1
X
1

26/07/2017 - 21:45

Pré-Jogo

Pré-jogo Cruzeiro x Palmeiras

Na noite de hoje, a Sociedade Esportiva Palmeiras decide a vaga nas semifinais da Copa do Brasil, enfrentando o Cruzeiro no Mineirão precisando de uma vitória simples. Depois de sair perdendo o jogo de ida por 3 a 0, o time conseguiu buscar o empate e chega à decisão com o moral em alta – não só por ter descontado essa vantagem, mas pelo futebol apresentado nas duas últimas partidas fora de casa.

Palmeiras

DESFALQUES
Lesionado:
Willian Bigode
Recuperação física:
Thiago Martins, Moisés e Arouca
Não inscritos: Mayke, Luan, Juninho, Bruno Henrique e Deyverson

Cuca volta a lidar com desfalques – e nunca é demais criticar o regulamento cretino do campeonato, que não permite que jogadores contratados a partir de abril sejam inscritos numa disputa que durará até outubro.

Sem poder contar com cinco jogadores, além dos lesionados, nosso treinador ganhou “reforços” – Felipe Melo e Guerra, que ficaram treinando no Centro de Excelência enquanto o time enfrentava o Flamengo e o Sport, se juntaram à delegação zerados e estão à disposição.

É provável que Cuca tente emular ao máximo a formação que deu um baile no Sport, mas para isso precisará trocar cinco peças. O mais difícil será fazer Borja fazer o papel de Deyverson. Uma das maneiras que Cuca pode tentar montar o time é Jailson; Tchê Tchê, Mina, Edu Dracena e Egídio; Felipe Melo, Thiago Santos e Jean; Roger Guedes, Borja e Dudu.

Cruzeiro

Mano Menezes tem alguns problemas para o jogo. Sassá e Rafael Marques não foram inscritos e estão fora. Robinho, com mais uma lesão muscular, está no DM e também é desfalque, bem como Ezequiel, que está se recuperando de uma pubalgia e não reúne condições de jogo – Lucas Romero deve seguir quebrando o galho na lateral direita. Manoel, recuperando a condição física, deve ficar no banco – Leo segue no miolo da zaga. Outro que volta de lesão mas deve ficar apenas no banco é Rafinha.

Já Alisson, recuperado de desgaste muscular, vai sair jogando. A dúvida de Mano no meio campo é entre Elber e De Arrascaeta. O provável time é Fábio; Lucas Romero, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique e Ariel Cabral; Elber (De Arrascaeta), Thiago Neves e Alisson; Rafael Sobis.

Lei do Ex

Edu Dracena, Egídio, Felipe Melo e Dudu – opções é que não faltam. Do lado de lá, apenas Léo pode bater o cartão.

Retrospecto

Esta é a décima vez que Palmeiras e Cruzeiro se enfrentam em situação de mata-mata. Nas nove disputas anteriores, o Palmeiras levou a melhor em sete: Copa do Brasil 1998 e 2015; Mercosul 1998, 1999 e 2000, Copa dos Campeões 2000 e Libertadores 2001. O Cruzeiro nos eliminou na Copa do Brasil de 1996 e no Brasileiro de 1998.

Aproveite todas as funcionalidades do Almanaque do Verdazzo. Consulte os links abaixo, e faça os cruzamentos com outros dados como preferir:

Cruzeiro
Cruzeiro
Mineirão
Mineirão
Wilton Pereira Sampaio
Wilton Pereira Sampaio
Copa do Brasil
Copa do Brasil

 

Parpite

Nenhum time deve arriscar uma postura ofensiva e o primeiro tempo deve ser chato e sonolento, com os dois times poupando o físico – o zero a zero é uma aposta forte. Preparem-se mesmo é para o segundo tempo, quando todas as fichas deverão ser colocadas na mesa. O Verdão vai sair na frente com Dudu, sofrerá o empate e vai para a pressão final com tudo, chegando ao gol da vitória e da classificação com Borja, o predestinado, para 46.987 pagantes. Quem sobreviver, comemorará. VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

TV GloboGlobo – para MG (menos Juiz de Fora)

SportvSporTV

Pós-Jogo

Cruzeiro 1x1 PalmeirasCésar Greco / Ag.Palmeiras

O Verdão até conseguiu o placar que o classificava no segundo tempo, mas não suportou a pressão do Cruzeiro e cedeu o empate, sendo eliminado da Copa do Brasil. O time agora volta a focar no Brasileirão, e ganha como prêmio de consolação quatro semanas livres para treinar e arredondar o time para a conclusão da temporada – esperamos, coma  disputa da Libertadores.

PRIMEIRO TEMPO

Cuca veio com a formação mais ofensiva, com Guerra de volta e Egídio e Jean prontos para o apoio – assim, Felipe Melo e Thiago Santos formaram a dupla de volantes, sobrando para Tchê Tchê um lugarzinho no banco.

Aos três minutos, Thiago Neves armou a jogada pela direita e alçou para Elber, que emendou de voleio – a bola raspou em Edu Dracena e saiu perigosamente em escanteio. Aos sete, o Palmeiras respondeu em jogada individual de Roger Guedes – ele tinha Jean aberto pela direita mas preferiu bater par o gol: errou, por cima, e irritou a todo o time.

Aos 17, Diogo Barbosa entrou em diagonal e enfiou para Thiago Neves; ele aparou a bola para bater mas Rafael Sobis chegou de trás também querendo o arremate – os dois acabaram “dividindo” a bola; Thiago Neves ainda conseguiu o chute, mas a bola saiu fraca e Jailson defendeu sem problemas.

O Cruzeiro aos poucos foi tomando conta do meio-campo e passou a dominar o jogo, mantendo a bola mais próxima de nossa área e cortando todas as tentativas do Palmeiras de armar o jogo. A torcida se inflamou e o momento em campo nos ficou muito desfavorável. Aos 25, Thiago Neves cobrou falta na área, a defesa rechaçou e Sobis emendou para o gol – a bola tinha o endereço mas bateu no muro de palmeirenses dentro da área e a defesa aliviou o perigo.

O Verdão reagiu e passou a avançar a marcação, invertendo a pressão colocada pelo time da casa e saindo das cordas. Aos 32, Jean tentou um chute de fora, mas bateu fraco, fácil para Fábio. Depois de dez minutos muito travados, Ariel Cabral arriscou também de fora da área, sem direção. Wilton Pereira Sampaio encerrou o primeiro tempo sem gols, em que os dois times mantiveram a postura cautelosa preservando as energias e os nervos para os 45 minutos finais.

SEGUNDO TEMPO

A estratégia de Cuca para acelerar o jogo foi sacar Guerra e centralizar Dudu, colocando Keno na esquerda. O Verdão tomou a iniciativa do jogo e deu espaços para o Cruzeiro contra-atacar, deixando a bola muito mais viva e o jogo aberto.

