5
X
1

Pré-Jogo

Pré-jogo Palmeiras x Goiás

Na noite desta quinta-feira, a Sociedade Esportiva Palmeiras vai a Campinas, onde enfrentará o Goiás, em jogo válido pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

O Allianz Parque está recebendo shows e o Pacaembu está com o gramado detonado. Por isso, o Verdão optou pelo Brinco de Ouro da Princesa para sediar a partida que tem como única importância a presença da camisa do Maior Campeão Nacional.

Palmeiras

PalmeirasDESFALQUES
Lesionados:
Gustavo Gómez, Vitor Hugo, Gustavo Scarpa e Hyoran
Suspensos: Felipe Melo e Willian
Poupado: Thiago Santos

Pendurados: Antônio Carlos, Thiago Santos, Bruno Henrique e Carlos Eduardo

O Palmeiras será dirigido pelo membro da Comissão Permanente Andrey Lopes, que terá a volta de Weverton, suspenso contra o Flamengo. Por outro lado, perdeu Willian, pelo mesmo motivo. Felipe Melo cumprirá suspensão imposta pelo STJD.

Além desses desfalques, três jogadores anteciparam pequenas cirurgias e estão fora do fim da temporada: Vitor Hugo, Gustavo Scarpa e Hyoran. Diogo Barbosa, em péssima fase, deve perder o lugar.

Matheus Fernandes, em alta depois do gol marcado no domingo, pode ter uma chance. Edu Dracena, que anunciou o fim da carreira após o fim da temporada, deve jogar no estádio do clube que o revelou. Um possível time para esta noite é Weverton; Marcos Rocha, Luan, Edu Dracena e Victor Luis; Bruno Henrique e Matheus Fernandes; Dudu, Lucas Lima e Zé Rafael; Luiz Adriano.

Goiás

GoiásCom chances remotas de conseguir uma vaga na Libertadores, o Goiás terá o desfalque de seu melhor jogador: o atacante Michael está suspenso e deve ser substituído por Rafinha. Outra mexida no time é a volta do lateral esquerdo Jefferson, recuperado de lesão.

Yago Felipe também foi liberado pelo DM – recuperou-se de uma contusão no ombro – mas Thalles vem agradando e pode ser mantido. Um possível time para esta noite é Tadeu; Yago Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Gilberto e Léo Sena; Leandro Barcia, Thalles (Yago Felipe) e Rafinha; Rafael Moura.

Números

  • Os dois clubes já disputaram 49 jogos desde 1973 e a vantagem do Palmeiras é grande: 26 vitórias, 9 empates e 14 derrotas.
  • Como mandante, o Palmeiras enfrentou o Goiás 23 vezes e ganhou 16, empatou 3 e perdeu 4 jogos.
  • Pelo Brasileirão, foram 43 confrontos e o Palmeiras tem o dobro de vitórias: 24 contra 12, mais 7 empates.

No calendário

O Palmeiras já disputou 12 jogos no dia 5 de dezembro e só perdeu duas vezes. Veja a lista completa clicando neste link.

Lei do Ex

Arbitragem

Bruno Arleu de AraújoÁrbitro Principal:
Bruno Arleu de Araújo

Carlos Eduardo Nunes BragaVAR:
Carlos Eduardo Nunes Braga

Parpite

Não tem nem mala branca para os jogadores do Palmeiras e Goiás terem aquele incentivo a mais. Estádio vazio, jogo não vale nada – é cara de 0 a 0, pra 5.999 pagantes – recorde negativo de público em muitos anos. Mesmo assim, VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

Sintonize no PFC e sincronize a imagem com o áudio da transmissão AO VIVO no canal do Verdazzo do YouTube!

PFCPFC

Pós-Jogo

Palmeiras 5x1 GoiásCesar Greco/Ag.Palmeiras

Em partida leve, sem pressão, o Palmeiras atropelou o Goiás no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas. O placar de 5 a 1 foi construído em noites muito inspiradas de quase todo o time, em especial Dudu e o menino Gabriel Veron, que aos 17 anos e 3 meses já tem dois gols em menos de 60 minutos em campo como profissional.

Sob o comando de Andrey Lopes, o time jogou solto. Os atacantes não sentiram a falta de um atacante fixo como referência e envolveram a defesa do Goiás com muita tranquilidade, sobretudo usando a velocidade de Dudu e Veron no segundo tempo.

Primeiro tempo

O jogo começou bastante sonolento, travado. O Goiás abusava da bola longa para Rafael Moura fazer o pivô; o Palmeiras não abusava de nada e perdia a posse de bola muito rápido, sem sequer esboçar um ataque.

11'
Goiás

Barcia recebe por trás de Diogo Barbosa – talvez em impedimento – e entra na área, corta Edu Dracena e Diogo Barbosa e toca para dentro; Weverton divide com Rafael Moura e a bola sobra com Rafinha, que empurra para o gol. Antes da conclusão, o juiz apitou dando falta na dividida – que não aconteceu.

22'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Lucas Lima faz um lindo passe para Zé Rafael, que entrou por trás da zaga e tocou na saída de Tadeu – a bola entrou de mansinho no canto esquerdo.

