2
X
2

Após empatar em 1 a 1 com o Santos o primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil de 1998, no Palestra Italia, o Palmeiras desceu até a baixada santista e garantiu a vaga para a final da competição com mais um empate, desta vez em 2 a 2. O time de Luiz Felipe Scolari chegou à decisão pelo critério do gol qualificado.

Jogando em casa e precisando vencer, o Santos foi para cima logo no começo do jogo e abriu o placar com Viola, de cabeça, aos 2 minutos. No entanto, o rival teve pouco tempo para comemorar: aos 9, num contra-ataque, Paulo Nunes cruzou e Oséas mandou a bola para o fundo do gol de Zetti: 1 a 1, e com este resultado a vaga seria decidida nos pênaltis.

No segundo tempo, aos 7 minutos, o contestado meia Darci, que foi titular no lugar de Alex, recebeu um passe de Junior e, na entrada da grande área, acertou um chutaço no ângulo do goleiro adversário: 2 a 1 Palmeiras; com isso, o Santos precisava marcar mais duas vezes para avançar.

A equipe de Felipão era muito sólida defensivamente e quase que por todo o restante da partida não deu chances para o rival ameaçar o gol de Velloso. De tanto insistir, já nos acréscimos, o zagueiro Argel conseguiu igualar o placar em 2 a 2.

O empate foi o suficiente para o Palmeiras avançar à final da Copa do Brasil e ter a chance de “vingar” a derrota em 1996, já que o rival era o mesmo: o Cruzeiro.




Ficha Técnica

Santos

Zetti
Anderson Lima
Marcos Basílio
Argel
Sandro
Dutra
Baiano
Elder
Fernando
Jorginho
Adiel
Caíco
Müller
Viola
Emerson Leão
TÉCNICO