3
X
0

30/06/1951

Na estreia da Copa Rio, o Verdão encarou o Olimpique de Nice, campeão francês, no Pacaembu, e com grande atuação de Jair Rosa Pinto, a equipe comandada por Ventura Cambon venceu por 3 a 0.

Na primeira etapa, o Palmeiras, apesar de ter o controle maior da partida, não conseguiu furar a defesa dos franceses e o jogo foi para o intervalo em 0 a 0. As melhores oportunidades do alviverde saíram dos pés de Jair Rosa Pinto, que mandou duas bolas no travessão.

O segundo-tempo, contudo, foi diferente. Sendo ainda melhor no duelo, o Palmeiras chegou ao primeiro gol aos 7 minutos com Aquiles, cobrando pênalti. Quatro minutos depois, Jair fez grande jogada, passou por dois adversários (Belver e César González) e tocou para Ponce, que, sozinho, não desperdiçou e aumentou o placar para 2 a 0.

Para dar números finais ao jogo de estreia, Richard, aos 31 minutos, fez o terceiro: o atacante, que substituiu Aquiles, chutou de fora de área; a bola desviou em Mohamed Firoud e enganou o goleiro Germain, morrendo no fundo do gol francês.

Com os 3 a 0 apontando no marcador após o apito final de Franz Grill, o Palmeiras iniciava muito bem a trajetória no torneio. Na rodada seguinte, o Verdão enfrentaria o Estrela Vermelha, da Iugoslávia.




Ficha Técnica

28.709

Cr$ 854.965,00

Franz Grill

Olimpique de Nice

Robert Germain
Serge Pedini
Mohamed Firoud
Jean Belver
César González
Léon Rossi
Antoine Bonifaci
Luis Carniglia
Pär Bengtsson
Yeso Amalfi
Jean Courteaux
Désiré Carré
Åke Hjalmarsson
Numa Andre Andoire
TÉCNICO