Palmeiras evolui em campo e chega a “março”

A boa vitória fora de casa ontem em Salvador deu sinais de que o Palmeiras, mesmo atrasado em relação a quase todos os outros times do país no entrosamento e desenvolvimento do sistema de jogo, está evoluindo. Já podemos dizer que estamos “em março”, diante do padrão tático exibido nas últimas três partidas, contra Fluminense, Santos e Bahia.

Os gols sofridos na Fonte Nova não denotam desorganização: um foi por mérito de Zé Rafael, que conseguiu um raríssimo drible sobre Mina; e outro foi fruto de desatenção e relaxamento após o gol do 3 a 1, que em tese teria matado o jogo – o lance capital foi a bola esticada para Edigar Júnio, que jamais deveria ter alcançado aquela bola; Prass fez uma grande defesa, mas na sequência veio um cruzamento em que a bola desviou, pegou efeito e enganou Juninho quando pingou. Acontece.

Meio-campo sólido

Guerra
César Greco/Ag.Palmeiras

Tão importante quanto a solidez defensiva, mesmo jogando com laterais com características de apoio, está sendo o domínio do meio de campo. Thiago Santos vive uma fase exuberante e terá em breve a concorrência de Bruno Henrique, além da volta de Felipe Melo, prevista para o fim de julho – algumas semanas depois, Moisés também deverá estar à disposição.

Guerra encontrou seu espaço já em duas funções: tanto jogando mais de frente para a jogada, vindo de trás, como no primeiro tempo na Bahia, quanto mais avançado – posição que ocupou após a entrada de Tchê Tchê. São configurações distintas que confundem os adversários e ganham jogo. Já podemos identificar as variações de jogo que nos foram tão úteis no ano passado.

Ajustes no ataque

Roger Guedes
César Greco/Ag.Palmeiras

Roger Guedes, depois de uma oscilação preocupante, voltou a jogar bem e tem sido decisivo. Suas jogadas pelos flancos – ontem jogou pelos dois lados, invertendo com Keno – estão sendo uma arma fundamental para furar as defesas e chegar à linha de fundo. Bateu pela primeira vez um pênalti, de forma muito precisa, sem chances para Jean.

Dudu, que vivia uma fase ruim antes da lesão, está prestes a voltar e a esperança de todos é que o faça em alto nível, como de costume. Se Egídio fizer apenas o básico, sem comprometer, teremos um lado esquerdo consistente e ficaremos apenas com  uma pendência: o comando do ataque, onde ainda falta aquele último ajuste.

Willian
César Greco/Ag.Palmeiras

Willian marcou mais um gol ontem e é o artilheiro do time na temporada, com dez gols. Sabemos, no entanto, que jogar enfiado no meio dos zagueiros não é sua especialidade; o camisa 29 compensa com rapidez nas pernas e no cérebro a falta de porte físico para ganhar as disputas dentro da área. Em jogos fora de casa, em que os adversários tendem a dar mais espaço, ele pode continuar sendo bem usado nessa função.

Nas partidas em nossa casa, quando a marcação tende a ser muito mais compacta e recuada, vai ser necessário contar com um jogador mais forte para esse tipo de jogada. E temos no elenco um atleta que já mostrou potencial para ser um dos melhores do mundo nessa função. Com dificuldades na adaptação, Borja vem sendo preservado por Cuca; é bem pouco provável que esteja sendo “queimado” ou “boicotado”, como a ala paranoico-conspiracionista de nossa torcida gosta de sugerir. Os adversários devem se preparar para ter nosso camisa 9 pela frente em seu esplendor, sobretudo em partidas no Allianz Parque, em breve.

Que venham as copas

Diante dos tropeços nas rodadas iniciais do Brasileirão, o décimo título hoje parece algo distante. O Palmeiras deve continuar sua recuperação no campeonato e deve alcançar o G4 naturalmente, aproveitando o fim de um trecho bem difícil da estranha tabela e a evolução do time.

E é essa evolução que nos enche de esperanças para um papel bonito nas copas. Os caminhos já estão traçados e o Palmeiras chega nos funis como um dos principais favoritos nas duas chaves. Se vai ganhar, é outro papo; mata-matas são sempre sujeitos a um lance que mudam toda a história de um campeonato. Mas ao que parece, depois de atrasos e oscilações, pegamos o elevador e entraremos fortes para tentar levar os dois canecos.