Aos 7, após escanteio da esquerda, Léo teve até que se abaixar para cabecear, livre, de frente para Jailson, mas escorou torto pela linha de fundo, desperdiçando boa chance. Aos 12, seguindo a corrida contra o relógio, Cuca mandou Raphael Veiga no lugar de Felipe Melo, aumentando a pressão.

Aos 15, Dudu conseguiu um bom lançamento para Roger Guedes na direita; ele cruzou e Borja emendou de primeira – a bola explodiu no rosto de Murilo. Mais cedo do que se esperava, o Verdão já era dono do jogo e Mano Menezes tentou sair da pressão colocando De Arrascaeta no lugar de Élber.

Aos 18, Raphael Veiga recebeu sem marcação no meio e de longe arriscou um ótimo chute, que saiu perto da forquilha direita de Fábio. Aí o Cruzeiro começou a fazer o que sabe fazer de melhor: catimba. O Palmeiras, com Dudu, Thiago Santos e até Cuquinha, caiu nas provocações e o relógio começou a correr como nunca sem que nosso time ameaçasse o gol de Fábio.

Quando voltou a jogar bola, o Verdão chegou ao gol: aos 30, Veiga bateu escanteio da direita; Fábio rebateu para a meia-lua e Keno pegou de primeira; a bola desviou em Lucas Romero e matou Fábio, indo para o fundo do gol. Cuca então remontou o meio-campo mais defensivo, com Tchê Tchê indo a campo no lugar de Dudu.

E o Cruzeiro começou a pressão final: aos 30, De Arrascaeta bateu da entrada da área – Jailson pegou firme. A bola raramente saía de nosso campo, mas aos 38 o Verdão teve um ótimo contra-ataque puxado por Borja – mas Egídio, pra variar, fez a escolha errada e tentou fazer um golaço por cobertura em vez de acionar Raphael Veiga, em ótimas condições.

O Palmeiras não matou o jogo e sofreu o castigo: no ataque desordenado, Alisson cruzou da esquerda e o lateral Diogo Barbosa, inacreditavelmente livre, testou firme no canto direito de Jailson, que ainda raspou na bola. O Verdão tinha cinco minutos para fazer o gol da classificação.

Nosso time então foi com tudo pra cima, como não podia deixar de ser, mas esbarrou nos próprios nervos e não conseguiu colocar a bola no chão. Aos 42 Raphael Veiga perdeu a bola na frente e De Arrascaeta armou o contra-ataque, levando até nossa área e concluindo a gol – Jailson fechou o ângulo e defendeu. O Cruzeiro seguiu segurando a bola no campo de ataque e garantiu o resultado sem ser ameaçado.

FIM DE JOGO

Chegamos perto, mas pelas circunstâncias, o gosto que fica é amargo. Se tivéssemos sido eliminados encurralando o Cruzeiro dentro de sua área em busca do gol salvador, ao menos sairíamos da competição de forma mais altiva. A incapacidade de reagir com nove minutos ainda por jogar é um alerta para que o time aprenda a recuperar o foco rápido e se imponha, mesmo em território hostil – isso pode ser muito importante na disputa da Libertadores.

Passar pelo Barcelona será vital para o sucesso ainda este ano, claro. Além de manter o time vivo, a classificação deixará o Palmeiras a três duelos do título, com um artigo de luxo que não teve até agora desde que Cuca chegou, em maio: semanas livres para treino, com todo o elenco à disposição. Se o jogo de daqui a duas semanas contra os equatorianos já era importante, agora virou o jogo da década. Cabe a todos – jogadores, comissão técnica e torcida – levantarmos a cabeça rápido e não perder a motivação. VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Cruzeiro

Fábio
Lucas Romero
Léo
Murilo
Diogo Barbosa
Henrique
Ariel Cabral
Élber
De Arrascaeta
Tiago Neves
Alisson
Lucas Silva
Rafael Sobis
Raniel
Mano Menezes
TÉCNICO

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Jailson
Nem chegou a ser muito exigido. Mais uma vez, uma leve impressão de que poderia ter alcançado a bola - mas é impossível cravar. Não me lembro dessa horrenda camisa amarela, seja com ele, ou com Prass, nos dar grandes lembranças.
6.5
Jean
Dentro da proposta de Cuca, fez o arroz com feijão, sem comprometer.
6
Mina
Fazia uma partida brilhante mais uma vez, até o lance do gol do Cruzeiro - onde ele estava?
5.5
Edu Dracena
Segurou bem seu lado, ficando muitas vezes no mano a mano e melhorando uma de suas deficiências; a disputa em velocidade.
7
Egídio
Outro que fazia uma partida surpreendentemente boa, até errar bisonhamente no lance capital do jogo, perdendo um contra-ataque que nos daria a classificação.
6
Felipe Melo
PArecia um tanto lento, travado, sem ritmo - mas não chegou a comprometer.
6
Raphael Veiga
Deu mais mobilidade ao ataque e ainda bateu o escanteio que gerou nosso gol.
6
Thiago Santos
O melhor do time junto com Keno; mais uma vez anulou o maior valor do adversário e foi a chave para o time não perdero meio-campo.
8
Roger Guedes
Fraco, individualista demais e com dificuldade em tocar a bola de primeira para acelrar o jogo.
4.5
Guerra
Apanhou bastante, mas mesmo assim ficou abaixo do que se esperava dele.
5.5
Keno
Além do gol, foi o maior responsável pela subida de ritmo do Verdão no segundo tempo.
8
Dudu
Não conseguiu reeditar a grande atuação dos 3 a 3, e ainda caiu na pilha do De Arrascaeta.
6
Tchê Tchê
Entrou para povoar o meio e dificultar as chegadas do Cruzeiro - aparentemente não conseguiu.
5
Borja
Uma nulidade. Não se colocou bem, matou as poucas bolas que chegou com a canela e até com o braço, dando mais uma chance de chuveirinho para o Cruzeiro. Tá difícil.
3
Cuca
Cuca
O plano de jogo funcionou: seguramos o primeiro tempo e partimos para a pressão no segundo, chegando ao gol. Só faltou não tomar. Guardou uma substituição para se rearmar e fez sua parte. O resto aconteceu dentro do campo.
6.5





  • Acordei azedo! Fico pensando por que fui sempre um jogador medíocre ? Devia jogar um pouco de bola como joga o Guerra e o Felipe Mello. O treinador me deixaria descansar por uns 10 dias…eu ia lá corria apenas uns 45 min e apresentaria um futebol ridiculo como o Guerra apresentou. Pegava uns 500 kk por mes…mas nunca joguei porra nenhuma….vou trabalhar….

