IFFHS aponta Palmeiras como melhor time do mundo em 2021

IFFHS aponta Palmeiras como melhor time do mundo em 2021.
Reprodução

Pela primeira vez na História, um clube brasileiro lidera o ranking do instituto; no ano passado o Palmeiras havia ficado em segundo

A IFFHS (Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol) divulgou nesta quinta-feira o ranking dos melhores clubes do mundo em 2021. Bicampeão consecutivo da Libertadores e campeão da Copa do Brasil, o Palmeiras apareceu na primeira posição, com 322 pontos, desbancando todos os gigantes europeus.

É a primeira vez na História que uma equipe brasileira é eleita a melhor do mundo pela IFFHS. No ano passado, o Verdão havia ficado em segundo lugar, atrás apenas do Bayern de Munique. Vale ressaltar que o ranking leva em consideração os resultados obtidos por cada equipe entre o dia 1º de janeiro até 31 de dezembro, ponderando o nível das competições disputadas.

Em 2021, o clube, além de conquistar três títulos, disputou outras três finais (Paulista, Recopa e Supercopa), esteve presente no Mundial de Clubes e terminou o Brasileirão na terceira colocação.

Palmeiras é o 16º clube diferente a terminar em primeiro

O Palmeiras tornou-se o 16º time diferente a vencer o ranking. Barcelona (5), Real Madrid (4) e Liverpool (3) são os clubes que mais vezes estiveram no topo da lista anual. Com a conquista, o Verdão se juntou ao grupo composto por Roma, Ajax, PSG, Valencia, Atlético de Madrid e Atlético Nacional.

Em 1999, o Verdão liderou a lista por quatro meses (março, abril, maio e julho). À época, o ranking era divulgado mensalmente.

Confira o top-10:

1º – Palmeiras – 322 pontos;
2º – Atlético-MG – 313 pontos;
3º – Manchester City – 300 pontos;
4º – Chelsea – 289 pontos;
5º – Flamengo – 289 pontos;
6º – Dínamo Zagreb – 282 pontos;
7º – Bayern de Munique – 271 pontos;
8º – Real Madrid – 262 pontos;
9º – Ajax – 261 pontos;
10º – Athletico-PR – 252 pontos.

Bicampeão da Libertadores, Marcos Rocha lidera ranking de desarmes nas últimas edições do torneio

Marcos Rocha durante jogo-treino do Palmeiras contra a Portuguesa, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Aos 33 anos, Marcos Rocha disputará a Libertadores pela décima vez seguida em 2022

Conhecido por ser um lateral ofensivo, Marcos Rocha vem demonstrando através dos números que também consegue boas performances defensivas. Nesta quarta-feira, a Conmebol divulgou em seu perfil oficial no twitter os jogadores que mais desarmaram nas últimas cinco edições de Libertadores.

Com 111 roubos de bola, Marcos Rocha, único brasileiro presente na lista, lidera o quesito, seguido pelos argentinos Enzo Perez, Montiel, Nacho Fernandez e Iván Marcone.

As estatísticas do camisa 2 na competição continental também se observam dentro do Brasileirão. De acordo com o aplicativo SofaScore, Rocha soma 398 recuperações nos últimos cinco campeonatos Brasileiros – segundo colocado, atrás apenas de Patrick, contratado em 2022 pelo SPFC.

O camisa 2 liderou o elenco palmeirense com 130 desarmes e foi o vice-líder em 2021, com 78.

Marcos Rocha disputará sua 10ª Libertadores seguida

Um dos jogadores mais experientes do plantel, Rocha, ao entrar em campo pelo Verdão na Libertadores 2022, jogará a competição pela décima vez seguida. Em toda a história do torneio, desde seu início em 1960, o lateral é o jogador brasileiro que mais disputou a competição em sequência, sendo três vezes campeão.

No geral de participações, o jogador empatará em números com Danilo, que atuou nos rivais SCCP e SPFC; e com Jean, campeão Brasileiro pelo Palmeiras em 2016 e 2018 e que também atuou por Fluminense e SPFC, todos com 10 aparições.

Contratado em 2018 junto ao Atlético-MG, o camisa 2 iniciará sua quinta temporada pelo Palmeiras. Aos 33 anos, Marcos Rocha acumula 181 jogos com a camisa palmeirense, sete gols marcados e cinco troféus levantados.