  • Gustavo Bakai

    Gostei do Palmeiras ontem, grande atuação, em linha com as últimas e confirmando a tendência crescente do time. Não gostei: do Jean como volante no primeiro tempo – Graças a Deus BH está chegando e logo FM e o profeta estarão disponíveis, aí só sobrará a LD mesmo pra ele. Posso estar falando besteira, mas ao invés da entrada do Erick, eu teria colocado o Bigode pelo lado, posição que ele já vinha fazendo ao longo do jogo, recompondo a marcação, e colocado o Borja no comando do ataque.Como estavamos alçando muita bola na área, teríamos mais oportunidades de gol. O que importa mesmo é que ganhamos, temos uma grande oportunidade de outra vitória na quarta para embalar para as copas! Avanti Palestra

  • Marco

    Pois é time esta engrenando na hora certa, mais umas 3 rodadas estaremos la em cima, mas teremos 10 proximos jogos decisivos, e é ai que tenho certeza que vamos nos dar bem, sinto que o time com o Cuca adota um espirito de time que gosta de decisões e o clima do allianz lotado é contagiante, o time sente isso

  • Daniel De Martino

    Gostei tbm da atuaçao do time ontem, da raça, aplicaçao, etc. Em alguns momentos um pouco afoito, ma s tinha motivo, afinal a pressao era enorme. Nada como pegar um Atl Goian agora em casa e deslanchar de vez!!

  • Giuliano Varela

    Finalmente o time mostrou a evolução que vínhamos cobrando a tanto tempo. Todos os adversários acima na tabela tendem a oscilar, por limitações dos seus times. Dá para beliscar qqr um.

    Força máxima nas próximas partidas que cada vez ficam mais importantes!

  • Samir Jalel Ghazzaoui

    O time está conseguindo criar várias jogadas, agora o Borja deslancha.

  • Samir Jalel Ghazzaoui

    Me parece bem claro o seguinte:

    1) O time evoluiu bastante nos últimos jogos.
    2) O time tem potencial para evoluir muito mais.
    3) Ainda há erros defensivos e ofensivos pra serem corrigidos.

  • MonacoParmerista

    Realmente, o Guedes bateu o pênalti ontem “sem chances para o Jean”, tanto o do Bahia quanto o nosso. Se, para as próximas cobranças, Guedes for escalado e mantiver a serenidade de ontem, nosso Jean dificilmente terá chance de voltar a fazê-lo.

    a propósito, na nota pro Guedes, o Verdazzo comentou “voltou a ser o jogador do ano passado”. Eu tendo a concordar, mas, meu medo é que a frase tenha de ser adendada para “voltou a ser o jogador do ano passado na iminência da janela de transferências”; e caso a venda não se confirme, o medo maior é que volte a ser tb o jogador da ressaca.

    #ForzaGuedes

  • Renato Sansão

    E é aí, Conrado e amigos, que reside a ABISSAL diferença entre Eduardo Baptista e Cuca. Com o primeiro, o time sofre, até ganha algumas, mas não evolui e se mostra extremamente irritadiço e sem criatividade em campo. Com o segundo o time sofre, até perde algumas, mas evolui, joga mais leve e atua com 4 a 5 formações diferentes que mudam ao som de um assovio vindo do banco.

    Só parta ficar em exemplos mais nítidos, dentro de um mesmo jogo >>>

    – Mina joga de zagueiro, líbero, volante e centroavante;
    – Juninho joga de zagueiro e lateral esquerdo;
    – Tchê Tchê joga de volante, lateral e meia;
    – Keno joga de lateral esquerdo, ponta dos dois lados e centroavante;
    – Guerra joga de meia, ponta e centroavante;
    – Bigode joga de meia, centroavante e atacante pelas pontas, se doando fisicamente de forma louvável para seu companheiro da linha de cima oferecer o que tem de melhor.

    Ainda penso que teremos algumas experiências e o entrosamento das contratações + retornos do DM. E nesse ponto, exatamente o momento de chegarmos inteiros nos mata-matas, estaremos prontos e com nosso centroavante de ofício recuperado – mental e tecnicamente.


    PS: Cuca foi GÊNIO ao falar que esse time que está sendo montado é para 2018. Primeiro por ser verdade, segundo por nos deixar na estratégica posição de coadjuvantes.

    • AlexTala

      Concordo plenamente, um time que tem ainda para colocar em jogo (neste caso é exatamente isso) Luan, Michel Bastos, Felipe Melo, Moises, Bruno Henrique, Dudu e Borja……. e que tem como reservas de luxo, Jailson, Zé Roberto, Egidio (isso mesmo Egidio tri campeao BR), Tche Tche, Santos, Keno e Bigode coordenado pelo Cuca e ainda com algumas novidades. O futuro é brilhante.

  • Antonio Frederico

    Para a imprensa de merda que não sabe ou não quer trabalhar e que precisa desesperadamente preencher pauta, talvez o imediatismo seja o máximo que conseguem definir, mas olhando mais atentamente, vemos que o SCCP começa a perder folego, eles não tem elenco muito menos variação tática. Carille tem armado o time muito bem, mas já começa a ficar manjado. SPFC vai ficar 2 anos sem enfrentar o Internacional e isso está cada vez mais claro. O “Mengão Campeão (kkk)” vai demitir logo logo o Zé Ricardo porque ele não sabe como lidar com o time que tem e vão entrar em pré-temporada quase no final do primeiro turno, fora que se for eliminado pelo Palestino a coisa tende a piorar mais ainda.

