0
X
2

Encaixado, o Palmeiras aproveitou o espaço deixado na frente da zaga do Coritiba, que optou por montar uma linha de cinco atrás, mas manteve três atacantes avançados. Diante da noite tímida de Danilo, Zé Rafael foi o responsável por fazer o Verdão dominar a meia-cancha e ocupar o campo do time da casa.

Trocando passes de forma natural, invertendo o lado do ataque sem dificuldades, o Palmeiras prensou o Coritiba em sua área; os escanteios se sucederam até que um virou gol – e quando todos esperavam que a bola do corner direito viesse no primeiro pau, foi numa jogada ensaiada que Dudu aproveitou a sobra para estufar a bochecha direita da rede de Rafael William.

O Verdão seguiu dominante, sem deixar que o Coritiba finalizasse com perigo – o lance de maior intensidade do Coxa foi num escanteio que Guillermo testou por cima do travessão, pressionado por Gabriel Veron.  A solidez defensiva, responsável pelo Palmeiras liderar a tábua de melhores defesas do campeonato com sobras, dava tranquilidade para o time rodar a bola no ataque.

Para o segundo tempo, o técnico Gustavo Morínigo desfez a linha de cinco e tentou agredir mais – era a deixa para armar nossos tão conhecidos contra-ataques. Nossa defesa seguiu dando conta das investidas do Coritiba e era questão de tempo para encaixarmos uma transição ofensiva fatal.

E ela veio aos 17 minutos, com requintes de perfeição, do início ao fim: Piquerez rebateu uma bola alçada na medida para Zé Rafael iniciar a jogada já com velocidade; o Trem deu seis toques na bola e espetou com precisão para Veron chegar nela na passada e, com um lindo toque de três dedos, serviu Rony. O camisa 10, mesmo em alta velocidade, ficou na posição perfeita para receber o toque, sem ficar impedido, e tocou de chapa no canto do goleiro, sem falhar. E se por alguma razão a bola passasse por Rony, Dudu fechava na ponta direita para aproveitar a sobra. Um gol para emoldurar.

Dez minutos depois, o jogo acabou de vez, com a expulsão de Thonny Anderson. Rendido, o Coritiba só esperou o tempo passar – o mesmo fez o Palmeiras, já pensando na sequência da temporada.

A se lamentar as lesões de Jorge e Marcos Rocha. Ainda não são sabidas as gravidades dos problemas, mas mais uma vez Abel Ferreira precisará recorrer à base – Gustavo Garcia deve ser o titular da lateral até que Mayke termine o processo de transição física.

Os números atingidos pelo Palmeiras no campeonato são muito firmes, principalmente na defesa. Não fossem as duas partidas ruins no início da trajetória, a liderança estaria bem folgada. Por isso, as próximas duas partidas seguem de suma importância, antes de começar a sequência de virar chavinha pela Copa e pela Libertadores. O jogo de segunda-feira, contra o SPFC, tem um efeito moral gigantesco e é uma partida-chave da temporada.

Mas antes disso temos o CAG, na quinta. Vamos jogo a jogo, aproveitando o momento mágico que este time, invicto há 17 jogos, vem nos proporcionando. Poucas vezes nas últimas quatro décadas vivemos situações em que a torcida procura, mas não encontra motivos para cornetar – quem toca a corneta, passa vergonha.

Em frente! VAMOSPALMEIRAS!

Ficha Técnica

Escalação

Coritiba

Rafael William
Nathan Mendes
Thonny Anderson
Guillermo
Natanael
Luciano Castán
Henrique
Guilherme Biro
Diego Porfírio
Robinho
Bernardo
Alef Manga
Clayton
Adrián Martínez
José Hugo
Igor Paixão
Gustavo Morínigo
TÉCNICO


Primeiro tempo

7'
Palmeiras

Gabriel Veron ajeitou de cabeça para Gustavo Scarpa, que bateu forte de canhota – Rafael Willian espalmou a escanteio.

8'
Palmeiras

Após a cobrança ensaiada pela esquerda, a bola rodou e voltou para Gustavo Scarpa, que emendou um sem-pulo sem muito ângulo – acertou a direção, mas errou a altura e a bola saiu pelo alto.

9'
Palmeiras

Após tabela com Gustavo Scarpa pela direita, Dudu entrou na área e chutou forte – Rafael William fez a defesa colocando a escanteio.

13'
Coritiba

Robinho bateu escanteio da direita e Guillermo, pressionado por Veron, testou por cima, sem perigo.

22'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Após escanteio da direita, quando todos esperavam aquela bola no primeiro pau; saiu a jogada ensaiada – após tabela entre Scarpa e Marcos Rocha, a bola foi rolada para Dudu na entrada da área e o Baixola bateu cruzado, com curva, e guardou no canto direito.