  • Infelizmente não podemos ir com esse time inteiro para a Copa do Brasil.

    Mas eu confio no Cuca.

    Cada dia ele tem mais esse grupo nas mãos.

    Dará um nó tático no Mano e sairemos de BH classificados.

  • O Cuca ainda tem uma teimosia que precisa ser deixada no passado .
    Pra ele o time ainda é TT e mais 10 .

  • ÓTIMA PARTIDA! Acho que ficou claro que o Tchê Tchê não pode ser titular dessa equipe, ontem não fez falta, pelo contrário. Na Copa do Brasil podemos usar o Thiago Santos e o Felipe Melo (que sempre mantém a regularidade), já na libertadores, nos jogos fora de casa, podemos ir de Thiago santos e Felipe Melo e em casa de Felipe Melo e Bruno Henrique.

  • Bruno Henrique:
    – contra rivais de meio-campo de toque de bola destrói, é monstro.
    – contra rivais de meio-campo leve de velocidade, que pegam a bola e saem a mil carregando ou já pegam e lançam, tá sofrendo ainda.

    Não sei se é típico dele isso, ou se a falta de ritmo ideal, atrapalha mais nesses jogos velozes.

    De qualquer forma, é bom que ele não vai jogar contra o Cruzeiro, pois no jogo do brasileirão o Mano soube explorar isso.

    Estou achando que o Cuca vai ‘aprontar’:

    Acho que o Borja fica no banco, ele deve usar o Guerra como falso 9, Dudu e Guedes. No meio infelizmente acho que ele vai insistir com Zé roberto; Tchê e Santos, um meio pesado e de pouca mobilidade pro estilo do Cruzeiro.

    E a defesa, pelo limite de inscritos a tendência é Jean, Mina, Dracena e Egídio.

    Se for isso mesmo vai ser SOFRIDO e teremos que contar com um dia individual esplêndido de quase todos ou muita sorte pra classificar.

    Espero estar ERRADO!!!

    Pelo estilo do Mano, gostaria de um time mais veloz e ligeiro atrás e no meio, e do Borja enfiado no meio dos zagueiros, que não são dos mais inteligentes e acabariam batendo cabeça pra segura-lo abrindo espaço pras chegadas de Guerra, Dudu e Guedes.

    • O Bruno Henrique sempre jogou bem de segundo volante. Quando jogou de primeiro volante em todas as equipes que passou, foi mal. É um erro escalá-lo de primeiro volante.

      Quanto a defesa, acho que Jean está sem ritmo de jogo, seria temerário escalá-lo.

      Quanto ao Borja, também o escalaria. Uma ótima oportunidade dele mostrar o seu valor…

      • Bom, contra os gambas, na teoria ele jogou de 2o volante e foi sua pior partida, justamente porque como eu falei os gambas não tem toque de bola, é pegar e partir pra cima na velocidade. Acho que foi pela falta de ritmo mesmo então.

        O Jean, exatamente meu prognóstico.

        Sobre o Borja, infelizmente, embora eu torça pra ele, senão arrebentar, pelo menos fazer o gol decisivo, acho pouco provável que isso ocorra na 4a.

        A tendência é 85% de probabilidade de individualmente ele ir mal de novo, já que ele não tem reagido bem a pressão e a chegada do Deyves só aumenta ainda mais a pressão encima dele. (A não ser que a pressão a mais estoure de vez a bolha que ele se encontra dentro e faça o cara ‘sair pra vida’)

        Ainda assim, esperando ele ir mal individualmente, acho sua entrada crucial na 4a Taticamente. Tenho quase certeza que sua presença ali no meio da zaga será o fator a desequilibrar o sistema de marcação do Cruzeiro e a tendência nesse caso seria Guerra, Dudu e Guedes fazerem a festa.

        • Ele fez o penalti, foi um grande erro, sem dúvida.

          Mas todos estão sujeitos a cometer erros.

          Vitor Hugo também errou no seu primeiro derby e depois virou uma peça fundamental na conquista dos títulos nacionais…

          • Nem é pelo pênalti, apesar da infantilidade do lance tento fechar os olhos pra isso na hora de avaliar a partida dele, o problema foi durante os outros 44 minutos (ele foi substituído no intervalo né?) que ele parecia uma barata borrifada com detefon, sempre correndo pro lado errado, nesse jogo especifico ele estava perdidinho. Talvez a ‘culpa’ que ele sentiu pelo lance bobo tenha contribuído pra ele ficar desnorteado. Mas que foi uma partida muito ruim, pra mim foi…

    • Pra mim, com essa vitória, o time se desenha para ser Jailson, Jean, Mina, Edu, Egídio, TS e FM, Guerra, Dudu, RG e Keno!

      FM faria vez do BH, e Guerra armaria mais.. acho um risco muito grande deixar o Cruzeiro com a bola, pois o elenco é mais qualificado e não depende de só um jogador (como o Xpó depende).

      3 atacantes rápidos e com muita disposição, sendo que pode haver muita variação entre os 4 do ataque, deixando os demais com funções mais defensivas, aparecendo de forma alternada..

      Segura FM e sobe Egídio, ou sobe Jean e segura TS.. Mina só na defesa!!

      Inventar Guerra de falso 9 seria uma coisa MUITO fora do usual.. mas vai saber

      • “Inventar Guerra de falso 9 seria uma coisa MUITO fora do usual.. mas vai saber” sic

        Cuca adora essas invenções. kkk

        Gostei da sua escalação, embora ache o Jean sem ritmo uma temeridade na direita e acho que pelas características dos zagueiros do Cruzeiro, taticamente seria muito mais interessante o Borja plantado na frente e abrindo os espaços.

        • Eu sei que ele adora, por isso não descarto.. hehe

          Eu prefiro o Borja tbm.. mas acho que essa “invenção” do Cuca faria sentido, até pq Dudu, RG e Keno tem feito seus gols..

          Jean na LD pq o Mayke não pode jogar, ou pode?

          Se não for o Jean seria o TTche? Prefiro o Jean..

          Abçs.

    • Tenho 3 teorias pra piora repentina do Tche Tche;
      1 – A contusão do começo do ano foi mais séria que do que imaginamos e isso acabou com a mobilidade/confiança dele.

      2 – Sentiu o fato de ser protagonistas e não mais uma mera aposta.

      3 – alguma proposta milionária do exterior recusada pelo Palmeiras que de alguma forma mexeu com o emocional.

      A única coisa que eu sei é que ninguém perde o rendimento de um ano pro outro assim à toa. E independentemente do motivo da piora ta na hora dele esquentar o banco.

  • Contra o Cruzeiro, o time é esse:

    Jailson, Mike, Mina, Juninho e Egidio; Jean, TT e Guerra; RG; Deyverson e Dudu.

        • Verdade…………..