    Chape é só fogo de palha, Coritiba vai roubar muitos pontos de outros grandes, sendo que Botafogo, Gremio e Palmeiras é que vão brigar depois que os retardatários começarem a perder folego.

    Ou seja, seremos bi-campeões novamente. 72-73, 93-94 e 2016-2017.

  • Renan Animal

    Clubismo a parte, a tabela do campeonato favorece demais os gambás e os urubus. O curintia, soube aproveitar a colher de chá da CBF, ou seja, aproveitou a sequência fácil para embalar e conquistar a liderança; já o flamerda tem um sequencia de seis jogos no Rio de Janeiro nas próximas oito rodadas! Presentão da CBMerda… Não venham me falar em returno, pois sabemos que o brasileiro, salvo raras exceções, premia quem faz um 1º turno consistente. Dito isso, temos que lutar contra tudo e contra todos para termos, no mínimo, chances de g4/g6. Claro que o Palmeiras foi o maior culpado pelo péssimo inicio na competição, mas que os dois clubes da mídia foram premiados, foram! Avanti!!!

    • Vinicius

      Não discordo que a tabela favoreceu bastante os 2 times da rgt, mas no ano passado, nós jogamos 4 ou 5 rodadas seguidas no estado de SP. E nesse ano, nós tivemos 2 derrotas que com um pouco de inteligência teriam sido vitórias (Chape e Santos) nos colocando com 16 pontos, que seriam 70% de aproveitamento, que é o que o campeão geralmente tem. Agora, pra alcançarmos isto, teríamos que vencer as proximas 8 rodadas em sequência, coisa que obviamente não acontecerá.

    • AlexTala

      Sim mas se tivéssemos tido competência (na verdade entrosamento) em quatro jogos fundamentais, Chape, Marias, coxas e sardinhas, estaríamos com pelo menos 10 pontos a mais.
      e ai toda a conversa seria diferente!!! Se o time tivesse desenvolvido um futebol consistente estaríamos na ponta! Entrosando é para lá que nós vamos!

      • Renan Animal

        Lógico, mas um erro não exclui o outro. A tabela é sim questionável!

        • AlexTala

          Concordo, mas com o nosso time não deveríamos achar que isso seria uma problema!
          Deveríamos estar atropelando, e não disputando com o coritiba e a chape.

    • Verdazzo

      amigos, tirem essa historia de “tabela” da cabeça.

      quem vai bem no primeiro turno tem boas chances de ganhar o campeonato porque tem um time bom. tabela ruim no primeiro turno inverte no segundo.

      • Carlos José Da Silva Xavié

        Pior q essa lógica não vale para os urubus. Eles agora tem 6 jogos no Rio em 7 rodadas (2 clássicos) e no segundo turno fazem 7 jogos no Rio em uma sequência de 9. O engenheiro q fazia as tabelas antigamente disse q essa foi feita pros urubus serem campeões, mas isso o sr. Mauro Cezar Pereira não comentou.

        • Verdazzo

          isso é apenas resultado de ter varios times da mesma cidade – todos os times do RJ tendem a passar por algo parecido.
          E como la nao tem torcida unica, o cheirinho leva vantagem por ter muito mais torcida que os outros tres.

  • Márcio S

    Muito dessa baixa pontuação passa diretamente por uma tabela feita para favorecer um time levado nas mãos pelo governo e pela RGT. Vejamos:

    – Palmeiras: 5 jogos fora (sendo 2 clássicos)
    – Lula FC: 4 jogos em casa (sendo 2 clássicos)

    Isso dá folego para o time se entrosar, ganhar confiança, recuperar jogadores…

    • Renan Animal

      exatamente

    • AlexTala

      Tenho esta sensação, mas na verdade o time da lavajato jogou sem 3 titulares importantes uns bons jogos e continuou vencendo, o Carile é bom, bem acima da media e está fazendo um trabalho (sorte???) com calma, diria o curica “na pas”… O fato e que devemos por os gambás na alça de mira pois ja é o adversário a ser batido este ano. Temos 6 pontos a disputar, se formos competentes podemos encostar e incomodar. Até agora eles estão tranquilos demais, eu digo que é macumba!!!!

      • Vctr81

        fogo de palha tb

        • AlexTala

          Não vejo assim, eles estão com um sistema defensivo muito solido, futebol solidário e marcando seus gols. Veja, para time que não toma gol, basta fazer um!!!! Já vimos esta estória antes.

          • Vctr81

            no final do ano a gente vai ver entao se era fogo de palha ou nao….ano passado Internacional era lider e tb estava super solido

          • AlexTala

            Faço votos que voce tenha razão, vamos adorar! Hehehehehe!!!

          • Rubens Jr.

            Quando algum jogador importante deles que se machucar o time volta ao normal. Eles tem o 11 razoável/bom. Não tem reposição.

