1
X
1

Pré-Jogo

Pré-jogo Atlético-MG x Palmeiras

Na tarde deste domingo, a Sociedade Esportiva Palmeiras visita o Atlético, em Belo Horizonte, para seguir fazendo sua parte na reta final do Brasileirão. Dois resultados no sábado, nos jogos de Flamengo e SPFC, já deixaram a conquista menos difícil – mas o Inter segue na perseguição e o Verdão precisa continuar conquistando pontos.

Palmeiras

PalmeirasDESFALQUES
Transição física:
Hyoran e Willian Bigode
Suspensos: Dudu, Mayke e Diogo Barbosa

Pendurados: Jailson, Marcos Rocha, Luan, Antônio Carlos, Hyoran e Willian Bigode

Mais uma vez às voltas com desfalques, Felipão tem seis candidatos para as três posições da linha ofensiva; Scarpa, Moisés e Lucas Lima aparentemente estão na frente de Jean, Guerra e Artur. A dupla de zaga que vem conseguindo melhor desempenho é Luan e Gómez, mas nada impede que Felipão escale Antônio Carlos e Edu Dracena. Um time que pode ir a campo é Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gómez e Victor Luis; Thiago Santos e Bruno Henrique; Gustavo Scarpa, Moisés e Lucas Lima; Borja.

Adversário

Atlético-MGO Atlético lida com problemas extra-campo gravíssimos. O elenco está dividido em igrejinhas e o salário está atrasado. O time está no Z4 do segundo turno e Levir Culpi, no cargo há três jogos, ainda está conhecendo o elenco.

São problemas demais, e para completar a torcida está pressionando, o que deve amenizar o fator campo para o jogo. Levir tem uma dúvida: Cazares ou David Terans na linha ofensiva; Luan pode jogar aberto, como está mais acostumado, mas também pode ser escalado para jogar por dentro. Uma possível escalação é Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Adilson e Elias; Cazares (David Terans), Luan e Chará; Ricardo Oliveira.

Lei do Ex

  • Do lado de cá: Marcos Rocha e Bruno Henrique
  • Do lado de lá: Leonardo Silva e Juninho, além do Elias, que jogou na nossa base

Árbitro

Wilton Pereira SampaioWilton Pereira Sampaio foi aquele que não expulsou o Sidão depois do toque de mão fora da área há pouco mais de um mês no Morumbi. Acha que é só isso? Então vejam a sequência estarrecedora de erros deste senhor contra o Palmeiras no levantamento magnífico do @RoubeiaSEP:

Parpite

Se a arbitragem não atrapalhar, ainda teremos um tabuzinho no Horto diante do time mineiro, além da camisa do Atlético em si. O Galo está em péssima fase, mas mesmo assim pode crescer se achar um gol, saindo na frente num roubo ou num lance fortuito.

Mesmo com tantas adversidades, o grupo do Palmeiras tem tudo para manter a boa fase e acelerar o passo rumo à conquista. É vencer em Belo Horizonte e secar o Inter, que terá um jogo mais duro ainda contra o Ceará, em Fortaleza. Dá Verdão: 1 a 0, gol de Bruno Henrique, para 12.901 pagantes.  VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

Escolha o canal e sincronize a imagem da TV com o áudio da transmissão AO VIVO no canal do Verdazzo do YouTube!

TV GloboGlobo  – para SP, RS, PR, GO, TO, MS, MT, SE, PE, CE e MA

PFCPFC

O Palmeiras administrou a vantagem, jogou para empatar e foi exatamente o resultado que trouxe de Belo Horizonte – o time sofreu um gol no segundo tempo mas teve forças para buscar a igualdade num gol de pênalti. Como bônus, contou com um tropeço do Inter em Fortaleza e viu a vantagem se manter em cinco pontos, com uma rodada a menos pela frente.

De quebra, o Verdão viu a invencibilidade no Brasileirão aumentar para 18 jogos, e se não perder o próximo jogo, completará um turno invicto. O time agora se prepara para enfrentar o Fluminense, em casa, onde não poderá se dar ao luxo de administrar a vantagem: precisa jogar para vencer, para não dar nenhuma chance ao Inter ou ao Flamengo, e avançar em direção ao título.