          Jailson, Jean, Mina, Dracena e Egidio; Felipe Mello, TT, e Guerra, RG, Borja e Dudu.

          • Eu iria de: Jailson, Jean, Mina, Dracena e Egidio; TS, Felipe Mello, e Guerra, RG, Borja e Dudu. Com FM saindo mais pro jogo e recompondo pra fechar a linha de 2 VOL com TS

          • Boa escalação, embora acho que o Tchê de lateral direito encaixa melhor a marcação contra a velocidade das marias.

          • Boa pedida tbm! Eu fiquei exatamente nessa dúvida entre Jean e TT na lateral. Ainda seria melhor o TT na LD por conta do condicionamento físico e tempo de bola estarem BEM melhores que o Jean que ficou muitos jogos de fora!

          • Gostei da sua escalação. Acho que ela será bem próxima disso.

            Mas vendo as preferências de Cuca, tenho quase certeza que Tche Tche será escalado, nem que seja no gol.

            Desta escalação talvez aposte em Michel Bastos na esquerda.

            Vamos ver…

    • como esse meio campo ai , a gente não ve a cor da bola .
      Jailson , mike , mina , ED ou Juninho , Egidio , FM , BH ou TT , TS , guerra , RG , dudu

  • Ótima partida e detalhe: este era o “time reserva”. Alguma dúvida que nosso elenco é realmente bom? Que este tipo de vitória se repita daqui para frente que, com certeza, encostaremos no líder.

  • Acho que o Cuca entendeu algumas coisas :
    – Zé Roberto só joga no meio campo .
    – Nosso time sempre se defende bem quando tem um volante de marcação ( TS ou FM ) .
    – BH tem que ser segundo volante, tem que jogar sempre com TS ou FM .
    Só não sei quem o Cuca vai colocar na lateral contra o Cruzeiro, TT ou Jean . Como Zé foi poupado , acho que vamos de TT na lateral e Zé como segundo volante de início .

    • Concordo com quase tudo que você disse Fedato, apenas acho que Zé Roberto não dá mais, nem para o meio campo…

  • Muito bom comentar quando o time ganha e joga bem, que foi o caso de ontem.

    Eu particularmente acho Thiago Santos um “mal” necessário, nosso melhor marcador, embora não tenha tanta qualidade na saída de bola.

    Espero que Cuca o escale na quarta.

    Pena que 90% deste time que jogou ontem, não jogará na quarta.

    Independente do resultado da quarta, vejo Cuca conseguindo voltar a dar um padrão tático à equipe.

    Na libertadores estaremos prontos…

    • Entendo que o time de ontem jogou bem e “deu sorte” para o jogo de ontem. Para outros jogos talvez não desse certo. Vendo os resultados rodada a rodada, dá pra entender bem o porquê não figuramos entre os top3, top2… Empatamos com o Patético-MG perdendo penalti, perdemos pro BAM após perdermos um pênalti qdo estava empatado, entre tantos outros vacilos… Mas recuperaremos cada vacilo desses! Nosso time “quase titular” volta de BH com a classificação! Se imaginarmos o ‘time ideal de quarta’ com a vontade mostrada ontem, temos um time quase imbatível!

      • Quanto aos pontos perdidos, acredito que conseguiremos recuperá-los com o passar das rodadas.

        Acho que fecharemos este turno com 35 pontos e a 8 pontos de distância do líder.

        Dá para buscar…

        • Com ctz! O discurso do R.BaladaGaúcho eu já repetia há tempos… Não vão ganhar todas e se perderem, talvez mais 1 jogador importante, como Jô ou Rodriguinho, aí é ladeira abaixo! Mas já sem o Jadson terão sérias dificuldades!

          • Vai chegar um momento em que eles terão sérias dificuldades em GANHAR as partidas.

            Continuarão sólidos na defesa, pelo esquema e entrega, mas não conseguirão marcar gols com facilidade.

            Imagina uma sequência de 3 empates e uma vitória em 4 partidas, mesmo que quem venha atras ganhe 3 e perca uma são 9 pts contra 6, duas sequencias assim e o Grêmio já cola de vez, o que obrigará eles a se abrirem mais pra tentar ganhar, diminuindo a eficácia defensiva o efeito bola de neve será devastador. (se eles não ganharem na próxima rodada, já será uma sequência dessas)

          • O problema vai ser qdo precisarem pontuar e tomarem 1, 2 gols. Terão que abrir mão do ferrolho e aí vai virar sacolada. Vai ser Fagner batendo até na mãe e tomando cartão só de entrar em campo e o queixo de esfinge entregando a rapadura como sempre fez! Aí com a pressão, voltarão a ser o time comum que são!

          • O que acho interessante é o comportamento da imprensa.

            No ano passado quando tínhamos seis,.sete pontos na frente dos rivais faltando poucas rodadas para acabar o campeonato, falavam que a distância era pequena e que não iríamos suportar a pressão.

            Agora que são os Gambas e falta mais de um turno com os mesmos 6 pontos, eles falam que a diferença é muito grande e que dificilmente serão alcançados.

            Imprensa.parcial é isso…

  • Duas excessões apenas, Jean ainda mal (ok, voltando ao time depois de um tempo de recuperação) e Egídio (esse não vale comentar mais), de resto, ótima partida de toda equipe, inclusive do Deyvs (fez aquilo que Cuca mais preza em nossos atacantes, correu, se entregou e ajudou na marcação! Prevejo Borja como 3ª opção em nosso ataque …

  • Luan e Juninho são a futura zaga do Palmeiras!!!
    Agora o Erik não se ajuda mesmo, sempre estabanado, podia aprender com o Keno. Ontem tivemos um contra ataque igualzinho ao gol do Keno com o Erik, quando ele dominou minha esposa falou “Não vai dar em nada, é o Erik”, não deu em nada. Lamentável.

  • Vitória pra levantar a moral do elenco! Vamos em frente e que seja uma ótima semana para nós Palmeirenses! AVANTI !

  • Melhor jogo do Palmeiras no brasileiro. Por enquanto.
    vitória tranquila, sem sustos. Me lembrou muito as atuações do ano passado, sistema defensivo bem postado, e letal nos contra ataques, fora o gol de bola parada que era uma arma poderosa ano passado e esse ano, nem tanto.

    • Acho que o melhor jogo ainda continua sendo contra o Vasco, mas ontem foi muito bom mesmo. E ainda bem que a bola do DIego Souza pegou no travessão.

    • Também achei o melhor jogo do Palmeiras fora de casa neste ano. Lembrou mesmo o Palmeiras do ano passado quando jogava fora de casa…

  • Que vitória espetacular, puta que pariu, espetacular!

    Sempre é bom assistir o Palmeiras, mas ontem, foi ótimo!

