Edu Dracena engrossa o coro de seguir acreditando na conquista do Brasileirão

O assessor técnico Edu Dracena, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Assim como fizeram Gustavo Gómez e Abel Ferreira após a partida de ontem, Edu Dracena afirmou que o Brasileirão não está perdido

O Palmeiras foi a campo na tarde de ontem, no Allianz Parque, para enfrentar o Flamengo e saiu derrotado por 3 a 1. O resultado frustrou a torcida palmeirense que, após duas semanas sem ver o time jogar, esperava um desempenho diferente.

Para o assessor técnico do clube, Edu Dracena, a função da diretoria de futebol neste momento é “passar tranquilidade ao elenco e à comissão técnica, até porque temos o jogo no sábado contra a Chapecoense, fora de casa, e depois um jogo importantíssimo contra o Atlético-MG, pela Libertadores”, comentou em entrevista à TV Gazeta.

E prosseguiu: “Não adianta achar que tudo é terra arrasada, fazer mais confusão, mais dor de cabeça do que a gente já está em relação ao resultado. Temos que orientá-los da melhor forma possível, perguntar se tem alguma coisa que possamos fazer para que eles possam estar tranquilos pra fazer suas funções. Não adianta nada ficar lamentando por muito tempo, temos que aprender, tirar lições e corrigir pra que esses erros não sejam cometidos novamente”.

Depois de alcançar dez jogos de invencibilidade na temporada (sendo nove vitórias e um empate) o Verdão vem de dois triunfos nos últimos sete jogos (um pela Libertadores e outro pelo Brasileiro), mesmo tendo neste recorte semanas “inteiras” de trabalho.

“É claro que quando você fica 15 dias se preparando pra jogar, não só pro Flamengo, mas também pros 3 meses que restam da temporada e o resultado não vem, dá um incômodo”, acrescentou o ex-jogador.

Edu Dracena repete Gustavo Gómez e Abel Ferreira e diz que Palmeiras precisa “continuar acreditando”

O assessor técnico Edu Dracena e o técnico Abel Ferreira, da SE Palmeiras, durante treinamento na Academia de Futebol.
Cesar Greco

A derrota para os rubro-negros complicou um pouco mais as chances de título, já que a diferença para o líder aumentou para sete pontos. Entretanto, o lema entre jogadores, comissão técnica e diretoria é “continuar acreditando”.

Ao final da partida, Gustavo Gómez destacou que “ainda restam 19 jogos”; Abel Ferreira comentou que o “campeonato é uma maratona e os objetivos continuam os mesmos”. Seguindo essa linha, Edu Dracena declarou:

“A gente continua acreditando [no Brasileirão]. Temos o segundo turno todo pela frente e ainda um jogo a menos. Cabe a nós trabalhar, centrar novamente, focar nos objetivos que traçamos no início da temporada. Esses mesmos jogadores conquistaram a Tríplice Coroa na temporada passada. Confiamos bastante nos atletas, na comissão técnica e temos tudo para chegar aos nossos objetivos”, finalizou.