28'
Palmeiras

Boa triangulação entre Rony, Dudu e Gustavo Scarpa, que recebeu o toque de calcanhar do camisa 7 e disparou de esquerda, por cima do gol.

28'

Marcos Rocha sentiu a coxa e foi substituído por Garcia.

 

32'
Palmeiras

Dudu tocou para Rony na área e correu; o camisa 10 deu de calcanhar para a chegada de Dudu, que emendou um chutaço, sem marcação, mas pegou muito embaixo da bola.

47'

Leandro Vuaden, ainda sem cometer nenhum erro grosseiro, encerrou o primeiro tempo.


Segundo tempo

O Palmeiras não alterou o time no intervalo.

4'
Palmeiras

A bola veio da esquerda para a direita – Veron, Zé Rafael, Dudu e Garcia participaram do lance em que Dudu cruzou rasteiro – Rony se preparava para finalizar mas Guillermo cortou o perigo.

5'
Coritiba

Guillermo bateu de fora, fácil para Weverton.

12'

Após uma ação da PM do Paraná, foi liberado gás de pimenta na região atrás do gol de Rafael William, onde estava a torcida do Coritiba. Mulheres e crianças precisaram ser deslocados pelo gramado. Os efeitos do gás foram sentidos pelos jogadores. A partida foi retomada após seis minutos de paralisação.

16'
Coritiba

Após boa jogada de Igor Paixão, a bola sobrou para Martínez, que ficou de frente para o gol, mas Weverton deu dois passos à frente e fechou o ângulo.

17'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! A arapuca estava armada e o contra-ataque encaixou: Zé Rafael esticou para Gabriel Veron, que enxergou Dudu e Rony fechando pelo meio e fez o passe de três dedos; Rony, em posição legal por dois dedos, escorou com muita competência para as redes do time da casa.

20'
Coritiba

Igor Paixão fez jogada individual e chutou da entrada da área – Weverton pegou firme.

27'

Thonny Anderson pisou em Rony em disputa na lateral da área e depois da interferência do VAR levou cartão vermelho direto.

35'
Palmeiras

Gustavo Scarpa teve liberdade por dentro e arriscou – por cima do gol.

35'

Wesley, Fabinho e Rafael Navarro entraram nos lugares de Gabriel Veron, Danilo e Rony.

 

37'

Jorge entrou no lugar de Piquerez.

42'
Palmeiras

Jorge cruzou da esquerda; Dudu completou no segundo pau para as redes, mas Gustavo Scarpa, impedido, atrapalhou a ação do goleiro Rafael William e o gol foi anulado.

45'
Coritiba

Clayton foi lançado por Robinho por trás da zaga, ficou livre à frente de Weverton e soltou a bomba; Weverton abriu o peito e fechou o ângulo, salvando o Verdão.

51'
Palmeiras

Nova investida de Jorge pela esquerda; mais uma vez a bola foi à área e Gustavo Scarpa colocou nas redes, mas novamente o camisa 14 estava impedido.

55'

Quase no último lance do jogo, Jorge torceu o joelho direito numa dividida e deixou o gramado.

56'

Leandro Vuaden, que milagrosamente não prejudicou o Palmeiras, encerrou o jogo.



Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Fez duas defesas de goleiro de Copa do Mundo. Quando precisamos, ele está lá.
8.5
Marcos Rocha
Vinha fazendo um jogo excepcional, mas a lesão interrompeu.
7.5
Gustavo Garcia
Entrou com a cabeça fervendo, sabendo que de repente assumirá a titularidade dos próximos jogos. Não foi mal, mas acabou envolvido em algumas jogadas.
6.5
Luan
Menos como construtor, e mais como zagueiro, deu outra aula. Nível altíssimo.
8
Murilo
Atento, preciso, seguro.
7
Piquerez
Outro que voltou de lesão recentemente e está voando.
7
Jorge
Weverton precisou trabalhar e a jogada saiu onde ele deveria estar. Não consegue evoluir.
5.5
Danilo
Oscilou, fez uma partida muito apagada.
5.5
Fabinho
Neste momento de inserção no grupo principal, precisa fazer só o básico até pegar corpo. E é exatamente isto que está fazendo.
6
Zé Rafael
O dono do jogo, delimitou como sua a zona central do gramado e ditou as regras.
9
Dudu
Além do belo gol, compôs em quase todos os ataques, esbanjando categoria.
8
Gustavo Scarpa
Deu passe para gol até errando a passada. Nunca esteve tão confiante.
7.5
Gabriel Veron
Faz um papel tático muito importante, tanto no ataque quanto na defesa.
7.5
Wesley
s/n
Rony
Vive sua melhor fase em 2 anos e meio de Palmeiras; justo quando o time contratou outro centroavante. Os erros sumiram.
8
Rafael Navarro
s/n
Abel Ferreira
Abel Ferreira
Conseguiu passar ileso de um jogo apitado pelo Vuaden. O professor também está tentando corrigir seus erros.
7.5