    Sistema defensivo super eficiente e sério, ninguém quis fazer jogada de mestre, todos fizeram o arroz com feijão, muito bem feito. Parabéns parabéns!

    É nítido para mim, que o Mina precisa parar de se lançar ao ataque, o jogo de ontem ficou visível a eficiência do nosso sistema, estando bem postados e fazendo a função deles. Então, por favor MINA, faz o que você sabe fazer e muito bem feito, que você volta a ser o monstro que é, e sem ser questionado.

    Digo mais, o Cuca precisa abrir o olho já para essa DUPLA JUNINHO/LUAN, é o futuro do Palmeiras e o MINA não pode ser intocável!

    Thiago Santos o monstro de sempre, sem gracinha e sempre fazendo a função dele perfeitamente, que jogador!

    Bruno Henrique, parabéns, é isso que queremos de você, top!

    Pantera, sem comentários, como já foi citado nos comentários, “repelente de bolas na rede”.

    Avanti Palestra. Vamos matar as raposas.

    • Entendo a empolgação, mas o MINA é o MINA! Um zagueiro monstro e, não fossem “as subidas” que vc não gosta, não teríamos feito o gol na Arena de Rodeio na quarta. Eu criticaria se as subidas dele fossem irresponsáveis. Pode subir, mas tem que ter cobertura! Subir pra deixar jogadores lentos na recomposição, sim, é suicídio!

      • Com o time todo em sintonia, as “subidas” do Mina funcionam bem demais. Com o time desorganizado, abre nossa defesa e nos fodemos.

        • Concordo totalmente. Com o time treinado é uma coisa, jogando de quarta e domingo há 3 meses é outra totalmente diferente.

      • Ano passado nós não fomos o sistema menos vazado em vão, acredito eu. Muito se deve a posição do Vitor Hugo e do Mina no sistema defensivo. Esse ano já estamos entre as mais vazadas, e na minha opinião, muito se deve a essas subidas suicidas dele, não estou falando que ele esta proibido de subir, mas ele esta o TEMPO INTEIRO no ataque. E esse ano já tomamos alguns gols chave de contra ataque, aonde ele não estava na recomposição da zaga, para efetuar a marcação.

        Mas é questão de opiniões, claro.

        • 95% das vezes ele só sobe na boa, e 99% “desses gols de contra-ataque em que ele não tava na defesa”, não foram de subidas irresponsáveis e sim em lances de bola parada, onde ele é referência no ATAQUE, portanto falha de cobertura, e não de posição do Mina.

          Teve SIM uns 2 ou 3 jogos em que ele subiu desembestado tentando resolver o jogo sozinho, mas foi só naquele pior momento tático em que nós atravessamos, quando o time todo estava bagunçado e sem gana, sem saber o que ou como fazer. Ele subia no desespero de ver o time sem conseguir criar e penetrar.

          Asim que o time começou a corrigir isso, ele parou e faz tempo que só tá subindo quando deve.

  • No começo torci o nariz pra 3 volantes no meio campo, achei defensivo demais, ainda mais tendo RV no banco, essa poderia ser a chance do guri de mostrar algum futebol.

    Mas fizemos uma boa partida defensiva e os gols surgiram, o primeiro foi aquela que o Felipão sempre dizia pro Pampers “manda pra área que alguém acaba empurrando pra dentro”..

    O Segundo foi um belo gol, com um passe primoroso do BH (parecido com aquele do ZR na rodada passada), com uma finalização perfeita do Keno, que só não fez o terceiro por um milagre do goleiro do XPó, que pegou a bola que foi no seu contrapé..

    BH fez uma partida como aquela sua estreia, perfeita! A qual estava devendo já faz
    alguns jogos.. espero que consiga manter as boas atuações, porque não dá pra ser uma boa partida a cada 3 ruins!

    Zagueiros seguros e ataque bem, tirando o Erik, que foi o Erik de sempre, muita vontade, mas nada além disso.

    Egídio, foi o Egídio de sempre, algumas boas jogadas alternando com algumas besteiras irritantes, mas dessa vez as boas jogadas foram importantes!

    Mayke, fez uma partida ok.

    Vamos pra cima do Cruzeiro, espero que o Cuca consiga anular o time do Mano!

    • nao se pode colocar tarjas nas testas dos jogadores, principalmente no meio de campo. nao existe mais “volante”, “meia”, ponta”. existe movimentação e preenchimento de espaços.

      • claro que existe. vai por o thiago santos pra armar a jogada?! o que rola na real é que o que se espera de jogadores de meio campo, dentro de um esquema com jogadores abertos pelas alas, é que sejam como os médio-volantes, aqueles antigos nº 8, ou seja, que saibam defender e sair jogando. e isso pq os clássicos camisas 10 estão morrendo, mas se surgir um bom 10, sempre terá espaço. da mesma forma vc pega um cabeça de área, o 5 raiz, que dizem estar perdendo espaço, se esse cara além de marcar muito bem, tiver bom passe, como thiago santos (está melhorando nesse quesito passe), felipe melo, também terá vaga em grandes times… o que há de mais moderno são jogadores como kross, modric, que defendem e atacam, mas não é regra. a grande verdade é que não se joga mais no 4-4-2, e sim no 4-2-3-1 que se altera para 4-1-4-1 durante o jogo…

      • Entendo e até concordo, me referi a 3 volantes no sentido que são 3 jogadores mais defensivos, nenhum deles é conhecido por sua qualidade ofensiva.

        Abçs.

  • Tenho a impressão que quarta-feira teremos mais um treinador (arrogante, por sinal) desempregado. O nome dele é Mano Menezes.

      • Sim, mas 3 derrotas seguidas e uma eliminação após estar ganhando o jogo de ida por 3×0 vai ser difícil segurar.

    • Acho o Mano um bom técnico (mesmo achando ele um babaca) está com um time mediano, a 2 pts da classificação pra libertadores.. E o Cuca ainda não conseguiu ganhar dele..

      Espero realmente que com os testes que fez, Cuca consiga ganhar bem quarta feira!

  • Tinha que dar um jeito de não tirar o Keno desse time. pra mim ele e o TS tem que ser titular. entao Jailson.Jean.Mina.Luan.Egydio, TS,FM,Guerra,Dudu,Keno,RGuedes, Ah não tem um centroavante, pelo futebol que o Borja ta jogando, da pra ir sem, os 4 da frente ficam revesando

    • Concordo plenamente! Desde a chegada do Keno, acredito sermos perigosíssimos com as decidas dele! Pra mim, o ataque ideal é Dudu-Keno-Guedes com Bigode e Borja engatilhados para mudar, seja trazendo Dudu para o meio ou para colocarmos um Avante de ofício (Borja)

    • Concordo plenamente! Desde a chegada do Keno, acredito sermos perigosíssimos com as descidas dele! Pra mim, o ataque ideal é Dudu-Keno-Guedes com Bigode e Borja engatilhados para mudar, seja trazendo Dudu para o meio ou para colocarmos um Avante de ofício (Borja)

      • Concordo que é complicado tirar o Keno mas e o willian? O cara mesmo não jogando na função que mais gosta ta guardando sempre o dele… Como é bom ter alternativas de alto padrão assim!!!