          • Victor Polydoro

            eu acho que eles tem o 11 muito mais sólido que o nosso nesse momento… ontem pra mim ainda jogamos com 50% do time reserva, se considerarmos que ainda temos que colocar Dudu, Moisés, Borja, Zé e Felipe Melo…. precisamos achar esse encaixe dos 11 o mais rápido possível, pq na liberta de nada adianta elenco…. tem que ter os 11 monstros e superiores

      • clluiz

        Carile está fazendo um ótimo trabalho porque, ao contrário do EB, não destruiu o que tava redondo, não inventou moda. Pegou um esquema que já “corre nas veias” dos jogadores gambás e pronto. E além de tudo os gambás jogam todo jogo no limite.

        • AlexTala

          Correto e tem funcionado!

      • Rubens Jr.

        Acho que o time a ser batido será o Grêmio, do Renato Gaúcho, aquele que ficou mais de 1 ano jogando futvolei no RJ.

    • Giuliano Varela

      hahahaha Lula FC

      • Rubens Jr.

        Eu costumo chamar S. C. Odebrecht Paulista.

    • Pra mim esse início de tabela do SCCP apenas garantiu que eles não caem. São o pior elenco entre todos os paulistas e com o tempo vão desempenhar pior e ir pro meio da tabela que já será mais do que merecem.
      Outro que tem que se preocupar mais é o SPFC, que tem um elenco apenas um pouco melhor, mas com zagueiros, um técnico e uma tabela inicial bem piores. Não deve cair pois avai, atlético go, vitoria, vasco e bahia são piores, mas tem que ficar esperto.

  • AlexTala

    O que mais gostei de ver ontem foi o time bem mais solidário, não sei se foi o entrosamento que melhorou, mas tivemos uma melhor participação (função tática) de alguns jogadores que estavam muito fora de ritmo ou concentração em outros jogos. Vejam as participações de Guedes, Keno e Egidio, eles alem de jogarem com a bola também fecharam espaços e deram cobertura!
    O futebol em equipe foi o que nos levou a ganhar os últimos dois campeonatos! Cuca está encontrando o caminho.

  • AlexTala

    Tenho dito muito isso nas nossas discussões.
    Um time que tem ainda para colocar em jogo (a meu ver eles não jogaram em sequencia boa este ano ainda); Luan, Michel Bastos, Felipe Melo, Moises, Bruno Henrique, Dudu e Borja……. e que tem como reservas de luxo, Jailson, Zé Roberto, Egidio (isso mesmo Egidio tri campeao BR), Tche Tche, Santos, Keno e Bigode coordenado pelo Cuca e ainda com algumas novidades que estão por vir!
    Em breve voltaremos a ser o time a ser batido.
    Montamos um esquadrão de fazer inveja, devemos apoiar e ter paciência agora!

  • Giuliano Varela

    Achei muito boa a comparação ao calendário. Hoje o time realmente parece estar em um patamar que seria aceitável em março, caso não tivéssemos tido desvios no planejamento.

  • Fedato Palmerista

    Se o Cuca não tivesse saído no final de 2016, o time estaria assim no inicio do paulista …..
    Perdemos um tempão e agora nosso treinador não teve e nem terá uma única semana cheia só pra treinamento .
    O time vai se formando dentro do brasileiro e ainda vai oscilar em alguns jogos. Pegaremos só pedreira nas copas, não se iludam, este Barcelona do equador não será nada fácil .
    Se passarmos as próximas fases das copas, ficaremos bem mais fortes .

  • Victor

    Eu que peguei birra do Prass? No lance do segundo gol deles, o Prass pula por cima da bola (ele tem essa mania, né?!) e deixa uma bola mortinha da silva entrar no nosso gol. Não comprometeu porque ontem o nosso ataque funcionou.

    • Verdazzo

      sim, pegou

    • Marco

      pegou sim

    • Eduardo Kloppel

      Sem dúvidas, pegou.

  • Rubens Jr.

    Tabelinha sem vergonha, feita sob medida para os gambás, com clássicos no entulhão e joguinho as 11h00 da manhã do outono curitibano. Nosso título do ano passado causou várias reuniões dos “mestres” que elaboram a tabela.

  • Marcos Aurélio Bardini

    Não acho que o problema do Borja seja de adaptação. Ele joga do mesmo jeito que jogam: Fred, Ábila, Ceifador, Guerrero, Luis Fabiano, Roger, Barrios, Jô, Ricardo Oliveira…

    O problema é que o Cuca nos últimos anos resolveu que não quer mais jogar com centroavante de referência. O atacante centralizado dele precisa correr igual a maluco atrás de volante e lateral.

    Foi uma pena não termos investido estes 35 milhões em 2 laterais indiscutíveis, pois é muito dinheiro para um jogador que irá apenas compôr elenco e entrar apenas em situações adversas, onde o adversário estiver compactado em suas linhas defensivas. Isso seria investimento para um titular absoluto.

