma reação no Paulista, vencendo seis dos oito jogos restantes. Mas a recuperação não foi suficiente e mesmo vencendo as quatro últimas partidas, o Verdão terminou a fase de classificação em sétimo lugar, a dois pontos do Botafogo, último classificado.

Lista de jogos

Lista e estatística dos jogadores