Primeiro tempo

Surpresa na escalação. Felipão escondeu Willian Bigode até o final, e o camisa 29 foi para o jogo depois de apenas um jogo fora após o desconforto muscular. Além disso, Jean na lateral  Guerra na ponta e Deyverson no comando do ataque surpreenderam a quem esperava Marcos Rocha, Gustavo Scarpa e Borja.

4'
Palmeiras

Bruno Henrique alçou bola na área, em direção a Willian Bigode, que cabeceou de costas para o gol consciente, buscando o ângulo esquerdo de Victor, mas a bola passou por cima, com perigo.

15'
Atlético-MG

O Atlético não conseguia chegar perto de nossa área e a primeira finalização foi num chute de fora de Cazares, por cima, sem perigo.

23'
Atlético-MG

Luan faz jogada individual e chuta de fora, Weverton defende sem problemas.

25'
Palmeiras

Guerra roubou a bola na direita, tocou para Deyverson e correu para a área; o camisa 16 completou a tabela e Guerra finalizou firme, mas ao alcance de Victor, que defendeu com a perna direita. Chance real de gol do Verdão.

Depois de um início em que tomou mais a iniciativa do jogo, o Palmeiras aceitou a proposta de jogo do Atlético e deixou o time da casa ficar com a bola, tentando apenas as ligações longas entre meio e ataque. O jogo ficou muito chato.

37'
Atlético-MG

Chará fez boa jogada na esquerda e rolou para Fábio Santos, que finalizou da meia-lua, para ótima defesa de Weverton, fazendo a ponte no canto direito.

43'
Palmeiras

Após escanteio do lado direito, Deyverson finalizou de esquerda com um bonito giro, mas Victor fez mais uma grande defesa.

O péssimo Wilton Pereira Sampaio encerrou o primeiro tempo após três minutos de acréscimos.


Segundo tempo

1'
Palmeiras

Mesmo sem substituições, o Palmeiras voltou bem melhor no início do primeiro tempo e Moisés deu um lindo toque por elevação para Deyverson dentro da área; Victor dividiu com ele, que foi ao chão pedindo pênalti, mas não houve nada.

Depois de um início forte, tentando prensar o Atlético em seu campo, o Palmeiras voltou ao normal e voltou a aceitar a proposta de jogo do time da casa. Igual ao primeiro tempo.

9'
Atlético-MG

Depois de lançamento longo, Fábio Santos ajeitou para a chegada de Luan, que bateu forte, mas por cima, sem perigo.

14'

Moisés deu lugar a Thiago Santos; Bruno Henrique passou a ser o meia armador.

15'
Atlético-MG

Foi a vez de Elias tentar o chute de fora, mas a bola mais uma vez saiu por cima do travessão.

18'
Atlético-MG

Gol do Atlético – Cazares foi lançado na esquerda e deu um rápido toque de calcanhar para Fábio Santos, que passou por trás de Guerra; o passe por baixo achou Elias dentro da área; na matada, a bola deu uma subidinha e ficou perfeita para a batida seca, acertando o ângulo direito de Weverton.

19'

Imediatamente Felipão colocou Gustavo Scarpa no lugar de Willian Bigode, para retomar o domínio do meio-campo.

23'
Atlético-MG

Boa tabela entre Fabio Santos e Luan, que invadiu a área e bateu cruzado, exigindo defesa difícil de Weverton.

26'

Felipão colocou Lucas Lima no Guerra; deslocou Thiago Santos para a lateral; recuou Bruno Henrique e avançou Jean para a ponta – Lucas Lima entrou na dele, jogando por dentro.

29'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Após falta batida por Scarpa da direita, Adilson puxou Edu Dracena na área e o juiz marcou o pênalti. Bruno Henrique bateu com muita categoria e empatou o jogo.

Logo após o empate, o jogo ficou mais aberto, com as duas equipes tentando a vitória. Mas com o passar do tempo, o Palmeiras tratou de apenas garantir o resultado, ainda mais sabendo do tropeço do Inter em Fortaleza.