    • O problema do Keno ser titular, é que invariavelmente, quando ele começa jogando, com menos de 10 do segundo tempo ele tá pregado, só aguentando piques esporádicos.

      É uma substituição queimada de certeza, todo jogo. A maioria dos técnicos, especialmente os mais estrategistas, que usam as substituições pra alterar o panorama da partida (como o Cuca), torcem um pouco o nariz pra essa limitação de perder uma substituição.

  • Adoro quando os arautos nos consideram como “não favoritos a uma peleja”. 99% das vezes agente ganha.

    • Tava vendo os caras da Fox ontem dizendo que era 70% de chances do sport ganhar…pq viviam grande fase…pq o Luxemburgo é o melhor do Brasil…que os caras vinham de 5 vitorias em 6 jogos…ahhh como queria ver a cara deles após o nosso jogo!!

  • Interessante, jogamos bem, sem o Tche Tche, ele está em uma má fase, errando passes demais. Parabéns ao grupo!

  • O Luan quando joga na sua posição(lado direito) não tem pra ninguém, joga muito, agora quando o Cuca coloca ele do lado esquerdo da zaga que nem quarta ai não da. Time jogou muito, Bruno Henrique acabou com o jogo.

  • A garra do Deyverson é que vai botar o Borja no banco, não parou um minuto sequer. Vi uma semelhança enorme do time de hoje com o do BR 16. Três jogadores com poder de marcação no meio e muita velocidade no ataque. Lembram dos jogos fora com Moisés-Tchê tchê-Thiago Santos/ Dudu-Jesus-Guédes? Só substituam os nomes de hoje. Jeitão Cuca de jogar…

    • Tbm enxerguei muito do time de 2016 ontem! Linhas jogando próximas e sufocando na marcação. Falhas acontecem, mas como em 16, mesmo qdo falhamos estava tão bem encaixado que não ofereceram maiores perigos..

  • delícia ver a imprensa ter q aceitar essa vitória fora com o time reserva …
    Cuca acertou em ir do RJ p Recife direto e agora vai p MG;

    dá p ganhar quarta e bem!!

  • O sistema defensivo foi sensacional. As duplas de zaga e volantes foram monstruosas e o Mayke também fez grande partida. Ofensivamente, apesar de não termos criado muita coisa, fomos cirúrgicos como aquele time de nome feio.

    Individualmente, só não gostei do Jean, que errou muitos passes e perdeu muitas bolas… do Érik que perdeu 95% das bolas ofensivas… e não vi nada de mais no Deyverson no jogo de hoje para dizer que ganhou a posição fácil fácil: errou 5 passes, não finalizou nenhuma vez a gol e não deu nenhuma assistência importante. Realmente brigou bastante, tanto que fez 8 faltas nos zagueiros… mas como atacante, prefiro que ele sofra faltas e finalize a gol. Prefiro aguardar mais jogos para avaliar melhor. Certamente terá sequência, visto que mesmo vindo de férias ganhou 90 minutos.

    Bruno Henrique melhor em campo e Jailson tem muita estrela. Como disse um colega ali abaixo, o cara é um repelente de gol. kkkkkkkk

  • É triste constatar a decadência de um dos grandes profissionais da história recente do futebol brasileiro.

    Luxemburgo já venceu o Brasileiro 5 x (93,94,98,2003/04), o Paulista 8 x (90/93/94/96/2001/06/07/08) 1 Copa do Brasil (CRU), Carioca com o FRA, Mineiro com Galo e CRU, (não lembro se Gaúcho com GRE). Chegou à semifinal de Libertadores em 2007 (nosso hoje #ZéAnimal era o 10 daquele time do NPS<). Venceu Copa América à frente da Seleção (99).

    Além disso tudo, é o único brasileiro a, por um ano, ter dirigido o Real Madrid e seus galáticos.

    Hoje, seu desempenho é pálida lembrança do excelente profissional que ele já foi.

    Me daria safisfação vê-lo recuperar-se e honrar esse passado tão brilhante.

    • Acho que dentro das limitações e do modesto elenco, ele não faz um mal trabalho no Sport. Pegou o time na zona de rebaixamento e hoje está na zona de classificação para a Libertadores. Aliás, até o jogo de hoje, estavam na nossa frente.

    • Luxa é um dos poucos que fizeram TODA a diferença nos clubes onde passou enquanto teve motivação.

      Me parece o caso clássico de uma.pessoa que se entregou de corpo e alma para compulsões destrutivas achando que não precisaria mais prestar contas a ninguém. Já vi isso acontecendo de perto mais de uma vez.

      Só que nem sempre o script da vida é tão previsível.

      No fim das contas tanto a danação como a salvação continua sempre nas mãos da própria pessoa.

      Sem querer desrespeitar o clube, não era para ele estar hoje no Sport.

  • Mais um bom jogo, agora vamos confiantes pra Copa do Brasil. Nosso rival de quarta-feira não ganha há três rodadas. Hoje perderam com o time titular para o avaí.

    Se o time reserva mostrou força pra ganhar do sport embalado, nosso time titular pode muito bem vencer no Mineirão quarta-feira.

    Vaaaaaaaamos!

  • Se tivesse perdido hoje, veríamos milhares de palmeirenses detonando o Cuca, dizendo que tinha tomado nó tático do Luxa. Mas como aconteceu o contrário, veremos poucos elogiar nosso treinador, dando-lhe o merecido crédito pelo ótimo desempenho do time.
    O jogo de hoje mostra que de fato temos um ótimo elenco, e que praticamente todos os atletas estão jogando o que é muito bom pra que todos tenham ritmo e brigando por posições, o que impede acomodações e descontatamentos.

  • Opa q beleza, a tempos não dava tanto gosto de tecer comentário, hoje é fácil, PARABÉNS pra todo time (inclusive Erick e Egidio kkk), partida muito consistente, que continue assim!!! Vale ressaltar a estreia do Harley Deyvisson, cara vai ser muito importante, tem muita raça!!! Valeu VERDÃO!!! O mais legal vai ser a cara dos troxas da imprensa dizendo que o Ixporti era mt favorito kkkk

  • Como disse no texto, só parar de bater escanteio curtos que uma hora entra.

    Estou gostando de ver o Mayke jogar. Parece bem consistente na defesa e apoia relativamente bem… Ou Jean sai dessa fase nebulosa ou não vai recuperar a vaga.

