0
X
2

Bicampeão paulista no primeiro semestre de 1994, o Palmeiras iniciou o Campeonato Brasileiro, meses depois, muito consistente. Após vencer o Paraná e o Náutico, a equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo enfrentou o Internacional no Beira-Rio, pela terceira rodada, e novamente saiu vencedor.

Edmundo, com um gol e dois pênaltis perdidos foi o grande personagem da partida.

O Palmeiras, mesmo atuando fora de casa, sempre foi superior ao Internacional. Aos 24 minutos, Zinho fez bonita jogada pela esquerda e lançou Evair, que de primeira passou para Edmundo; o camisa 7 disputou com Argel e por pouco não saiu na cara do goleiro Sérgio.

O primeiro gol alviverde, no entanto, não demorou a sair. Cinco minutos depois, outro bom lançamento de Zinho, desta vez para Edmundo. O Animal ajeitou a bola já em direção ao gol e chutou rasteiro; o goleiro Sérgio defendeu, mas a bola sobrou para o atacante palmeirense, que caminhou cm  abola, parou em cima da risca do gol e deu um toquinho para ela morrer no fundo do gol adversário. Se quisesse, podia ter feito de bunda, uma humilhação.

Aos 38 minutos, ainda perdido em campo, o Internacional levou o segundo gol. Argel fez uma duríssima falta em Rivaldo e foi expulso; após a cobrança, o próprio camisa 11 escorou de cabeça para ampliar a vantagem.

Antes do intervalo, o Verdão teve ainda um pênalti a seu favor. De pé em pé, a equipe trocou passes por quase dois minutos até que Zózimo derrubou Rivaldo na área. Edmundo bateu e Sérgio defendeu. O primeiro tempo chegou ao fim com o placar apontando 2 a 0 para o Palmeiras.

No início do segundo tempo, o Internacional tentou reagir e quase diminuiu com Anderson Luiz. Mas o Palmeiras era superior e trocava passes com tranquilidade. Aos 24 minutos, Edmundo sofreu um puxão de Elson e outro pênalti foi assinalado.

Mesmo com Evair em campo, o Animal pegou a bola para bater e, novamente, perdeu. Desta vez, o chute saiu fraco, rasteiro e o goleiro adversário apenas encaixou.

No final, as duas penalidades desperdiçadas por Edmundo não comprometeram o resultado e o Palmeiras venceu o Internacional por 2 a 0, chegando à terceira vitória consecutiva. Nas rodadas seguintes, o Verdão continuou arrasador e terminou a primeira fase do Brasileirão invicto, com nove vitórias e um empate, pavimentando o caminho para aquele que seria o oitavo título nacional do Palmeiras.

Ficha Técnica

29.264

R$ 149.523,00

Léo Feldman

Escalação

Internacional

Sérgio
Luiz Carlos Winck
Argel
Adilson
Zózimo
Robinson
Anderson Luiz
Élson
Daniel Frasson
Caíco
Caio Júnior
Mazinho Loyola
Dinei
Procópio Cardoso
TÉCNICO