44'
Atlético-MG

Terans bateu falta de longe, bem colocada, mas sem muita força, facilitando para Weverton.

45'
Atlético-MG

O Atlético seguia tentando o gol em chutes de fora, e Luan fez a última tentativa, mais uma vez sem sucesso.

Após quatro minutos de acréscimos, o juiz encerrou a partida.





Fim de jogo

Dos seis jogos finais, esta era a partida mais complicada, e o Palmeiras administrou a vantagem na tabela. Mesmo que o Inter ganhasse, Felipão avaliou que seria uma perda de vantagem aceitável, por isso tratou de jogar pelo empate.

Ao mesmo tempo, Marcos Rocha, Luan, Gómez, Diogo, Thiago Santos, Lucas Lima, Dudu, Gustavo Scarpa e Borja jogaram pouco tempo ou nada, e estarão inteiríssimos para a partida contra o Fluminense. Isto é Felipão.

Jogando em casa em quatro dos cinco jogos finais (considerando como casa a partida em Londrina contra o Paraná), o Palmeiras não poderá jogar com tanta cautela como hoje e deverá partir para decidir os jogos. E Felipão sabe disso. Seguimos na contagem regressiva. VAMOS PALMEIRAS!


Acompanhe a transmissão ao vivo feita pelo Verdazzo, com a narração de Bruno Zanholo e comentários de Conrado Cacace.

Ficha Técnica

Atlético-MG

GOL
Victor
LAD
Emerson
ZAG
Leonardo Silva
ZAE
Iago Maidana
LAE
Fábio Santos
VOL
Adilson
VOL
Elias
MEI
Cazares
MEI
Terans
MEI
Luan
MEI
Chará
ATA
Ricardo Oliveira
ATA
Alerrandro
TÉCNICO
Levir Culpi

Palmeiras

GOL
Weverton
LAD
Jean
ZAG
Antônio Carlos
ZAE
Edu Dracena
LAE
Victor Luis
VOL
Felipe Melo
VOL
Bruno Henrique
MEI
Guerra
MEI
Lucas Lima
MEI
Moisés
VOL
Thiago Santos
MEI
Willian Bigode
MEI
Gustavo Scarpa
ATA
Deyverson
TÉCNICO
Luiz Felipe Scolari

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Duas boas defesas, além de vários chutes de longe para fazer pose.
7.5
Jean
Jogou de lateral direito, ponta direita e até de ponta esquerda, por um breve momento. Quebrou o galho bem.
6
Antônio Carlos
Partida OK, bem posicionado e sem ter o que fazer no rápido lance do gol.
6
Edu Dracena
Um erro no começo do jogo, sem consequências, e participação importante no empate ao sofrer o pênalti.
7
Victor Luis
Mais uma partida sólida, crescendo demais na fase decisiva da temporada.
7.5
Felipe Melo
Bem postado, não caiu na pilha de Ricardo Oliveira, mantendo-se controlado e focado no serviço.
7
Bruno Henrique
Muita presença no meio-campo, com o bônus de um pênalti batido de forma perfeita.
7.5
Guerra
Lento, pouco participativo, teve a chance de reverter tudo numa chance de ouro defendida por Victor.
5.5
Lucas Lima
Ajudou a equilibrar o meio-campo após o gol do adversário.
6
Moisés
Primeiro tempo fraco, sem presença - reverteu um pouco no segundo tempo, mas ficou pouco tempo em campo.
5.5
Thiago Santos
Volante ou lateral, executou a missão sem sobressaltos.
6.5
Willian Bigode
Fraco, pouco incomodou a defesa do Atlético.
5.5
Gustavo Scarpa
Enriqueceu o toque de bola e ainda fez o levantamento perfeito no lance do pênalti.
6.5
Deyverson
Participou bem do jogo, sobretudo no primeiro tempo, mas esbarrou na já conhecida falta de qualidade técnica.
6.5
Luiz Felipe Scolari
Luiz Felipe Scolari
Chato. Administrou demais. Mas vai dando certo.
6