    BH calou minha boca. Ainda tenho um pé atrás com ele, mas tomara que continue calando minha boca mais tempo…
    Queria ver o Raphael Veiga e o Hyoran jogando pelo menos um tempo, hoje tínhamos muitos desfalques, achei que eles iam ganhar uma chance. Eles não devem se esforçar muito nos treinos!

    E o Jaílson dois jogos e dois cartões amarelos. Isso porque em nenhum jogo ele chegou a fazer tanta cera, já os goleiros de outros timinhos por aí enrolam uma eternidade e sequer tomam cartão.

    • Veiga e Hyoran estão sendo preparados. Torcida tem que parar de reclamar deles não jogarem. Ai vão mal, e a mesma torcida queima os caras.

      • Hoje a câmera flagrou o Rodrigo, aquele jovem volante que o Palmeiras contratou do Goiás ano passado e que também estava sendo ‘preparado’, mas jogou apenas um jogo e foi despachado.

        Já estamos em julho e nem o Veiga e nem o Hyoran tiveram chances reais de mostrar o futebol… Não estou dizendo que são craques, mas hoje estávamos sem diversos jogadores e viramos pro segundo tempo ganhando de 2×0, poderíamos ter testado eles no segundo tempo.
        Mas Cuca sabe o que faz, como disse, talvez os garotos não estejam se empenhando nos treinos. Uma pena!

        • Contrato de ambos é grande. E ambos foram, se não me engano, indicados pelo Cuca ainda ano passado. Talvez ele esteja evitando testar para não queimar eles e/ou para acertar logo o time titular. Acho que podemos ver muito deles no Palmeiras ainda, quem sabe num momento mais propenso.

  • Terminaremos o primeiro turno com 35 pontos. Se performarmos um pouco melhor do que esta fase que estamos reclamando, faremos 40 a 45 pontos, ou seja, para ganhar este título, o campeão terá que fazer acima de 80, caso contrário, estaremos no páreo ! Avanti Palestra, hora de virar a chavinha para a CB. Vamos ganhar !!!

  • O melhor mesmo é dar aquela calada nos cornetas… Da imprensa e dos torcedores de casa mesmo! Assim, cuca conseguira colocar a casa em ordem! Vamos Palmeiras!

  • pontos perdidos contra BAM (1), Coxa(1), GAM(1), Mulambos(2), Galo(2) = 7 + 26 = 33 que nos dariam 2a ou 3a posição e uma plataforma melhor de onde embalar no segundo turno.

    tomara que consigamos recuperar isso.

    #AvantiPalmeiras

  • Não foi só o placar. Ganhamos todas as segundas bolas. O time todo jogou bem, exceto Jean, talvez! Fazia tempo que não via uma partida tão boa do Palmeiras. Concordo com as notas. Muito bom mesmo!

  • E precisamos ficar de olho nos cartões que o Jailson vai acabar tomando sempre por causa de cera. Ele é realmente muito bom neste ponto quando temos o placar favorável, mas acúmulo de cartão besta gera suspensão.

    • Lembrando que o cartão que ele recebeu na quarta foi inaceitável! Como um juiz dá cartão por cera sem nem ter autorizado a cobrança do tiro de meta? Só com o Palmeiras!!!

      • Tecnicamente o juiz não precisa autorizar tiro de meta, dito isso, o cartão foi ridículo e abusivo mesmo. Contra agente fazem mil vezes pior e os apitadores sempre dão anuência.

        (Edit:) aliás pela regra, nem falta precisa autorizar, a não ser que ele aponte claramente que é pra esperar o apito o cobrador pode cobrar quando quiser.

        • Essa regra vale até o goleiro ser o Cássio, queixo de gambá! kkkk Zoeira à parte, contra nós pode até 1min30seg pra repor a bola, seja em tiros de meta, impedimentos ou faltas…

  • Pensando na quarta, além da boa vitória, teve a derrota deles pro Avai hoje também. Temos que aproveitar o embalo pra construir a classificação.

    • Essa pergunta eu fiz ja no começo da temporada…
      Jailson fez um segundo turno fantástico no BR 16, tinha méritos de sobra para iniciar 2017 como titular. E agora, novamente mostrou que merece a titularidade.

      • Cuca é supersticioso ao máximo e então é capaz dele manter Jailson no brasileiro, onde ainda está invicto e Prass nos mata matas, onde consegue se sair melhor.

    • Sacar o Prass por dois jogos para dar ritmo para o Jailson assumir o CB temporariamente, poupando o Prass para CdB e CL pela importância dessas copas, parece ser uma boa estratégia.

      Apesar de não ter ido tão bem em seus últimos jogos, confio mais no Prass por conta de sua capacidade de liderança, o que será um diferencial nas copas. O sucesso em mata-mata exige um time mais cascudo.

      Dito isto, vejo que há espaço para ambos os goleiros.

    • Não seja ingrato, não esqueça da importância dele ano passado. Hoje precisa se reciclar, é bom jogador, é nosso patrimônio, só está numa fase ruim.

      • Ano passado importantíssimo, esse ano não consegue exercer o mesmo papel devido á inconstância da zaga, sobretudo dos laterais, mas merece o seu lugar no elenco e ainda vai se recuperar. Concordo meio a meio com sua opinião e com a do Valter.

    • BH tem sido bem inconstante tbm.. fez sua estreia de forma primorosa, depois foram duas ou três partidas MUITO ruins.. hoje voltou a ter uma boa partida, espero que mantenha o nível dessas duas partidas boas..

      Agora não podemos queimar o TTChe, deixa ele no banco, quem sabe recupera as boas atuações!

      Abraços.

  • O jogo com o Grêmio foi outro em que o time “reserva” foi muito bem. Mostra que o Cuca sabe o que faz. Questão de tempo.

  • O time vacilou em muitas enfiadas de bola do adversário, pelo meio.

    Mas isso entendo que é falta de entrosamento.

    De resto, teve um posicionamento tático perfeito.

    Com tanto desfalques, era para esperar um time se defendendo o tempo inteiro.

    Ouvi alguém falando de melhor elenco do país?

  • Confesso que o Palmeiras me surpreendeu hoje. Pensei que veria um time desentrosado, mas foi uma partida impecável, foi melhor até q as últimas partidas do time titular. Luan e Bruno Henrique compensaram as falhas nos últimos jogos, anularam o Sport junto com Thiago Santos. Erik, Deyverson e Keno brigando por cada bola no ataque como se fosse por um prato de comida. E, na minha opinião, Mayke tá evoluindo na lateral direita, e tem mais agilidade q o Jean, pra mim hoje ele seria o titular da posição.

  • Há muito tempo que não vejo uma partida do palmeiras tão perfeita na defesa e mortal no ataque. Parece que a tal da identidade subiu mais um degrauzinho hj.