24'
Goiás

Gol do Goiás – Barcia disputa em velocidade com Diogo Barbosa, que faz a carga sobre o jogador do Goiás claramente fora da área. Os dois caíram dentro da área e o juiz deu pênalti. O VAR inexplicavelmente não foi consultado.  Rafael Moura bateu e empatou.

33'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Dudu fez bela jogada e tocou para Zé Rafael na área; marcado, o camisa 8 fez a volta e enxergou Dudu se projetando sem marcação. O toque por cima da zaga foi preciso e Dudu encheu o pé de voleio para fazer 2 a 1.

41'
Palmeiras

Num lance confuso, a bola bateu em vários jogadores até se oferecer para Raphael Veiga, que da entrada da área emendou um lindo chute de trivela – a curva foi muito marota, mas insuficiente para entrar no canto esquerdo de Tadeu, que estava batido.

43'
Palmeiras

Boa jogada de Matheus Fernandes, que acionou Zé Rafael. O camisa 8 recebeu no lado esquerdo do campo, foi conduzindo sem ninguém incomodar e bateu da entrada da área; Tadeu voou no canto esquerdo e salvou o gol certo do Verdão.

44'
Palmeiras

Após jogada de escanteio, Edu Dracena cabeceia de costas para o gol e a bola sobra livre para Luan. Era só escolher o canto, mas ele bateu de chapa muito embaixo da bola, que saiu sobre o travessão.


Segundo tempo

7'
Palmeiras

Lucas Lima cobrou falta na área e Edu Dracena testou buscando o ângulo esquerdo de Tadeu, mas a bola saiu por cima.

11'
Palmeiras

Marcos Rocha invadiu a área em velocidade e levou o tranco pelas costas de Rafael Vaz; sem seguir o mesmo critério que usou no primeiro tempo,, o juiz mandou seguir.

11'

Zé Rafael deixou o campo para a entrada de Gabriel Veron.

21'

Jean entrou no lugar de Raphael Veiga. Do meio para a frente, o Palmeiras era Matheus Fernandes e Bruno Henrique; Jean, Dudu, Lucas Lima e Veron. Ninguém na referencia e muita movimentação.

24'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Gabriel Veron tocou para Lucas Lima e correu muito; o camisa 20 inverteu a jogada para Jean, dentro da área, e dele saiu o passe açucarado para Veron empurrar para as redes de dentro da pequena área. Gol de churrasco.

36'
Palmeiras

GOLAÇO DO PALMEIRAS! Veron recebeu na esquerda e engatou a sexta marcha, humilhou Yago Felipe três vezes antes de rolar para dentro, onde Dudu só esperava para empurrar para as redes: 4 a 1

43'

Ramires entrou no lugar de Lucas Lima para receber o bicho.

44'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Dudu retribuiu o presente: ele fez linda jogada em cima de Rafael Vaz e rolou para a esquerda; veron só deu o tapa e correu para o abraço.

47'
Goiás

Após bola aérea, Gilberto testou, Weverton bateu roupa e a bola ficou viva na pequena área; Luan chegou e deu uma bica, afastando o perigo.

48'

O péssimo bruno Arleu de Araújo, que cometeu vários erros graves durante o jogo, terminou a agradável partida aos 48 minutos.





Fim de jogo

Não sabemos se foi a postura descompromissada do Goiás, se foi o clima leve em Campinas, sem maiores cobranças, ou se foi pela ausência de Mano Menezes. Talvez um pouco das três coisas – o fato é que o Palmeiras venceu o Goiás com facilidade e plantou alegria nos corações da torcida com um futebol solto e divertido, usando demais o talento de Dudu e Gabriel Veron.

A partida ganha ares históricos. Além dos dois primeiros gols de Veron como profissional, deve ser a despedida de Edu Dracena, bicampeão brasileiro pelo Verdão, dos gramados. O clima do Natal palmeirense, que dava a impressão que teria um gosto amargo, passa a ter sabor de esperança. E isso é muito bom.

Ainda resta uma missão: não perder do Cruzeiro em Belo Horizonte e mandá-los para o inferno da B. Com o time jogando solto deste jeito, temos uma enorme chance de fazer a alegria de quase todo o Brasil e de consolidar a figura do novo craque e xodó da nossa torcida perante todo o país. VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Goiás

GOL
Tadeu
LAD
Yago Rocha
MEI
Thalles
ZAG
Fábio Sanches
ZAE
Rafael Vaz
LAE
Jefferson
VOL
Gilberto
VOL
Yago Felipe
MEI
Leandro Barcia
MEI
Léo Sena
MEI
Rafinha
ATA
Kaio
ATA
Rafael Moura
ATA
Vinicius
TÉCNICO
Ney Franco