    • Wilfrido Paredes

      É verdade Marcos, pela forma que o Cuca gosta de jogar nos últimos anos, esse centroavante tem que ser móvel, o que não é o caso do Borja. Ele será um reserva de luxo, como foi o Barrios o ano passado.

      Também acho que este valor poderia ter sido investido em dois laterais indiscutíveis.

      Mas apesar disso, tenho certeza que o Cuca conseguirá montar um time forte e teremos boas condições de conquistar um título este ano…

      • Marcos Aurélio Bardini

        Sim Wilfrido. Só que no ano passado deu certo e fomos campeões porque o centroavante de movimentação era o Gabriel Jesus, então não havia como questionar a entrada do Barrios (que com sequencia de jogos vêm fazendo um caminhão de gols pelo Grêmio). Meu medo é que este ano não temos este avante extra-classe de movimentação.

        O Borja até poderá ser um reserva de luxo, mas acho que ele está sendo muito descartado. Se analisarmos no Campeonato Brasileiro, por exemplo, em 8 rodadas:

        1- Vasco: 90 minutos (2 gols)
        2- Chapecoense: não foi relacionado
        3- São Paulo: entrou aos 30 min do 2º tempo
        4- Atlético MG: entrou no intervalo
        5- Coritiba, Fluminense e Santos: Seleção Colombiana
        6- Bahia: não entrou.

        Ou seja, o cara não jogou 2 partidas inteiras e ainda é preterido pelo Érik????
        Estranho.

        • Wilfrido Paredes

          Eu acho que no jogo de ontem foi uma mudança e necessidade tática.

          É claro que o Borja joga muito mais que o Erik, mas naquele momento ele queria alguém para recompor a lateral esquerda como o próprio Keno estava fazendo durante o jogo. Foi apenas isso…

          • Marcos Aurélio Bardini

            Sim. Com certeza este foi o seu objetivo.

            É que como eu não suporto mais ver o Érik jogando com sua “pouca inteligência”, acharia melhor deslocar o Bigode para esta função do lado esquerdo e enfiar o Borja descansado pelo meio para matar o jogo.

            Mas… é isso. O homem deve saber o que está fazendo. Ano passado deu certo e este ano se San Gennaro quiser vai dar de novo.

            Abç.

          • Fernando Thomaz

            Ótimos comentários, Marco Aurélio Bardini.

            Se me permite apenas uma discordância, vejo que falta ao Borja um pouco mais de vontade do que esses que você citou. Jô joga muito para o time, contribui distribuindo o jogo, escorando, ganhando pelo alto. O Henrique melhorou muito, não é mais aquele jogador do Palmeiras – claro que não é craque, mas ajuda sem a bola e quando está fora da área também, como foi contra o Palmeiras em alguns lances. Ábila também é muito brigador.. enfim, penso que falte ao Borja um pouco de “querer entrar no jogo”, participar, fazer o pivô, soltar a bola pra quem está passando. Fora que, no mínimo, ele tem que apertar a saída de bola. Isso é básico no futebol de hoje.

            Abração!

    • Eduardo Kloppel

      Olha, tenho que concordar com você. A grana é de jogador extra-classe de futebol sulamericano. E ele é, mas precisa de um esquema que o prestigie, afinal até o CR7 e o argentino precisam. Precisa dar moral pro cara, se ele é o fulano que no final das contas pode resolver campeonatos, então que joguem pra ele! Mas o Cuca sabe disso melhor que nós, e eu confio que vai encontrar o melhor futebol do nosso 9.

    • Verdazzo

      Não me lembro de ver o Jô correndo atrás de lateral no Galo…

      • Régis Girona

        É como o Marcos falou: “Cuca nos últimos anos resolveu que não quer mais jogar com centroavante de referência”.
        Ou seja, isso ficou claro ano passado e agora tbm, e pode ser que tenha ocorrido no período que ele esteve na China, tudo posterior ao período no Galo.
        Mas está mesmo parecendo que para o Cuca, Borja é o novo Barrios…

      • Marcos Aurélio Bardini

        E não corria mesmo. No Galo em 2013 ele jogava como referência. Acho que o Cuca poderia perfeitamente buscar um esquema parecido com aquele com o Borja como referência. Mas, claro que isso é somente a minha opinião.

    • Marco

      A verdade é que estamos sofrendo com os laterais, então o cuca prefere por jogadores que ajudam a marcação, como RG, William e Keno, ontem teve um momento que ele inverteu o RG e Keno, pois estavamos sofrendo no lado esquerdo, pois Egydio não marca ninguem, e o RG ajuda bem a marcação

    • Anderson diassis

      Discordo, o problema do borja é sim adaptação e pressão também, o cuca não coloca ele pra jogar alegando a mesma coisa que o Eduardo reclamava.

    • Ralf Olbertz

      Não tinha visto seu comentário e fiz um bem parecido, concordo com você.