    • E o que fazer com o Dudu, nosso craque? rsrsrsrs…Umas das soluções seria centralizá-lo, mas aí vc lembra que tem o Guerra. Precisamos acabar com essa cultura de titulares e reservas….pra cada situação de jogo um jogador ou outro pode ser escalado…

      • O meia Guerra vinha fazendo partidas exuberantes, até o acidente com seu filho. Após isso, teve uma queda de rendimento. Se ele não se recuperar rapidamente, imagino que seja justo deixá-lo no banco e escalar o ataque com R. Guedes, Dudu centralizado, Keno na esquerda e Deyverson mais avançado.

  • Situação do keno é complicada porque ele só joga no lugar do Dudu ou Roger Guedes e ambos estão bem. Mas acho que ele deveria jogar mais ou até ser o titular.

    • Keno perfeito no fundamento.

      Matar aquela bola daquele jeito, sem deixar ela pingar e ainda em velocidade não é para qualquer um.

  • Time ta muito bem, bem postado e matando as jogadas do sport, tomara que continue assim no segundo tempo… força verdão!!!

  • O Egídio será sempre o Egídio. Mas preciso elogiar quando ele merece, e não falo isso pelo placar, mas pelo o que ei vi. Ele erra mas recompõe na mesma hora. Ter um lateral que corre muito é muito importante, ter dois, com o Mayke do lado direito, deixa a defesa do time adversário sempre alerta.

  • O problema nem é jogar com o time reserva, porque seria um time, pelo menos no papel, bom o suficiente para conseguir um bom resultado hoje. O problema maior é o entrosamento desse time, Jean volta provavelmente sem ritmo de jogo atuando pelo meio.
    Levando em conta os objetivos maiores para essa temporada, acredito que a estratégia seja válida. Só não pode dar vexame.

  • hoje que Deus abençoe o time do Palmeiras e que pela graça de Deus consigamos uma grande vitória!
    força verdão!!!

  • Time com 3 volantes (sem nenhum meia de criação). Desse jeito é difícil jogar bem. Pode vencer mas jogar bem desse jeito não vai (é um grande erro pois esses jogos deveriam ser usados pra treinar mais a formação com dois volantes e um meia). Fico me perguntando pra que servem o Raphael Veiga e o Hyoran. Me colocando no lugar dos jogadores se fosse eu pedia meu boné e ia embora pq o Cuca deve ter confiança zero nesses dois.

    • O Veiga e meia de armaçao classico, o Hyoran esta mais pra meia atacante, joga mais na intermediaria adversaria. Pra jogar com 3 volantes e mais indicado.

  • time todo reserva praticamente , sei la, numa dessas ganha…Sport 1×2 Palmeiras , Edu Dracena e Keno

  • Repito o que disse antes do jogo contra o cheirinho : tem que pontuar , no returno esse jogo é na nossa casa. Nossa arrancada será no segundo turno.

  • Jogo encardido. Boa oportunidade para checarmos a força do nosso elenco. Torço para que os jogadores que entrarem mostrem personalidade. Gostaria de ver:

    Jailson Black Panter

    Mayke – Luan – Juninho – Egídio

    Bruno Henrique – Thiago Santos

    Hyoram – Raphael Veiga – Keno

    Deyverson

    Um time bastante jovem para explorar os contra-ataques.

  • Tivemos um pouco de azar em pegar o Xpot embalado. Acho que devemos deixa-los vir pra cima com a jogada de contra ataque pronta com Keno e Erik. Jogar com inteligência nao é ser pequeno ou medroso como muitos acham. VAMOS PALMEiRAS!!

  • Pouparia o Dracena junto com o Mina, pois será nossa dupla de zaga na quarta-feira.
    Colocaria o Jean pra ganhar ritmo, já que o Mayke não joga a CB.
    Jailson
    Jean Luan Juninho Egídio
    TS BH
    Erik Veiga ( Ze ) Keno
    Deyverson
    Qualquer resultado, fora a derrota, é lucro na situação atual.
    Seria importante treinar o time titular todo, de quarta-feira, logo na segunda

  • Em termos de tabela, o empate vai ser como uma derrota pro Palmeiras, com alguns times podendo nos ultrapassar e os de cima com a possibilidade de abrir uma vantagem ainda maior. É jogo difícil e o time tá muito desfalcado, mas precisamos jogar pra ganhar.

  • R. Veiga não joga nem nos reservas, Hyoran nunca entra…
    Os dois sabem jogar, n é possível que tenham esquecido..

    • com o rodrigo no ano passado era a mesma choradeira.
      hoje ele é reserva do sport.

      se estiverem prontos, ganharão espaço. é muito simples.

      • Tche Tche e Bruno Henrique não estão prontos e jogam mesmo assim! Fora q o Rodrigo é reserva pro Rithely.

      • Até concordo, que provavelmente se o Cuca não dá chances, é porque eles não o conseguem convencer de que merecem a oportunidade.

        O que é bastante distinto de eles mostrar bola ou não nos treinos. Tem menos a ver com capacidade e real condição do que com satisfazer os critérios adotados pelo técnico. Não adianta querermos julgar os critérios por ele adotado, cada treinador tem os seus, com suas manias e teimosias. Enquanto esses critérios dão resultado NOS JOGOS, aceita-se e respeita-se. Cabe ao Jogador ter a maturidade de identificar quais são e se enquadrar dentro desses critérios pré-estabelecidos.

        Agora, quando o que o treinador visualiza no treino, NÃO FUNCIONA nas partidas, como CLARAMENTE o Zé Roberto não vem funcionando de armador; Ai cabe ao treinador ter a HUMILDADE de entender, que treino é treino e jogo é jogo, e não adianta no treino funcionar e na hora dos 3 pontos o time ficar capenga e ter que TODA vez fazer ajustes.

        Mesmo que no treino os dois não estejam atendendo os critérios dele, é menos ruim experimenta-los numa partida, do que seguir insistindo com algo que NÃO está dando certo em jogo nenhum.

        É como diz a famosa frase: Esperar resultados diferentes fazendo sempre a mesma coisa é a definição da insanidade…

        • Pelo número de oportunidades tidas e por serem preteridos a Zé Roberto e Érik, eles devem ser péssimos nos treinos.
          Questão de idade não é, pois não são mais meninos, tem 22 e 24 anos.

          • Acho que não é questão de ‘serem péssimos’, é que não se enquadram dentro do que o Cuca quer e pede. Não adianta o cara correr feito um louco, fazer boas jogadas, mas não atender os anseios de quem escala.

    • Veiga ta decepcionando quando entra, se ele nao ficar esperto vai pelo mesmo caminho do Tiago Real, Pedro Carmona, Felipe Meneses e outros meias classicos e improdutivos.