Palmeiras bate recorde de finalizações em uma partida no Brasileirão contra Sport

Raphael Veiga do Palmeiras durante partida contra o Sport, válida pela vigésima oitava rodada do Brasileirão 2021, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Ao todo, foram 36 chutes a gol contra 6; para Abel Ferreira, o Palmeiras poderia ter feito “meia-dúzia” de gols

O Palmeiras derrotou o Sport por 2 a 1, na noite da última segunda-feira, e alcançou os 49 pontos no Brasileirão. Depois de levar o gol do uruguaio Barcia, a 3 minutos de jogo, o Verdão encurralou o adversário até conseguir a virada.

Ao final do jogo, as estatísticas apontaram 36 finalizações para o Palmeiras, sendo 15 na direção do gol; o Sport, por sua vez, deu apenas 6 chutes. Nenhum time do Campeonato Brasileiro até o momento finalizou tanto como o Verdão diante dos pernambucanos.

Outra estatística curiosa que também mostra como os comandados de Abel Ferreira foram agressivos é a quantidade de escanteios. Nada menos do que 23 tiros de canto foram cobrados pelo Palmeiras, contra nenhum do adversário.

Os dois gols da equipe vieram dessa jogada; o segundo gol aconteceu após uma sequência de três escanteios batidos por Gustavo Scarpa.

Produção ofensiva do Palmeiras foi destaque na coletiva de Abel

Para fins de comparação, em outras partidas no Brasileirão em que a equipe viveu um cenário parecido (sofrer um gol no início) ou teve que correr atrás da virada, dentro do Allianz Parque, o Palmeiras teve:

  • 15 finalizações (3 no gol) contra o Juventude;
  • 15 finalizações (6 no gol) contra o América-MG;
  • 19 finalizações (8 no gol) contra o Bahia;
  • 20 finalizações (2 no gol) contra o Fortaleza.

Os jogos mais próximos foram contra o Cuiabá e CRB (Copa do Brasil): 31 e 34 chutes, respectivamente.

A produção e o volume ofensivo contra o Sport fizeram com que o treinador Abel Ferreira elogiasse o time na coletiva de imprensa e também rebatesse o rótulo de equipe “defensiva” desenhada por grande parte da mídia tradicional.

“Hoje enfrentamos um adversário que se defende bem, mas com poucos recursos ofensivos. Tínhamos que ter a bola e, no último terço, sermos criativos, driblar, finalizar, fazer coisas. E foi isso que eles [os jogadores] fizeram e foram perfeitos. As 36 finalizações demonstram a agressividade da equipe, que contradiz alguns que quer nos catalogar como ‘um time que se defende’. Pena que foram apenas dois gols, poderíamos ter feito 6”, declarou.

Verdazzo inaugura nova seção com estatísticas dos jogadores

Dudu e Moisés
Cesar Greco/Ag Palmeiras

Após seis partidas disputadas na temporada 2019, alguns jogadores já começam a acumular uma minutagem de destaque em relação ao restante do elenco. É o caso de Dudu, “fominha”, que já jogou por 445 minutos, tendo participado de todos os jogos. Thiago Santos vem em segundo lugar, com 381 minutos.

Esses dados ganharam importância com o método imposto por Felipão e pela comissão técnica, através do qual os jogadores têm os esforços dosados para que suportem toda a temporada com o menor risco de lesões.

Diante disso, informalmente, o Verdazzo passou a computar os minutos jogados por todos os jogadores, incluindo os acréscimos. No embalo, os gols, assistências, advertências e lesões também viraram dados.

Daí para virarem tabelas clicáveis, à disposição de todos os leitores, foi um passo. O resultado pode ser visto nesta página, que pode ser encontrada no menu Elenco/Estatísticas do site. Salve-a nos seus favoritos!

Na primeira aba, os gols e assistências podem ser consultados em números absolutos, ou relacionados com o número de jogos disputados ou minutos jogados.

Na segunda aba, todos os cartões amarelos e vermelhos poderão ser conferidos, bem como o número de suspensões e de jogos fora por causa das automáticas e dos julgamentos dos tribunais.

Enfim, na terceira aba, o leitor poderá conferir quais jogadores têm mais incidência de lesões, e por quanto tempo desfalcaram o plantel.

A qualquer momento, o critério para ordenação poderá ser alterado – basta clicar no título de cada coluna, facilitando a consulta.

Com mais este esforço, o Verdazzo presta um serviço exclusivo à comunidade palmeirense.

Os dados disponibilizados, muitas vezes, elucidarão discussões baseadas em memória ou achômetro. As conversas sobre o time ganharão elementos mais concretos. E se rolar aposta, podem tirar a prova aqui. Divirtam-se!


O Verdazzo é um projeto de independência da mídia tradicional patrocinado pela torcida do Palmeiras.

Conheça mais clicando aqui: https://www.verdazzo.com.br/padrinho.