      Mas como o dinheiro já foi gasto e o cara já está no elenco, acho que o técnico deveria adaptar o esquema pra ele, como vc disse ali pra baixo, mas pelo jeito isso não vai acontecer.

      Vai colocar o Borja de vez em qdo, sem ritmo, não vai corresponder e vai voltar a dar chances a outros.. uma pena.

  • Thiago Sturzenegger

    Pelo menos esse ano, mais do que nunca, o que importa mesmo é segundo semestre. Pra todos os corneteiros que estavam criticando os jogos ruins do Palmeiras, sempre disse que ele tava jogando mal na hora disso acontecer, que agora é só melhora. Sou um otimista irremediável.

  • Gustavo Arthuzo

    Egídio bateu o recorde de passes errados: 16.

    Por favor Mattos, tudo que peço é um lateral esquerdo.

    • Danilo Peressim Pinto

      Não tenho mais paciência com o cidadão, só de ver aquele rostinho de “o que eu to fazendo aqui” sinto vontade de chutar a tv … Juninho pedreiro, Lúcio Maldine e Rivaldo são craques se comparados …

      • Gustavo Arthuzo

        Cara tem uma tatuagem do Che Guevara no braço. Não precisa falar mais nada…

        • Carlos José Da Silva Xavié

          Na boa, o q q o cú tem a ver com as calças? Vamos nos ater ao futebol, por favor.

  • Danilo Peressim Pinto

    O time vem evoluindo na hora certa, ponto pra nós … Discordo do Egídio, não serve nem pra gandula, 3 anos mamando no clube e não consigo citar 3 bons jogos, inútil …

  • Anderson diassis

    Não sei se curintia, grêmio e coritiba (os mais distantes) terão gás, a diferença para o g4 é de apenas 3 pontos, dá pra buscar sim o bicampeonato, o problemas é as copas que devem ser prioridade do cuca, por serem menos desgastante.

  • Guilherme A.

    e agora com o Thiago Santos machucado também meio campo vai ter q se superar…

    será que o Cuca vai recuar o Tchê Tchê pra 1° volante? Acho o mais provável até o Bruno Henrique começar a jogar..
    Ele faz melhor que o Jean..
    A não ser que comece a inventar, como colocar o Luan..

    • Giuliano Varela

      Acho provável que experimente Luan na quarta.

  • Czar_SP

    “Bateu pela primeira vez um pênalti, de forma muito precisa, sem chances para Jean.”

    De qual Jean você estava falando?

    Ah… Foi mal. Isso serve na medida para os dois….

    • Ralf Olbertz

      hhahaha

      Estamos precisando de um batedor oficial, que o Guedes treine muito e assuma a posição!

      Abçs

  • GustGiannella

    Vi alguns amigos dizendo que ‘o importante é ganhar’. Claro que é importante ganhar, mas o Brasileiro exige que você jogue bem, tenha regularidade, se porte bem na defesa e aproveite as oportunidades no ataque.

    Essa evolução que o time vem demonstrando será fundamental para a sequência do campeonato. Gambá e grêmio estão fazendo campanhas mentirosas, estão jogando bem, mas não vão conseguir manter esse aproveitamento até o final. Eles vão oscilar e temos que estar preparados pra chegar. E estaremos.

    • Wilfrido Paredes

      Eu discordo em relação ao Grêmio.

      Na minha opinião o Grêmio será o nosso grande adversário nos 3 campeonatos que estamos disputando…

      • GustGiannella

        Sim, com certeza eles vão brigar com a gente. Talvez eu tenha me expressado mal, o que eu quis dizer é que o aproveitamento deles até agora é muito alto, de cerca de 80% dos pontos. Ano passado fomos campeões com 70% dos pontos conquistados.

        Eles vão oscilar, não vão manter esse aproveitamento até o final.

        Por isso que dou risada quando gambá me manda a tabela atualizada, faltam “só” trinta rodadas pro campeonato acabar.

  • Leandro Leo

    boa noite. A ultima noticia sobre a contusão do thiago santos é preocupante. O que será que está acontecendo com o elenco do verdão. Apesar de rodar os atletas, a cada jogo, vejo que temos um alto grau de contusões em série. Quando vemos os outros times, os jogadores jogam, jogam e não vejo noticia de contusão séria. Só no verdão. Será que o departamento de fisiologia e o departamento médico estão atendendo a contento os nossos objetivos neste ano? Será que esse grau de contusão diz respeito a uma carga grande de trabalho pra aguentar a maratona de 3 competições. Temos que rever isso. Se é um fato natural, ou uma sobrecarga desproporcional nos atletas. Gostaria, se possivel, fizesse uma materia a respeito. O fato é grave.

    • Verdazzo

      é que voce consome muito mais noticias do Palmeiras. Olhe com mais atenção os outros times. Estão todos apinhados de desfalques, o tempo todo. Ninguém joga completo.