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Quase nenhum trabalho.
6
Marcos Rocha
Rafinha incomodou, mas saiu-se bem.
6
Luan
Jogo para recuperar o moral, depois de um período muito instável.
7
Edu Dracena
Grande carreira, grande atleta, grande exemplo. E jogou muito.
10
Diogo Barbosa
Totalmente fora da rotação. Uma enorme decepção, depois de dois anos.
5
Matheus Fernandes
Jogo muito físico, intenso, cheio de choques. Faz muito bem o que o Thiago Santos fazia, e faz melhor ainda o que ele não fazia.
7
Bruno Henrique
Cobertura ok, bote ok, passe nem tanto.
6
Dudu
Fez um duelaço com Rafael Vaz. Perdeu algumas, ganhou outras - e nessas, saíram os gols.
8.5
Lucas Lima
Ativo, se apresentando, buscou jogo e mostrou o que sempre soubemos de seu futebol. O passe para o primeiro gol foi primoroso.
7
Ramires
Cinco minutos.
s/n
Raphael Veiga
Demorou um pouco para entrar no jogo; quase fez um golaço, e quando estava encaixado acabou sacado.
6
Jean
Entrou bem; participou de um gol e ocupou bem sua faixa.
7
Zé Rafael
Fez gol de centroavante e mostrou que pode até quebrar um galho numa necessidade.
7
Gabriel Veron
Voa garoto!
9
Andrey Lopes
Andrey Lopes
Criativo, soube usar bem a ausência de responsabilidade para ousar. Com quatro centroavantes no elenco, jogou sem nenhum e o time meteu cinco gols.
8





  • Devem ter falado tantas besteiras pros jogadores durante a Copa América, que eles ficaram “travados”.

  • Por pura curiosidade entrei hoje no site do cruzeiro e fiquei surpreso. Não tem nenhuma menção ao rebaixamento! Nem uma notinha pedindo desculpa aos torcedores. Nos comentários do jogo eles apontam apenas os lances de tentativas de gol deles e bem sucintamente os dois gols nossos. Para eles nós ganhamos com apenas duas jogadas e eles perderam por pura azar. É muito patético isso. Eles deveriam assumir que caíram por um campeonato inteiro, como disse o Dudu antes do jogo. Perderam por uma incompetência administrativa nunca vista antes e não por um jogo apenas. E da nossa parte, fiquei triste por não termos enfiado uma goleada maior para vingar o pouco caso que fizeram de nós e de todos os outros clubes do Brasil. E o Dudu está de parabéns pela sarrada! Foi uma catarse coletiva! E alguém deveria mandar publicamente um recado para aquele zé ninguém do sassá sem caráter ir dar porrada pelas costas em jogador de time da segundona. Volta para casa sem dentes! Vai lá trouxão! Com esse futebolzinho é capaz de nem voltarem no ano que vem.

  • Fica a dica: ganhar um campeonato é difícil. Continuar ganhando campeonatos é muito mais difícil. Ficou provado que, o que é bom num ano, nem sempre funciona no outro. Espero que a diretoria leve em consideração isso, na contratação do novo técnico e atletas.

  • Veio até buscar bola na intermediária defensiva. Resta saber o que o está motivando tanto, que faltou durante a temporada. – PS: Continuar ganhando a bala dele o ano que vem no Palmeiras e não jogar nada novamente o ano que vem inteiro.

  • o fato é que organizar o time, escalá-lo e dirigir à beira do campo não é algo tão complexo. Impressão é que o determinante mais influente seja a tal “pressão de fora”. Uma fração de disposição associada a competência básica de gestor e tem-se a situação tranquila, serena pro time render.

    não custa aos dirigentes entender isso e facilitar as coisas, né?

    #VamosPalmeiras

  • (comentario cretino, mas de bom humor) É fato que Dudu está no Hall de Idolos hoje do Palmeiras e merece sim uma dedicação no memorial que irão construir. Sei que há todo um protocolo para ganhar busto no Palmeiras, entretanto daria pra fazer uma estatua de bronze tamanho real dele que não iria gastar tanto material e não machucaria o cofre, hahaha

  • Aos que disseram que nada ganhamos nesse ano de 2019, estão cegos e redondamente enganados!!!
    Quer maior título do que mandar pra SEGUNDONA um time tão arrogante quanto o Cruzeiro? Fomos sim é CAMPEONÍSSIMOS !!!!
    Flamengo, São Paulo e Santos; fiquem atentos, pois, a HORA de vocês chegará!!!

  • O time é lento e não tem intensidade. Espero que, sob as desculpas do novo treinador, não procedam as mudanças necessárias.

  • Hoje é dia de jogar bola, encerrar a temporada com esperança e com um papel fundamental: decretando o rebaixamento do arrogante Cruzeiro. A vontade é de que o Palmeiras faça um sonoro 7×1, mas um 1×0 está excelente, até o um empate é suficiente pra cumprir a missão. O que importa é afundar esse time.

  • Palmeiras 1 a 0 contra o Cruzeiro com gol de Mike. Aos 47 minutos do segundo tempo será assinalada uma penalidade para o time mineiro por mais um erro de arbitragem. Sassá será o cobrador! Ele corre para a bola e erra o pênalti. No contra-ataque, Mike faz o gol da vitória do Verdão após assistência de Gabriel Veron, decretando a queda do clube mineiro para a Série B.

  • Ainda bem que nos livramos do Mattos. A conta chegou para as marias. Amanhã o cruzeiro vai passar o maior vexame da sua história.