2
X
2

22/07/1951

Depois de vencer o jogo de ida das finais da Copa Rio por 1 a 0, o Palmeiras precisava de apenas um empate na partida decisiva contra a Juventus para vencer o primeiro Torneio Mundial de Clubes Campeões. Com o Maracanã abarrotado, o duelo acabou em 2 a 2.

Precisando vencer, a equipe italiana começou a partida em cima do Palmeiras. E aos 18 minutos, a pressão deu resultado e Praest abriu o placar. O Verdão equilibrou a partida, mas não conseguia passar pela forte defesa da Juventus.

Com os papéis invertidos, o Palmeiras começou o segundo tempo com mais iniciativa e logo aos 2 minutos empatou, com Rodrigues. Entretanto, seis minutos mais tarde, o goleiro palmeirense Fábio Crippa falhou e Karl Hansen recolocou os italianos na frente.

A partir disso, para a equipe de Ventura Cambon só restava pressionar e tentar o empate. E o gol finalmente aconteceu aos 32 minutos, com Liminha: o atacante fez jogada individual e chutou contra a meta de Viola; o goleiro defendeu, mas concedeu o rebote nos pés de Liminha, que deu um carrinho para colocar a bola no fundo das redes da Juventus e explodir o Maracanã de alegria.

O Palmeiras segurou o 2 a 2 por mais 20 minutos e conquistou o primeiro título mundial.

O triunfo do Palmeiras foi tão grande que até torcedores de outros times saíram às ruas para comemorar o título. A conquista foi histórica não só para o Verdão, mas para toda a nação brasileira, que ainda sentia a derrota da Seleção na final da Copa do Mundo, um ano antes, no mesmo estádio.




Ficha Técnica

82.892

Cr$ 2.783.190,00

Gaby Tordjman

Juventus-ITA

Giovanni Viola
Alberto Bertucelli
Sergio Manente
Carlo Parola
Giacomo Mari
Romolo Bizzoto
Ermes Muccinelli
Karl Hansen
Giampiero Boniperti
John Hansen
Karl Praest
Jesse Carver
TÉCNICO