  • Carlos José Da Silva Xavié

    É curioso q na nossa “crise de volantes machucados”, ninguém na imprensa cogite usar o ZR ou MB como segundo volante.

    • Vctr81

      eles nao sao 1o volantes…provavelmente iremos improvisar algum zagueiro por ali, ou até mesmo jogar com 3 zagueiros

      • Ralf Olbertz

        Eu chamaria de volta o MSalles, deve haver uma multa pra rescindir o empréstimo, paga ela e põe o cara pra jogar, tá na reserva do Bahia, Cuca sabe do potencial do guri.

      • Carlos José Da Silva Xavié

        O Jean ou o Tchê Tchê podem jogar de primeiro volante, com ZR ou MB de segundo.

  • manso10

    Tiago Santos fará muita falta. É o melhor desarme que chegou ao Palmeiras em muitos anos, não me lembro de outro com este recurso tão apurado. No meu time ele é titular absoluto.
    Cuca deve estar queimando a cachola, pois Jean e Tche tche juntos, sem um volante altamente marcador, é suicidio coletivo.

  • O Palmeiras precisa jogar sempre ofensivamente, independente de jogar em casa ou fora. Vai tomar muitos gols, mas fará ainda mais. Gosto do futebol do Felipe Melo, do Thiago Santos e do Arouca, mas para mim não devem ser titulares no brasileiro. Penso que neste ano os volantes de contensão são importantes no mata mata, em situações que precisarmos tomar poucos gols ou segurar vantagem.
    No ano passado nosso meio era Tche Tche, Moises e CX10. Quando precisava fechar o time, saía o CX10 e entrava o Thiago Santos. Isso tem que continuar em 2017.
    É por causa desse argumento que não vejo a contusão do Thiago como um problema tão grande assim.

  • Ralf Olbertz

    Acho que a questão do Borja não é que esteja sendo boicotado, queimado ou poupado.

    O problema seria que ele não se encaixa no estilo de jogo que o Cuca quer, o mesmo aconteceu com o Barrios ano passado, que sequer teve uma sequência, mesmo quando estava bem fisicamente, deram alguma sequência pra ele no GFPA e ele mostrou um bom futebol (o que parou a sequencia foi outra lesão).

    Esperar que o Borja ou o Bigode façam a função do GJesus é sacanagem com os jogadores, vai demorar pra aparecer outro GJ e só vamos queimar qualquer jogador que tentar fazer o que ele fazia.

    Particularmente acho mais fácil adaptar o estilo de jogo do Cuca para usarmos o Borja mais frequentemente, ele precisa de sequência, assim como um goleiro, o finalizador precisa estar afiado para ter o tempo exato de bola, senão fura!

    Infelizmente ele ainda não teve isso, no Brasileiro em 8 jogos, jogou 1 como titular o jogo inteiro contra o Vasco e fez 2 gols, depois não jogou contra a chape e foi substituído contra o Tucuman, aí só entrou em mais duas partidas, Bambi e AtMG.

    Sempre que o Cuca é perguntado sobre o Borja é a mesma coisa, ela abaixa o tom de voz, olha pra baixo e diz que temos que ter paciência, que ele está sendo preparado..

    Na boa, mesmo depois de fazer dois gols contra o Vasco ele voltou pro Banco, acho que a questão não é a qualidade do Borja é a função dele no time!

    • Vctr81

      cara eu ja tinha falado isso quando o cuca estava negociando., que ele teria problemas. não é jogador que joga para o time. exigir q ele volte na defesa igual fazia o jesus realmente é exagero, mas pelo menos dar um calor ali na saida de bola do adversario. outra coisa é a apatia, reclama quando sai, nao comemora gol do time quando está no banco… isso é complicado, o grupo ali é bem unido e parece que ele está destoando. e outra, não é nenhum craque não…é um jogador razoavel que teve um ano passado fora da curva que valorizou demais ele, mas ja deu para ver que não é habilidoso e precisa do time jogando para ele empurrar pra dentro. sei la, pode ser cedo para dizer, mas acho q foi um equivoco pagar esse dinheiro nesse cara.

      • Ralf Olbertz

        Primeiro eu realmente achei muito dinheiro pelo cara, mas isso não é culpa dele.

        Essa coisa de apatia, de reclamar quando sai, de comemorar gol e tal, EU acho bobeira, jogador tem que entrar em campo e dar o sangue, ninguém vem pro Palmeiras pra fazer amizades, os caras tem que jogar bola, foda-se se é simpático ou não, reclamar quando sai é sinal que quer jogar mais, qual o problema!? Guedes é outro exemplo que não se dá bem com o elenco e está tendo sequência e correspondendo, dizem que Ribery e Roben mal se falam, e ainda tem o nosso time multi campeão nos anos noventa.. ACHO que o problema não é esse.

        Se você prestar atenção nos últimos jogos dele, quando ele não está com a bola ele tem corrido bastante atrás dos zagueiros, cobra que os outros atacantes subam a marcação, mas não dá pra esperar mais que isso pra um cara com o porte dele.

        Não acho que ele seja todo o craque que nos venderam, mas ele tem habilidade sim, melhor do que a maioria dos atacantes em atividade no Brasil hoje.. Deu um belo chute esses dias atrás e quando finaliza sempre passa perto, até o pênalti que perdeu mirou no ângulo, mas como eu disse, ele precisa de sequência, pra ter o tempo de bola, senão vai errar.

        Bigode tem 1 gol no brasileiro e jogou todos os jogos.. a culpa não é do Borja, ou é de quem o contratou ou de quem não o escala.. Se fizer uma sequencia de 3 jogos completos e não vingar, aí a coisa muda, mas acho que o Cuca não vai dar essa chance pra ele..

        Abçs

        • Vctr81

          é eu tb acho q ele vai penar…ainda mais que o cuca ja disse abertamente que quer outro atacante, richarlyson etc…. ta na cara que o cara ta sem prestigio….mas ai que entra a personalidade dele, tem cara que nas adversidades cresce, treina depois do horario, contrata personal trainer, etc…. para compensar ali a adaptação….tem outros que nas adversidades se afunda (exemplo: wesley) e ai que nunca mais vao jogar mesmo….espero que o borja não seja desse ultimo tipo

          • Ralf Olbertz

            Entendo o que você diz, e até concordo, mas se o técnico preterir ele até pelo Erik, acho que não vai ter ânimo de lutar pela vaga..

        • Marcos Aurélio Bardini

          Temos uma opinião bastante parecida.
          Sobre o pênalty perdido contra o Penãrol. Vi um vídeo no youtube dos pênaltis que ele cobra. Deve ter uns 10 pênaltis e era tudo chute forte no ângulo, inclusive na disputa do 3º lugar do Mundial de Clubes.
          No dia deste jogo contra o Penãrol, lembro que um amigo meu que estava vendo o jogo comigo e “secando” disse que ele iria errar e eu ainda zoei dizendo que só se o goleiro soubesse “voar” ou “jogasse a luva”. Infelizmente a bola subiu um pouquinho a mais e na seguida o EB sacou ele do time. Ali se iniciou uma pressão forte sobre ele.
          Agora a grande incógnita pra mim é porque o Cuca fez aquele discurso de que daria confiança e deixaria ele jogar sem medo de ser substituído mesmo se estivesse jogando mal. Fez isso contra o Vasco e o cara fez 2 gols e imediatamente à partir do jogo sequinte começou a substituí-lo em todos os jogos e posteriormente deixá-lo no banco.
          Inclusive ele vêm entrando e se esforçando muito. Eu estava no Beira-Rio na nossa classificação e ele voltava pra ajudar depois de fazermos o gol, deu carrinho e levou até cartão amarelo por entrada forte.
          Contra o Galo ele entrou no 2º tempo e se esforçou muito na marcação. Finalizou uma bola em que atrasou o passo para receber o passe para trás, do Keno e bateu forte rasteiro e o zagueiro tirou encima da linha. E meteu um canhão na gaveta lá do meio da rua e depois saiu chamando a torcida.
          Ai vêm o jogo contra o Bahia e o cara é preterido até pelo Érik (????).
          Estranho.

      • Marcos Aurélio Bardini

        Cara… a gente precisa cuidar bastante com o que consome desta imprensa fedida. Tem muita gente que adoraria ver o Palmeiras queimar estes 35 milhões investidos no Borja. Vou te dar um alguns exemplos:

        1- Na briga no Uruguai eles bateram encima de uma imagem do Prass apanhando e do Borja olhando, mas se você prestar a atenção em toda a confusão vai ver o Borja também segurando aquele zagueiro grandão deles. A imprensa não mostra isso.

        2- O Borja não comemora o gol no banco. Olhe por exemplo no 4º gol contra o Bahia, o Borja está lá no “bolo” comemorando sim. Depois do jogo os jogadores vão saldar a torcida e ele é um dos que estava mais à frente. E na volta abraça o Willian Bigode e dá uns tapinhas na cabeça dele.

        3- Como o Ralf disse abaixo. Ele fica bravo de sair porque quer jogar. Porque quer meter gol. Ele vem sofrendo algumas situações que queimam qualquer jogador. Por exemplo, quando ele perdeu o penalty contra o Penãrol, instantâneamente o EB o substituiu. Onde está a confiança no jogador? No mesmo jogo o Bigode driblou o goleiro e com a trave aberta chutou no travessão. Por que ão foi sacado também?
        Outra coisa. O Cuca quando chegou disse que iria dar confiança pra ele. Disse que queria deixar ele jogar os 90 minutos sem preocupação de ser substituido. Fez contra o Vasoc e o cara fez 2 gols. À partir do jogo seguinte, passou a sacá-lo do time e deixar no banco. Essas incoerências chateariam qualquer um.

        Abç.